Follow by Email

quarta-feira, 30 de junho de 2010

VENHA ASCENDER!


A ascensão para o auto-conhecimento é um trabalho delicado que exige obediência, persistência e paciência.
Obediência: limitar-se naquilo que deva ser.
Persistência: a prática ininterrupta, contínua da obediência qualquer seja a situação que se nos apresenta.
Paciência: é a persistência praticada sem ansiedades, pela certeza do que se QUER e, por isso, VAI atingir.
Obediência, persistência e paciência somente são obtidas quando se conhece, com certeza ABSOLUTA e INQUEBRANTÁVEL, a meta a alcançar.
Daí concluir-se que o fundamental para se alcançar o auto-conhecimento é conhecer a meta final, conclusiva, da vida de tudo e de todos, de forma a não ter dúvidas, onde os mistérios tenham sido todos elucidados, assim como os fenômenos, finitos e transfinitos.
E porquê conhecer a meta final?
Porque somos parte de um todo universal e temos nossa parte a cumprir para que esta meta seja alcançada.
Então, conhecida essa meta, sem sombras, sem dúvidas, passaremos a dar os primeiros passos para alcançá-la, que é o de estudar, meticulosamente, todos os procedimentos, todas as atitudes, todas as ações pertinentes ao caminho que nos leva a ela, amparados pela obediência, persistência e paciência das quais estaremos sempre de posse, dada à nossa convicção consciente da meta a alcançar.
A cultura que a humanidade desenvolveu ao longo de milhões de anos, jamais favoreceu ao animal Racional esta primazia, de saber , sem mistérios, sem sofismas, sem enigmas, sem fenômenos, sem finitos, sem transfinitos, a meta conclusiva da VIDA a alcançar.
Muito ao contrário, tudo que foi desenvolvido esteve envolto em mistérios, enigmas, fenômenos, finitos e transfinitos. E, assim, sem uma meta definida UNIVERSAL, o animal Racional se voltou para o que estava ao seu alcance de saber e de malmente entender: a matéria. Investiu no progresso material, por também desconhecer o que é a matéria, pois, se tivesse conhecimento do que a matéria é, não teria desperdiçado tantos esforços, tanta luta, na ilusão de que com o progresso material alcançaria a satisfação e o consequente equilíbrio da humanidade.
E foi por causa de tudo isso que o animal Racional sempre passou pela VIDA, mas, não VIVEU, por ter vivido SEM SE CONHECER. Viveu tendo como referência de vida valores aparentes, sem base e sem lógica, que hoje, na entrada do terceiro milênio, desabam sobre a humanidade como verdadeiras montanhas de lixos mal cheirosos, que sufocam, tonteiam, cegam e liquidam seus criadores, que é o prêmio a que fizeram jus por alimentarem as aparências, a hipocrisia, a prepotência, a soberbia, os preconceitos, as ilusões, as fantasias, os sonhos, as esperanças, a ganância e a ambição, dentre outros incontáveis monturos, que sempre foram tidos como flores perfumadas.
Entretanto, nem tudo está perdido. Não culpemos a ninguém de todas as desgraças pelas quais temos passado de longa data neste segundo mundo. Não poderíamos ter feito melhor, porque nos faltava sabedoria, nos faltava conhecimento verdadeiro, vivemos ao longo do tempo sendo engambelados por valores sem base que nos foram impostos como verdadeiros. Demos o que tínhamos que dar: NADA! Quem NADA sabe somente o NADA pode dar.
E eis que a Natureza nos favorece agora nesta fase do terceiro milênio. Está presente na Terra todo o conhecimento completo da META definida e definitiva para a qual nossa vida foi cuidadosamente gerada, criada, mantida e governada pela Natureza.
Nesse conhecimento a Natureza de ordem SUPREMA nos dá finalmente a conhecer o porquê da existência deste mundo em que vivemos, da nossa existência e da existência de tudo, visível e invisível. Mas, não só isso, revela a nossa verdadeira origem.
Vamos inclusive entender o porquê o campo invisível, espiritual, nunca pode nos fazer tal revelação, mantendo-nos na inconsciência de tudo e de todos, a bem de nossa lapidação e preparação para uma fase superior, que teve início em 1935.
Agora, sim, nossa vida passa a ter sentido, a partir do momento que nos permitirmos a conhecer essa META final, definida e definitiva, que finalmente dá sentido às nossas vidas, plena satisfação e consequente equilíbrio, porque no percorrer o caminho que leva a ela, todos nós, de forma natural, naturalíssima, passamos a NOS CONHECER!
O banquete está servido, o banquete universal de paz, amor, fraternidade e concórdia universal. E todos são convidados!
Escolha-se! Venha ascender, que a META é certa e verdadeira!
CULTURA RACIONAL, dos Livros
UNIVERSO EM DESENCANTO.
Tel.0xx 31 2555-0054

terça-feira, 29 de junho de 2010

Amazing speech by war veteran_LEGENDADO_PT_BR


Este vídeo é uma prova contundente de que o pensamento não foi feito para acertar e, sim para lapidar a humanidade, jogando irmãos contra irmãos, em detrimento da paz e da união e em favor dos lucros exorbitantes para poucos. A vaidade, a ambição e a ganância são as estratégias felinas do pensamento para lapidar a humanidade. A valorização da matéria em detrimento da vida, a valorização das APARÊNCIAS, que não são verdades, dos conceitos errôneos de uns poucos, que são mais fortes, impostos de forma imperialista aos mais fracos.

Conceitos, que não correspondem às leis naturais da VIDA, da NATUREZA, portanto, pré-conceitos, que por falta do SABER VERDADEIRO, não alcançaram ainda os verdadeiros conceitos da VIDA, que correspondem à VERDADE, que existe, independente da anuência de qualquer que seja.

