Follow by Email

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

HOMENAGEM


Em 30 de Dezembro de 1903, no antigo Distrito Federal, nasce Manoel Jacintho Coelho. Este Senhor, de simplicidade ímpar, trouxe para a humanidade todo o saber necessário para restaurar nosso equilíbrio moral, físico e financeiro.
Sua OBRA, Universo em Desencanto, com revelações inéditas sobre o Universo em que vivemos e a sua origem, é orgulho de todo ser humano que, humildemente, abriu a porta do seu coração e de sua mente, na procura sincera de se conhecer e conhecer a Natureza.
E todos que assim procederam e que procedem, não sabem como agradecer a este Senhor, de bondade extrema, pelo que passaram e passam a saber e conhecer.
Esta a razão deste vídeo. Uma tentativa de homenagem, porque não há nada neste mundo para agradecer e homenagear a este DIVINO SENHOR! Procurem conhecer a sua OBRA, vale a pena!
(Universo em Desencanto, tel. 0xx 31 2555-0054)
SALVE 30 DE DEZEMBRO!
OBRIGADO, PAI MANOEL!
SALVE 30 DE DEZEMBRO!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

BOAS FESTAS?

Fim de ano.
E todos nós a desejarmos isso, aquilo, aquilo outro.
Novela antiga essa.
A levar em conta tantos desejos e votos profícuos, milenares, de saúde, paz, alegria, fraternidade e harmonia, se força tivessem eles, nossa... o mundo estaria um primor de maravilhas!
Ruins são os desejos em si? Não.
E por quê não se concretizam? Sim, pois, o mundo vem vindo de mal a pior. Ao invés desses desejos se tornarem realidade, a realidade que se vê, universalmente, é totalmente ao contrário.
Temos que admitir que há algo errado!
O que contece é que palavras não constroem o mundo e, sim, ações.
Ações positivas, vida positiva.
Ações negativas, vida negativa.
E a levar em conta o sofrimento geral no mundo, fácil concluir que as ações nele adotadas por nós, em maioria, estão bem longe de positivas serem.
Por quê?
Por serem ações baseadas numa cultura completamente artificial, que valoriza somente as aparências. E aparências não são verdades.
Todos nós estamos fora do nosso verdadeiro natural, eis a questão!
O natural do peixe é a água. Fora dela ele sofre. Se persistir, morre.
Nosso natural é de Racional e, não, de animal.
Procuremos saber o que é ser animal e o que é SER RACIONAL, para deixarmos de ser ANIMAL e passarmos a SER RACIONAL.
Aí, então, passaremos a nos conhecer, a conhecer nosso verdadeiro estado natural, sabendo DE ONDE VIEMOS, COMO VIEMOS, PARA ONDE VAMOS e COMO VAMOS.
Então, saberemos viver naturalmente e, não, artificialmente. Saberemos o que é a VIDA, o valor da VIDA e como viver em harmonia com a VIDA.
Assim sendo, todos os nossos desejos serão realmente positivos e concretizar-se-ão, porque terão como base a ação Racional de não fazer ao próximo aquilo que não quer para si.
É tempo de pararmos de sonhar. É tempo de pararmos de viver infantilmente sob a égide das esperanças, das fantasias e das ilusões.
É tempo de nos conhecermos na Cultura Racional, a cultura do desenvolvimento do raciocínio, porque a fase do pensamento terminou, desde 1935. E, por isso, com o pensamento, ninguém resolve mais nada, como há muito não tem resolvido. E as provas aí estão: o sofrimento, as mortes trágicas, o desespero, os crimes.
Acordemos, enquanto é tempo, para trocarmos os fins de ano por um começo de VIDA!
(Universo em Desencanto. Tel. 0xx 31 2555-0054, dentre outros).

Sites, dentre outros:
www.universoemdesencanto.com.br
www.imunizacaoracional.com.br
http://nalubnalub7.spaces.live.com
http://u-01.spaces.live.com
http://divulgacaoracional-21.spaces.live.com
http://novopainelracional.blogspot.com
http://trueoriginworld.blogspot.com
http://br.youtube.com/nalub7

