Follow by Email

sexta-feira, 28 de março de 2008

Reflexão: PARECIA MESMO IMPOSSÍVEL




Está bastante repetido,
nos Livros de Cultura Racional,
que foi por livre e espontânea vontade a origem deste Mundo.
E o mesmo Livro Universo em Desencanto,
de Cultura Racional, recomenda, a todos,
que refreiem aquelas vontades livres que os prejudicam.
Aquelas vontades que, por adentrarem na faixa dos abusos,
correspondem a excessos que só produzem maus resultados.
De maneira que,
a causa de nós hoje estarmos aqui neste Mundo sofrendo,
foi a livre e espontânea vontade e o livre arbítrio de cada um.
Através da vontade sem limite, advém o contra senso,
por a gente se propor a viver de gostos, satisfazendo necessidades desnecessárias.
Então, lá no 7º volume da Escrituração Racional,
o Racional Superior nos dizendo:
— “... EU nunca vi abusos darem bons resultados... portanto,
não devem abusar, e sim,
ter persistência na leitura
para se imunizarem o mais rápido possível,
para passarem de animal Racional para Aparelho Racional
e de Aparelho Racional, para Racionais puros, limpos e perfeitos,
no seu Mundo de origem,
o Mundo verdadeiro do Animal Racional, o Mundo Racional.”.

Em síntese,
encontramos reiteradas vezes explicado
nos Livros de Cultura Racional
o que é que quer dizer “salvação”.
Quer dizer: “mudança”.
Todos de mudança
deste segundo Mundo
que estamos habitando mas,
de onde não somos,
para o outro Mundo,
que é o Mundo Racional,
o Mundo verdadeiro
de todo Animal Racional.
É o que quer dizer “salvação”.
Quer dizer:
“voltar para o lugar de onde todos são”.


O Racional Superior nos diz também
em sua Cosmografia Racional
que, muita razão Ele nos dá, por estar acontecendo ainda,
entre nós, muita confusão de interpretações.
E justifica dizendo:
— “ O animal Racional é confuso;
porque, ele não sabe
porque ele
é um animal.”.

Mas assegura-nos o Racional Superior que,
com a Escrituração Racional,
todos teremos uma base consciente
para nos basearmos
e uma lógica positiva, assegurando-nos
um motivo real de viver.
Então, sendo persistentes
no exame acurado do conteúdo
deste Conhecimento, vamos encontrar o raciocínio.

O raciocínio é o condutor da vida eterna,
por estar no raciocínio a verdadeira solução do Animal de origem Racional.
E agora, todos a caminho do Mundo Racional
pelo desenvolvimento da desmaterialização
do Habitante do Mundo Racional que estava materializado
em forma de máquina do raciocínio.
Hoje, todos sabendo como se deu essa materialização,
todos sabendo quem são
e de onde são e de onde vieram
e para onde vão.

Solução Impossível?
Claro que sim,
para quem vivia ligado na
Energia do Animal irracional,
achando que este é que é o seu verdadeiro estado natural de ser.
Este natural com o qual ninguém se conforma.
E que não dá mesmo pra ninguém se conformar
em ser sofredor e mortal.
Afinal, o sofrimento não faz graça
pra ninguém rir.
Então, para todos que estavam
nessa condição de livres pensadores,
vagos sofredores e mortais,
a vida não tinha mesmo solução;
porque, para os pensadores
a vida era essa mesma.

Mas, essa posição estava plenamente justificada,
porque na Fase do pensamento,
dentro da cabeça de pensador algum,
não havia Racional raciocinamento,
somente o que havia
era isto sim,
imaginação e pensamento.
E essas duas máquinas de lapidação
do animal Racional,
elas não foram feitas para acertar.
Tanto é assim, como aí está,
público e notório,
todos em busca (até hoje)
de acertar.
E o certo?
Até hoje por encontrar.

Foram feitas
para todo e qualquer animal Racional
se lapidar,
nas suas inúmeras tentativas de acertar.
Com que objetivo?
O de preparar todos.
Civilizar todos, até que,
viesse uma drástica redução:
da ferocidade, da rudez,
do atraso e da brutalidade,
de tudo isso que sempre existiu
na Fase de Animal Racional.
E até hoje,
as monstruosidades aí estão,
dando provas e comprovações
dessa hereditariedade,
da qual não há do que se orgulhar.