Por isso estamos aqui neste blog, desde 2007, batendo insistentemente nesta tecla do SE CONHECER RACIONALMENTE, para que situações monstruosas como às deste vídeo não têm continuidade de ocorrência nos quatro cantos do mundo.

Mas, para isso, é preciso que coloquem seus preconceitos de lado e procurem pesquisar o CONTENCIOSO DA VIDA, Universo em Desencanto, que não é um livro comum. Que não corresponde a instituição nenhuma aqui da Terra e, sim, representa o condensado das leis naturais da VIDA, que regem todo o Universo, mesmo antes da existência do animal Racional.

Razão porque não poderia jamais ter sido escrito por vivente nenhum aqui da Terra. Foi ditado, já repetimos aqui incontáveis vezes, pelo RACIONAL SUPERIOR, entidade SUPREMA do mundo de onde tudo e todos são originários, o MUNDO RACIONAL, o mundo dos ETERNOS, puros, limpos e perfeitos.

Todavia, para que tenham provas e comprovações de todas essas nossas afirmações, é necessário que cada qual se dê a oportunidade de pesquisar esses preciosos Livros, para que tenham em si mesmos essas provas e comprovações.

Sem essa atitude, jamais sua pessoa poderá, com base e com lógica, poder atestar o que esses Livros são, e continuará pré-conceituando-o, caindo no mesmo erro em que se encontram todos que emitem opiniões sobre este Tabernáculo sem tê-lo estudado séria e profundamente, caindo no lugar comum dos pequenos grupos que dominam os mais fracos, por julgarem corretas as “verdades” que até aqui lhe repassaram nesta cultura terrena, admitindo-as como VERDADE.

Este vídeo retrata toda a monstruosa manipulação que o pensamento tem feito sobre a humanidade, utilizando para isso toda a cultura artificial que desenvolveu, filosófico-científica, durante 21 eternidades. E chegou a um ponto de desequilíbrio tal, que entrou em falência, a FALÊNCIA DO PENSAMENTO. Razão porque com o pensamento ninguém resolve mais nada, só mesmo com o raciocínio, força poderosíssima que temos dentro de nossa cabeça, congregada na Glândula Pineal, e que se trata de uma ENERGIA SUPREMA, idêntica em todas as cabeças, o que faz, naturalmente a união de todos, assim que todos a desenvolverem e se ligarem a ela.

Mas, esse desenvolvimento é INDIVIDUAL. Ninguém pode desenvolver o raciocínio de ninguém. Cada um tem a faculdade de desenvolver este precioso dom que nos foi legado pela NATUREZA, em sua própria casa ou onde estiver. Porém, para efetivá-lo, há que conhecer os procedimentos que devemos adotar para conseguí-lo e que se encontram nos Livros Universo em Desencanto. E não é fácil, pois, estamos há eternidades acostumados a pensar. Por isso, nossa recomendação para que não demorem muito a se decidir nessa jubilosa empreitada, porque a vida é curta cada dia mais, fazendo com que o tempo fique também cada vez mais curto para o DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO.

E por a fase do pensamento ter terminado, a Natureza deixou de alimentar o pensamento dos pensadores. E por falta do alimento da Natureza, o pensamento de todos está enfraquecendo, secando, secando o sentimento. E de muitos o pensamento já secou, secando completamente o sentimento: esses se tornaram monstros, são os promotres de todas as monstruosidades, tais como são todas as guerras.

Vamos ACORDAR, minha gente, AINDA HÁ TEMPO!

