Follow by Email

quinta-feira, 31 de maio de 2012

A OBRA UNIVERSO EM DESENCANTO (Breve apreciação – 45ª questão – 1° Réplica)

(Publicação: http://rccvsarcn.wordpress.com/2012/04/15/a-obra-universo-em-desencanto/) Verdadeiramente, UNIVERSO EM DESENCANTO é uma Obra inédita. Contém ela, revelações feitas por um Extra-terreno, o RACIONAL SUPERIOR, habitante do Mundo de nossa verdadeira Origem, O MUNDO RACIONAL. A linguagem, a sua redação, é simples e humilde, usando características todas próprias para poder abranger a todos os níveis culturais, do mais baixo ao mais elevado. Isto representa um dos maiores valores, pois o natural, a origem de todos é uma só, é RACIONAL. Em sua forma peculiar de delinear o assunto da maior magnitude e grandiosidade Universal, nos deparamos com várias repetições; mas, todas elas são necessárias para todos poderem interpretar de uma só forma o que é consciente, o que é RACIONAL, levando-se em conta que o Ser Humano, de RACIONAL, não conhece coisa alguma. Então, por ser um assunto totalmente desconhecido de todos, é preciso e muito necessário uma infinidade de repetições e comparações, para todos terem um brilhante, positivo e consciente conhecimento; uma interpretação só, uma interpretação justa RACIONAL. As revelações contidas na Obra UNIVERSO EM DESENCANTO, realmente, é a maior maravilha do Mundo, porque traz a solução e definição do mesmo racionalmente, de onde viemos e para onde vamos. É o que ninguém nunca soube e é o que agora, todos estão sabendo.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

RACIOCÍNIO - GLÂNDULA PINEAL

A Pineal é o sistema de entrada no divino, é um computador cristalino complexo que faz a triagem das freqüências. Esta é a informação esquecida. Está na hora de relembrá-la, está na hora de saber. Estamos em 2012. A sombra está sendo removida. E como colocá-la em funcionamento e colocar fim em todos os desequilíbrios individuais e, conseqüentemente, nos mundiais? Muito simples, minha gente: estudando a cultura natural da Natureza que a faz sair do estado letárgico. E que cultura é essa? É a cultura que tem a linguagem e a informação que ela reconhece e a faz funcionar: a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto. Alegria, minha gente, que a fase do sofrimento está no fim! É só desenvolver o raciocínio, porque a fase do pensamento terminou e com o pensamento, ninguém resolve mais nada: A FALÊNCIA DO PENSAMENTO!

terça-feira, 29 de maio de 2012

ADVERTÊNCIA – FAZENDO O BEM SEM OLHAR A QUEM

A CULTURA RACIONAL É UM CONHECIMENTO LIBERTADOR DA HUMANIDADE, QUE REVELA A VERDADEIRA ORIGEM DO MUNDO EM QUE VIVEMOS E TODOS OS SEUS PERTENCES, DIZENDO QUEM SOMOS, DE ONDE VIEMOS E PARA ONDE VAMOS. NÃO É CONTRA NADA, NEM NINGUÉM. É EM FAVOR DE TUDO E DE TODOS. ELA NOS PROVA QUE VIVEMOS FORA DO NOSSO VERDADEIRO ESTADO NATURAL (RACIONAL), ENCANTADOS COM A MATÉRIA, QUE NADA É. POR ISSO O NOME DOS LIVROS QUE A CONGREGAM: UNIVERSO EM DESENCANTO. SIM, O UNIVERSO ENTROU NA FASE DO DESENCANTO, NA FASE DA RACIONALIZAÇÃO DOS POVOS, ONDE TODOS VÃO CONHECER O MUNDO DE SUA RAÇA, O MUNDO RACIONAL, E SABER COMO VOLTAR PARA ELE, ATRAVÉS DO DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO, QUE É A GLÂNDULA PINEAL, ELO DE LIGAÇÃO COM O MUNDO SUPREMO, O MUNDO RACIONAL, QUE DEU CAUSA AO SEGUNDO MUNDO EM QUE VIVEMOS. OS ESTUDIOSOS DA CULTURA RACIONAL, POR TEREM PASSADO A SE CONHECER RACIONALMENTE, CUMPREM COM O DEVER SAGRADO DE ANUNCIAR A TODOS, INDISTINTAMENTE, A CHEGADA DESTA FASE RECUPERADORA DO ANIMAL RACIONAL QUE, DE POSSE DO CONHECIMENTO RACIONAL, ELEVA-SE PARA UMA CLASSE SUPERIOR, A DE APARELHO RACIONAL, OU SEJA, DESLIGADO DO ENCANTO DA MATÉRIA E LIGADO AO MUNDO RACIONAL, ATRAVÉS DA ENERGIA RACIONAL, A ENERGIA DO VERDADEIRO DEUS. SIM, PORQUE DEUS EXISTE, É UM RACIOCÍNIO SUPERIOR A TODOS OS RACCIOCÍNIOS E UMA ENERGIA SUPERIOR A TODAS AS ENERGIAS. RACIONAL COMO NÓS, MAS, SUPERIOR. E POR ISSO SE TRATA: O RACIONAL SUPERIOR. E A PROPAGANDA DA CULTURA RACIONAL FEITA POR SEUS ESTUDIOSOS TEM SIDO MUITO GRANDE, ATRAVÉS DE PROPAGANDAS DE PORTA EM PORTA, ATRAVÉS DE PROGRAMAS DE RÁDIO E DE TV, ATRAVÉS DA INTERNET, COM SITES DIVERSOS, BLOGS, VÍDEOS. O VÍDEO DO PROFESSOR PORFÍRIO J. NEVES E SUA EQUIPE DE RÁDIO E TV SOBRE A ÁGUA, POR EXEMPLO, É MUITO BOM! TUDO ISSO QUE ELE DIZ NO VÍDEO SOBRE A ÁGUA E NOS DEMAIS, É DO CONHECIMENTO DE TODOS QUE ESTUDAM CULTURA RACIONAL. A CULTURA RACIONAL É FANTÁSTICA! NELA DESENVOLVEMOS 41 CURSOS UNIVERSITÁRIOS CONHECIDOS PELA HUMANIDADE E MAIS 28 COMPLETAMENTE DESCONHECIDOS. NÃO TEM NO MUNDO INTEIRO, VISÍVEL E INVISÍVEL UM CONHECIMENTO QUE CHEGUE AOS SEUS PÉS. É COMPLETO, ALIÁS MAIS DO QUE COMPLETO, POR NOS TRANSBORDAR DE ALEGRIA, PAZ, SERENIDADE E MUITO AMOR POR TUDO E POR TODOS. TODOS OS VÍDEOS DO PROFESSOR PORFÍRIO E SUA EQUIPE SÃO SIMPLESMENTE FANTÁSTICOS! PALESTRAS COMO ESSAS É QUE DEVERIAM SER APRESENTADAS NO PROGRAMA "FANTÁSTICO" DA REDE GLOBO DE TELEVISÃO E NAS DEMAIS EMISSORAS DE TV. DÁ UMA CHEGADINHA, VOCÊ QUE ESTÁ LENDO ESTE TEXTO, NO CANAL DELE NO YOUTUBE E VEJA OS DEMAIS VÍDEOS LÁ POSTADOS, DESDE O PRIMEIRO E, SE POSSÍVEL, DIVULGUE-OS, POIS, SEM ESTE CONHECIMENTO A HUMANIDADE NÃO TERÁ COMO SE DESVENCILHAR DAS PODEROSAS FORÇAS DO MAL QUE ESTÃO DESTRUINDO A NATUREZA, ATRAVÉS DE SUAS FERRAMENTAS HUMANAS. PRIMEIRO, ESSAS FORÇAS DESEQUILIBRAM A PESSOA, ATÉ A PESSOA SE ENFRAQUECER. DEPOIS, DOMINAM COMPLETAMENTE A PESSOA QUE PASSA A SER FERRAMENTA DESSAS FORÇAS PARA DESTRUIÇÃO DE TUDO, DE TODOS E DE SI MESMA. POR ISSO NÃO PODEMOS CULPAR NINGUÉM DE NADA DE RUIM QUE ESTÁ ACONTECENDO NO MUNDO. TODOS SÃO VÍTIMAS! DEPOIS DE DOMINADA, A PESSOA NÃO TEM MAIS A MENTE NORMAL, SAUDÁVEL. CONTINUA COM A APARÊNCIA DE GENTE, ÀS VEZES APARENTEMENTE DÓCIL, AGRADÁVEL, DELICADA, EDUCADA, MAS, TUDO SOMENTE APARÊNCIA, EMBUSTE PARA QUE A FORÇA NEGATIVA, QUE ESTÁ DOMINANDO A PESSOA, CONSIGA, ATRAVÉS DA PESSOA DOMINADA, ARREGIMENTAR MAIS VÍTIMAS PARA O SEU REINADO MAGNÉTICO (MAL PURO). E A PESSOA FAZ TUDO ISSO INCONSCIENTEMENTE, POR ESTAR JÁ DOMINADA POR UMA INCONSCIÊNCIA TÃO PROFUNDA, QUE PASSA A NÃO SER MAIS DONA DE SUAS ATITUDES. ASSIM SÃO ESSES POLÍTICOS CORRUPTOS, BEM COMO AS AUTORIDADES E GENTE DO POVO QUE VIVE EM DESEQUILÍBRIO TOTAL, COMETENDO MONSTRUOSIDADES PELO MUNDO AFORA. E A MAIORIA NÃO TEM MAIS JEITO, PORQUE JÁ PERDERAM, MUITOS, O ELO DE LIGAÇÃO COM O MUNDO SUPERIOR. POR ISSO, NÓS ESTUDANTES DE CULTURA RACIONAL ESTAMOS CORRENDO CONTRA O TEMPO, DIVULGANDO, DIVULGANDO DIVULGANDO CULTURA RACIONAL, PARA VER SE CONSEGUIMOS SALVAR O MÁXIMO POSSÍVEL DE PESSOAS. E NINGUÉM SABE A QUE MOMENTO PODE SER ATACADO POR ESSAS FORÇAS DO MAL, QUE ESTÃO EM TODOS OS LUGARES, APENAS AGUARDANDO UMA ENTRADA PARA DOMINAR TOTALMENTE A PESSOA! SÓ MESMO UM ESTUDANTE DE CULTURA RACIONAL, LIGADO À ENERGIA RACIONAL, E QUE ESTEJA CUMPRINDO COM O SEU DEVER DE LEITURA E ESTUDO DIÁRIO DO CONHECIMENTO RACIONAL E O SAGRADO DEVER DE FAZER PROPAGANDA DESTE CONHECIMENTO LIBERTADOR, É QUE TEM A PROTEÇÃO DA NATUREZA, CONTRA ESSES DITOS. E COMO ELES NOS ATACAM! FICAM FURIOSOS POR ESTARMOS LIVRANDO MUITOS E MUITOS DE SEREM LEVADOS PARA AS TREVAS. MAS, OS ATAQUES DELES CONTRA NÓS SÃO EM VÃO, PORQUE TEMOS À NOSSA FRENTE O RACIONAL SUPERIOR QUE NOS PROTEGE, AMPARA E GUARDA. E O RACIONAL SUPERIOR É A ÚNICA FORÇA CONTRA A QUAL A NEGATIVADADE NÃO PODE, POR SER O RACIONAL SUPERIOR A ENERGIA SUPERIOR A TODAS AS ENERGIAS, ENTIDADE SUPREMA DO MUNDO SUPERIOR QUE DEU CAUSA A ESTE SEGUNDO MUNDO EM QUE VIVEMOS. É, MINHA GENTE, QUE TODOS SE CUIDEM, ENQUANTO HÁ TEMPO, PROCURANDO ENTRAR PARA A FASE RACIONAL, ATRAVÉS DO ESTUDO DOS LIVROS UNIVERSO EM DESENCANTO, PORQUE A COISA ESTÁ FICANDO CADA VEZ MAIS PRETA PARA QUEM NÃO ESTIVER ABSOLUTAMENTE EM DIA COM AS DETERMINAÇÕES DO MUNDO RACIONAL, QUE É O VERDADEIRO DONO DE TUDO E DE TODOS. ESTE FIM DE ANO VAI SER TRIUNFANTEMENTE MARAVILHOSO PARA TODOS QUE ESTÃO FAZENDO POR ONDE RACIONALMENTE, ESTUDANDO E DIVULGANDO A CULTURA RACIONAL! MAS, PARA OS QUE ESTÃO FORA DA LINHA RACIONAL... NOSSA, VAI SER UM SALVE-SE QUEM PUDER E SE PUDER, MUITO SOFRIMENTO, MUITA CHORADEIRA, MUITA TRAGÉDIA, MUITAS MORTES! MARTE FICARÁ VISÍVEL À PROPORÇÃO DO TAMANHO DA LUA. ESSA APROXIMAÇÃO DE MARTE DA TERRA É PARA COBRAR OS QUE ESTÃO FORA DA LINHA RACIONAL. MARTE É PARA MARTIRIZAR. MARTE É QUEM PROVIDENCIA E GERENCIA TODOS OS SOFRIMENTOS, POIS, SEM SOFRIMENTOS OS VIVENTES ATRASADOS NÃO CONSEGUEM CHEGAR AOS SEUS VERDADEIROS LUGARES DE RACIONAL PURO, LIMPO E PERFEITO. QUEM ESTUDA CULTURA RACIONAL ESTÁ LIGADO AO RACIONAL SUPERIOR E A TODAS AS FORÇAS DO BEM DA NATUREZA, QUE ESTÃO TRABALHANDO JUNTO COM O RACIONAL SUPERIOR PARA PROTEÇÃO DOS QUE ESTÃO FAZENDO POR ONDE RACIONALMENTE. BEM, MINHA GENTE, É ISSO AÍ! O RECADO, MAIS UMA VEZ, ESTÁ DADO! QUE O RACIONAL SUPERIOR E A MÃE NATUREZA SEJAM NOSSOS GUIAS! UM FORTE ABRAÇO SALVE-NOS A IMUNIZAÇÃO RACIONAL!