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

O MAU NÃO RECONHECE DIREITOS

A Natureza é justa.
Cada um colhe aquilo que plantou.
Uns plantam mel, colhem mel.
Outros plantam fel, colhem fel.
Os bons reconhecem isso. Os maus, não.
E é por isso que existe a inveja. Que é dos maus.
O mau quer colher o BEM sem o ter plantado e tem raiva de quem plantou o BEM e o colheu.
Aí, nasce a inveja e quer destruir aquele que plantou.
Tudo isso, por não se conhecer. Porque se se conhecesse saberia que o BEM está ao alcance de todos, porque todos são filhos de Deus: Deus quer bem a todos os seus filhos.
Mas, o mau não reconhece direitos, quer colher sem ter plantado, porque, na verdade, julga-se melhor do que todos, julga-se dono do mundo e merecedor de tudo sem ter por onde feito: é vaidoso, é mau para si mesmo.
Nem vendo que a matéria nada vale, que tudo se transforma, que tudo muda, que tudo se acaba.
Não se enxerga, não vê que seu corpo de matéria é uma podridão, dependendo da Natureza, de tudo e de todos para poder viver! Mas, assim mesmo, ainda se acha uma grande coisa!
A humildade no mau é nula. E tudo isso por falta de desenvolvimento Racional.
Quer ser mais do que a Natureza, quando ela premia a uns tantos e a outros tantos não, pondo em dúvida o julgamento da Natureza, de quem depende em tudo para viver!
Esses e essas assim, são seres mesquinhos, agarrados à matéria, achando que tudo deve viver em torno deles e somente para eles.
São medíocres. E sofrem a consequência das suas mediocridades.
Que essas consequências são os sofrimentos, as lapidações cada vez maiores, impostas pela Natureza, como corretivo desses e dessas.
A Natureza é boa demais, se não o fosse já teria largado de mão toda essa gente!
E a prova de sua bondade é a CULTURA RACIONAL, a sua cultura natural, que nos deu como último presente, para nos tirar deste abismo de matéria e nos reconduzir ao nosso estado verdadeiro natural de Racional.
Abracemos essa Cultura Salvadora, Divina, enquanto é tempo, única capaz de transformar o mau em bom, porque o tempo é pouco para o desenvolvimento do raciocínio.
E a fase do pensamento já terminou desde 1935.
Quando todos abraçarem verdadeiramente essa Cultura, não haverá invejas. Compreenderão que cada um necessita de um tempo diferente para chegar ao que almeja, mas que todos chegarão lá, porque à frente de todos, nesta nova fase da Natureza, a Fase Racional, do Desenvolvimento do Raciocínio, está o Verdadeiro Deus, o RACIONAL SUPERIOR.
E mais que o Verdadeiro Deus, ninguém!
Portanto, o tempo é bom para quem sabe esperar.
Procuremos ler e reler, estudar e reestudar os Livros Universo em Desencanto.
(Tel. 0xx 31 2555-0054, dentre outros)

www.universoemdesencanto.com.br
www.imunizacaoracional.com.br
http://nalubnalub7.spaces.live.com
http://u-01.spaces.live.com
http://divulgacaoracional-21.spaces.live.com
http://novopainelracional.blogspot.com
http://br.youtube.com/nalub7

sábado, 19 de dezembro de 2009

O PENSAMENTO NÃO FOI FEITO PARA ACERTAR!

Prestem atenção nesta foto.
Esse rapaz, como milhões de pessoas no mundo, ao findar de cada ano, fica na esperança de melhoras no ano seguinte.
Pensa que no próximo ele vai acertar.
Pensa, mas, não vai.
Por quê?
Olhem de novo para a foto, e vejam quem está ao lado dele: o dono do pensamento.
Aquele, que através da máquina do pensamento, existente em nosso cérebro, vai continuar irradiando no rapaz a vontade de beber.
Por isso, esse rapaz, não terá condições de acertar. E continuará desacertando, até se liquidar.
Assim, caminham todos que continuam se negando a desenvolver o raciocínio, essa potência divina, que se encontra também em nosso cérebro, no istmo do mesencéfalo, a Gândula Pineal.
Mas, precisa ser desenvolvida para poder funcionar.
Nela estão todos os acertos e a solução da vida de todos, porque nela está a origem da vida.
O pensamento foi criado pela Natureza para nos lapidar, tirar nossa rudez, selvageria e embrutecimento, através dos desacertos sem fim. E, assim, ficarmos preparados para iniciarmos um curso superior da vida.
O raciocínio, para acertar, para nos salvar, para nos desligar em vida da vida da matéria, dando um curso superior às nossas vidas, de verdadeira paz, amor e fraternidade.
O mundo caminha para dias brilhantes, muito ao contrário do que os pensadores apregoam e anunciam.
Brilhantes para quem desenvolver o seu raciocínio, estudando a cultura dele, a cultura desta nova fase da Natureza, a Fase do Terceiro Milênio, a Fase Racional, onde todos vão conhecer o mundo de sua raça e saber como voltar para ele, porque todos são de raça Racional.
E o Verdadeiro Deus, é um Raciocínio Superior a todos os raciocínios e uma Energia Superior a todas as energias, Habitante do Primeiro Mundo, o MUNDO RACIONAL, o mundo que deu causa a este segundo mundo em que vivemos, porque não há efeito sem causa.
E, assim, para que os anos vindouros sejam de acertos e, não de desacertos, é preciso que todos procurem conhecer a diferença entre pensamento e raciocínio, para pararem de pensar e passarem a raciocionar, porque o pensamento não foi feito para acertar.
(Nos Livros Universo em Desencanto, tel. 0xx 31 2555-0054, dentre outros).

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

"A LIBERDADE É UM IMPERATIVO DA NATUREZA E A NATUREZA NÃO NEGOCIA SEUS DIREITOS." (RACIONAL SUPERIOR).