segunda-feira, 28 de junho de 2010

O PRECONCEITO


O mundo em que vivemos encontra-se há muito em convulsão. A desordem vem se desenrolando em progressão geométrica, alcançando o ponto crítico de pais não respeitarem a vida dos filhos e vice-versa. Os valores materiais passaram a ser o comando do mundo em detrimento da vida, que perdeu todo o valor.
Todos já enxergam isso, mas não conseguem reverter a situação, porque a maioria absoluta não conhece as causas correspondentes.
Se conhecessem, combateriam as causas e cessariam os efeitos, pois, não há efeito sem causa.
E mesmo quando as causas são conhecidas e divulgadas, há um entrave maior para que sejam debeladas: a não aceitação da realidade, devido aos PRECONCEITOS.
Vejamos o que diz a Wikipedia sobre o PRECONCEITO:
"Preconceito é um "juízo" preconcebido, manifestado geralmente na forma de uma atitude "discriminação|discriminatória" perante pessoas, lugares ou tradições considerados diferentes ou "estranhos". Costuma indicar desconhecimento pejorativo de alguém, ou de um grupo social, ao que lhe é diferente.
De modo geral, o ponto de partida do preconceito é uma generalização superficial, chamada "estereótipo". Exemplos: "todos os alemães são prepotentes", "todos os norte-americanos são arrogantes", "todos os ingleses são frios". Observar características comuns a grupos são consideradas preconceituosas quando entrarem para o campo da agressividade ou da discriminação, caso contrário reparar em características sociais, culturais ou mesmo de ordem física por si só não representam preconceito, elas podem estar denotando apenas costumes, modos de determinados grupos ou mesmo a aparencia de povos de determinadas regiões, pura e simplesmente como forma ilustrativa ou educativa.
Observa-se então que, pela superficialidade ou pela estereotipia, o preconceito é um erro. Entretanto, trata-se de um erro que faz parte do domínio da crença, não do conhecimento, ou seja ele tem uma base irracional e por isso escapa a qualquer questionamento fundamentado num argumento ou raciocínio.” (Grifo nosso)
E vejamos o que fala o Dicionário do Aurélio:
"Forma de pensamento na qual a pessoa chega a conclusões que entram em conflito com os fatos por tê-los prejulgado. O preconceito existe em relação a quase tudo e varia em intensidade da distorção moderada a um erro total." (Grifo nosso)
Interessante como ambos concordam de que se trata de um ERRO o preconceito, que é um pensamento, não um raciocínio.
E de fato constatamos que é um erro, basta olhar o cenário mundial, montado sem base e sem lógica, devido a falta de conhecimento da Natureza e de todos os seus seres, onde cada qual pensando e imaginando diferente um do outro, por FALTA DE CONHECIMENTO VERDADEIRO DA VIDA, montou sua própria “verdade”, diferente de todas as demais e nela se pautando para aceitar ou não o que vê, o que sente, o que escuta e o que percebe, como se “a verdade”, de cada um fosse realmente A VERDADE.
Daí nasceu o preconceito. E os mais fortes, os mais espertos, impondo sua “verdade” aos mais fracos.
Foi assim montado este palco monstruoso em que vivemos.
É vergonhoso continuarmos assim, vivendo como verdadeiros bichos inconscientes!
Precisamos reconhecer que nada sabemos, caso contrário não seríamos dependentes em tudo para viver: do sol, da lua, das estrelas, da água, da terra, dos animais e dos vegetais.
Esses seres é que têm, em troca de absoluta ingratidão, nos gerado, criado, governado e mantido.
Sejamos mais humildes. Deixemos de lado os PRECONCEITOS sobre a VIDA, para aprendermos e nos aprofundarmos nos CONCEITOS da VIDA, dados e ministrados pela DONA DE TODAS AS VIDAS, a NATUREZA, através da cultura dela, a Cultura Racional, nos Livros Universo em Desencanto.
Quem, com sua CULTURA e SABEDORIA, gera, cria, governa e mantém tudo e todos é quem tem razão de sobra para nos dizer QUEM SOMOS, DE ONDE VIEMOS, COMO VIEMOS e PARA ONDE VAMOS, e o que é a VERDADE das verdades, que devemos conhecer, estudar e aprender, para poder BEM viver, livres de todos os preconceitos que desenvolvemos e cultuamos há eternidades e que tornaram nossas vidas um mar de sofrimentos, de amarguras e de pranto.
Livremo-nos dos PRECONCEITOS, ainda há tempo, nos Livros Universo em Desencanto!
Salve, SAÚDE e PAZ para todos!
Tel. 0xx 31 2555-0054

Uma Mensagem Para Toda Humanidade - Parte 1

domingo, 27 de junho de 2010

REFLITAMOS


Alguém já viu alguma mãe ou pai mentalmente sadio proceder a alguma correção rigorosa em filho que se pauta de forma irrepreensível?
A resposta evidente será: “Não!”
Filhos de conduta reta, de bom caráter etc., recebem é muito apoio e carinho dos pais, não é verdade?
Apesar de não sermos perfeitos, sabemos com facilidade reconhecer e premiar os filhos que fazem por onde merecer nosso reconhecimento e aplauso.
Agora, e a Natureza, soberana e poderosa, com relação a seus feitos? Incomparavelmente melhor que todos nós, sabe corresponder ao comportamento de todos os seus feitos.
E olhando o cenário violento e desastroso do mundo, qualquer cidadão ou cidadã há de concluir que a Natureza não está nada satisfeita com a humanidade.
Isso é um assunto de absoluta seriedade, mas, que a grande massa humana, envolvida que está com as rotinas estressantes que criou para si mesma, não encontra nem dia, nem hora para refletir sobre ele.
E se não parar para refletir, pesquisar sobre o assunto, procurando se modificar individualmente para reverter a situação, o sofrimento no mundo alcançará proporções insuportáveis e monstruosas para todos que se acomodaram.
A vida humana mundialmente é o reflexo e a consequência do comportamento de cada um que já passou e está passando no planeta. De forma, que a única forma de melhorar essa vida humana, é cada qual, individualmente procurar SE CONHECER, conhecer a NATUREZA, corrigindo-se naquilo que faz e que vai contra as leis naturais da Natureza. Não tem outro caminho.
Somente nos harmonizando com a Natureza ela nos dará o mapa, a planta e a bússola da felicidade. E para nos harmonizar com ela é condição imprescindível conhecer a cultura dela e estar em dia com a fase dela em vigor.
E qual é a cultura dela?
A CULTURA RACIONAL, contida nos Livros Universo em Desencanto.
E qual é a fase dela em vigor?
A Fase Racional, do desenvolvimento do raciocínio, que é a Glândula Pineal.
Façam a prova de São Tome e pesquisem esses Livros, para o seu próprio bem e de toda a humanidade, não custa nada procurar tirar a limpo o que tanta gente de bom coração, estudantes de Cultura Racional, têm recomendado.
REFLITAMOS: a paz universal é a soma da paz de cada um. Faça a sua parte!
Salve, saúde e paz!
Tel. 0xx 31 2555-0054, dentre outros.

terça-feira, 22 de junho de 2010

VOCÊ ESTÁ JOGANDO UM JOGO DURO, MAS, VAI VENCER!