sábado, 26 de maio de 2012

MAMÃE ESTÁ TIRANDO A CHUPETA DOS FILHOS

(Porfirio J. Neves) Qual é a mãe que não tem prazer de falar com seus filhos e ouvir os seus filhos falarem? Mas, primeiro tem que tirar a chupeta da boquinha do bebê! Assim também é a VIDA que fez a nossa vida! Tem imenso prazer e ansiedade de falar com todos. E por isso, está destruindo todos os engambelos da vida. Mas, que VIDA é essa que fez a nossa vida? Que história é essa? Alguns hão de perguntar. Existe uma VIDA que fez a nossa vida? Como é que pode existir alguém nos fazendo e ninguém perceber isso? Sim! Ninguém percebia que havia uma VIDA construindo as nossas vidas. E com muito sentimento ainda por cima! Por que então o ser humano se sentia absoluto reinante sobre as coisas deste mundo e não conseguia enxergar esta VIDA que veio fazendo todas as nossas vidas? Alguns até falavam coisas deste gênero se referindo à existência de uma VIDA, dona de todas as vidas, atribuindo isto a um ser todo poderoso, imaginado por alguns para tentar explicar a existência. Outros crendo e outros tendo firmes convicções de que devia haver algo ou alguém superior a tudo isto; porém, por conveniências, na hora da necessidade material, se aplicava a regra do homem todo poderoso e soberano sobre as coisas do mundo. É a tal vida das artes feitas pelos homens. A vida superior a todas as vidas, imaginada por alguns idealistas, não tinha força de atuação e não servia para muitas coisas na realidade prática de fazer as coisas. Agora, na hora do “vamos ver”, aí é que o homem soberano reconhecia que devia haver alguém superior. E todos se prostravam, mesmo que por alguns instantes, diante da supremacia real que se apresentava diante de todos. É o caso de dizer: na hora que ronca a trovoada é que as pessoas se lembram de que existe algo ou alguém maior que tudo isso que usamos diariamente para nos valer. E por que não conseguimos trabalhar e operar em nossas vidas esta noção de uma grandeza real, em tudo que fazemos na vida? Alguns até tentam, mas não são bem compreendidos pelos demais. Por que será que só nos lembramos desta supremacia na hora da trovoada? Aí, na hora que ronca a trovoada, todos, ou quase todos, são unânimes em reconhecer que existe um poder acima de todos nós. Afinal, por que concebemos que existe um poder real acima de todos nós e ainda assim continuamos a fazer e desfazer como se tal não existisse? Uma das formas de se explicar este fato é observar de como uma mãe se relaciona com seus filhos bebê e comparar como a Natureza se relaciona com a humanidade. Assim podemos compreender o porquê da trovoada. Apesar de uma mãe nutrir todo o carinho e bons sentimentos para com seus filhos, em certas horas, há a necessidade de corrigir desvios do comportamento do filho. E uma mãe sabe muito bem quando isto deve ser feito. A forma de fazer estes corretivos pode ser variada, mas é sempre necessária quando o filho não sabe se comportar. Está na hora de tirar a “chupeta”! Mas, reparem que nesta comparação, a humanidade, à semelhança de um bebê, ainda está em um curso primário de aprendizado, com a “chupeta na boca. E aí temos de admitir nosso primarismo perante a Natureza, ou perante Deus como queiram. E sendo primários e pequeninos não se justificaria então tanta arrogância e soberbia perante as coisas da Natureza. Não se justificaria tantas covardias que alguns praticam contra os filhos da Natureza, seus semelhantes, ou contra os filhos de Deus, como queiram entender. Será que esta Mãe ou este Pai vai ser complacente com os malfeitores que agridem seus filhos? Ou será que tudo isso não passou de um imenso curso primário de lapidação onde todos que aqui estão não tem um que seja merecedor de complacência? Pelo que dizem na estória sagrada, até o “filho de Deus” foi assassinado neste mundo. E ainda, covardemente, dizem que Ele morreu na cruz para nos salvar! Que covardia histórica! Será que não há justos neste mundo? Somente pecadores? Ou por outro termo, será que todos no mundo são criminosos? Será que o justo já nasceu morto? Todas estas questões são para nos fazer refletir sobre nossa real condição de existir, porque somente seres que não sabem por que existem e que não se conhecem poderiam praticar tantas crueldades e contradições contra si mesmo e contra esta força suprema que nos abriga. Veja em si mesmo como você depende de tudo que está ao seu redor! Será que isto não serve para nos conscientizar de uma vez por todas de que existe um poder supremo a tudo e a todos que nos mantém e que nos cria e que nos governa? E por que continuamos arrogantes e soberbos? Uns mais, outros menos, porém todos soberbos e arrogantes. Quando alguém se sente ofendido ao ser chamado de arrogante isto já se torna uma prova inequívoca da sua arrogância. Quando alguém se sente ofendido ao ser chamado de mau, isto já é uma prova inequívoca de sua maldade. Por que se sentiria ofendido se não fosse? E assim nas demais coisas que nos ofendem diariamente nas nossas vidas pequeninas. Isso mesmo! Nas nossas vidas pequeninas, pequenininhas. Tudo isso, caracteriza este imenso curso primário em que a vida se tornou, para lapidar e transformar os “bebês humanos” em verdadeiros cidadãos conscientes de seus deveres e direitos. Daí então, podendo surgir o respeito a tudo e a todos os seus irmãos. O verdadeiro princípio da fraternidade sonhado por tantos e nunca realizado por ninguém. Nem por Aquele que dizem ter dado a vida para nos salvar. Nos salvou de quê? Se todos continuam burros, arrogantes, egoístas e traidores de si mesmo? Todos continuam primários, primaríssimos! Verdadeiros “bebês humanos”! A verdadeira salvação, que foi anunciada há muito, reside no conhecer. Sem conhecimento não há salvação. Todo aquele que crê é um primário que ainda não evoluiu para o Conhecimento, ainda está com a “chupeta” na boca, berrando aí pelos cantos. Conhecimento é Luz não é berração! E quem não conhece vive em trevas berrando! E qual é o Conhecimento que faltava ou que deveria chegar no tempo certo? Que conhecereis a verdade e a verdade vos libertará! Muitos ainda não conhecem, alguns até sabem, mas este nosso mundo já foi unido com o mundo que deu conseqüência a este. Não há efeito sem causa! Para existir o filho tem que existir o pai. Assim também, para existir este mundo, tinha que haver o mundo que deu conseqüência a este. E os dois mundos estão unidos em um só. É a Fase Racional. Como que Pai e Filho unidos em um corpo só. Racional, Raciocínio. Raciocínio, Racional. Este é o Conhecimento complementar. Isto quer dizer, na linguagem dos primários, que Criador e Criatura estão unidos em um corpo só! Seja como for este entendimento, não resta menor dúvida de que algo de diferente está presente no mundo. É só olhar as mudanças e as conturbações derivadas destas mudanças. Então, o que está faltando? E como a nossa evolução humana ainda necessita de algo, e que algo mais será este, para compreendermos bem nossa real situação perante Deus e perante a Natureza? Agora é que estamos começando a nos conhecer e não podíamos saber por que éramos assim. Tudo tem o seu tempo, como um bebê humano deixa de ser bebê para ser um cidadão consciente. Então, o que faltava não podia chegar antes, porque ninguém estava em condições de entender. A Natureza veio preparando todos ao longo desse curso primário para desmamar seus bebês e dar a todos o verdadeiro néctar da nossa existência. Assim como um bebê um dia olha para sua mãe e vê e compreende tudo que aconteceu no berço de amamentação, assim é a humanidade com a Natureza - a VIDA que nos fez, configurando assim um encontro. Um encontro na compreensão e no sentimento. Não é um encontro de natureza física, fisicamente sempre estivemos unidos à Natureza como um bebê já nasce fisicamente ligado à sua mãe. É o encontro verdadeiro da Mãe com seus filhos arrogantes e soberbos, que agora, buscam conhecer sua mãe verdadeira, pela forma mais inteligente que ELA própria preparou em nós mesmos, para quando chegasse a hora de “tirar a chupeta”. E como podemos perceber em nós mesmos este encontro da Natureza com seus filhos? Na comparação com um bebê, é quando aprendemos a falar na linguagem que uma mãe ensina a seus filhos. É quando aprendemos o idioma da nossa mãe. E qual é o verdadeiro idioma de nossa mãe Natureza? E qual é o idioma de nosso Pai, o verdadeiro Deus? Será que o idioma é a crença e a fé? Será que o idioma é o capital e os bens matérias? Será que o idioma é um conjunto de palavras em orações criadas por nós mesmos para atingir a supremacia? Como é que um bebê vai criar um idioma para falar com sua mãe? Será que esse tipo de bebê seria tão arrogante como se faz crer esta humanidade idiota que se julga sabedora e dona de todas as coisas? Ora, a lógica diz ao contrário! É a mãe quem cria um idioma para falar com seus filhos. E qual foi ou é o idioma preparado pela Natureza para conversar com todos e todos poderem conversar com ELA? A resposta é simples e clara! Está em cada um de nós uma semente deste amor natural, que precisa germinar e desenvolver e assim se justificar pela sua evolução a realização deste encontro. Raciocínio, Racional. Racional, Raciocínio! Este é o idioma: é o desenvolvimento do Raciocínio, o filho de Deus, a filial do Pai, a filial do Mundo Racional. A Cultura Racional é o Conhecimento que prepara o ser humano para este desenvolvimento, para que todos passem a conhecer o idioma da Natureza, o verdadeiro idioma de comunicação com tudo e com todos. E não essa parafernália de comunicação artificial que só serve para lapidar e não leva ninguém ao encontro de nada; fica tudo nas aparências. A comunicação real de tudo e de todos só pode ser feita através do meio criado pela fonte geradora e criadora da vida, nunca pelos meios artificiais criados pelos primários, pelos bebês. É o idioma da mãe que prevalece, nunca o idioma dos bebês que sempre ficou nesse “gum” “gum”. E a verdadeira comunicação com a Natureza e com Deus está baseada no desenvolvimento do Raciocínio que é a ligação instrutiva cultural. É como um bebê que encontra sua mãe pelo sentimento que ela criou e amamentou até crescer e chegar a hora deste lindo encontro. É assim que muitos estudantes de Cultura Racional já podem comprovar este feliz encontro com a verdadeira Mãe Natureza e com o Redentor, dono de todo o Conhecimento revelado para a verdadeira redenção destes bebês materialistas, que não se conformam em ficar com as “chupetas” do pensamento e da imaginação. É isso mesmo! Ainda tem muito “bebê humano” chupando “chupetas” do pensamento e da imaginação, pensando que são os tais, os maiorais. Bebês arrogantes que se esqueceram de sua verdadeira Mãe. Agora, só tem um jeito de se encontrar com sua verdadeira mãe. É pelo desenvolvimento do idioma que ELA própria preparou em todos nós. E o idioma é Racional-Raciocínio, pelo desenvolvimento da literatura Racional que está no livro Universo em Desencanto. O verdadeiro idioma da humanidade que quer deixar de ser bebê. Se não quiser este caminho Racional então vai ser abortado paras as classes inferiores de vida, porque nada se perde, tudo se transforma. E aí? Se você acha que faz algum sentido esta explanação, está na hora de buscar aprender esta forma natural de encontrar com a Natureza. É pelo desenvolvimento do Raciocínio, no livro Universo em Desencanto. Por que neste livro? E por que não? Se você não entender de um jeito, entenderá de outro! É exatamente o que cada um dos estudantes da Cultura Racional está aprendendo e divulgando para todos. Parabéns para todas as mães e parabéns para todos os filhos que alegremente estão se libertando das “chupetas”.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