O raciocínio,
Este sim, foi feito para acertar.
Mas, o raciocínio será depois que
todos forem Imunizados Racionalmente.
Como nos diz a Escrituração Racional:
— “Por, o Ser Humano ser um centro astrológico,
é que, com o tempo, tinha que chegar à conclusão
de encontrar em si mesmo a IMUNIZAÇÃO RACIONAL,
e nela, o porta-voz da verdade da verdades;
por, natureza dos viventes ser adequada
á Natureza que os fez.”.

Porquanto,
somos formados por sete partículas
e daí, por sermos
todos formados
por esta Natureza,
é que dependemos dela para viver.

De forma que,
Por a origem de todos ser uma só, Racional,
é que
a Racionalização de todo animal Racional
não pode nunca ser alcançada a partir deste Mundo animal, e sim,
transcende de outras paragens.
Tinha que vir de fora,
Do Mundo Racional.

E assim, tem sido recomendado insistentemente
a todos
que busquem saber tudo sobre tudo isso,
lendo todos os Livros de Cultura Racional,
os LIVROS : UNIVERSO EM DESENCANTO.

segunda-feira, 10 de março de 2008

A VIDA VITAL DA GENTE NÃO É MATERIAL


Oi minha gente, salve!

Quero ir logo repassando a vocês alguns conteúdos interpretados de Cultura Racional. Iniciemos então a nossa linha de interpretações:


Os Racionais, hoje decaídos em matéria, já vieram de outra extinção, que foi a 1ª extinção, quando se extinguiram em cima da resina que virou cinza e em cima da Planície Racional que virou água.

Então, entraram pela 2ª deformação, que foi quando começaram a nascer do chão até tudo se formar.

E, depois de formado, o chão parou de produzir a bicharada, a cinza parou de produzir os Animais. Pelas transformações e deformações que vieram passando, ficaram completamente apagados de todo o passado.

E não podiam, de forma alguma, acertar nem descobrir a sua verdadeira origem, porque esta aqui é a 2ª degeneração, que teve início quando começaram a nascer do chão.

Já estamos trafegando pelo universo de discurso da Cultura Racional. Podemos prosseguir interpretando? Por favor, venham comigo:

O Corpo de Energia Racional, ele é a Identidade Racional, é o Ser Racional que deu causa ao Animal Racional. Ele é que foi a causa da Vida, porque dá causa a essas micro - máquinas todas, existentes no sêmen.

O Corpo de Energia Racional é a causa do micróbio Racional que dá formação ao Ser Racional do Ser Humano.

É esse Corpo de Energia Racional que dá a você, o significado da origem; de você estar classificado como Animal de origem Racional.
E esse Corpo de Energia Racional aqui deformado, é ligado ao raciocínio.

O Corpo de Energia Racional, a Energia dele, é a Vida Vital desta deformação dele. A deformação dele é esta aparência de Vida.

São partículas que viraram sementes que estão nas sete repartições deste Universo de constituição perecível. Da junção fluídica das sementes, no sêmen, resulta cada um de nós.

As Energias dessas sementes são a causa e a origem de todos os corpos que desconheciam a sua própria origem.

Podemos prosseguir interpretando?

A Energia da gente é um Corpo deformado neste conjunto universal elétrico e magnético, que produz sempre o nosso mesmo Ser, que a ele corresponde ao nascer aqui.

Cada Ser tem a sua Energia, que é a Energia de seu extinto C.E.R. (=Corpo de Energia Racional).

Por isso, cada Ser Humano é uma parte constituída de sete partes reunidas. Somos feitos por 3 Aparelhos de Reprodução num só princípio seminal, neste Mundo de matérias em combustão. Da mulher advém a combustão do Corpo de Energia magneticamente materializado. Do homem advém a combustão do Corpo de Energia eletricamente materializado. E, do sêmen (resto do casal reprodutor), advém a produção da centelha magnética, que dá forma ao Corpo Humano (resto dos restos).