O ser humano é portador de um SER RACIONAL, o representante REAL de sua pessoa, organicamente ligado à sua matéria, dentro de sua cabeça.
Este ser se trata de um HABITANTE DO MUNDO DE NOSSA ORIGEM, o mundo dos eternos, puros, limpos e perfeitos.
Mas, acontece que todos sabemos que não somos nem puros, nem limpos, nem perfeitos e, sim, impuros, poluídos, imperfeitos e cheios de defeitos, como aí estão os fatos dando o testemunho dessa realidade pelo mundo todo.
Então, como ficamos!?
A explicação fundamental para isso é que nós estamos aqui em um mundo externo ao Mundo dos Eternos.
E você me pergunta: “Uai, mas como pode isso ser possível?”
Então, para lhe responder a essa sua razoável indagação, precisamos conversar então RACIONALMENTE, numa nova linguagem, embora no mesmo idioma. Com uma fundamental diferença, que é a seguinte: ao terminar essa conversa você começa, pela primeira vez depois de milhões de milênios, a CONHECER A SI MESMO.
Sim, definitivamente, com base e com lógica, você vai saber de uma vez por todas o seu SER CERTO e o que foi que com ELE se deu de tão errado, que ELE deixou de ser o que era, para ficar sendo assim como aí está você.
E agora você me pergunta: “E como é que eu estou, afinal?”
Aí está você nesta classe de livre pensador, vago sofredor e mortal. E pensar que você já foi puro, limpo e perfeito, Habitante do Mundo Eterno, o MUNDO RACIONAL!!!!....
E agora você se depara consigo mesmo na condição de um ser encantado, misterioso para si mesmo, que é o que todo encantado é.
Por exemplo: você ao se olhar no espelho, com quem você se depara? Com alguém lhe olhando de frente, lhe examinando, perscrutando e tentando lhe higienizar de sua poluição.
Que não vai muito adiantar. Já que no dia seguinte, ou dali a um pouco, o mesmo ritual voltará a lhe lapidar.
Assim sempre foi com você e com todos e continuará sendo, enquanto você continuar habitando este mundo de matéria, o mundo animal.
Quando você, na sua originalidade, era um RACIONAL, habitando o MUNDO RACIONAL, você estava desfrutando do seu verdadeiro estado natural de ser.
O que você tem que logo saber é porque razões e motivos você abdicou daquele seu estado CERTO de SER e, por uma desventura, enveredou chegando assim a este estado incerto, incorreto e artificial de ser.
No ficar sabendo o porquê, você se encontra com a sua VERDADEIRA INDIVIDUALIDADE, que se achava perdida aqui neste mundo do encanto, do sofrimento e do pranto, que é uma soberba fonte de raciocínios perdidos.
Saiba que o CONHECIMENTO DO SER (que você é) está no RACIOCÍNIO, aí dentro de sua cabeça, justo no istmo do mesencéfalo, que é a Glândula Pineal.
E para que o RACIOCÍNIO, representante RACIONAL de sua pessoa, o leve a encontrar-se consigo mesmo e o reconduza de volta para o mesmo lugar de onde você veio e é (do MUNDO RACIONAL), aí estão disponibilizados em suas mãos, os Livros Universo em Desencanto de Cultura Racional.
Neles, ao estudá-los, você absorve a essência de suas páginas (a ENERGIA RACIONAL) em seu RACIOCÍNIO. E esse sai do estado de latência e de inércia e vai despertando do estado de coma consciencial.
E é justamente aí que nunca mais vai lhe acontecer o que sempre lhe aconteceu, sempre que aqui você nasceu: VOCÊ PASSOU PELA VIDA, MAS NÃO VIVEU!
Agora a sua realidade será outra, positiva e conscientemente, no despoluir a sua mente: você ressuscitou seu VERDADEIRO EU, este Habitante do MUNDO RACIONAL, aí materializado dentro de sua cabeça em forma de máquina do raciocínio.
Esse, depois de desmaterializado pela Cultura Racional, toma a forma verdadeira (lembra?) daquele seu verdadeiro estado natural de ser no Mundo dos Eternos, de um CORPO DE ENERGIA DE VIDA ETERNA, com o seu progresso de pureza.
Entendeu agora porque você é animal RACIONAL? É porque você está nessa classe de Racional na Terra, que é o RACIONAL que tomou essa sua forma de animal, da classe animal de origem RACIONAL.
Aí está porque o BEM foi a causa do mal.
É claro que agora você está com pressa de ler os Livros Universo em Desencanto, para adquirir todo esse CONHECIMENTO!
Sim, porque faz é tempo que você vem jogando um jogo duro! Mas, agora, com certeza, você vai vencer!
SUCESSO, SAÚDE e PAZ!
Tel. 0xx 31 2555-0054, dentre outros.

Cultura Racional

Cultura Racional

Cultura Racional

Banda Racional de Americana sp, em Sumaré sp..wmv

sábado, 19 de junho de 2010

A RACIONALIZAÇÃO


A FASE DA RACIONALIZAÇÃO
QUE FASE É ESSA?

I PARTE
Salve pessoal!
Ultimamente, as pessoas que lêem postagens de divulgação Racional, têm perguntado,
insistentemente, sobre este assunto: “A Fase da Racionalização”. Diversas questões têm sido formuladas querendo saber mais sobre quando será isso e de que forma poderá se viabilizar neste Mundo, tal Fase. Querem saber quando vai começar e de que forma isto se concretizará entre os Povos.

Buscando repassar um pouco mais dessas noções sobre os andamentos do novo conceito evolutivo natural da Natureza, tendo sempre por referência as interpretações até aqui feitas dos estudos do conteúdo dos livros de Cultura Racional; então vejamos o que segue.

Observamos pela narrativa da Cultura Racional que, desde o princípio da existência humana numa Natureza de transformações, já estava montado todo um Plano Estratégico visando o nosso retorno ao nosso estado de ser natural verdadeiro.

Então, uma pergunta comumente feita tem sido esta: “Ué! A gente sendo ‘Ser Humano’, cada qual que assim é, já não está em nosso verdadeiro estado natural de ser?”.

A Cultura Racional a respeito desta questão, ela nos diz que devemos nos reportar ao antes da existência de tudo que existe. A classe de animal Racional ela existe. Mas, é preciso considerar o antes de ser animal Racional, o que era. E era corpo Racional em extinção. Era a classe de Racional que vinha perdendo virtudes de sua formação corpórea e degenerando.