DE QUEM É A INTELIGÊNCIA

(Severino dos Reis) Em nosso mundo deformado, onde tudo se transforma, o fim de uma existência é prenúncio do aparecimento de outra. Murcham-se as flores, para dar semente para a plantação de novas flores. É a natureza, sempre terminando coisas ruins, para surgir coisas melhores; sempre dando sentido novo a velhas existências. Assim, em quatro de Outubro de 1.935, terminou a fase de animal Racional, para iniciar a fase de Aparelho Racional, para a humanidade deixar de ser ferramenta movida pelas energias elétrica e magnética e passar a ser movida pela energia Racional; para deixarem de ser ferramentas do pensamento, para serem ferramentas do Raciocíno. Para isso a Natureza abandonou o progresso da Cultura da Civilização, para iniciar a CULTURA RACIONAL. Então, nos ensinamentos da CULTURA RACIONAL, já nas primeiras mensagens, o RACIONAL SUPERIOR está dizendo: que todas as invenções não são méritos dos homens, mas, da Natureza, que faz o pensamento do homem, para inventar tudo que ela precisa para lapidar a humanidade. Nesta matéria, vamos comentar sobre as grandes invenções e explicar de quem é a inteligência. O ponto alto da Cultura da pré-história, foi a descoberta do fogo e o desenvolvimento da fala; e o maior feito da Civilização, foi a descoberta da existência de Deus e o desenvolvimento da Ciência, da Indústria e da tecnologia. Mas, a CULTURA RACIONAL nos trouxe o esplendor do homem se conhecer: conhecer a sua origem e a origem do Universo. Pois, com todo o progresso da ciência, os homens ainda vivem a perguntar: “Quem somos, de onde viemos e para onde vamos?” Vivem em busca dos fundamentos da origem da raça humana, porque ninguém conhece a si mesmo. Não sabe de onde veio antes de nascer e nem para onde vai depois que morrer. Como a Natureza comanda o pensamento através de duas energias, elétrica e magnética, o positivo e negativo, nessa busca, encontraram também duas suposições da origem: uma científica e a outra religiosa. A científica fundamentou a origem humana, na evolução animal (de macacos); e o Universo na explosão big-bang. E as religiões, fundamentaram a origem da vida, na história de Adão e Eva etc. E o Universo, na vontade de Deus. Mas a diferença da era Mosaica de +- 12.000 anos, e, um dos achados mais antigos da Paleontologia, que é o crânio do Homo Habilis, com 1.700.000 anos, é muito grande. E o contraste fica ainda maior, quando as Religiões se norteiam pela verdade da criação por Deus e a ciência, no acaso da evolução de macacos. E o mesmo acontece com a origem do Universo; as diferenças são gritantes. E o mais intrigante, é que os detentores das duas supostas origens, convivem pacificamente: os Religiosos respeitam, porque não pode questionar a superioridade da Ciência; e a Ciência, também respeita as Religiões, porque não pode provar a veracidade de suas teorias e nem desmentir a crença dos religiosos. Mesmo porque, tem muitos religiosos cientistas e tem muitos cientistas religiosos. Por que isso acontece à luz de duas facções tão importante? Para lapidar; (lapidar, é sofrer para evoluir). Onde tem duas versões, há dúvidas, provando que a verdade de uma origem real, ainda estaria por vir. Agora na CULTURA RACIONAL, a humanidade vai se conhecer; vamos saber quem somos de onde viemos e para onde vamos verdadeiramente. Porque esse ensinamento vem da origem, vem de quem criou tudo, vem do RACIONAL SUPERIOR, que viu o desenrolar das transformações dos Racionais, por usar mal o seu livre arbítrio. Ao contrário dos ensinamentos que temos que busca origem partindo de nós. Agora, a CULTURA RACIONAL com muita lógica, nos ensina partindo de Deus. Explicando-nos: que Deus o RACIONAL SUPERIOR, fez o MUNDO RACIONAL e seus habitantes também Racionais, todos de luz racional, pura, limpa e perfeita. Mas uns tantos Racionais, entraram numa planície parte do MUNDO RACIONAL, também pura, mas que não estava pronta para o progresso dos Racionais. E o progresso indevido, provocou o início da transformação daquela planície de luz eterna, de energia Racional, em um mundo de matéria; e os habitantes que somos nós hoje, se transformaram nos animais Racionais. Porque na transformação, os Racionais perderam os seus corpos que eram de luz, precisando improvisar corpos de matéria, para alojar o que sobrou dos Racionais; eles ficaram então, como pacientes em coma induzida, aguardando a evolução da recuperação de seus órgãos vitais, para um dia despertar novamente para a vida: o que chamamos de Raciocínio. Precisando da evolução na matéria, para alcançar outra vez, o seu estado natural consciente e de corpo de luz Racional que é eterna, no MUNDO RACIONAL. Como perdemos a consciência Racional nas transformações, a Natureza teve que nos ensinar tudo novamente; fazendo pensamento em nós, com as energias elétrica e magnética. Ficamos assim, uma espécie de marionete, para ser comandados através do pensamento. Portanto, a Natureza fez cada pessoa, talhada para desempenhar todas as funções que ela precisava, para lapidar e aperfeiçoar o conjunto todo. Porque tudo tem que se transformar: em mundo e seres eternos como era antes, no MUNDO RACIONAL. É por isso que a didática da CULTURA RACIONAL, chama-se UNIVERSO EM DESENCANTO. É porque a vida eterna está encantada em corpos de matéria, que é mortal. Tudo na civilização, está ao inverso do real; nós é que pensamos, mas o pensamento é da Natureza; nós agredimos a Natureza com as nossas ações, mas se olharmos com os olhos do desencanto, vai ver a Natureza auto se agredindo. Porque é a Natureza quem faz o pensamento para nós. Por menor que seja o pensamento, ela emite a quantidade certinha de energia elétrica e magnética, para fazermos o que ela quer ou precisa, para nos lapidar e nos evoluir, para entendermos o que ocorreu no passado, agora, com os ensinamentos da CULTURA RACIONAL. Portanto, todo progresso da civilização, todas as invenções, toda inteligência é da Natureza; são os homens sendo usados como instrumento, verdadeiras ferramentas da Natureza através do pensamento. Isto responde à uma Jornalista, que maquinando o progresso da civilização perguntava: por que os visionários da ficção científica, sempre antecederam as grandes descobertas da ciência. A exemplo: todas as viagens tripuladas ao espaço, são réplicas perfeitas, dos filmes de ficção, do visionário Julio Verne. É exatamente porque ninguém faz nada, ninguém cria e nem inventa nada, quem faz tudo é a Natureza, usando o ser humano como ferramenta; ela já faz o homem assim: cada um, talhado para uma função. Ninguém é inteligente: Nem Einstein, Lavoisier, Newton, Santos Dumont, Galileu, Nicolau Copérnico, etc. Todos são ferramentas manipuladas pela Natureza, através do pensamento. Para isso ficar bem patenteado: um país inventa um equipamento no mais absoluto sigilo, pensando que só ele possui aquela tecnologia; quando menos se espera, o mundo inteiro já fez a mesma descoberta. Por quê? É porque quem fez foi a Natureza, usando o homem como ferramenta. A mesma coisa são as aparições, as profecias, porque os visionários e os profetas são ferramentas da Natureza. Portanto, a origem da humanidade, por Adão e Eva das Religiões ou de macacos pela ciência são tão diferentes, só para lapidar; para quem se conhece, as duas são a mesma coisa, feitas pelo mesmo agente, o pensamento manipulado pela Natureza. Na verdade, nós viemos do MUNDO RACIONAL, por isso somos animais Racionais. Então, diz o RACIONAL SUPERIOR na Cultura Racional: “Agora que todos conhecem a verdadeira origem do universo e da vida, é pedir desculpas, perdão uns aos outros e se considerarem, irmãos, porque são todos da mesma origem.” Quem conhece a CULTURA RACIONAL, não tem ódio e nem rancor, são unidos, porque todos são irmãos. É isso que o mundo precisa: acabar com as rivalidades religiosas, acabar com as diferenças que causam as guerras, que geram as discórdias. Mas para isso, tem se desligar das energias elétrica e magnética, que faz o pensamento; que usa o ser humano como ferramenta e ligar na energia Racional que desenvolve o Raciocínio, que trás a concórdia, lendo os livros: UNIVERSO EM DESENCANTO.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

