Follow by Email

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

C AVALEIRO DA CONCÓRDIA - O HOMEM DO OUTRO MUNDO


TEXTO PUBLICADO NO SITE http://u-01.spaces.live.com (ESPAÇO DO VALDIR) E AQUI TRANSCRITO:

O cavaleiro da concórdia
O Homem do Outro Mundo
O nome dele? Manoel Jacintho Coelho.
Em todo “30 de dezembro” é praxe, entre os estudantes de Cultura Racional, reverenciarmos este dia, como sendo o “dia do sábio”.
Eis, a seguir, um pouquinho do que diz o 8o volume do Histórico do Livro “Universo em Desencanto”, o qual trás em seu conteúdo, um síntese inédita de 151 (cento e cinqüenta e uma) perguntas e respostas ilustrativas do que é Cultura Racional:
144. Quem é o Senhor Manoel Jacintho Coelho? É um iluminado pelo Mundo Racional, representante do MUNDO RACIONAL, ligado ao MUNDO RACIONAL noite e dia, por estar ligado à Energia Racional e por esse motivo recebe as mensagens transmitidas do MUNDO RACIONAL que é a cultura do desencanto, a CULTURA RACIONAL. E assim vive o Senhor Manoel, ligado aos Habitantes do MUNDO RACIONAL; como todos que têm o Conhecimento de Cultura Racional estão ligados aos Habitantes do MUNDO RACIONAL, o Mundo verdadeiro dessa Deformação Racional. O povo da Terra é iluminado pela energia elétrica e magnética e quem está ligado ao MUNDO RACIONAL é iluminado pela Energia Racional.
147. Quem é o Senhor MANOEL em relação à vida do Cosmo e como se define?
O Senhor MANOEL, por ser um Ser Humano, parece ser igual a todos, mas não é. Porque a áurea Dele é do MUNDO RACIONAL e a áurea do ser humano é diferente, é a áurea elétrica e magnética. A áurea Dele é da Supremacia Racional por estar unido ao RACIONAL SUPERIOR sendo dois em um só. E de forma que, todos são diferentes uns dos outros.
150. E as interpretações sobre o Senhor MANOEL? Quem não O conhece, fala sem saber, por não conhecer. Então já foi interpretado como espírita; por gananciosos, à sua maneira; por ambiciosos, à sua maneira; por inimigos gratuitos, à sua maneira; pelos maus, à sua maneira e pelos bons, à justa forma de ser. Quem não conhece, faz o julgamento de acordo com as versões apresentadas e de forma, que somente quem conhece o que é CULTURA RACIONAL é que tem condições de dizer quem é o Senhor MANOEL e de julgar a personalidade do Senhor MANOEL. E assim, a cor de bronze foi o juiz das cores em confusão.

E assim:
Quem é o Sr. Manoel Jacintho Coelho?

Cidadão brasileiro, carioca de vida simples, como a maioria do povo brasileiro. Com o passar dos anos foi demonstrando que possuía uma inteligência que não era comum, que o tornava especial, porém era humilde, tratava a todos com amor indistintamente.

Dedicou sua vida ao bem da humanidade, elaborando a Cultura Racional, o conhecimento dos Livros Universo em Desencanto, que ensina ao ser humano a se conhecer, definindo a verdadeira origem da humanidade.
Através de sua obra, que só tem trazido benefícios nos campos naturais, culturais e sociais no Brasil e em vários países. Conquistou o direito de ter seu nome consagrado a tantos títulos, conferidos por Organismos nacionais e internacionais, entre tantos está a Medalha de Honra da Inconfidência, uma das maiores honrarias que a Presidência da República confere a um civil e o Título de Comendador pela Ordem Internacional dos Jornalistas, pelos relevantes serviços prestados, a sociedade humana. Deixou para a humanidade o Conhecimento da nossa verdadeira origem e ensinou a prática do bem, transmitindo a todos a paz, a harmonia e a concórdia.
(Fonte: site oficial da Cultura Racional: http://www.webradio.culturaracional.com.br/)

Repassando também, outra Fonte Bibliográfica: Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre:
Manuel Jacinto Coelho[1] (Rio de Janeiro, 30 de dezembro de 1903 — 13 de Janeiro de 1991) foi o fundador da Cultura Racional.
Filho de músicos [2], o pai, Manuel, era maestro e a mãe, Rosa Maria, professora de piano. Ao completar treze anos, Manuel Jacinto já era violonista. O violão de sete cordas tornou-se uma de suas especialidades.
Aos dezoito anos entrou para o Exército Brasileiro. Ingressou na 1ª Companhia de Metralhadoras Pesadas, no quartel de Deodoro, no Rio de Janeiro. Trabalhou muitos anos no Ministério das Relações Exteriores, Palácio do Itamaraty, no Rio de Janeiro.
Em 4 de outubro de 1935 iniciou a elaboração da enciclopédia de Cultura Racional composta de 1000 livros, intitulada Universo em Desencanto, e a concluiu em 5 de dezembro de 1990. Os livros foram divididos em cinco partes, 1°- Obra, composta de 21 volumes, 2°- Replica, composta de 21 volumes, 3°- Tréplica, composta de 21 volumes, 4°- Histórico, composta de 934 volumes e 5º - Amarelões, composta de 3 volumes editados entre 1935 e 1938. Universo em Desencanto, M. Jacinto Coelho Editora
Recebeu ao longo de sua vida várias condecorações nacionais e internacionais, dentre elas a Medalha de Honra da Inconfidência, que a Presidência da República confere a um civil, o título de Comendador pela Ordem Internacional dos Jornalistas, e a Medalha Tiradentes, concedida pela Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro. Foi biografado pelo jornalista Jorge Elias, na obra intitulada Cavaleiro da Concórdia - O Homem do Outro Mundo.