Então, ao final daquela degeneração, deu-se a extinção. E dali foi que veio a transformação da classe extinta de Racional para a classe de animal Racional. A extinção do corpo Racional em cima de quando era o início da formação da primitiva matéria, fez com que uns tantos Seres que saíram do Mundo Racional progredindo por conta própria, perdessem a vida de Racional. Ou seja: não houve o extermínio da vida e sim, a extinção forma de ser de Racional, que é a forma corpórea do verdadeiro natural de ser. Foi, portanto, uma extinção que se deu fluidicamente.

Dali foi que surgiu o Projeto Ser Humano. O princípio da formação do Ser Humano que, tinha forçosamente que passar pela origem verdadeira, ou seja: o principiar da existência dessa formação de um corpo humano. Mas, o propósito era o seguinte: “dar prosseguimento à vida Racional, devido à extinção de todos aqueles corpos; uns tantos deles, em cima da massa da Planície Racional e outros tantos, em cima da Resina expelida pela Planície”.

Nada, daquelas Eras, era como é agora, nesta Natureza hoje deformada de todo. Ali era o principiar de toda esta deformação em transformações. E esta é uma informação que interessa indistintamente a todo e qualquer Ser Humano, a cada um de nós; pois a narrativa dessas passagens, diz respeito diretamente à origem do seu Ser, de nosso Ser. Por isso, vamos nos debruçar um pouquinho mais sobre este esclarecimento do que somos. O que somos? Um Racional, cada qual o é; mas, com forma de animal.

Olhe que estamos falando aqui de dois aspectos da maior importância. Um deles é a razão de o porquê desta vida; e, o outro é: o porquê esta vida, a vida da matéria, termina num abrir e fechar de olhos, numa breve duração. A resposta é que “esta não é a verdadeira vida; e sim, a vida Racional o é.”. E vamos prosseguir na 2ª Parte.


A FASE DA RACIONALIZAÇÃO
QUE FASE É ESSA?

II PARTE

Voltemos ao princípio da forma humana; de quando tudo era ainda, Energia Racional; mas, já degenerada e em deformação. Massas corpóreas de Energia Racional, a carcaça dos extintos em cima do primitivo chão, servindo de fôrma para urdir, por meio de microrganismos em estado de Energia, a formação de uma massa humana incubada no próprio chão. E a máquina humana foi fecundada pela razão de terem uma origem eterna, que é a origem de Racional. Foram feitos organismos microviventes até hoje invisíveis para qualquer lente de enorme alcance micrométrico, cada um na sua categoria, todos eles incumbidos de seu setor orgânico, mediante uma arte natural, de sua própria natureza.

Devido à extinção dos corpos anteriores, tinha que vir outra forma de vida, porque a forma de vida anterior deixou de existir, os corpos Racionais. A solução encontrada, para projetar a máquina humana, foi a de descrever o Mapa da Formação do Corpo Humano através de um senso geográfico Racional; já que todos os arquitetos, Donos desta formação, até hoje estão aqui presentes, para que cada qual dê as suas explicações.
Portanto, não se trata de alguma balela; posto que, os comprovantes Racionais estão aqui mesmo, presentes em você, mas em estado latente, precisando ser desenvolvidos a fim de lhe dar o testemunho, pessoal e universal, de que se trata de uma verdade maior. Ou ainda, a maior das verdades dando-lhe a conhecer: a causa de toda a realidade e não apenas, de sua realidade pessoal.

E caso você pergunte: “Comprovantes Racionais, presentes em mim mesmo? Como assim?” Cabe responder que: trata-se da base (o raciocínio desenvolvido ligando o Ser Humano ao Mundo Racional) e da lógica (a vidência Racional desenvolvida para que o Ser Humano possa ver os Habitantes do Mundo Racional, no Mundo Racional). E uma vez sendo assim conhecido o Mundo de nossa Raça, então a pessoa sabe como voltar para ele. E isso passa pela Imunização Racional, a ligação do Ser Humano ao Mundo Racional, feita essa ligação pela Energia Racional que está governando a Natureza nesta Fase Racional.

Desde quando foi fecundada a máquina Humana; mas projetando-a, para que compusesse uma máquina Racional, com todos os microviventes seminais, feitos em estado de Energia pela Razão Racional e, em obediência a uma Planta Racional do corpo. Uma vida material com todos os órgãos necessários; porque, já foi formada com o objetivo de que viesse a nascer e se tornasse, com o tempo, uma vida entendida das coisas e entendida do seu Ser. Era para que pudesse nascer e compreender o seu Ser, a fim de que possa voltar ao seu verdadeiro Mundo de Origem, o Mundo Racional.

Mas, essa vida transformada de seu verdadeiro Ser, tendo sido feita de matéria (o seu acidente) ia fatalmente, demorar muitos períodos em estado de coma consciencial, envolvida na matéria, desconhecendo a sua origem de Racional e julgando e pensando que a matéria tivesse sido a sua verdadeira origem. Então, ia ficar uma vida Encantada. Aprisionada ao magnetismo da mecânica da geração e formação da matéria. E a matéria ia acabar se constituindo numa ilusão que provém do nada para revir ao nada.

De um ínfimo líquido seminal – um nada – ia ter constituição uma vida degenerada para dar o simbolismo de um tudo aparente, que é mero efeito simbólico da deformação; já que a matéria, ela por si mesma, não podia fazer o corpo sem que existisse uma causa. O papel exercido pela matéria, foi de coadjuvante do Q.I. da vida. Foi a Energia do Habitante do Mundo Racional, materializado em forma de máquina do raciocínio, foi o que deu constituição a esta vida de Animal, a vida de matéria: do Racional da Terra. Precisou que houvesse a extinção dos Seres de cima, em cima de quando era o início da formação deste chão; então, ali foi que ficou determinada a biodualidade: dois em um só: o Animal Racional.