A EDUCAÇÃO DO FUTURO QUE AS CRIANÇAS CLAMAM

(Porfirio J. Neves) O avanço e o progresso das artes humanas estão de uma forma tal, que se torna muito difícil para a maioria do povo acompanhar todas estas maravilhas tecnológicas e diríamos assombrosas. Assombrosas mesmo! Nem vou ficar me detendo em detalhes nem dando nomes a tantas coisas novas que aparecem no dia a dia, tanto na área das comunicações, na área da medicina, na área da engenharia, da informática, enfim. São tantas as vertentes de inovações e revoluções tecnológicas que se fazem presente na vida dos homens que não dá para ficar aqui enumerando ou ilustrando tamanhos prodígios. E chamo a sua atenção para o fator velocidade com que isso acontece. De repente, em um mês, são lançadas ou apresentadas mais inovações do que era apresentado em um ano, algum tempo atrás. Fica até difícil, eu diria impossível, das pessoas mais idosas acompanharem tanto progresso. As novas gerações – presumo - se sentem bem mais à vontade no entendimento dessas maravilhas e meios tecnológicos. E parece até que já nascem sabendo mexer em computadores, em celulares de última geração, até mesmo antes de tirarem as fraldas, tamanha é sua aptidão para tais aparelhos. Ao contrário, as pessoas que passaram por um processo diferente de educação se sentem pouco confortadas diante de tantos recursos e formas avançadas de encarar todo este progresso artificial. Aí aparece alguém no meio desta parefernalha de comunicação e ainda tortura os mais velhos com slogans do tipo: -“Sai de ontem!”. Isto quer dizer, definitivamente que os velhos, embora se sintam melhor tratados, estão sendo considerados carinhosamente dispensáveis pela civilização. –“Sai de ontem, vovô! Sai de ontem vovó!” É o avanço inexorável de um progresso que acabou chegando, imaginem, por último e por último mesmo, na área da educação escolar. Agora, e tão somente agora, parece que as escolas estão acordando para tantos recursos inovadores para passarem a ensinar com mais eloqüência estas novas artes. Já temos nas escolas até recursos de apresentação em “5D”, isso em uma ou duas escolas, que fique bem claro. Mas isso só vai para as escolas depois de vender bastante pelo mundo da tecnocracia. Que coisa interessante! Vejam o avanço de tantas técnicas e recursos de comunicação, em que a sociedade contemporânea mergulhou, e somente agora algumas escolas estão adotando tais recursos como métodos educacionais. Isso, quando há verba para aquisição de tais equipamentos. Esta forma de conduzir o progresso artificial, ou progresso das artes humanas, vem revelar que a área da educação não é o agente que afeta as inovações e sim o agente afetado pelas inovações tecnológicas. Este é um dos motivos para que um Raciocínio Superior a todos os Raciocínios qualifique o saber humano como sendo de uma sabedoria invertida. Depois de contemplarmos todas estas maravilhas, alguém vem e pergunta para uma criança, dentro de uma dessas escolas: -“O que você acha que deveria ser ensinado nas escolas?” A criança responde: -“Eles deviam ensinar pra gente aquilo que a gente não sabe do futuro!” E novamente perguntam para a criança: -“E o que é que a gente não sabe sobre o futuro?” E ela responde: -“Ora, pergunta para os homens do futuro!” Este diálogo foi extraído de uma reportagem num desses moderníssimos meios de comunicação em “HD”. Comentário breve: por mais que avancem nas tecnologias jamais poderão esconder a simplicidade e a ingenuidade de uma criança diante dessas novas artes, provando que todo esse progresso artificial não serve nem para consolar um espírito infantil, quanto mais consolar os demais espíritos humanos, que vivem sem saber por que vivem, desconhecidos de si mesmos, neste mundo que ninguém sabe explicar sua origem. O que seria mais importante saber, ninguém sabe! É o caso de dizer, tanta gente no mundo e tão pouco saber. Então, qual é a resposta que os homens do futuro podem dar para aquela criança, na escola das artes humanas? A resposta dos homens do futuro, como foi perguntado pela criança, pode ser encontrada, ou melhor, a humanidade poderá se preparar para entender esta resposta, pelo estudo da literatura contido no livro Universo em Desencanto. Essa é a resposta dos homens do futuro. É a Cultura do conhecimento de si mesmo e de tudo que existe. Podemos dizer, pelo pouco que já entendemos, que a resposta do futuro já está presente na Cultura Racional, por ser o conhecimento de desenvolvimento e preparação de todos para entender o futuro. Realcemos bem este aspecto cultural que está contido no livro Universo em Desencanto, em disposição inversa ao que se faz hoje neste mundo encantado. Primeiro vem a preparação e o desenvolvimento para depois vir a aplicação ou realização das grandes inovações do futuro. Ao contrário e de forma encantada, a sabedoria humana apresenta todas essas inovações tecnológicas artificiais para depois educar o povo. Se vamos buscar compreender a resposta dos homens do futuro, primeiro precisamos nos preparar culturalmente para estas verdadeiras inovações que vão chegar. Este aspecto, certamente, é um dos fatores que causam alguma resistência à cultura do desencanto. Tem ainda algumas pessoas que não entendem muito bem o que é Cultura Racional, fazendo confusões com Religião, com Ciência, no meio dos povos artificializados. Primeiro, a educação, a preparação, o desenvolvimento, o que os homens do futuro devem ensinar, depois a realização, a aplicação, o alcance dos benefícios adequados ao que se aprendeu. E aí, sim, o verdadeiro conforto humano que reside na verdadeira sabedoria sobre a nossa existência. O que adianta ficar fazendo tanta inovação tecnológica, se o espírito humano continua atrasado? Se o espírito humano continua querendo um matar o outro, roubar do outro tudo o que não pode ter, com tantas ganâncias e ambições provocadas por tantas maravilhas aparentes, que somente alguns podem alcançar. O que isto adianta? O mais importante não está sendo considerado pela maioria do povo que vive num processo de encantamento. É o que realmente preencheria o espírito humano de sabedoria e conseqüente harmonização universal. (Volume 01) “Fica assim, esse encanto moforento, todos aí mofados, esquadrejando tudo muito bem para verem se encontram o bem, e o bem sempre no infinito e o sofrimento tragando todos. Vivem nesse encanto pavoroso, noite e dia, perdendo o tempo com essa sabedoria que diz ser o mundo uma fábrica de sebosos”. O Racional Superior faz ciente a todos de que o mundo não é o que muitos achavam que o mundo era e explica, o seguinte: “O mundo está convertido por uma sabedoria invertida, aonde o atraso é adotado como saber. É tão visível isto, como é visível o sofrimento do mundo; tanto assim, que admitem a salvação do mundo pelo desenvolvimento da destruição. Dentro de pouco tempo verão como a água ferver e esfriar de repente, como uma brasa viva que jogada dentro d'água se apaga. EU, o RACIONAL SUPERIOR, faço ciente a todos que dentro de pouco tempo tudo estará normalizado e a paz reinará universalmente”. Eis a resposta dos homens do futuro para as crianças que querem uma educação diferente. As crianças que querem saber o que está para acontecer no mundo e que sentem a necessidade de aprender o que as escolas dos homens do presente não ensinam. Então, recomendem para estas crianças, a literatura do presente que prepara todos para entender o futuro, pelo desenvolvimento do Raciocínio. Agora, o que será que vai acontecer como que a água fervente esfriar de repente, como uma brasa viva jogada dentro d’água? O que será que vai acontecer ou que já está acontecendo? Compreendam: não é dizer que a água vai ferver e esfriar de repente. O que vai acontecer e já tem muita coisa por aí acontecendo com este aspecto da água ferver e esfriar de repente. Vejam as mudanças climáticas como estão instáveis, que nem os mais poderosos computadores do mundo conseguem acompanhar; vejam as instabilidade psicossociais que estão ocorrendo pelo mundo afora, independente do grau de educação ou cultural dos povos, como dizem por aí. Tudo isto, todas estas variações abruptas estão sendo observadas pelos que estão atentos em entender a resposta dos homens do futuro. Precisamos primeiro compreender e entender muito bem que a Natureza mudou de fase e que o pensamento humano não tem mais condição de equilibrar ninguém. Em razão desta mudança, todos estão sendo atingidos com esta coisa da angústia do não se conhecer e daí derivam-se todas estas loucuras e violências que se vão pelo mundo e que alguns, teimosamente, ainda acreditam que a salvação está naquilo que sonharam e idealizaram que seria a salvação. A salvação está no Conhecimento. A salvação está no desenvolvimento do Raciocínio de cada um. E a resposta dos homens do futuro está na Cultura Racional que é a Cultura que prepara, dentro do fator natural, para a compreensão da vida, da origem e do mundo, como ele se transforma e por quê!

terça-feira, 22 de maio de 2012

FAZEMOS PARTE DA NATUREZA

Leia, por favor, este texto com atenção! Não adianta lê-lo sem refletir sobre seu conteúdo, sem SENTIR! Não vai aproveitar nada. Infelizmente vai ser um tempo perdido! Portanto, se lhe for possível, leia-o com o mesmo carinho e atenção que dispensamos ao fazê-lo. E ficaremos muito agradecidos! A Natureza é um SER VIVO, UM só corpo. E cada ser nela existente é também um ser vivo com o seu corpo. A Natureza tem a sua parte bruta, material. E tem a sua parte invisível, fluídica, de energia. Todos os seres nela existentes são assim também. Comparando conosco: nós temos um corpo material, com seus órgãos e cada órgão composto de células. Então, na Natureza somos que nem as células que compõem nosso corpo. E essas células que somos nós, têm sua parte bruta da matéria (visível) e a parte fluídica, invisível, a matéria fina, de energia. A parte bruta, material, é a projeção, irradiada da nossa parte fluídica invisível, que dá causa à parte bruta material. A parte material é transitória, não é o nosso ser verdadeiro. A parte energética é eterna, sempre dando causa a novo corpo de matéria. Por isso, não existe alma nem espírito no corpo de ninguém, somos uma energia eterna, sempre em transformações, por estarmos fora do nosso mundo verdadeiro, que não é aqui neste plano material. Ora, se ficarmos focados na parte bruta material, sem desenvolvermos a nossa parte fluídica, essa parte fluídica vai se enfraquecendo, dando causa a novos corpos de matéria bruta cada vez mais enfraquecidos e degenerados, de uma vida para outra, porque a natureza é de transformações. Nada se perde, nada se cria, tudo se transforma. Sem o nosso desenvolvimento da parte fluídica, passamos a dar causa a corpos de matéria cada vez mais enfraquecidos, sempre em condições gerais piores, com doenças físicas, morais e mentais. Uma parte fluídica enfraquecida, por falta constante de desenvolvimento, vai degenerando, deformando, poluindo e diminuindo através das sucessivas transformações de uma vida para outra, até não ter condições vibratórias em sua estrutura de dar causa a um corpo de ser humano e, sim, por sua vibração estrutural enfraquecida, vai dar causa a um corpo de matéria correspondente aquele estado vibratório inferior, que é o corpo de um animal irracional. Pois, não há efeito sem causa. Para ver a importância de tomar conhecimento dessa parte invisível fluídica, desenvolvendo-a para que ela evolua energeticamente, assuma uma estrutura vibratória superior e alcance uma dimensão energética acima do campo material, para não nascermos aqui na matéria novamente. Mas, por a humanidade não conhecer nada sobre isso, limitada à matéria visível e invisível (a parte espiritual), fica focada na parte bruta ou, no máximo, à parte espiritual, gerando seu próprio enfraquecimento, seu próprio desequilíbrio, diminuindo-se em tudo, até destruir sua estrutura de animal racional, que se transforma numa estrutura inferior de animal irracional, por falta de desenvolvimento da parte vital, que é a parte fluídica, causadora da vida da matéria. A Natureza como um todo, com inteligência própria, tendo já entrado em uma fase superior de evolução de sua parte fluídica, está tratando de recolher em sua evolução todos os seres humanos que a estão acompanhando nessa evolução: protegendo-os e mantendo-os de tudo que precisam e necessitam nessa ascensão. E com relação aos demais, que estão à margem dessa evolução, os que continuam se destruindo, focados na parte bruta material, ela simplesmente os ignora, por estarem obstando sua evolução fluídica e providencia a destruição mais rápida desses seres, que passam a não ter mais valor algum para a Natureza. E como a Natureza destrói esses que estão à margem da evolução dela? Através de doenças curáveis e incuráveis e de desastres naturais (terremotos, vulcões tsunamis etc.) e artificiais (poluição, desastres de veículos, desastres de trens, de aviões, de navios etc.) além dos desequilíbrios morais, físicos e financeiros. Tudo isso para que compreendam que não adianta ninguém querer viver como pensa, como imagina e como quer. A vontade é livre, mas, as cobranças da Natureza são inevitáveis. Existe um Plano Maior de ascensão da Natureza, que deva ser seriamente conhecido e obedecido, por sermos parte da Natureza e ela estar em evolução. E tendo Ela soberania sobre nós, deleta do seu caminhar todos que à margem desse caminhar querem ficar. Dizemos “querem”, por a vontade ser livre. Esses marginais descem para classes inferiores até serem reduzidos a granito, depois de sucessivas transformações percorrendo toda a grande hierarquia dos irracionais, onde não têm, por condições inferiores de vida, o poder de perturbar e atrapalhar a evolução da Natureza com desmatamentos, poluição de nascentes, rios e mares, poluição sonora e do ar, fabricação de produtos contra a vida e dos desnecessários, que são voltados para a alimentação da vaidade, da ganância e da ambição. Nós, seres humanos, naturalmente fazemos como a Natureza. Exemplo: ao nos alimentarmos nosso organismo aproveita o que nos beneficia. E o que não é necessário para o organismo é conduzido naturalmente aos intestinos (parte inferior do corpo), transforma-se em fezes, que são jogadas nos esgotos, por não ter mais serventia. Assim está agindo a Mãe Natureza, renegando aos esgotos das classes inferiores de vida os viventes que teimam (por arrogância, soberbia e vaidade absurda) em continuar pensando ao invés de raciocinando, por não quererem tomar conhecimento da nova fase da Natureza, a Fase Racional. O pensamento/imaginação é uma energia primária, elétrica (bem aparente) e magnética (mal puro). É uma essência degenerada da matéria, não tem origem superior, divina. Por isso, limita-se à matéria (visível e invisível). Sim, porque a parte invisível nossa e da Natureza, tem o fluido elétrico e magnético e o fluido transcendental. A evolução se dá através do fluido transcendental, que não pertence ao campo espiritual e, sim, ao mundo de origem de tudo e de todos, desconhecido da humanidade, onde a energia não é elétrica, nem magnética, é RACIONAL: pura, limpa e perfeita. Portanto, por ser o pensamento de origem do chão, da matéria, tem a função limitada à matéria, mantendo os viventes presos à matéria, à cultura primária criada pelo pensamento, a cultura artificial filosófica e científica. Artificial porque se baseia no ser bruto da matéria e, quando muito, no ser invisível espiritual e, não no ser verdadeiro natural da Natureza, que é a parte fluídica invisível transcendental. E é por isso que procurar no pensamento solução qualquer que seja, é se aprofundar e se perder ainda mais na matéria. Encontra-se, então, a humanidade perdida na matéria, sem conseguir encontrar solução alguma para os seus problemas, para os seus negócios e para a sua vida. A solução não está na matéria e, sim, na parte fluídica transcendental, racional (razão da vida), que corresponde ao plano de ascensão da Natureza. E como alcançar essa parte superior? Deixando de lado o pensamento e passando a desenvolver a parte nossa transcendental, o raciocínio, que ninguém nunca antes conheceu. Por que dizemos nunca antes? Por já estar na Terra, trazido pela própria Natureza, de um mundo superior desconhecido da humanidade, o conhecimento transcendental que nos prepara e nos ensina a raciocinar. E o que é raciocinar? É ser comandado pelo nosso verdadeiro SER SUPERIOR, que se encontra dentro de nós, em nossa cabeça. E isso vamos conseguir depois de identificarmos o nosso fluido transcendental, que está deformado pela ação elétrica e magnética, abastecendo esse fluido transcendental com o conhecimento cultural próprio dele, que o faz, de posse desse conhecimento, agir de forma a deletar de si todas as influências elétricas e magnéticas, passando a fortalecer e reconstruir sua estrutura vibratória nos moldes de sua estrutura original, racional. Isso feito, esse fluido vibrando racionalmente, identifica-se com o fluido transcendental da Natureza, ligando-se a Ela e entrando em harmonia e entendimento com todos os seres da Natureza. E estando em harmonia com a Natureza ela deixa de irradiar sofrimentos sobre nossa parte material (visível e invisível), passando a nos ajudar a ascender até alcançarmos a parte dos 7 seres orgânicos causadores de nossa parte fluídica. A Natureza, com sua força e poder vai nos conduzindo nessa evolução da nossa vibração racional. Essa vibração racional, alcançando esses 7 seres orgânicos, equilibra racionalmente esses seres, que perdem também sua parte deformada, ascendendo para o antes de ser seres orgânicos, saindo desta dimensão material inconsciente do Astral Inferior e encontrando a dimensão imediatamente superior, o Astral Superior, onde a energia é a Mediadora Racional consciente, ficando a pessoa desligada das influências do elétrico e magnético, as influências da matéria. Aí é que começa, de fato, a evolução racional, a evolução dentro do bem puro, limpo e livre das impurezas elétricas e magnéticas: o desenvolvimento do raciocínio. Harmonizados, então, com a energia mediadora racional consciente, ela nos encaminha para alcançarmos o que fomos antes de sermos deformados. O que fomos? Seres Racionais puros, limpos e perfeitos fora do nosso habitat verdadeiro, nosso mundo original. Ao evoluirmos e alcançarmos essa condição suprema, tomamos a nossa forma corpórea original, ovalada, com corpos de massa cósmica pura, limpa e perfeita e retornamos naturalmente ao lugar de onde saímos, o MUNDO RACIONAL, para dar causa a este mundo material em que vivemos. E passamos a comandar do MUNDO RACIONAL esse nosso corpo de matéria até o término do seu ciclo natural, colocando fim na morte: aí é que está a função RACIOCINAR. Comandados pelo nosso verdadeiro SER, o SER RACIONAL, que se salvou por retornar à origem e da origem nos comandando aqui na vida da matéria. Tudo isso é conseguido muito naturalmente, sem esforço algum, apenas estudando em nossas próprias casas, ou onde estivermos, a cultura vinda da origem, que nos prepara e nos ensina todos os procedimentos para essa grandiosa ressurreição e ascensão, ensinamentos esses contidos nos Livros da cultura natural (não a artificial) da Natureza, Universo em Desencanto. Para ver como esse desenvolvimento nada tem a ver com nada daqui deste mundo em que vivemos, não é contra nada nem ninguém, mas, é absolutamente individual. Só a própria pessoa pode promover, juntamente à Natureza, o seu desenvolvimento. Ninguém, ninguém mesmo pode promover o desenvolvimento do raciocínio do seu semelhante, porque o raciocínio é privativo de cada qual. E desenvolve quem quer. A Natureza, desde 1935 iniciou sua ascensão e somente está beneficiando todos que a estão acompanhando, aparelhados a ela, por já terem compreendido que todos nós fazemos parte da Natureza. E você, vai ficar de fora? Releia este texto várias vezes para que possa tomar uma decisão favorável a si mesmo. Esperamos que decida pelo desenvolvimento do seu raciocínio, porque a fase em vigor na Natureza é RACIONAL e quem ficar de fora não vai ter com quem contar, nem onde se agarrar, por ficar contra a Natureza, ficando contra tudo, contra todos e contra a si mesmo. É salve-se quem puder e se puder. Que todos tenhamos discernimento superior!