De forma que o Sr. MANOEL, o Racional Superior da Terra, o Sábio Redentor, foi o responsável único por esta Obra que é fruto da IMUNIZAÇÃO RACIONAL; hoje, divulgada em verso e prosa por todos os estudantes de Cultura Racional, de muitas formas, modos, jeitos e maneiras para toda a humanidade, através de seus caravaneiros e das divulgações na grande mídia, com repercussão mundial. Tem por objetivo a ligação do Ser Humano ao nosso verdadeiro Mundo de Origem – o MUNDO RACIONAL.
Essa OBRA nos revela que a LUZ verdadeira do animal Racional é a LUZ RACIONAL, a LUZ de nosso verdadeiro Mundo de Origem, pois somos todos de Raça Racional. A Origem é uma só. É RACIONAL.
E hoje, todos neste Mundo, estamos ao dia, ao tempo e à época do Desencanto de toda a Humanidade que estava vivendo sob o domínio da matéria e pensando que não tinha outro remédio; pois, o pensamento não foi feito para acertar. É a Fase da Racionalização, a Fase do desenvolvimento do raciocínio, para que seja encontrada a solução final da vida; que é Racional. Viva o 30 de dezembro de 1903, que marcou a libertação dos encantados. O nome do Livro é “Universo em Desencanto”.
Tenhamos todos: saúde, paz e concórdia pelo desenvolvimento do raciocínio.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O DESTINO DOS TRAFICANTES!


Amigos, acordem para a mudança de fase!
Acordem para tudo o que vem ocorrendo no Brasil, principalmente no Rio de Janeiro!
Nada Amigos, mas nada mesmo, dará fim a tudo isso que vem acontecendo em todas as camadas: nas camadas de baixo, nas camadas do meio e nas camadas de cima.
As drogas!
O que é que movimenta as drogas no mundo, se não é o dinheiro, muito dinheiro?!!!....
O dinheiro é a mola mestra dessa destruição de vidas e de famílias!
Mas, como tudo que tem princípio, tem fim – ninguém fica pra semente!
Hoje, todos que movimentam este tipo de dinheiro fácil, terão suas contas a ajustar com o Tribunal de um Mundo Superior. De um Mundo que está vendo tudo e todos e o procedimento dos que movimentam todo um sistema de destruição de vidas, do próprio usuário e das famílias de pais e mães que sofrem desesperadamente para tirar seus filhos desse maldito vício. E como ninguém fica pra semente, os chefões das drogas um dia vão morrer, vão se transformar.
E sabem aonde o Tribunal da Natureza joga essas energias desses traficantes? Eles vão nascer novamente lá na África, na Biafra, para pagar o mal que fizeram.
Vão passar fome! Vão ser aquelas crianças esquálidas, secas, onde as moscas entram e saem de suas bocas famintas e sedentas de sede.
E ali ficam sofrendo fome e sede por muito tempo, pagando o que fizeram nesta vida de hoje.
Esse sofrimento é só uma parcela do que fizeram.
O sofrimento de um destruidor das vidas da natureza será por tempo indeterminado. E, no final, a transformação dessas energias será de animal irracional.
Para, no fim dessa classe de irracional, a transformação será de pedra, pedras que rolam pelas estradas, pedras preciosas, todo o tipo de pedra que passa por grandes lapidações para, daí, surgir a preciosidade como o diamante, brilhante e o ouro. E que a lapidação do ouro é passar pelo fogo para ser derretido.
Todas essas pedras são brutas (como brutas foram quando eram animais Racionais). Depois de lapidadas ficam como realmente tem que ser para serem comercializadas.
Para ver o triste fim desses traficantes e de todas as pessoas monstruosas que trucidam vidas sem dó e sem piedade.
Porém, ninguém vê o sofrimento dessas pedras, como ninguém vê os berros, os gritos desesperados do ouro quando ele é levado ao fogo.
Ninguém vê! Ninguém escuta, só a NATUREZA!!!...
(DETALHES SOBRE TUDO ISSO NA CULTURA RACIONAL, DOS LIVROS UNIVERSO EM DESENCANTO).

www.universoemdesencanto.com.br
www.webradio.universoemdesencanto.com.br
www.programaavozracional.com.br
www.boanoitebrasilracional.blogspot.com
www.encontroracional.com.br
(Texto de colaboração de Neoly M. Pereira de Castilho)