Todos, dessa espécie humana, sendo de uma mesma classe de Racional que tomou forma de animal; e da mesma categoria de princípio seminal, esse óvulo líquido no formato de um ínfimo pingo d´água – o sêmen – já contendo ali, a massa, para a formação da massa de matéria do corpo. E os Racionais que ficaram envolvidos nesse processo de degradação progressiva, foram aqueles que se deliberaram a progredir por conta própria numa Planície que era uma Massa Cósmica de vida própria, pura, limpa e perfeita. E referida Planície teve por nascente e sua Fonte Primordial, a outra parte que é uma imensa Planície existente lá no Mundo dos eternos, o Mundo Racional, onde vivem os Racionais com o seu progresso de pureza.

Referida nascente, foi a Fonte dessa Parte que no vir descendo, e a sua massa veio se degenerando. E depois veio se deformando e a sua massa originando massas d´água. E a água por ter incubado na cinza de uma Resina extraída da Planície ficou degenerada. E essa Energia degenerada, se tornou a causa da massa dos corpos de matéria, uma infinidade de corpos de vida diferentes, da mecânica material, existentes neste Mundo deformado. Aí está por conta, num mínimo óvulo no formato de um pingo d´água, está contida essa massa, para a formação da massa de matéria do corpo de massa humana. Não só dessa máquina de matéria humana; mas também de outro animal qualquer; já que a categoria de princípio seminal é uma só para as duas classes: Racional e irracional.

Toda essa longa exposição é para que a gente possa ver que o corpo do animal Racional é da Planície Racional que se transformou e deu causa à Energia magnética e elétrica, terra e água, e essas duas Energias foi que fabricaram a máquina de matéria do animal Racional, no começo nascida do chão. E só muito tempo depois foi que se tornaram máquinas de reprodução de filhos-irmãos; assim como qualquer outro vegetal que produz a semente como máquina de reprodução dos de sua mesma espécie.

E aí residindo o grande fator de risco dessa classe em que nos encontramos, nós da espécie humana. O fato de termos nos tornado máquinas de reprodução, fatores de multiplicação da espécie; fez então, que adentrássemos por um progresso de degeneração. A degeneração são virtudes perdidas, e que, multiplicadas, vão subtraindo a capacidade de sustentação da Força Cósmica pelos microrganismos de sua composição corpórea; daí advindo o enfraquecimento e a poluição, até a extinção desta classe de corpos. E assim como se deu a extinção dos corpos dos Racionais, fluidicamente; assim também, vinha agora, a extinção da classe corpórea do Animal Racional, pela sua multiplicação.

Mas, para que assim se desse com o Racional que tomou forma de Animal de origem Racional, precisou que, fluidicamente, o corpo do Habitante do Mundo Racional tivesse se extinguido em cima da formação inicial que tiveram: a terra e a água. Então, ante aquela extinção fluídica de sua última virtude perdida, foi que aconteceu a materialização desse corpo de Energia Racional. E, foi na água (massa derretida da Planície) e na terra (cinza ou pó derivado da resina extraída da Planície). Então, ficou o Habitante do Mundo Racional materializado em forma de máquina do raciocínio.

E agora, nesta Fase natural da Natureza, a Fase Racional; estamos na Fase de sua volta para o Mundo Racional. Que a sua desmaterialização é feita pela Energia Racional, desenvolvendo a sua desmaterialização, mediante um processo psicossociocultural deste 3º Milênio, depois de todos alfabetizados pelo seu peculiar alfabeto – a Cultura Racional. E só depois de desmaterializado é que toma a forma do seu verdadeiro corpo. E depois do seu corpo feito, volta para o Mundo de sua origem, o Mundo Racional, e terminando assim, a classe do animal Racional neste segundo Mundo.

Então, para que toda a trajetória que resta ser cumprida ainda em nossa evolução antropológica, fique bem esclarecida, Racionalmente, é preciso que se diga, ao menos numa síntese, de como vão ser cobertas todas as etapas, doravante e pelos dias vindouros até que se consolide a Racionalização dos Povos. E que será o que vai levar, a bom termo, o desenvolvimento ainda pendente de acontecer, dessas três potencialidades humanas; hoje, ainda latentes:
◦ o desenvolvimento do raciocínio; ◦ o desenvolvimento da vidência Racional; e ◦ o desenvolvimento do Aparelho de matéria; até se tornar Aparelho porta voz do Mundo Racional.

Para ver que hoje, estamos tratando da parte provisória do Conhecimento. A Primeira Parte. Para depois entrar na parte consciente do Conhecimento. A Segunda Parte. E para depois entrar na Parte Fundamental, Racional, desse Conhecimento de alfabetização Psicossociocultural. São essas as passagens do desenvolvimento da Fase Racional. A primária: a classe de Aparelho Racional. A secundária: a classe de Racional. E a Superior: a de Racional puro, limpo e perfeito. As três partes fundamentais do desenvolvimento do raciocínio.

É por esse conjunto de razões maiores que, os estudantes de Cultura Racional pelo Brasil e pelo Mundo, divulgam persistentemente, recomendando a todos a leitura e o estudo constante do Conhecimento da cultura do desenvolvimento do raciocínio, para que você obtenha em si mesmo, você e assim também toda a humanidade, os comprovantes Racionais, a base e a lógica; porque a solução da vida está na própria vida e não fora dela. A solução da vida está no desenvolvimento do Ser vital da vida, o Ser Racional, representante Racional de sua pessoa, aí materializado dentro de sua cabeça, no istmo do mesencéfalo, em forma de máquina do raciocínio.