segunda-feira, 21 de maio de 2012

A FIDELIDADE SINCERA É A ESSÊNCIA DO BEM NATURAL, É RACIONAL!

(Dênison da Silva Natto) Leia o Livro Universo em Desencanto para você se conhecer e saber respeitar e amar de fato a natureza e quem está ligado a Natureza vence a tudo e a todos, e quem está contra a Natureza está contra a si mesmo. Você ainda está Pensando? Desenvolva o seu Raciocínio, Salve! Salve! E se Salve! Estamos na Fase Racional, do Desenvolvimento do Raciocínio aqui na Terra, Fase esta que está em vigor desde 04 de Outubro de 1935, em que a Natureza mais uma vez mudou de fase, com o encerramento da Fase do Pensamento e a chegada da Fase da Racionalização Universal dos Povos, em que todos temos a oportunidade de passarmos de fato a nos conhecer, definimos o nosso Eu, ou seja, termos o encontro com a nossa individualidade perdida, com o efeito e a causa verdadeira de nossa vida, pois não há efeito sem causa, não existe Origem sem Base, tudo o que existe têm a sua razão de assim ser como é, estar do jeito em que está, e na Fase Racional temos a chance de ouro de conhecermos afinal o mundo de nossa raça, de onde todos somos oriundos que vem a ser o “Mundo Racional”, e sabermos como fazermos para este mundo que é o nosso verdadeiro natural retornarmos pela Imunização Racional, que vem a ser nos ligarmos em vida à Eternidade, ao Mundo dos Puros, Limpos e Perfeitos que são nossos Irmãos de Origem, que transcendem a este mundo deformado, degenerado, poluído, enfraquecido em que vivemos, penamos, lutamos toda vida para nos livrarmos do sofrimento, dos prantos, das lamúrias, dos obstáculos e quanto mais lutamos mais sofremos, padecemos devido este mundo em que estamos não ser o nosso mundo de origem, daí o motivo de não termos o direito de viver de forma eterna aqui, todos morrem após o término do seu ciclo de vida determinado pela Natureza aqui, ninguém fica para semente, todos nascem, crescem, se desenvolvem, amadurecem (quando chegam a amadurecer) e do nada morrem, e fica sempre a saudade, o sentimento de que queríamos a pessoa junto conosco mais tempo, quando familiar então a dor é intensa, profunda, eis aí claro na frente dos olhos que este corpo de matéria fluídica magnético e elétrico que temos, que carregamos é passageiro, provisório, um tudo do nada, porque parece um tudo e acaba em nada, então portanto nosso natural verdadeiro é de Corpos de Energia de Massa Cósmica Pura, Limpa, Perfeita, de Vida Eterna, nosso Mundo Verdadeiro é o Mundo Racional que existe sim, com Provas, Comprovações contidas nas Páginas Brilhantes dos Livros “Universo em Desencanto”. A Cultura Racional vem há muitos anos esclarecendo a humanidade estas verdades e uma infinidade de verdades ainda desconhecidas pela humanidade, sendo um conhecimento ímpar, nobre, com um propósito limpo, honesto, benfeitor de Recuperação de toda a Humanidade, para que a Humanidade possa ter o Encontro Consigo Mesma através do Auto Conhecimento que vem a ser a pessoa saber como deve viver, como proceder da melhor forma possível, como conduzir sua vida sendo Honesta Consigo Mesma, com Tudo, com Todos, sem usar duas caras, ou seja ter uma personalidade só: A Personalidade Racional, com Fidelidade Sincera e Domínio de si Mesmo, de suas Ações, de seus Procedimentos, buscando a cada dia se corrigir, se adequar ao modo simples, humilde, natural de se viver, se dominando, se educando, se equilibrando, administrando com corretismo, de forma virtuosa sua vida pessoal, profissional, buscando o resgate dos valores há muito abalados pela escassez do pensamento que desregulou as mentes, e travou muitas mentes, pois conforme nos revela o “Racional Superior” a Fase da Imaginação e do Pensamento Terminou em 1935 e a maioria da humanidade não percebeu, não sentiu por viverem de modo artificial, fantasiadas, iludidas, encantadas, ludibriadas por auto sugestões, pelos engambelos utópicos que embriagaram e fizeram ficarem esquecidos do Fiel Amor ao Próximo que dantes era tão estimado, o Respeito que outrora tão prezado, cobrado entre as famílias e em todo contexto de convívio social, um fio de cabelo era tido como documento tamanho era o respeito tempos atrás, o fazer o bem sem olhar a quem era algo tão natural e hoje muitas fazem caridade, solidariedade e são ainda questionados, são de forma muito dura criticados, sendo que outrora, quando o pensamento ainda funcionava existia um pouco mais de consideração, só que veio a Mudança de Fase em 1935, e encerrou a Missão do Pensamento, a Natureza deixou de Alimentar o Pensamento dos Seres Humanos e como conseqüência foi decretada a extinção do Animal Racional livre pensador, sofredor e mortal, e as mentes entraram em choque, em colapso, pela carência do alimento natural e desde 1935 o pensamento de todos vem secando, e de muitos está seco por completo, que são estes que não sentem mais o que fazem, pois com o pensamento seco seca o sentimento de humanidade, e a pessoa vive desconhecida de tudo, de todos e de si mesma, e se torna louca, o desequilíbrio faz com que se torne bicho em figura de gente e aí saem cometendo abusos, absurdos, coisas fora de série, coisas hediondas, crimes, daí a causa da violência o enfraquecimento do pensamento, a secura do sentimento, se tornam monstros, destroem seus semelhantes pelo estado de loucura, comandam o terror, as guerras, as mortandades, tudo por o pensamento estar seco e o sentimento também, sendo que o único remédio para resolver a situação universal é utilizarmos o Recurso Natural da Natureza, que desde 1935 está ao nosso alcance presenteado por Deus, que é o Desenvolvimento do Raciocínio. O Raciocínio é o brilhante que pode recuperar os seres humanos, pois a Natureza está alimentando o Raciocínio de todos, porque a Natureza está sendo regida desde 1935 pela “Energia Racional” a energia mais poderosa que existe, a Energia do Bem Verdadeiro, a Energia da Origem, a Energia Natural do Plano Cósmico Transcendental, que é o Mundo Racional, de Onde todos Viemos e para Onde Todos Vamos. Só o Raciocínio pode equilibrar a humanidade e cessar o Salve-se quem puder e se puder que se encontra visível no mundo inteiro, só o raciocínio pode cessar o Desequilíbrio Moral Físico e Financeiros dos seres humanos, só o Raciocínio Desenvolvido tem Condições de Equilibrar e de Salvar de Fato toda a humanidade dos Horrores das Hierarquias das Classes Inferiores, só o Raciocínio pode devolver a todos uma vida digna, pacata, o Respeito Verdadeiro, só o Raciocínio pode trazer a tão sonhada Paz, o Amor Verdadeiro, a Fraternidade, a Solidariedade Sincera, a União e a Concórdia entre os Povos. Site Oficial da Cultura Racional para Maiores Esclarecimentos sobre a Primorosa Cultura Racional, Do Desenvolvimento do Raciocínio: www.universoemdesencanto.com.br Salve!

domingo, 20 de maio de 2012

O QUE É CULTURA

Cultura é autoconhecimento e conseqüente conhecimento da vida visível e invisível em todas as suas dimensões até alcançar a origem da vida. Portanto, cultura não há mistérios, nem enigmas, nem fenômenos, desvenda tudo com a verdade, porque cultura é para corrigir, aperfeiçoar, equilibrar e evoluir os viventes. E para que tudo isso seja possível, não pode haver obstáculos (suposições, teses, hipóteses, teorias, mentiras). Ora, onde há mistérios, há obstáculo. Onde há enigmas, há obstáculo. Onde há fenômenos, há obstáculo. E onde há obstáculo, há paralisação, há embargo da evolução. Onde há embargo da evolução, há atraso, porque fica o vivente a marcar passo num ponto, sem prosseguir. E, assim, onde há mistérios, enigmas, fenômenos, não há VERDADE, porque a verdade liberta, não embarga. E se a VERDADE liberta é porque não tem embargos. E se não tem embargos, é porque não tem mistérios, enigmas e fenômenos. E se não tem mistérios, enigmas e fenômenos, é porque tem base e tem lógica, explicando e justificando tudo com pureza, limpeza e perfeição – sem sombra de dúvidas. Explicando tudo desde a origem, a raiz de tudo, ou seja, explicando com racionalidade e, não com teses, teorias, hipóteses, suposições, que são pertences do campo imaginário. Imagina que é, porque não sabe como é. Pensa que é o que não é. Ninguém consegue se corrigir, se aperfeiçoar, se equilibrar e evoluir sem conhecer a VERDADE, o ponto referencial: a base. Ninguém consegue se corrigir, se aperfeiçoar, se equilibrar e evoluir sem conhecer a lógica, advinda da base. E, assim, veio a humanidade até os dias de hoje, sofrendo e penando, num atraso profundo de uns contra os outros, por não conhecer a base e a lógica verdadeira da vida. E qual é a base da vida? É a origem de tudo e de todos. E qual é a lógica da vida? A cultura da base da vida, calcada na origem da vida. Portanto, cultura verdadeira tem que ser racional, que explica a raiz mestra de tudo e de todos, com base e com lógica, com provas e comprovações, por ser racional. Reflitamos sobre isso sem paixão, sem PRÉ conceitos, isentos das acomodações a que fomos impostos, por conseqüências de um desconhecimento absoluto da verdadeira vida, que não é material, nem espiritual e, sim, racional, originada de um super mundo transcendental desconhecido da humanidade: o MUNDO RACIONAL, de onde tudo e todos viemos (visíveis e invisíveis) e para onde temos que retornar, por ser nosso verdadeiro habitat natural. Estamos na hora de voltar pra Casa e precisamos para isso de nos suprir com a cultura verdadeira da nossa Casa: a CULTURA RACIONAL. Procuremos conhecê-la, trata-se do curso superior da vida, para o qual fomos devidamente preparados pela cultura filosófica e científica, a cultura do pensamento, cuja fase já terminou. Continuemos nossa jornada, através do desenvolvimento do raciocínio. Contemplar o que já terminou é marcar passo e obstar nossa evolução final. Tenhamos todos: discernimento superior!