COM BASE NA FRASE ACIMA, REFLITAMOS:
O QUE MUITA GENTE AINDA NÃO ENTENDEU, É QUE O MELHOR JUIZ ESTÁ DENTRO DE SI MESMO, NÃO FORA.
NÃO PREJUDICANDO A NINGUÉM, TÃO POUCO A SI MESMO, ESTÁ TUDO CERTO.
NÃO É O CENSO EXTERIOR QUE NOS DEVE REGER E, SIM, O INTERIOR. CADA SITUAÇÃO É ÚNICA.
TUDO E TODOS SÃO DIFERENTES.
COMO PODE ALGUÉM TER A PETULÂNCIA DE JULGAR ALGUÉM?
COMO?
SENDO MAGNÉTICO, AO INVÉS DE SER RACIONAL.
E CADA UM ESCOLHE AQUILO QUE JULGA MELHOR PARA SI, E NINGUÉM TEM NADA A VER COM ISSO.
TEM OS QUE GOSTAM DE SER MAGNÉTICO, OUTROS, ELÉTRICO E OUTROS RACIONAL.
E, ASSIM, O PRATO É SORTIDO.
AÍ VEMOS A SABEDORIA DIVINA, O RACIONAL SUPERIOR, QUANDO DIZ QUE NADA EXISTE SUPERIOR AO LIVRE ARBÍTRIO.
POIS, É! E É POR ISSO QUE ESTAMOS AQUI NESTE MUNDO DE MATÉRIA. ELE NOS ADVERTIU DA IMPRUDÊNCIA DE ENTRAR EM UMA PLANÍCIE QUE NÃO ESTAVA PRONTA PARA ENTRAR EM PROGRESSO, PORÉM, NÃO SE VESTIU DA INGERÊNCIA PARA PROIBIR, PORQUE É O VERDADEIRO DEUS.
JÁ O MAGNÉTICO É INGERÊNCIA PURA! E O ELÉTRICO TAMBÉM! ESTÃO SEMPRE SE METENDO NA VIDA ALHEIA.
ADVERTIR É UMA COISA, É DOS SÁBIOS.
CRITICAR É OUTRA COISA, É DOS IMPRUDENTES.
E CONDENAR É DOS INCONSCIENTES.
TODOS SÃO LIVRES PARA TUDO, PORÉM OBRIGADOS A COLHER O QUE PLANTARAM, E, AÍ, A NATUREZA NÃO NEGOCIA SEUS DIREITOS DE COBRAR!
E, ASSIM, CAMINHA ESSA NOSSA INFANTE HUMANIDADE, CADA UM QUERENDO SER MELHOR, MAS TODOS NO MESMO BARCO!
NO ENTANTO, TODOS CHEGARÃO A UM DENOMINADOR COMUM (MAIS DIAS... MENOS DIAS...) PORQUE O DONO DO MUNDO DISSE NO PRIMEIRO VOLUME DA OBRA:
"OS DIAS BRILHANTES RACIONAIS ESTÃO CONSECUTIVAMENTE ORGANIZADOS POR MIM, EU, QUE SOU O RACIONAL SUPERIOR."
QUER MAIOR PRESENTE? QUER MAIOR ALEGRIA? QUER MAIOR SEGURANÇA?
NÃO HÁ! FELIZES DOS FELIZES TODOS QUE SE PAUTAM, QUE SE COMPORTAM, COM BASE NA CULTURA RACIONAL, DOS LIVROS UNIVERSO EM DESENCANTO!
PORTANTO, AOS INDIGNOS, AOS MESQUINHOS, AOS GROSSEIROS, AOS INVEJOSOS, AOS INGRATOS, AOS APROVEITADORES, AOS VAIDOSOS, AOS MENTIROSOS, AOS FUTRIQUEIROS, AOS SOBERBOS, AOS BAJULADORES, AOS INDOLENTES, AOS CIUMENTOS, ENFIM, AO MAGNÉTICO, A MELHOR RESPOSTA É O SILÊNCIO E O DESPREZO!
PAUTEMO-NOS PELA VERDADE! ESTUDEMOS UNIVERSO EM DESENCANTO!
(CONTATO, DENTRE OUTROS, TEL. 0xx 31 2555-0054)

A IMPORTÂNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO

Somos UMA SÓ energia, que está materializada.
Saímos do nosso mundo verdadeiro, RACIONAL ( Racional, porque é puro, limpo e perfeito), deixando a eternidade, para dar causa a este universo deformado em que vivemos.
E o que restou do nosso corpo original, de energia de massa cósmica pura, limpa e perfeita, ficou materializado em forma de máquina do raciocínio, sem possibilidade de funcionamento, por ter se desligado da origem, do seu habitat natural.
Este mesmo SER deu causa às máquinas do pensamento e da imaginação, para que, através delas, tivéssemos condições de entendimento dentro do campo material, um entendimento primário, que iria nos preparar, como nos preparou, para atingir a fase de retorno à origem. Fase essa que passou a vigorar na natureza desde 1935, quando o MUNDO RACIONAL interveio em nosso socorro, por já estarmos prontos, através da lapidação, que é o sofrimento, para tomar posse da planta de retorno, que é a CULTURA RACIONAL, contida nos Livros Universo em Desencanto.
Não há confusão a fazer. Para quem ainda não conhece Cultura Racional, vamos dar um exemplo: suponha você a existência de uma plantação enorme, muita linda e sadia. De repente, uma pequenina parte desta plantação se torna doente. Ela perde as características originais, mas, não deixa de ter a mesma natureza do restante da plantação que é sadia.
O universo em que vivemos é uma pequenina parte da nossa origem verdadeira, do MUNDO RACIONAL, uma parte que está doente, por isso, materializada, de forma visível e invisível. Como nós fomos os causadores deste universo deformado, parte do nosso corpo original se perdeu na formação dos outros seres do universo. Por isso, sofremos a influência de todos os seus componentes, que são diferentes entre si, cada um exercendo sua influência sobre nós, através dessas duas máquinas do pensamento e da imaginação, criadas especialmente para captar essas influências e nos desenvolver dentro do campo material. Mas tudo na matéria tem princípio e tem fim, porque a matéria, esse universo material (visível e invisível) é finito. Porque teve princípio. E tudo que tem princípio, tem fim. Então, o MUNDO RACIONAL é eterno, porque é energia pura, limpa e perfeita. E o MUNDO RACIONAL DEFORMADO, que é essa parte do MUNDO RACIONAL em que estamos, essa parte doente, está sujeita à lei da transformação, para , através das transformações, voltar a ser RACIONAL puro. Aí está o porquê da fase Racional, o início do término do Mundo Racional Deformado, que retornará à sua condição de RACIONAL PURO LIMPO E PERFEITO. Razão porque, terminou a função do pensamento, e a natureza não alimenta mais o pensamento do pensador, ela só alimenta agora o raciocínio, porque chegou a fase do seu desenvolvimento, por ser o raciocínio o ponto de ligação com a origem, que é Racional.
Então, cada ser humano é a representação, em miniatura do universo deformado e do universo não deformado, já que estamos ligados a todos os seres do universo deformado que demos causa, e dos quais sofremos influência, e temos a origem materializada dentro de nossa cabeça, só que não estávamos ligados a ela. Essa ligação já teve início em 1935, para que nossa sabedoria deixe de ser uma sabedoria invertida, onde valorizamos tudo que é parte deste universo material visível e invisível em que vivemos, mas, nunca antes demos valor ao universo verdadeiro, que temos dentro de nós, que é a representação da nossa origem, e que é a mesma e idêntica energia no interior da cabeça de todos. Por isso, ao desenvolvermos o raciocínio, encontramos o amor, a fraternidade , a paz e a concórdia verdadeira, porque todo raciocínio é exatamente igual, a mesma energia eterna Racional, dentro de cada um, na glândula pineal.
Então, cada um de nós é uma mini galáxia, um mini universo, só que estávamos ligados somente à parte doente desse universo, valorizando essa parte, e desconhecidos da parte sadia, por conseguinte, desvalorizando-a.
Razão, por que, nossa sabedoria, enquanto desconhecidos do nosso ser verdadeiro, é uma sabedoria invertida, que valoriza o mal, sem dar o menor valor ao bem verdadeiro, que é a parte Racional.
O pensamento e a imaginação, por serem funções da parte doente, não tem condições de elevar os seres humanos ao conhecimento do seu ser real Racional, a parte sadia. Por isso, sendo a fase atual para o conhecimento do nosso ser verdadeiro, RACIONAL, o pensamento ficou sem função, terminando a sua fase. E quem continuar pensando e imaginando, ou seja, ligado a esse universo deformado elétrico e magnético, visível e invisível, entra em liquidação junto com o pensamento, porque a fase do pensamento está em liquidação, terminou sua função, perdeu o direito de viver. A vida do pensamento não tem mais sentido, e assim está a vida de todo pensador, sem sentido, donde vêm as agonias, depressões, stress, e muitos, não aguentando, são levados ao suicídio.
Então, minha gente, é tratar de desenvolver o raciocínio, estudando os livros Universo em Desencanto, senão a pessoa está perdida, sem qualquer proteção da natureza, por ficar contra a fase em vigor da natureza. E como dependemos da natureza em tudo para viver, não convém continuar vivendo contra ela, porque se transforma, mesmo para as classes inferiores de bicho irracional, porque não quis desenvolver o raciocínio.
E agora só não desenvolve o raciocínio quem não quiser mesmo, pois, já se encontra até na INTERNET, à disposição de quem quer que seja, como adquirir os Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto (tel. 0xx 31 2555-0054).