Esta é uma chance singular que toda a humanidade tem de passar a se conhecer, para deixar de assim ser: livre pensadora, sofredora e mortal. Fazemos votos de que você busque por essa solução da vida, definida e definitivamente esclarecida nos Livros: Universo em Desencanto, de Cultura Racional. Tenhamos todos: saúde, paz e completa união.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Evento racional no calçadão da Praia de Icaraí

O LIVRO UNIVERSO EM DESENCANTO RECUPERA A CONSCIÊNCIA POSITIVA RACIONAL PERDIDA, A CONSCIÊNCIA VERDADEIRA DO SER


A VERDADE é uma só. Onde existem duas verdades (ou mais), não existe consciência VERDADEIRA.
Por quê?
Porque o que é para um, já não é para outros. Serve para um, mas não serve para outros, não tendo lógica, por servir a um ou a uns tantos, valer a um ou a uns tantos, porém, não servir aos demais. O que não serve a todos, o que não vale a todos, é discriminatório, marginaliza, não acode à necessidade de todos, maximiza uns tantos e minimiza os demais, como se os demais fossem inferiores, foge à fraternidade, foge ao amor, não concretizando a paz.
E em assim sendo, deixa de ter lógica, porque promove a discórdia. E viver em discórdia é inconveniente para todos, porque redunda em lutas sem proveito para ser algum, cada qual querendo provar ser melhor, desnivelando uns em relação aos outros, o que gera desentendimentos, atritos, enfim, culminando em guerras e na destruição de todos, numa irracionalidade cruel.
Portanto, foge à racionalidade, foge ao SER RACIONAL, por não ter a BASE que norteia o comportamento RACIONAL, foge à VERDADE, que é uma só.
Assim se encontra o mundo em que vivemos, que se tornou um verdadeiro campo de guerras, por viver SEM BASE. E por viver SEM BASE, por não conhecê-la, passou a viver sem lógica. E a prova contundente está à frente dos olhos de todos, que só se deparam na vida com todo tipo de problemas, lutando há milênios para vencê-los, com as maiores dificuldades, lutas que têm provado serem sem proveito algum, por o mundo se tornar cada vez pior, culminando na destruição cada vez mais monstruosa do SER HUMANO, que vai perdendo, dia a dia, o respeito por tudo, por todos e, consequentemente, por si mesmo. É uma auto-destruição, por desconhecer a BASE para nortear o comportamento RACIONAL de paz, amor e fraternidade verdadeiros.
Se chegamos a esse estado calamitoso e monstruoso de ser, provado está que esta BASE jamais foi conhecida pelos viventes deste grandioso universo em que vivemos. Nem pelos seres materializados, nem pelos seres invisíveis, que congregam o mundo espiritual, deste Astral Inferior em que vivemos.
Sim, pois, se o mundo espiritual fosse conhecedor dessa BASE, há muito já a teria repassado para os seres materializados, que sempre foram comandados por essa parte invisível e, por isso, julgando encontrar-se nela o SER SUPREMO a tudo e a todos. Mas, tudo devemos ao mundo espiritual, que deu de si o melhor para todos nós.
Ora, se neste Astral Inferior estivesse o SER SUPREMO a tudo e a todos, logicamente esse Astral Inferior estaria de posse da BASE e já de há muito a teria repassado a nós, seus comandados, e a lógica estaria constada em nossos comportamentos, evidenciada numa vida de paz, amor, fraternidade e concórdia, de UM por todos e todos por UM.
Com isso, fica evidente, a existência de um mundo SUPERIOR ao mundo em que vivemos e, mais ainda, fica provado e comprovado que esse mundo em que vivemos sempre esteve desligado do MUNDO SUPERIOR. Pois, se ligado estivesse, estaria, em consequência, de posse da BASE, já há muito a teria repassado para nós materializados, que, vivendo norteados por ela, pela BASE, teríamos construído um mundo de verdadeiro amor e, não de dor.
Então, o mundo em que vivemos sempre esteve desligado do SER SUPREMO A TUDO E A TODOS e, por assim ter se desenvolvido (por conta não dEle e, sim, por conta de seus próprios habitantes) é que culminou nessa tragédia universal, de uns contra os outros e destruindo uns aos outros, por falta da BASE, vivendo à revelia, de acordo com os gostos e as vontades de cada um de nós, variantes e diferentes de ser para ser, portanto, sem lógica alguma – total desunião, por falta da BASE.
Cada um inventando o seu deus, e cada um julgando o seu deus o verdadeiro, de acordo com o que imaginava e pensava, porque não sabíamos raciocinar, por não conhecermos a BASE do raciocínio, a ENERGIA a ele pertinente.
Chegamos a um ponto tão caótico, que uns tantos, cansados de sofrer e lutar em vão, começaram a atinar que tudo que vivemos não passou de fantasia, ilusão, enfim, de um monstruoso embuste.
E esses uns tantos veio aumentando persistemente, clamando uma providência verdadeiramente DIVINA, de um MUNDO SUPERIOR, até que esse clamor foi atendido.
O SUPREMO do MUNDO SUPERIOR, que é um Mundo RACIONAL, fez a ligação do mundo inferior em que vivemos com o MUNDO SUPREMO, dando-se aí uma mudança de fase da natureza em que vivemos, por colocar à disposição do mundo inferior, a BASE para guiar o comportamento de todos, visíveis e invisíveis, dentro da lógica que nos leva ao amor, à paz, à fraternidade e à concórdia universal, para nos tornar possuidores da BASE, ou seja, para nos tornar UM SER RACIONAL, com consciência positiva RACIONAL, nos ensinando a nos desligar da parte animal, e a nos ligar à nossa parte RACIONAL.
Ligados à nossa PARTE RACIONAL, que é o raciocínio, a Glândula Pineal, passamos a desenvolvê-la até dominarmos a nossa parte animal, passando a ter uma consciência verdadeira RACIONAL.
De posse da consciência verdadeira RACIONAL, passamos a viver colocando-a em prática em relação a todos os seres visíveis e invisíveis, culminando no entendimento perfeito da BASE, cujo nível de consciência é RACIONAL SUPERIOR, ou seja, uma consciência que não leva em conta o que não tem BASE, nem se aborrece com nada e com coisa alguma, uma consciência RACIONALMENTE SUPERIOR.
De posse desse nível de consciência, torna-se a pessoa um aparelho da BASE, um aparelho Racional, passando a ser desenvolvida e evoluída por um campo intermediário entre o Mundo Superior e o mundo inferior, campo mediador entre os dois mundos, o ASTRAL SUPERIOR.
Vivendo aqui neste mundo em que vivemos, única e exclusivamente para levar, a todos, sem distinções, o conhecimento da BASE, sem ingerências, sem imposições, à semelhança do SUPREMO A TUDO E A TODOS, alcançando um nível de consciência e entendimento SUPERIOR RACIONAL.
Vivendo sob a égide desse nível de consciência, chega-se à conclusão de respeitar a tudo, a todos e a si mesmo, passando para outro nível de consciência: o do TRIBUNAL RACIONAL, adquirindo virtudes que não possuía antes de alcançar esse patamar.
Sob a égide desse nível de consciência, portador de virtudes, passa a evoluir toda a sabedoria da BASE, alcançando outro nível de consciência: JUSTIÇA SUPREMA A TUDO E A TODOS, quando o vivente passa a se justificar RACIONALMENTE com tudo e com todos, ficando ligado à MÃE NATUREZA.
De posse deste nível de consciência, passa a agir em prol da salvação de tudo e de todos e, não a condenar tudo e todos, passando a outro nível de consciência Racional: o CONTENCIOSO UNIVERSAL.
Com esse nível de consciência, passa a viver com verdadeira sabedoria, a sabedoria plena da BASE, alcançando a ligação definitiva com o SUPREMO A TUDO E A TODOS, ligando-se ao Mundo SUPERIOR, o MUNDO RACIONAL, alcançando o nível de consciência paralelo à VOZ SUPREMA DE OUTROS MUNDOS, ou seja, passa a ter a capacidade de se comunicar e se entender com todos os puros, limpos e perfeitos de outros mundos, por ter abraçado a BASE do VERDADEIRO DEUS, a FORÇA SUPREMA A TUDO E A TODOS, o RACIONAL SUPERIOR.
E esta BASE chegou à Terra em 1935, condensada nos Livros universo em Desencanto, e está sendo divulgada desde a década de 70, para todos que a imploravam há milênios.
Portanto, para alegria e satisfação de todos que procuravam e esperavam a BASE verdadeira da vida, aqui está ela: nos LIVROS UNIVERSO EM DESENCANTO, CUJO ESTUDO RECUPERA A CONSCIÊNCIA POSITIVA RACIONAL PERDIDA, A CONSCIÊNCIA VERDADEIRA DO SER, tornando nosso viver um viver com lógica, um viver que culmina na paz, no amor, na fraternidade e na concórdia universal, de UM por todos e todos por UM, por ter como referência a BASE da vida, que é RACIONAL.
Portanto, a solução da vida já foi dada pela verdadeira VIDA, o SUPREMO A TUDO E A TODOS, através da Dona de todas as vidas deste Universo em que vivemos, a Mãe Natureza, que mudou de fase, da fase do pensamento e da imaginação, a fase espiritual, para a Fase Racional, para o Desenvolvimento do Raciocínio. E, por ter mudado de fase, não está alimentando mais o pensamento e a imaginação dos pensadores. Agora, nesta nova fase, somente alimenta o raciocínio, ficando o pensamento e a imaginação em completo desequilíbrio, por falta do alimento da Mãe Natureza.
Entenderemos tudo isso com detalhes, estudando e reestudando os Livros Universo em Desencanto, que congregam a BASE da vida para alcançarmos, em vida, a VIDA ETERNA.
Salve, SAÚDE e PAZ para todos!
Tel. 0xx 31 2555-0054