sábado, 19 de maio de 2012

REAPRENDENDO A RELACIONAR-SE

(Idinéia Romitti - http://idineia.blogspot.com) Quem já não observou um casal de namorados? Sentados na praça num envolvente abraço; hoje já tão jovens amam com tanta intensidade, aos 14 anos já namoram, fazendo juras de amor eterno. O que entendem de amor e amar? Manipulam um ao outro, com proibições de não pode ver os amigos, não pode falar com alguém do sexo oposto.Vigiam-se de todas as maneiras e dizem ser tudo por amor. Que amor é esse? É lindo amar e ser amado! Os jovens de mais idade, namoram, divertem-se muito nas baladas em turmas de amigos, no cinema a dois e os momentos íntimos de muito amor. Projetam-se um no outro, exigindo e vigiando. São mil cobranças e muitas obrigações. Isso é amor? Tudo parece fascinante, uma mistura de amor, ódio, posse e paixão. Paixão não é amor; é sim uma doença psicológica. Em todas as idades se ama, se relaciona! Os casais mais maduros e experientes, amam sabendo o que querem, com cautela, bom gosto, e até arriscando aventuras É maravilhoso amar! Nos relacionamentos há uma troca, existe por vezes os ciúmes, a posse do ser amado e ainda se diz: isso é amor. E a pergunta que não quer calar: o que é amor? O que é relacionar-se? Como ousamos chamar de amor tomar posse do ser amado? E o vigiar sem cessar? A falta de confiança e o medo de amar? Somos pequenos aprendizes na matéria de amor! Amamos o outro, porque dentro dele está uma parte nossa, o nosso Eu! Amo o Eu que está em Você! O amor é lindo! O amor nos relacionamentos nos ensina a sermos melhores, mais puros. É através dos relacionamentos que temos a oportunidade de desenvolver e formar de forma inteligente o nosso caráter humano bem sucedido. O que cada um de nós quer é o amor e aprovação do outro! Quem ama não prende o ser amado...Liberta! Confia em si próprio, respeita a si mesmo e ao ser amado! Sabe que o outro, assim como Você, é livre para ir e vir e isso faz com que o amor aconteça de forma pura e verdadeira. O ser amado vai, mas, volta porque é livre e Você o respeitou. E, assim, o amor cresce e se torna ainda maior um pelo outro. Os relacionamentos (o relacionar-se) fazem desabrochar, sair para fora nossos sentimentos do mais lindo e puro, ao mais inescrupuloso sentimento, mostra realmente quem somos. É no relacionamento que nos damos conta do porque sentimos assim. É a oportunidade de nos auto analisarmos, corrigir nossas imperfeições, saber suas origens e a causa, que muitas vezes são traumas de experiências vividas, crenças enraizadas em nós, ou a maneira de como fomos educados. Seja qual for, reaprenderemos a confiar em nós e no outro, a nos sentir seguros, confiantes e a nos respeitarmos mutuamente. Acredito que não exista uma metade que se junta à outra metade, mas, sim, um ser inteiro que se junta a outro Ser inteiro. Os relacionamentos nos ensinam a olhar para nós, nos amarmos a nós mesmos primeiro! Tenhamos um relacionamento íntimo de amor com nós mesmos, nos aceitando, nos perdoando, nos melhorando, nos auto-curando. Eu me amo e me aceito exatamente como sou! O amor e amar vale a pena! Relacionem-se, sejam felizes e vivam em paz! Mas, primeiro, fundamental , é SE CONHECER. E como SE CONHECER se a pessoa não sabe as coisas mais simples da vida e que são: QUEM SOMOS, DE ONDE VIEMOS E PARA ONDE VAMOS? Então, vamos NOS CONHECER primeiro, para que possamos ser INTEIROS e, assim, todos SE CONHECENDO por inteiro, identificar-se-ão uns com os outros, por sermos todos idênticos na essência, UM só ser, o SER RACIONAL. Todos se amando, todos se respeitando, todos satisfeitos e todos equilibrados RACIONALMENTE. E para SE CONHECER estudem, o quanto antes, os Livros do SE CONHECER, Universo em Desencanto, de Cultura Racional, a cultura natural do SER RACIONAL. É quando, então, todos encontraremos a VERDADEIRA FELICIDADE, pelo desenvolvimento do raciocínio.

ESCLARECIMENTOS PARA COMPREENDER PORQUE O MUNDO É UM AQUÁRIO, DENTRO DE UM BURACO

(Porfirio J. Neves) Estamos em plena Fase Racional! Isto quer dizer que a Natureza está revelando todos os mistérios, desvendando os enigmas e solucionando todos os fenômenos, universalmente. É isto que quer dizer Fase Racional. É a fase em que todos estão e vão passar a conhecer todas as razões do porquê de tudo e do porquê de todos. Cumprem-se, assim, as profecias: -“Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará!” E quem está revelando toda esta verdade? A própria natureza dos seres! Pois foi a Natureza que fez tudo e que fez todos e, por isso, somente quem nos fez tem a instrução definitiva para a devida solução. A vida tem solução e a devida solução está na união de todos com a Natureza! Ligou com a Natureza está ligado com Deus, o verdadeiro: um Raciocínio Superior a todos os Raciocínios, o Racional Superior da Terra. O EU que se auto define pelas evidências. (*H-050 p-119) “E assim, agora, pelo esclarecimento perfeito e correto da Natureza a todos os seus feitos, todos voltarão para o seu verdadeiro mundo, o Mundo Racional. Com a evolução do desenvolvimento da vidência racional e com o progresso do desenvolvimento do Raciocínio. E dessa forma, todos ligados pelo maior chavão da vida, que é a chave do Mundo Racional, o Raciocínio, que abre a porta triunfal do mundo da verdadeira origem de todos - o Mundo Racional. Então, o Raciocínio é o maior chavão da humanidade”. Na capa do livro Universo em Desencanto está estampada uma grande chave, acima de um grande portal, que representa as sete portas do encanto, ou sete selos bíblicos. Por isso é que todos estavam selados ou encantados por sete seres deformados. É só pegar esta chave e aprender a abrir as sete portas que nos prendem ainda no mundo da matéria. O Consolador está aqui para se sentir! Esse é o maior chavão, que todos precisam prestar mais atenção: é o desenvolvimento do Raciocínio que nos prepara para compreender a razão de tudo que existe e da forma que existe. Agora, vejamos alguns elementos que ajudam a perceber a configuração do nosso universo elétrico e magnético, que o mundo assim pode ser compreendido como um conjunto fluídico elétrico e magnético. (**Obras Primas) “Está aí o giro do Globo e que muitos pensam e têm certeza que o sol é que faz o seu giro. Não, filhos, ele não sai do seu lugar, enquanto todos vós precisais dele e ele não precisa de vós – é o giro do Globo! Esse giro, em comparação, tem por base o seguinte: vós botais um pouco d’água dentro de uma bola; em cima d’água vós colocais um pedaço de pão abrangendo toda a circunferência e rodai a bola devagarzinho, que o que está dentro da bola não sente o giro dela. (Não sente, mas vê) É quase esta comparação diminuta que EU vos dou, sendo com o trio de diferença, também muito diminuta. Marca um pontinhozinho nesta bola e pendura uma cabeça de fósforo. Vê se não dá o sentido que EU estou dando?”. Este trecho foi ditado, em 1935, pelo Racional Superior da Terra que se apresentava como Francisco de Assis, naquela ocasião, provando com isto que a Cultura Racional veio para dar continuidade a todo o Conhecimento, entrando, a partir daí a Fase Racional. O Conhecimento deixou de ser um conhecimento artificial e passou a ser um conhecimento natural – a Cultura Racional do Terceiro Milênio. Isto, para quem se ligou, ou está se ligando a ELE! Percebam que já houve várias teorias, ao longo da história, sobre os movimentos do Sol e da Terra e várias cabeças já rolaram por causa da intolerância, ignorância e arrogância do poder dominante que sempre esteve na mão dos atrasados. Por que digo atrasados? Porque é um grande atraso querer se intitular conhecedor destes movimentos quando estamos dentro do próprio sistema. Somente quem está fora do sistema pode discernir corretamente sobre esse conjunto elétrico e magnético. E tem alguém que preencha este pré-requisito de observador referencial do sistema galáctico em que vivemos? Tem, e precisamos urgentemente nos ligar a ELE para compreender bem este mundo. É o Racional Superior da Terra, um Raciocínio Superior a todos os Raciocínios. É um ser extraterreno! Querendo dizer com isso, que é um ser que está acima de todos os referenciais que a imaginação e pensamento humanos podem determinar e medir nesta Terra. Apenas a título de sugestão e comparação, olhem para uma turbina geradora de eletricidade ou para um motor elétrico. Em ambos os casos temos uma parte fixa, uma parte móvel e um parte referencial que dá o sentido da diferença de potencial. Indutor, induzido e aterramento. O aterramento é que dá o sentido da diferença do potencial. Ora, se este mundo é um conjunto elétrico e magnético, que assim já podemos compreender o mundo como sendo uma Galáxia Térrea, elétrica e magnética, temos, necessariamente, uma parte fixa e uma parte móvel! Indutor e induzido. No caso da turbina geradora de eletricidade e do motor elétrico, estas duas partes, induzido e indutor, se alternam, conforme o caso de gerar ou consumir eletricidade, entretanto, o aterramento é sempre o mesmo. O “terra”, ou aterramento, é sempre o mesmo e nunca se move. A parte do indutor e a parte do induzido, apenas uma parte se move em relação à outra. Aí também temos uma parte fixa. Apenas uma parte se move. De forma semelhante este nosso mundo tem duas partes fixas e uma parte móvel, quando considerado como conjunto elétrico e magnético. Assim é o Globo que se move por fora da Terra que está parada em cima da água dentro deste Globo, dentro de um imenso buraco formado por diferentes “Terras”. A Lua, as estrelas e o Sol estão afixados neste Globo, cada qual cumprindo seu papel na geração, formação e criação da vida de todos os seres que estão dentro deste sistema elétrico e magnético. Atentem então para esta descrição do Racional Superior da Terra, com relação às estrelas. (**Obras Primas) “As estrelas, como vós chamais, são partículas da formação do Globo, onde têm seus raios fulgurantes, pelo brilho, que vós pensais ser diamantes. Este brilho é uma formação de luz muito atmosférica e, de quando em quando, lança suas faíscas elétricas e luminosas, sendo estes fluidos magnéticos e elétricos para diversas formações na terra, sendo esta combustão, que vós, de tão pequeninas vêem e não fazeis idéia o tamanho que são. São pequenos mundos, como vós dizeis, que têm seus habitantes flutuantes tanto quanto aqui neste. Mas, em convivência, muito superior a todos vós. São de uma formação técnica, em todas as suas atuações, lançando seus fluidos sobre todos vós, noite e dia, e ninguém sabe compreende-las”. Confirma-se com este texto que existem mesmo muitos outros habitantes nas estrelas, mas com uma evolução muito superior a esta em que estamos na matéria. As estrelas são partículas da formação do Globo. E não se esqueçam que este Globo ou Galáxia Térrea tem a forma oval ou ovóide. Parece difícil de compreender, mas sintam que o nome firmamento quer dizer que tudo está muito firme, firmado nas “paredes” do Globo, que é justamente a parte que se move. Basta olhar para o céu à noite, durante o ano, e constatar este movimento monobloco do conjunto estelar que se faz observar diretamente da Terra, onde estamos parados. E ainda tem uma série de raios e faíscas elétricas que se formam na estratosfera, para cima, para baixo e para os lados, que nos indicam esta atuação eletromagnética das “paredes do Globo”. Pelo que podemos entender até aqui, precisamos diferenciar estrelas, aqui descritas, das constelações do Mundo Racional, assim como é o Cruzeiro do Sul. São constelações que se comportam diferentemente deste conjunto das estrelas que fazem o efeito adubador da Terra na geração dos seres de matéria. Por isso o Racional nos dá o nome das estrelas de “uruatares”, criando assim uma diferenciação das Constelações do Mundo Racional. Pelo outro lado do Globo, na parte de baixo, vamos encontrar a força motriz da Água como que comparado com uma turbina geradora de eletricidade. A água entra por dentro da turbina em alta pressão e faz girar o conjunto indutor para criação da diferença de potencial entre a terra e o Sol. A terra, portanto é a parte fixa e o Sol é que gira, pelo giro do Globo. De forma semelhante, por baixo da terra, temos a água, onde a terra flutua sobre ela. Isso, dentro do Globo, mas ainda temos a Água que está fora do Globo, por baixo de tudo, fazendo este Globo girar, à semelhança de uma turbina. Acompanhem a descrição feita pelo Racional Superior, a seguir. (**Obras Primas) “O mar, como vós dizeis, para vós uma coisa insondável e misteriosa. Mistérios estes em combinação de astrologia universal, e que vós debateis, não encontrando uma base de que possa dar uma verídica formação. O mar tem seus afluentes, seus diagnósticos muito diferentes do que todos vós assim fazem cientificar. (afluentes não se refere aos rios da superfície). O mar foi uma parte criada por Jesus Amado para alimentação da Terra e de todos os seres vespertinos. (Jesus Amado foi um termo usado na fase inicial do Conhecimento Racional apontando para um Raciocínio Superior a todos os Raciocínios, o Racional Superior da Terra; enquanto que a expressão Pai Amado, também usado nesta fase inicial, apontava para o Mundo Racional.) A Terra tem seu fim, mas nenhum de vós podeis alcançar. Por baixo de uma certa profundidade torna-se água pura; depois de uma outra certa profundidade, a água está “congeladúrica”, que vós dizeis gelo; aí formando outras divisões e sustentando a parte aquática arenosa e daí para cima. Esta parte que fica por baixo, “congeladúrica”, é uma parte monstruosíssima de granito produzido pela água. Água tendo assim diversas divisões: partes quentes, partes mornas, partes frias e partes congeladas, conforme a profundidade. Então, depois desse granito, temos uma outra formação, quase idêntica a esta Global, que daí forma outros mundos, com suas diversas direções, muito “diferentíssimas” desta, (mundos intraterrenos) formando um vão igual a este e que vós tratais espaço, ou empregando diversos nomes por alegoria de vós mesmos”. Pasmem! Abaixo da Terra e abaixo da Água temos um vão em semelhança deste sistema global, que tem um vácuo acima da atmosfera. E ainda, acima deste Globo, além estratosfera, existe outro vácuo cósmico que nos separa do Mundo Racional. Mundos intraterrenos e mundos extraterrenos. Comentário final sobre este assunto, quando o Racional nos diz, em 1935, que “O mar foi uma parte criada por Jesus Amado para alimentação da Terra e de todos os seres vespertinos”. Se você quiser ter uma simples comprovação disto vá a Cabo Frio, no litoral fluminense, ou em outras partes da Terra, onde pode ser visto o chamado fenômeno da ressurgência marinha. Brota à superfície uma quantidade inesgotável de água fria e rica em nutrientes para alimentar o ciclo da vida marinha, a começar pelo fito plâncton. Pelas leis da gravidade, a água fria fica mais densa e se está rica de nutrientes minerais fica mais concentrada e mais densa ainda, o que nos leva a entender que isto realmente é um fenômeno. A ressurgência marinha contradiz os movimentos das águas que normalmente se assumem como lógicos cientificamente. Tem que haver uma força motriz, lá do fundo, injetando esta água para a superfície. Não sabem, ainda, que lá do fundo mar, mas muito mais fundo que se possa perceber, nasce toda a vida para manter este conjunto elétrico e magnético em todos os aspectos. E isso também explicaria os fenômenos climáticos recentes que os próprios cientistas, apesar de seus equipamentos ultramodernos ainda não conseguem prever, por não saberem considerar como é o fundo da Terra, e embaixo dela. Só está faltando aos cientistas abdicarem deste modelo de que a Terra se move em torno do Sol. É o Sol que gira pelo giro do Globo, e a Terra fica paradinha flutuando em cima da Água, dentro de um “buraco cósmico”. A revelação simples e objetiva de como é o nosso mundo e a vida dentro dele, está no livro Universo em Desencanto, pelo desenvolvimento do Raciocínio. (*) H = Livros dos Históricos de Universo em Desencanto (**) Obras Primas – Os 4 primeiros Livros ditados pelo RACIONAL SUPERIOR que precedem o 1º Livro da série de 21 Livros Básicos de Cultura Racional, Universo em Desencanto