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

A VERDADEIRA ORIGEM DA HUMANIDADE

Antoine Laurent Lavoisier (Paris, 26/08/1743 – 08/05/1794) provou que “nada se perde, nada se cria, tudo se transforma”. Mas... ficou a pergunta: por que e para que?
Já o ilustre Albert Einstein (Ulm, 14/03/1879 – Princeton, EUA, 18/04/1955), físico de origem alemã, naturalizado norte americano, prêmio Nobel de física em 1921, provou que nós vivemos em um oceano elétrico e magnético, ou seja, que tudo é energia elétrica e magnética transformada em seres de diferentes formas e funções. E essa dualidade, elétrica e magnética, de fato está presente em todo o universo, senão, vejamos: macho (elétrico) versus fêmea (magnético); positivo (elétrico) versus negativo (magnético); yang (elétrico) versus ying (magnético); dia (elétrico) versus noite (magnético). E se continuarmos a catalogar tudo existente neste universo em que vivemos, resumiremos esse tudo em dois pólos: elétrico e magnético, que são opostos. Exercem força de atração um sobre o outro, mas, não se misturam, mantendo sempre cada um a sua natureza diferente.
Por isso, não se somam.
Porém, qual a origem dessa força elétrica e magnética? Por que surgiu? Como se deu sua formação? Neste ponto ficou paralisado o trabalho de Einstein.
A ciência sabe muito bem que a descoberta da origem do eletromagnetismo é a resposta para a origem do universo em que vivemos e, conseqüentemente, a desmistificação da origem da humanidade.
Essa, por sua vez, é a solução de todas as questões universais e a solução do equilíbrio dos seres humanos. Equilíbrio esse que nunca se realizou, embargado que ficou pelo mistério do eletromagnetismo.
Razão porque o mundo sempre foi e continua sendo de lutas e guerras: uns contra os outros, destruindo uns aos outros. E a paz verdadeira? Essa sempre muda ficou!
Ora, sabemos muito bem que não existe efeito sem causa. A causa do filho, por exemplo, é o pai, pois não há filho sem pai. O filho pode até desconhecer seu pai, mas sabe que existe em algum lugar ou existiu um homem, cujo espermatozóide fez possível a geração dele, filho.
Portanto, assim como tudo tem uma causa, uma origem, este mundo em que vivemos também tem a sua causa, a sua origem.
Existe, de fato, um mundo superior que deu origem a este em que vivemos. E como tudo isso começou? É o que vamos resumir a seguir e que está contido, com riqueza de detalhes, em 1006 livros, intitulados UNIVERSO EM DESENCANTO, onde está condensada a CULTURA RACIONAL, a Cultura do Desenvolvimento do Raciocínio (também conhecido como Glândula Pineal ou Epífise, localizada no istmo do mesencéfalo).
Antes de ser o que somos, corpos elétricos e magnéticos, o que éramos? Éramos corpos de massa cósmica pura, limpa, perfeita.
Vivíamos onde? Num mundo eterno, onde a energia é também pura, limpa e perfeita, ou seja, RACIONAL, não variante, por não existir nesse mundo nem eletricidade (positivo aparente), nem magnetismo (negativo). Por isso, um mundo onde não existe a lei da transformação, porque é pleno, totalmente equilibrado. Daí ser denominado MUNDO RACIONAL, ou PLANÍCIE RACIONAL.
Então, vamos iniciar a verdadeira história da humanidade.
Há 21 eternidades atrás (cada eternidade tem um número incontável de anos), uns tantos habitantes da PLANÍCIE RACIONAL, resolveram adentrar em uma pequena parte da PLANÍCIE, que não estava pronta para o progresso (o progresso de pureza que é desenvolvido na PLANÍCIE RACIONAL).
Foram avisados que não deveriam adentrar nessa parte, mas quiseram adentrar assim mesmo. E lá, sendo um mundo de pureza, não há coação à liberdade.
Assim, aquela parte não estando pronta, ou seja, apesar de pura, limpa e perfeita, não estar em progresso Racional, houve uma troca de energia, não tendo condições de suportar a energia em progresso dos habitantes que lá adentraram. Essa parte, então começou a deslocar da origem. Ao se deslocar, desligou-se do MUNDO RACIONAL.
Quando aqueles habitantes deram pelo deslocamento, quiseram retroceder, retornar ao MUNDO RACIONAL, o que não foi possível, em virtude do desligamento.
Nesse ponto, uns tantos resolveram paralisar aquele progresso formando, então, o ASTRAL SUPERIOR. Os demais resolveram continuar progredindo. Nessa continuação do progresso é que começaram a perder as virtudes, essas se reunindo em foco de luz fosca prateada que, mais tarde, deu origem ao que hoje é o sol.
Depois de iniciada a perda das virtudes, e o início da formação do sol, houve, assim, o desligamento do ASTRAL SUPERIOR.
Novamente, uns tantos resolveram interromper o progresso, quiseram retornar ao ASTRAL SUPERIOR, mas não puderam, já havia sido feito o desligamento daquele campo energético.
Esses que paralisaram o progresso nesse estágio, vieram a formar o ASTRAL INFERIOR.
Vejam bem, os habitantes do ASTRAL SUPERIOR, apesar de terem sido desligados do MUNDO RACIONAL, não perderam as suas virtudes. Apenas ficaram sem a ligação ao MUNDO RACIONAL. Por conseguinte, são corpos de energia pura, limpa, mas, não perfeita, por faltar a ligação ao mundo de origem, o MUNDO RACIONAL. Foi assim formado o campo de energia denominada ENERGIA MEDIADORA CONSCIENTE.
Já os que perderam as primeiras virtudes, dando início à formação do sol, que hoje, depois de totalmente deformado, é o pólo elétrico e magnético, esses, então, ficaram sob o comando e dependência desse pólo, completamente trancados, sem qualquer possibilidade de retorno, deformando-se cada vez mais, porque o foco de luz ia esquentando e deformando tudo. Ficaram submetidos a esse pólo que se tornou, com o tempo, um pólo elétrico e magnético, que é o sol. Tornaram-se, então, corpos elétricos e magnéticos invisíveis. São os chamados espíritos (outros dão nome de anjos, santos etc.), mas, na verdade, são corpos de energia elétrica e magnética e são eternos. Da parte elétrica, os bons (que é o bem aparente, pois são deformados) e da parte magnética, os maus.
Bem, continuando no longo histórico da nossa formação e criação, novamente os demais, que não quiseram paralisar o progresso, continuaram a progredir por conta própria até se extinguirem completamente, perdendo todas as virtudes, desligando-se do ASTRAL INFERIOR, e se ligando na goma (que se tornou água) e na resina (que se tornou terra). Deu-se então a formação da matéria bruta com dois pólos. Positivo, os que se extinguiram e se materializaram na goma (o macho) e negativo, os que se extinguiram em cima da resina (a fêmea). Todos corpos elétricos e magnéticos materializados, sem qualquer possibilidade, nessas condições, de retorno à sua origem, o MUNDO RACIONAL.