Estamos repassando a você, conteúdos interpretados de Cultura Racional. Prossigamos com esta linha de interpretações:

O sêmen é a vida Virtude de uma Vida que se transforma em outra Vida. E o Corpo Humano é feito por uma combustão elétrica (a masculina) e magnética (a feminina). O magnético dá a forma e o elétrico dá, ao Ser Humano, a compostura.

Tudo isto surgiu do nada (princípio seminal ínfimo), é um corpo de evolução magnética. Por ser magnetismo, parece ser aquilo que não é, parece ser um tudo, e não é o que aparenta. Por ser um deletério, se reduz ao nada. Ou seja: a realidade desta vida é esta vida não ser real.

Resto dos restos. Centelha magnética de Vida formada de uma combustão elétrica (a masculina) e magnética (a feminina). Dessa combustão, há a reação. Desta reação, forma-se como que, uma micro▬explosão. E, desta explosão, sai a centelha de um lume fraquíssimo que, sai o filho-irmão que, para morrer, não tem idade.

Para ver que, a junção do Corpo Humano pela forma real, é de ação heterogênea a sua forma verdadeira de ser e, por isso, é mortal. Gera, nasce, cresce – se constitui. Depois, amadurece (quando amadurece), míngua e desaparece.

O Bicho Humano é uma centelha elétrica e magnética com Vibração de Vida passageira, porque o Mundo é um Conjunto elétrico e magnético. Então o Corpo Humano é uma combustão elétrica e magnética que extrai uma centelha para a formação de outro corpo elétrico e magnético.

Nesta Natureza formada em classes e categorias todas diferentes, cada qual de nós é uma Vida transformada do seu verdadeiro Ser.
Que Ser?
O Ser Racional que deu origem ao Animal Racional e que a mente Humana desconhecia, por ter ficado desconhecida da sua verdadeira semente.
É, portanto, o Ser Racional deformado em matéria.

Seres que aqui estão organizados como corpos que (antes do advento da Cultura Racional na Terra) desconheciam a sua origem, porque não conheciam as energias causadoras dos Seres. (1º Obra, 5ª mensagem).

Sempre os mesmos sete feixes de sementes, disseminadas nas sete partes básicas desta Galáxia Elétrica e Magnética, para formação de sua própria deformação na matéria corpórea dessa classe de Animal Racional.

Por isso, somos (cada qual) um Ser passageiro.

Estamos somente repassando a você, conteúdos interpretados de Cultura Racional. Prossigamos com esta linha de interpretações:

A nossa verdadeira vida é a Energia Racional deformada, é o Fluido, que com o raciocínio desenvolvido, ele sai deste Mundo de matéria e vai continuar a viver na eternidade.

O raciocínio desenvolvido, ele desenvolve a origem de si mesmo existente em si mesmo. O raciocínio é que transforma a matéria na sua verdadeira origem. (19º Histórico, 4ª lição, 7ª mensagem).

Lemos nos Livros de Cultura Racional, que com o raciocínio desenvolvido, passaremos para a classe de Racional. E que Racional é eterno, Racional não é mortal; porque quem é Racional sabe e conhece o porquê estava neste segundo Mundo como animal Racional.

Deixem-me contar com mais um pouco de sua paciência:

Então, agora você já sabe que lugar de Racional é no MUNDO RACIONAL.

Lemos que, quem quiser se retirar deste segundo Mundo para fora e voltar para o seu verdadeiro Mundo, basta ser Racional. Mas, para ser Racional tem que desenvolver a desmataterialização do Habitante do Mundo Racional. Esse nosso verdadeiro Ser depois dele desmaterializado, ele toma a forma corpórea do seu verdadeiro natural e volta para o MUNDO RACIONAL. E a máquina de matéria continua neste segundo Mundo, na classe de Racional, porque essa máquina fica ligada à Energia Racional. Então, depois que essa psicomáquina se destruir por si mesma, volta a ser o que era. Nela, o que é da terra vai para a terra e o que é da água vai para a água.

E o Habitante do Mundo Racional que, a essa altura dos acontecimentos, o seu Corpo de Energia Racional já terá se desmaterializado. E então, já estará no Mundo Racional, para onde — a Imunização Racional — já o terá conduzido de volta.