segunda-feira, 14 de maio de 2012

A FALÊNCIA DO PENSAMENTO

A Fase do pensamento terminou, desde 1935. E o pensador perdeu o direito de viver. E por ter perdido o direito de viver, aí está o desequilíbrio moral, físico e financeiro, a falência moral, física e financeira e a liquidação moral física e financeira. A falência do pensamento. E por ter terminado a fase do pensamento o pensamento de todos começou a enfraquecer. E esse enfraquecimento do pensamento trouxe o desequilíbrio do pensador – moral, físico e financeiro, causando essa roubalheira que vai pelo mundo afora, assaltos a Bancos, assaltos a transeuntes de mão armada, seqüestros, estrupos, pais matando filhos, filhos matando pais, tráfico de drogas, vícios de toda sorte, brigas sem motivo no trânsito (às vezes fatais), corrupção generalizada, guerras políticas e generalizadas, greves, revoltas, doenças curáveis e incuráveis (como a AIDS, câncer e leucemia), hospitais desaparelhados não correspondendo à demanda dos pacientes muito grande, profissionais sem ética, a ganância, a ambição, a vaidade desvairada (muitas vezes perdendo a saúde devido ao excesso de valorização das aparências), Bancos falindo (olha o caso da velha Europa), desrespeito à Natureza (desmatamentos sem necessidade, poluição de nascentes, rios e mares e do ar por indústrias que fabricam produtos para alimentar a vaidade). Tudo isso porque terminou a fase do pensamento, causando o enfraquecimento do pensamento e o conseqüente desequilíbrio do pensador. E, de muitos, o pensamento já secou. Esses de pensamento seco perdem o sentimento, pois, secando o pensamento, seca o sentimento e a pessoa não sente mais o que faz. Esses de pensamento seco tornam-se monstros e estão cometendo pelo mundo afora essas monstruosidades relatadas pela mídia diuturnamente. E por que terminou a fase do pensamento? Porque estamos em um mundo fora do seu natural, um mundo deformado, degenerado e poluído, sem estabilidade e, por assim ser, é de uma natureza de transformações constantes, de uma vida para outra e de uma forma para outra. E por isso, nada se perde, nada se cria, tudo se transforma. Quando termina uma fase, a natureza trata de liquidar e destruir essa fase para dar início a uma outra. E assim é que já tivemos a fase de monstros. Quando terminou a fase de monstros, a natureza destruiu todos os monstros. Depois veio a fase de selvagens. Quando a fase de selvagens terminou, os selvagens foram destruídos pela natureza. Aí entrou a fase da civilização, a fase do pensamento. Esta fase terminou e os pensadores estão sendo destruídos pela natureza. Todas essas fases foram necessárias para preparação do animal Racional para uma fase final na vida da matéria, a Fase Racional, do desenvolvimento do raciocínio. O raciocínio é o ponto de ligação com nosso verdadeiro mundo de origem, pois, não há efeito sem causa. Se existe este mundo em que vivemos é porque existe um mundo superior que lhe deu origem. Assim como não tem filho sem pai. O raciocínio, anunciado por vários sábios e profetas na antiguidade, foi confundido com o pensamento. E, assim, cientistas e filósofos da fase do pensamento, acharam que já raciocinavam, confundindo o pensamento concreto com o raciocínio. Não observaram a limitação do pensamento, que nunca conseguiu acertar nada, tanto assim que aí estão os mesmos problemas do passado, com guerras, doenças, desequilíbrios de toda sorte. Como poderia ser RACIOCÍNIO uma função da mente primária humana que não consegue solucionar questões básicas da vida como: QUEM SOMOS? DE ONDE VIEMOS? PARA ONDE VAMOS? Para ver que o pensamento é tão limitado que não permitiu ao animal Racional desvendar esses mistérios, como uma infinidade de outros mistérios, enigmas, fenômenos, finitos e transfinitos. Não repararam que o pensamento não foi feito para acertar. O pensamento foi feito pela natureza para dar uma chuva de pau nos pensadores, para tirar a brutalidade, o atraso e a arrogância do animal Racional, que sempre se achou dono da Natureza e, por isso, nunca a respeitou. Então, chuva de pau! E por se acharem uma grande coisa, que nunca foram, os pensadores sempre querendo ser uns melhores do que outros e, por isso, cada qual com sua idéia, querendo que ela prevalecesse para fazer dos demais seus vassalos. E, por isso, o pensamento lapida e traz sofrimento. Pois, cada qual querendo ser melhor um do que o outro (quando todos são iguais perante Deus), há a divisão. Onde há divisão, cada qual defendendo seu grupo, uns contra os outros e todos se tornando mais fracos. Tudo isso por falta de um saber verdadeiro. E tudo que se divide, enfraquece. Mas, cada qual defendendo sua verdade. E onde existem várias verdades, não existe verdade, porque a verdade é uma só, é RACIONAL, porque RACIONAL é uma coisa só, uma só sabedoria, porque DEUS é um só, uma só sabedoria. Onde existem várias “sabedorias”, aí está a mentira, por estarem contra a sabedoria única verdadeira. E onde está a sabedoria verdadeira não existem facções de espécie alguma: nem sociais, nem políticas, nem religiosas, nem filosóficas, nem grupo de espécie alguma. Não existe instituição de espécie alguma, por todos se guiarem pelo guia único que é DEUS. Por quê? Porque DEUS é o PAI de tudo e de todos e não admite divisões, nem instituições, por ELE ter o poder absoluto de tudo e de todos e não precisar de intermediários para guiar os seus filhos. Intermediários ainda existem, por o povo ainda não ter reconhecido o VERDADEIRO DEUS, racional como nós, porém SUPERIOR, o RACIONAL SUPERIOR. Portanto, os intermediários existem tão somente para lapidação (sofrimento) dos que não admitem o RACIONAL SUPERIOR. O Verdadeiro DEUS, o RACIONAL SUPERIOR, não admite sofrimento de ninguém, quem admite o sofrimento é o povo, por querer que DEUS seja do seu jeito, de acordo com seus sonhos, ideais e vontades e, por isso, continua contemplando intermediários, que inventaram uma infinidade de magistérios, de doutrinas, de filosofias, de ciências primárias de acordo com o gosto, a vontade, os sonhos e ideais dos animais Racionais. Tudo isso está debaixo de um atraso vergonhoso e criminoso perante o VERDADEIRO DEUS, o RACIONAL SUPERIOR. Por isso o sofrimento é preciso, para que, através do sofrimento insustentável reconheçamos todos que nossos ideais, nossos sonhos, nossas fantasias, nossas vontades, nossas idéias, nossos planos estão todos focados na matéria, tendo como base a matéria (que nada é), por ignorar que não somos seres materiais, nem espirituais, somos seres RACIONAIS, de um mundo superior desconhecido da humanidade e que agora, nesta Fase Racional, chegou o momento de tomar conhecimento dessa brilhante realidade, que já está na Terra, vinda desse mundo superior, muito além do mundo invisível espiritual, verdade essa contida nos Livros Universo em Desencanto, de Cultura Racional, a cultura verdadeira do VERDADEIRO DEUS, o RACIONAL SUPERIOR. E por a CULTURA RACIONAL já estar na Terra, a cultura do pensamento, filosófica e científica, está em liquidação, levando à liquidação todos que a ela estiverem ligados. Com a CULTURA RACIONAL passamos a NOS CONHECER e nos ligar em vida ao VERDADEIRO DEUS, o RACIONAL SUPERIOR, através do desenvolvimento do raciocínio, feito esse desenvolvimento com o estudo diário dos Livros Universo em Desencanto. A vontade é livre. Ninguém é obrigado a desenvolver o raciocínio e se ligar em vida ao VERDADEIRO DEUS para ter todos os seus problemas, seus negócios e sua vida resolvidos. Mas, não desenvolvendo o raciocínio fica contra DEUS e quem fica contra DEUS leva o seu oposto e desce para as classes inferiores de vida, correndo toda a hierarquia dos bichos irracionais, por não querer desenvolver o seu raciocínio, que é o filho legítimo de DEUS. Detalhes de tudo isso, na grandiosa Obra de Cultura Racional, Universo em Desencanto. Discernimento superior para todos nós!

sábado, 12 de maio de 2012

DIA DAS MÃES

Multiplicou-me em várias vidas para que eu entendesse o que a vida é, dando-me de tudo, da riqueza à pobreza, da arrogância à humildade, da ignorância aos conhecimentos. Por verdadeiro amor maternal, me fez passar por tudo, pra me fazer entender que o tudo existente neste mundo nada é. Fez-me cair muitas vezes e fez-me levantar, para me ensinar meu verdadeiro lugar, que não se encontra nas derrotas nem nas vitórias deste mundo passageiro, onde tudo se transforma, onde tudo é fugaz. E nesse cair e levantar, foi me tornando um rochedo, onde as chuvas, as pancadas, as pedradas e chicotadas, não tocam mais meus sentidos, voltados pro um mundo maior. Foi quando então, surpresa minha, Mamãe me deu tudo que é meu, no Livro Eterno da Vida, a definitiva alforria. Amo muito a Senhora minha Mãe! E como lhe agradecer? É o que procuro fazer neste dia, das Mães o consagrado dia, gritando pro mundo bem forte, bem alto: DESENCANTO, DESENCANTO! Sou-lhe grata eternamente, Mãe Natureza, pelo Universo em Desencanto, que enxugou todos os meus prantos!