Uma explicação. A energia pura, limpa e perfeita daquela parte da PLANÍCIE que não estava pronta para entrar em progresso, com o deslocamento começou a se deformar e degenerar, transformando-se numa goma, que se transformou em líquido e, mais tarde se tornou água. Enquanto goma, dela começou a sair uma resina, que com a deformação provocada pelo foco de luz, foi esquentado, empolando, torrando, virando cinza, o que hoje conhecemos como terra.
Assim, em resumo, temos três campos de energia, que são três naturezas distintas: elétrica e magnética (ASTRAL INFERIOR), mediadora consciente (ASTRAL SUPERIOR) e RACIONAL (MUNDO RACIONAL).
Bem, a natureza, então, por estarmos fora do nosso estado natural, sendo elétrica e magnética, mediadora consciente e Racional, vem tratando, ao longo dessas 21 eternidades que já passamos, vem tratando de nos reconduzir à origem, ao estado natural de RACIONAL. Então, são três poderes trabalhando para isso, de baixo para cima: o ASTRAL INFERIOR, O ASTRAL SUPERIOR e o MUNDO RACIONAL.
Foi um trabalho fantástico! Primeiro, a FORMAÇÃO dos corpos na matéria, com o primordial: a formação no cérebro da máquina da imaginação, da máquina do pensamento e da máquina do raciocínio (a Glândula Pineal ou Epífise). Depois o DESENVOLVIMENTO DA MÁQUINA DA IMAGINAÇÃO pela energia magnética, para o desenvolvimento do ser humano dentro do campo material, para aprender a conviver com ele. Seguido do DESENVOLVIMENTO DA MÁQUINA DO PENSAMENTO pela energia elétrica, para ligação do ser humano ao ASTRAL INFERIOR. Foi nessa fase que surgiu a Astrologia. O alfabeto astrológico, orientado pelo ASTRAL SUPERIOR e repassado ao ASTRAL INFERIOR (os bons desse Astral) que repassavam ao ser humano. Então, naquele tempo todos se orientavam pelo alfabeto que está na palma das mãos, que dizia onde cada um tinha que viver, que profissão deveria abraçar, com quem deveria se unir, os filhos que deveria ter. Era um alfabeto muito bom, porque tinha limites, não permitindo a fixação do vivente na matéria, fazendo a ligação do vivente aos bons do ASTRAL INFERIOR, dando início ao retorno de todos ao seu mundo de origem, o MUNDO RACIONAL. Mas, por ser um alfabeto com limites, não dava vazão aos gostos e às vontades sem limites, que é própria de todos os seres materiais, dos seres que vivem na matéria. Aí, uns tantos se revoltavam e começaram a criar um novo alfabeto, sem orientação espiritual, com orientação simplesmente do seu interior deformado, ou seja, material, da matéria, achando que iam evitar o sofrimento, pois poderiam com esse alfabeto dar vazão a todos os gostos e realizar todos os sonhos e vontades. Resultado, ao invés de se ligarem nos bons do ASTRAL INFERIOR, se ligaram ainda mais na matéria. A natureza revoltada, deixou vir à Terra os marginais do espaço, que aqui estão até hoje lapidando a humanidade que, sob essas influências, tornou-se completamente desequilibrada, como está até hoje e cada vez mais. Se tivéssemos continuado com o alfabeto astrológico, a essa altura da vida, já estaríamos ligados ao ASTRAL SUPERIOR e ao MUNDO RACIONAL. Já estaríamos imunizados de todo o mal e equilibradíssimos. Então, a situação do ser humano tornou-se seriíssima, pois já íamos entrar na 22ª eternidade, cuja transformação é para as classes inferiores de animal irracional. O MUNDO RACIONAL, então, interveio em nosso socorro, enviando um dos nossos irmãos, Habitante do MUNDO RACIONAL, para se deformar de livre e espontânea vontade até à instância da matéria, materializando-se como bicho, tal como nós, pois somos bichos, mas já com a máquina do raciocínio completamente desenvolvida e funcionando, para, através de contatos com o RACIONAL SUPERIOR, receber orientação de como contar toda a trajetória de geração, formação e criação do mundo e de todos os seus pertences, para que, através desse conhecimento acordemos do sono de pedra material, religando-nos: primeiro, aos bons do ASTRAL INFERIOR; segundo, aos guias e protetores do ASTRAL SUPERIOR e, finalmente, aos habitantes do MUNDO RACIONAL.
Tudo isso através da leitura dos Livros Universo em Desencanto. E o nosso irmão que se materializou entre nós para nos ensinar o caminho de retorno, é o Sr. Manoel Jacintho Coelho, que nasceu no antigo Distrito Federal em 30 de dezembro de 1903, e que no dia do seu nascimento uma enorme luz cintilante apareceu até chegar à porta da casa onde, D. Rosa, sua mãe, estava em trabalho de parto, nascendo, assim o VERDADEIRO SALVADOR DA HUMANIDADE, anunciado por vários sábios e profetas, e na bíblia como o FILHO DO HOMEM, que trouxe, conforme diz no Apocalipse de São João, o livro que desvenda o segredo dos 7 selos e que nós, estudantes de CULTURA RACIONAL, sabemos que são AS SETE PARTES DO PORQUE ASSIM SOMOS, capítulo do 1º volume da obra.
Portanto, novamente estamos sendo lembrados pelo RACIONAL SUPERIOR. Novamente advertidos. Esta é a última chance para retorno à origem, caso contrário esse retorno far-se-á com a descida de classe para as classes inferiores, transformando-se nas infinidades de classes do irracional, até chegar a granito, voltar a ser água, depois goma, depois energia, até se tornar Planície Racional que não estava pronta para entrar em progresso. Portanto, aí tendo que esperar a fase necessária para estar pronto, para depois, então, retornar ao MUNDO RACIONAL.
Esse percurso pela porta de baixo vai demorar 7 eternidades.
Portanto, é bem melhor interromper agora essa ligação na matéria, através do estudo do Livro Universo em Desencanto, e retornar ainda nesta vida para a vida eterna, juntos dos eternos, puros, limpos e perfeitos. Ou seja, é melhor retornar pela PORTA DE CIMA.
Um esclarecimento: a fase do desenvolvimento da máquina da imaginação foi a fase do 1º milênio. A fase do desenvolvimento da máquina do pensamento, foi a fase do 2º milênio. E a fase atual, a fase do desenvolvimento do raciocínio (Glândula Pineal ou Epífise), é a fase do 3º milênio, que teve início em 1935, pondo fim na fase do pensamento. Por isso, com o pensamento ninguém resolve mais nada, porque a sua fase já terminou.
Então, quem quiser ter equilíbrio para viver, ter a proteção da natureza em tudo na sua vida, tem que desenvolver o raciocínio, com a simples leitura diária e assídua dos livros do desenvolvimento do raciocínio, UNIVERSO EM DESENCANTO. Caso contrário, ficará contra a natureza.
E ficar contra quem tudo nos dá, não é uma boa coisa, já que dependemos da natureza em tudo para viver. E ela não depende de nós para nada!
(Contatos, dentre outros, tel. 0xx 31 2555-0054)