O Corpo de Energia Racional que, é a vida eterna, o Fluido dele é a causa do micróbio que deu origem ao corpo de matéria, que é uma deformação da origem.

Sim, porque não há efeito sem causa. Se existe esse corpo em matéria fluídica elétrica e magnética do Ser Humano, é porque existe a causa, que é o corpo fluídico deformado aqui, dentro do calor. Que a Energia dele, é a Energia da formação microbiana; porque, originou o micróbio, para a formação do Ser Humano.

A Energia que é a Vida Vital, essa Energia materializada na glândula do mesencéfalo, enxerga a sua Luz Verdadeira e, por meio da Luz Racional (Imunização Racional), desvencilha-se da parte deformada e segue iluminada para o Mundo Racional.



Na Fase Racional não existe morte, como sempre existiu na Fase que o Animal Racional era culturalmente ilustrado pelo Alfabeto Artificial, o Alfabeto do chão, que estava levando todos dessa civilização ao extermínio, nos dias vindouros.

Diz o Livro: “Quem vivia nessa categoria, desconhecido de si mesmo e de tudo, é que morria, porque vivia neste segundo Mundo sem saber por que vivia nele. Mas quem é Racional, sabe de onde veio e sabe para onde vai, sabe como veio e como vai”. (174º Histórico, 4ª lição, 7ª mensagem).

A Cultura Artificial é a Cultura do Animal Racional.
A Cultura Artificial é a Cultura do chão, é a Cultura da Terra.
A Cultura Artificial é a Cultura da matéria, é a Cultura material, é a Cultura do desenvolvimento do mal. (19º Réplica, 4ª mensagem).

Então, o Corpo de Energia Racional, preso aqui à vida dos mortais, se tornava um corpo morto, por só fabricar Seres mortais; porquanto fabricava os micróbios e os micróbios fabricavam os corpos dos Animais Racionais, livres pensadores vagos sofredores e mortais.

A vida paradoxal, a vida que morre, porque o Corpo de Energia Racional daqui não saía. Isso sempre assim foi, nas eras da Vida viver desconhecida do seu verdadeiro Ser.




Era uma vida de ciências sem base, quando a Vida vivia cultuando a prosa ▬ mormente a prosa filosófica e científica ▬ como se fosse um brilhante, o mais aprimorado. Mas, não havendo primor algum no próprio prosador, também não poderia havê-lo em sua prosa.

A morte, no Alfabeto Artificial era para uma transformação e degeneração e extinção de uma classe, indo sempre para um estado de ser pior. Para classes inferiores a esta.

Nas Fases naturais da Natureza que se passaram antes desta, em cada eternidade vivida, havia as mudanças de tudo; da Natureza e de tudo. Novos vírus, novos micróbios e novos germens. Até que chegou esta 21ª eternidade das Fases da Cosmogonia Universal desta deformação que teve origem Racional.


Era uma Fase que o Habitante do Mundo Racional, vivia materializado em forma de máquina do raciocínio.
O Habitante do Mundo Racional é a alma Racional do Ser Humano.
E, a epífise, é a sede de matéria desta nossa Alma Racional, onde o raciocínio ficava tolhido de funcionar.

E a extinção do corpo, na Cultura Racional já é diferente. Extingue o corpo; mas, a causa do micróbio para a formação do corpo continua a vida, no seu verdadeiro Mundo de Origem.

E quando alguém resmunga: “Ah! isto está muito repetido”! Retruca o Racional:

“Repetir o que só é bom, só faz bem. Repetir é recomendar para não esquecer. As repetições têm a utilidade de satisfazer esta necessidade, de conduzir todos a um bom, belo e lindo entendimento da Razão do Ser. Qual é a Razão? É uma só. É Racional.”

E SE VOCÊ QUER SABER MUITO MAIS SOBRE A SOLUÇÃO DA VIDA, DEFINIDA E DEFINITIVA, COM BASE E COM LÓGICA E COM UMA INFINIDADE DE PROVAS E DE COMPROVAÇÕES, ENTÃO, LEIA OS LIVROS “UNIVERSO EM DESENCANTO” DE CULTURA RACIONAL.