13 DE MAIO

(Dênison da Silva Netto) Salve! 13 de Maio, Data Magna da Fase da Racionalização dos Povos Nesta Nobre e Magna Data, se Comemora a Assinatura da “Lei Áurea”, a Lei de Ouro que deu Liberdade a todos os Escravos do Brasil, assinada em 13 de Maio de 1888, pela “Princesa Dona Isabel Cristina Leopoldina Augusta Miguela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon que foi princesa imperial do Brasil e regente do Império do Brasil por três ocasiões, na qualidade de herdeira de seu pai, o Imperador D. Pedro II e da Imperatriz Dona Maria Cristina. Foi cognominada a Redentora por ter abolido a escravidão no Brasil. Falar sobre esta Data é Valorizar de Verdade a Liberdade, a Dignidade, a Solidariedade, a Paz entre os Povos e as Raças, o Amor ao Próximo e também a si mesmo, independente de cor, raça, posse, idade, crença; de basta às Difamações e Discriminações, de Incentivo à Preservação Ambiental, os Olhos Ecológicos que a Humanidade precisa ter de Verdade. Uma Data de Excelência Sim, Especial, Magna Rumo ao Florescimento da União entre as Pessoas, de bastante Reflexão, de Fraternidade, de Concórdia entre os Povos, de Entendimento, de Compreensão, de fazermos o Bem sem olhar a quem. Porque a Lei Áurea, Digníssima Raça Negra não foi e nunca será em vão, estejam certos, foi, é, continua sendo uma Lei de Ouro, Parabéns pela Luta de Todos os Abolicionistas, Parabéns para a Princesa Isabel, para Este Povo Ordeiro, Trabalhador, Firme, Forte, Guerreiro, Vencedor que é a Nobre Raça Negra, a Raça Branca e Todas as Raças, a Lei Áurea Universal, vai se consolidar também quando todos entenderem que Quem Vive a Favor da Natureza vai sempre para a Frente e de Bem para Melhor Sempre, é um Vencedor na Vida por ser Consciente e Positivo. O Mundo Evoluiu, a Vida Evoluiu, os Povos Evoluíram, então já é Tempo de tratarmos de Desenvolvermos o nosso Raciocínio de uma vez por todas, de se Dizer Chega aos Racismos, aos Preconceitos, sejam eles de que espécie forem, Basta de Desrespeitos, de Vaidades Pessoais, de Desigualdades, de Discriminações, já é Tempo de nos Respeitarmos de forma mútua e fraterna os “Direitos Humanos”. Todos somos livres, nascemos com o livre arbítrio, a livre espontânea vontade, pela Liberdade que temos para agir, proceder, viver, mas tudo tem limite, e o Respeito Acima de Tudo é uma Atitude Virtuosa de Bom Caráter, de Cidadania, de Obediência à Natureza que é a Dona de Todas as Vidas, a quem nós Filhos Naturais, devemos ter muitíssima gratidão e consideração. Salve! 13 de Maio, Data Valorosa do Verdadeiro Amor, da Liberdade da Mesquinhez, do Atraso, do Egoísmo, de Todas as Escravidões, de todas as Máscaras, de todos os Cascalhos que não deixam os Seres Viverem em Paz e Harmonia com Tudo e com Todos, Salve! o Progresso Consciente, Positivo Natural, que é o Verdadeiro, Salve! Todas as Forças que Regem a Paz, o Amor, a Fraternidade e a Concórdia Universal. Salve! Estudantes de Cultura Racional Salve! 13 de Maio: “Dia da Libertação dos Grilhões da Matéria” Ser livre é evoluir com a Natureza, alcançando a plenitude do ser, através do “Desenvolvimento do Raciocínio”. 13 de Maio é uma Data formosa, que têm um significado elevadíssimo, uma Data Magna da Fase da Racionalização Universal dos Povos que se encontra em vigor desde o ano de 1935, em que a Natureza mudou de fase, evoluiu, e com sua Evolução chegou a Fase do “Raciocínio”, de todos passarmos de fato a nos conhecer e , termos a áurea oportunidade de nos adequarmos a um viver mais digno, honrado, com fiel obediência e Respeito aos Direitos Humanos, à todas as Leis e Determinações que regem uma convivência harmônica, fraterna entre todos, e por isso todos precisamos compreender que todos merecem respeito, o respeito acima de tudo, tratamento decente, cordial, com consideração independente de Idade, Estado civil, Crença, Etnia, Posse, Visão Política, Religiosa, Filosófica ou Científica, enfim, embora todos tenhamos nosso livre arbítrio que dá expansão aos gostos e às nossas vontades, há um fator que nos permite dar um suporte no sentido do acerto, do bem viver, do progresso consciente positivo natural, que vem a ser a fidelidade sincera. 13 de maio é uma data de Fidelidade Sincera, sabem por quê? A Fidelidade sincera é construtiva, evolui e progride por ser a Essência do Bem, e 13 de maio tem o seu propósito de Liberdade, da Quebra das Correntes que fizeram por muitos anos escravas pessoas honradas, que presas à escravidão embora fiéis à sua raça, suas crenças, eram impedidas de colocarem em prática suas ações, seus ideais, mostrarem seu valor, e tudo isto as tornava tristes, se achando perdidas, injustiçadas, mesmo com tamanha força, garra, aptidão, serem fiéis à sua raça, às suas convicções. E eis que surge a Princesa Isabel e assina em 13 de Maio de 1888 a “Lei Áurea” que concede liberdade a todos os escravos, se fez valer a Fidelidade Sincera, a coragem que a Princesa Isabel teve de assinar esta Lei, de levá-la adiante mediante tantas críticas, revoltas dos inconformados na época, e ela foi Fiel e Sincera, Leal e Justiceira, e merece nosso Reconhecimento e Muita Gratidão. 13 de Maio é um Marco na História do Brasil, e também da Humanidade, porque a “Cultura Racional” revela que o seu propósito vai muito além de apenas uma data de Libertação dos Escravos, e sim 13 de Maio também Simboliza a Nossa Liberdade Definitiva das Energias de Fogo Magnéticas e Elétricas que comandam o Salve-se quem puder e se puder no mundo todo, e até 1935 comandavam, a Imaginação e o Pensamento das pessoas e desde 1935 não mais assim o fazem, e daí o desequilíbrio é total, monstruoso, pois o pensamento de todos está fraco, de alguns secando e de muito seco por completo, por falta do alimento natural e esta é a Causa dos Transtornos que decorrem no mundo Inteiro, a secura do pensamento, e do sentimento, não sentem mais o que fazem. E só a Fidelidade Construtiva que é a Verdadeira, sermos Honestos com tudo, com todos, e com nós mesmos através do Desenvolvimento do Raciocínio é que conseguimos Força, Bom Caráter e Equilíbrio Suficiente para buscarmos a Liberdade definitiva, a Imunização Racional, que vem a ser ficarmos imunes ao sofrimento e ligados ao Nosso Natural, ao Mundo Racional, que existe sim, com provas e comprovações contidas na Cultura Racional. Com Fidelidade Sincera presto justa homenagem a Todas as “Forças do Bem Verdadeiro Natural que é Racional”, meu Muito Obrigado por tudo, Salve! 13 de Maio, Salve! Dênison da Silva Netto Fonte: Obra “Universo em Desencanto de Cultura Racional”

sexta-feira, 11 de maio de 2012

NÃO DÊ PODER A NINGUÉM

(Idinéia Romiti) Tem pessoas que acreditam que estão doentes ou vão mal na vida porque alguém fez algum mal a elas. Os outros dizem muitas coisas a nosso respeito, e isso muitas vezes nos atinge, deixando-nos tristes e chateados, mas isso tudo acontece porque nos deixamos influenciar, aceitando a ordem dada pelo outro, aceitamos o pensamento dos outros como a nossa verdade. Você tem se deixado influenciar, dando poder aos outros? Quando assumimos o pensamento dos outros como a nossa verdade, dando importância ao que dizem, damos poder a eles para governar nossas vidas. Dentro de mim e dentro de você tem um poder capaz de nos proteger e guiar. Quantas vezes alguém te disse: você é feio, e achou-se feio; disseram que você não sabe nada, e aceitou não saber mesmo; te disseram que é atrapalhado e passou a agir atrapalhadamente; te disseram que é indeciso e você sempre precisa que alguém decida por você; e muitas outras coisas e você aceitou como a tua verdade. Você se deixou influenciar pelo pensamento de outra pessoa, que não vive a tua vida e todos somos diferentes, por isso o que o outro pensa e tem como verdade não é o que você deve pensar e aceitar como verdade se não te faz bem. Veja bem, tudo o que nos faz bem é a nossa verdade, é esse poder que nos direciona a seguir confiante e protegidos. Não de poder a ninguém que possa te fazer mal, somente você pode se prejudicar por ter aceitado a mensagem negativa de outra pessoa para você, ninguém pode te fazer mal algum a não ser você mesmo. Se olharmos para as pessoas famosas, muitas foram as vezes que poderiam ter dado o poder aos outros, quando criticadas e julgadas mas não se deixaram influenciar, e assim seguiram em frente e são hoje pessoas muito bem sucedidas, pois aceitaram apenas o seu poder como verdade absoluta. Somente nós sabemos o que é melhor e nos faz bem, somos poderosos, a verdade do outro serve para ele, para nós só se quisermos. Dentro de cada um de nós existe um poder que nos guia e protege, bem no nosso íntimo existe uma sabedoria que nos direciona para o sucesso da vida. É hora de nos libertarmos, assumindo nós mesmos o controle da nossa vida, sejamos o capitão do nosso barco. O poder está dentro de nós. Todos nós somos valiosos e aquilo que é bom para mim pode não ser bom para o outro, portanto, não fiquemos tristes e nem chateados com os demais, cabe a nós assumirmos o comando do nosso barco, tomando as rédeas da nossa vida. Não dê poder a ninguém, antes assuma você mesmo o teu poder! Conecte com o Deus que habita em ti! Ele está materializado em forma de máquina do raciocínio em sua glândula pineal. Acorde-O e desenvolva-O com a cultura que tem poder para acordá-LO e desenvolvê-LO, a Cultura Racional, e deixe que ELE comande sua vida, pois ELE é o verdadeiro DONO dela.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

O SE CONHECER

(James de Lima) A coisa mais importante na vida é se conhecer. Daí você descobre que tudo é relativo e que o relativo busca o absoluto positivo. O absoluto positivo é racional, ou seja, abraça todos aspectos da vida em si, refletindo o bem coletivo, que respeita a individualidade e satisfaz o profundo ser, que é o ser original. Porque tudo tem um princípio, meio e fim. O princípio da vida é a eternidade. O meio é a transformação. E o fim é a conclusão. É preciso que o ser humano conheça esse processo, pra que haja a paz em meio às diferenças. Isso só se adquire através de uma cultura, de um desenvolvimento progressivo. O progresso da paz é um progresso racional. Se o objetivo é racionalizar, a cultura precisa ser racional. Portanto, desenvolver o raciocínio é fazer o verdadeiro bem pra si mesmo, sendo assim, o bem para o todo Universo.