www.universoemdesencanto.com.br
www.imunizacaoracional.com.br
http://nalubnalub7.spaces.live.com
http://u-01.spaces.live.com
http://divulgacaoracional-21.spaces.live.com
http://novopainelracional.blogspot.com
http://br.youtube.com/nalub7
http://trueoriginworld.blogspot.com

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

A MAIOR FORTUNA DO MUNDO É SE CONHECER. E A MAIOR INFELICIDADE DO MUNDO É NÃO SE CONHECER!

Quem se conhece sabe voltar de onde saiu.
Sabe de onde veio e sabe voltar para de onde veio.
Quem se conhece sabe de onde veio e para onde vai, sendo a maior fortuna do mundo o se conhecer.
E é isso que toda a humanidade necessita: se conhecer.
E o dever de fazer propaganda para salvação de todos, para conhecer a maior fortuna do mundo, que é se conhecer.
E no se conhecer, todos deixarão de assim ser, porque se conhecem.
Para verem que a maior fortuna do mundo é se conhecer.
Quem se conhece, sabe de onde veio e sabe voltar para de onde saiu.
De onde saíram?
Do MUNDO RACIONAL.
E quem se conhece, conhece o MUNDO RACIONAL e sabe para lá voltar.
Por quê?
Porque se conhece.
E quem não se conhece, está perdido como um animal, perdido em um lugar que não sabe o porquê dele, que é esse mundo em que vive.
E como Aparelho Racional se conhece.
Por se conhecer, sabe voltar para de onde saiu.
Quem não se conhece, por não se conhecer, não pode deixar de ser animal Racional.
E continuando a ser animal Racional, continua na classe de animal e se transformando em outras classes inferiores.
E, hoje, todos passando a se conhecer, para deixarem de assim ser, para saírem para fora dessa classe de animal Racional, sofredor e mortal.
(Nos Livros Universo em Desencanto, tel. 0xx 31 2555-0054, dentre outros).

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

PARA REFLETIR!

A vida é o bem mais precioso para quem sabe valorizar o que a vida é!
É flor perfumada, sem espinhos, do Jardim da Eternidade, para quem passou a se conhecer.
Absorva esse grande BEM, passe a se conhecer.
Em se conhecendo tornar-se-à tão desprendido, ou desprendida, quanto à Mãe Natureza, que tudo nos dá de bom grado, sem remuneração alguma.
Abra a porta que a Mãe Natureza colocou em nossa vida, para término do nosso sofrimento!
Leia e estude a Obra dEla, os Livros de Cultura Racional, UNIVERSO EM DESENCANTO ( TEL.!0XX 31 2555-0054).

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

A ESPERANÇA TERMINOU, PORQUE A SOLUÇÃO CHEGOU!