domingo, 6 de junho de 2010

REFLEXÃO


Onde existem mistérios, enigmas e fenômenos, não existe o saber verdadeiro.
Onde não existe o saber verdadeiro, não existe consciência verdadeira.
Onde não existe consciência verdadeira, não existe VERDADE.
Onde não existe VERDADE, não existe DEUS VERDADEIRO, porque DEUS VERDADEIRO é a VERDADE das verdades.
Onde não existe DEUS VERDADEIRO, não existe paz.
Onde não existe paz, não existe amor, nem fraternidade, nem concórdia.
E assim se encontra o mundo em que vivemos: sem paz, sem amor, sem fraternidade, sem concórdia, sem DEUS VERDADEIRO, por manter os mistérios, os enigmas e os fenômenos, numa fase em que tudo isso já se encontra elucidado nos Livros UNIVERSO EM DESENCANTO.
Passe a SE CONHECER, a conhecer o mundo em que vivemos e sua origem, para encontrar a paz verdadeira, o amor verdadeiro, a fraternidade verdadeira e a concórdia universal.
Assim, se ligará, em vida, a DEUS VERDADEIRO, conhecendo a CULTURA DELE: a Cultura Racional, dos Livros Universo em Desencanto.
Tel. 0xx 31 2555-0054

sábado, 5 de junho de 2010

CUMPREM-SE AS PROFECIAS!

PARA MELHOR ASSISTIR ESTE VÍDEO, DESLIGUE A MÚSICA DE FUNDO DO BLOG, À SUA DIREITA, QUASE NO FINAL, ACIMA DO CONTADOR DE VISITAS.