Os objetivos da Terra falharam!
Falhou a Ciência, falharam as Filosofias, falharam as Seitas, as Doutrinas e as Crenças.
Mas... há ainda quem duvide!
Duvida, por estar vendo a destruição imperando nos quatro cantos do mundo e mantendo-se como cegos, temerosos de aceitar a realidade, que salta aos olhos de qualquer vivente mais ou menos são.
Mais ou menos são, porque a humanidade está doente. Vivem uns contra os outros, destruindo uns aos outros.
Por quê?
Porque a humanidade amadureceu.
Confiava nas tábuas de valores, que tinha como verdades, e essas verdades traíram a humanidade!
Como?
Não dando à ela o que ela sempre buscou: o autoconhecimento.
Todos sem saber, com base e lógica, de onde vieram, como vieram, para onde vão, como vão e o que são.
A humanidade ficou marcando passo, milhões de milênios, mantendo, como verdade, verdades aparentes, sem concluir o verdadeiro saber.
Sem concluir a paz de si mesma, a fraternidade de si mesma e o amor de si mesma.
Amadurecida, por perceber que lutou e se sacrificou em vão, passou a não confiar mais em nada e em mais ninguém.
Daí, a desordem se estabeleceu: a loucura!
Essa desordem trouxe um sofrimento maior, horroroso e vergonhoso. A tal ponto, da Ciência deduzir que tinha que buscar socorro fora, em outro mundo, certa de um Mundo Superior, causa deste em que vivemos, por não haver efeito sem causa.
Entrar em contato com Mundos Superiores, com uma Inteligência Superior, para buscar solução para a situação gravíssima do mundo, onde pouco falta para botarem fogo em tudo.
Aí, invadiram o espaço à busca da dita solução. À busca de um apoio poderoso para os problemas da vida da Terra.
Desesperados, sem saber o que fazer, tomaram o rumo de cima, o rumo espacial.
E o desespero não deixou, ou não deu tempo de observar, quão infrutíferas seriam as consequências, devido a Energia do Super Cosmo ser uma e a do Cosmo inferior ser outra.
A Ciência, componente e dentro deste contexto elétrico e magnético em que vivemos – degenerado, deformado e poluído, não teria, como não tem, condições de contato com uma Energia Superior – pura, limpa e perfeita.
Para entrar em contato com o Mundo Superior a este em que vivemos, há que ter a linha desse Mundo Superior e, não, a linha animal, artificial que desenvolvemos, através do pensamento e da imaginação.
Contato e entendimento com indígenas, carece de conhecimento da Cultura Indígena.
Contato e entendimento com cientistas, carece de conhecimento da Cultura Científica.
Contato e entendimento com o Mundo Superior, carece de conhecimento da Cultura desse Mundo Superior.
O mundo em que vivemos: energia deformada, degenerada e poluída – elétrica e magnética.
O Mundo Superior: energia pura, limpa e perfeita – Racional.
E essa Energia Superior, a Energia Racional, já se encontra na Terra! Trazida ao nosso mundo por um Habitante do Mundo Superior, o MUNDO RACIONAL, Habitante esse que na Terra se revestiu como animal Racional, com corpo de matéria, mas, bem diferente o seu estado vibratório.
Isso comprovado por milhares de pessoas que O conheceram pessoalmente.
E Ele viveu 87 anos entre nós, nascido no antigo Distrito Federal, Rio de Janeiro, com a finalidade precípua de transmitir do Mundo Superior, o MUNDO RACIONAL, os conhecimentos da Cultura Superior, a Cultura Racional.
Ela nos revela a linha dos Habitantes do Mundo Superior, o MUNDO RACIONAL, possibilitando o contato e o entendimento com nossos Irmãos Extraterrenos e, mais, a ligação nossa, em vida, com o MUNDO SUPREMO, que é de onde viemos e para onde vamos.
Simples, sem mistérios, sem enigmas, sem milagres: a VERDADE!
E, assim, cumprida sua Missão Divina, esse Irmão nosso, Senhor Manoel Jacintho Coelho, retornou ao Mundo Superior, o MUNDO RACIONAL, em 1991.
Somente Ele teve a Suprema Coragem de deixar a Pureza, para nos trazer a solução definida e definitiva de nossas vidas.
Mas, deixou a maior Obra, jamais vislumbrada pela humanidade: a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Essa Cultura na Terra é o fim da eterna busca filosófico-científica.
Com Ela, as questões de paz, amor, fraternidade e concórdia universal dão-se por solucionadas.
Resta ao povo da Terra, que anseia por contato com o Mundo Superior e uma vida equilibrada, tomar conhecimento dessa grandiosa Cultura, que desenvolve o nosso raciocínio e nos liga, definitivamente, ao Mundo da Paz, do Amor, da Fraternidade e da Concórdia Universal – o MUNDO RACIONAL.
Chegou, então, na Terra o que a Ciência e todos esperavam.
E, por estar na Terra, a esperança terminou, porque a solução chegou!
(Maiores informações, dentre inúmeros telefones, 0xx31 2555-0054)

www.universoemdesencanto.com.br
http://nalubnalub7.spaces.live.com
http://u-01.spaces.live.com
http://divulgacaoracional-21.spaces.live.com
http://novopainelracional.blogspot.com
http://www.rationalculture.com