Follow by Email

domingo, 28 de fevereiro de 2010

DEUS NADA TEM A VER COM AS TRAGÉDIAS NATURAIS


Os recentes terremotos e tantas outras tragédias naturais que têm ocorrido no Planeta, vem provar e comprovar que estamos em um mundo deformado.
Não só o Planeta em que vivemos, porém, todos os componentes deste universo em que vivemos, com suas galáxias, tem provado sua instabilidade.
Tudo que é instável, tem em si a prova evidente que está fora do seu estado natural.
É para este ponto fundamental, que queremos chamar à atenção.
Enquanto a humanidade estiver desfocada deste ponto, não conseguirá sua evolução real, continuará pesquisando e fazendo experiências dentro do contexto material, infrutiferamente, porque neste contexto jamais encontrará respostas para as questões básicas de sobrevivência equilibrada, quais sejam: de onde viemos, como viemos, para onde vamos e como vamos, quem somos, porque assim somos, para que vivemos e porque vivemos.
Os desconhecidos de tudo isso, quando se deparam com catástrofes naturais, muitos ousam dizer se tratar de castigo de Deus, como se O conhecessem, atribuindo a um SER puro, limpo e perfeito a responsabilidade de tantas coisas tenebrosas, pavorosas e horrorosas, que ceifam muitas e muitas vidas preciosas.
Se existisse um SER com tal coragem de destruição, com certeza, não seria um Deus e, sim, o seu oposto.
É imprescindível uma reflexão simples, para atentar para o grande erro da humanidade, de ter conferido (e a maioria ainda confere) a responsabilidade de criação deste universo deformado a um SER imaculado, puro, limpo, perfeito e sem defeitos, incapaz de criar um universo tão cheio de defeitos.
Laranjeira dá o que? Laranja. Mangueira dá o que? Manga. Ser humano gera o que? Ser humano. Elefante gera o que? Elefante.
Para ver que cada qual gera a mesma espécie da categoria em que está. Tão simples!
E um ser puro, limpo e perfeito, gera o que? Seres puros, limpos e perfeitos, sem defeitos.
E como ficamos nós? Bem, nós, originalmente, antes de sermos o que somos, há 21 eternidades atrás, éramos seres puros, limpos e perfeitos, sem defeitos, criados pelo Verdadeiro Deus, um RACIOCÍNIO SUPERIOR a todos os raciocínios e uma ENERGIA SUPERIOR a todas as energias.
Habitávamos o nosso Verdadeiro Mundo, que não é material, e pelo uso do livre arbítrio, NÓS, somente NÓS, sem qualquer anuência de DEUS, demos causa ao mundo material, do qual, hoje, sofremos as consequências. Razão porque este universo em que vivemos é desequilibrado, por não ter tido a anuência de DEUS.
Demos causa ao Astral Superior, ao Mundo Espiritual e ao Mundo Material. E durante 21 eternidades, essas três dimensões, completamente desligadas de DEUS, vinham nos mantendo, nós, seres humanos, sem qualquer vínculo com a VERDADE.
Portanto, todos inconscientes. Todos sem conhecimento da ORIGEM, por terem se desligado do verdadeiro NATURAL, tomando novas formas, por terem se degenerado do natural.
Tudo que se transforma perde a consciência anterior. Como o bicho do queijo, que já foi queijo. Como a borboleta, que já foi lagarta. Como o ser humano que já foi espermatozóide e não se lembra de quando era este pingo d’água que nós chamamos de espermatozóide.
O campo espiritual se viu obrigado a se fazer de origem, comunicando-se com a humanidade, ditando mensagens, contando estórias, dando intuições não verdadeiras, para garantir uma satisfação mais ou menos dos humanos, a fim de que nós, assim engambelados, pudéssemos manter um relativo equilíbrio. Já que eles também desconheciam a ORIGEM VERDADEIRA.
Para isso irradiavam em nosso pensamento e em nossa imaginação, tudo que era preciso e necessário em termos espirituais, científicos e filosóficos, para lapidar nossa rudez, atraso e brutalidade.
E, assim, muitas mudanças houve de tradições, de modas e de costumes. Religiões que eram tidas como verdade e que se acabaram, sem que hoje tivéssemos conhecimento delas. Ciências, quanto se modificaram e também as filosofias! Cada mudança, de acordo com o progresso e necessidade de evolução da época. Mas, nada, nada do que passou e do que existe é verdade.
Razão porque, todo esse ou essa que se apega nos padrões existentes, fruto de toda essa engambelação, sofre muito, porque não acerta em nada na vida. Os acertos são todos aparentes e transitórios.
Mas, como tudo na matéria tem princípio e tem fim, porque a matéria é finita, acabou a missão espiritual, que se retirou para o Astral Superior (apenas os bons do mundo espiritual), tomando seu lugar, os que não conseguiram essa ascensão, por não terem cumprido com fidelidade a missão que lhes cabia.
Porque terminou a missão do mundo espiritual? Porque o mundo espiritual deu aos seres humanos tudo que era preciso e necessário para o seu amadurecimento, através do desenvolvimento do pensamento e da imaginação, de forma a adentrar numa fase superior, fase essa, que não mais pertencia ao campo espiritual.
Que fase essa superior? A Fase Racional, para desenvolvimento do raciocínio (glândula pineal).
A fase de retorno à ORIGEM, de onde saímos há 21 eternidades.
O próprio universo em que vivemos, que é a Natureza deformada, irá retornar à origem e está subindo. Porém, os primeiros a retornar seremos nós, seres humanos, desde que queiramos retornar agora, caso contrário, nos transformaremos em elementos irracionais da Natureza deformada, com ela retornando à origem daqui a 7 eternidades.
O assunto é longo, fantástico, extraordinário! E está condensado em Livros ditados por DEUS VERDADEIRO, o RACIONAL SUPERIOR, aqui no Brasil. Portanto, Sabedoria Verdadeira, emanada da ORIGEM e, não, do campo espiritual. Os Livros do Mundo Espiritual já conhecemos, são milhões espalhados pelo mundo inteiro e devam ser respeitados, por nos terem preparado para, agora, podermos adentrar na VERDADE das Verdades.
Mas, esse tempo de preparação já expirou. E quem ainda não está preparado, não poderá recuperar o tempo que perdeu lendo esses Livros da fase espiritual.
Porém, poderá , sim, recuperar o tempo perdido, lendo os novos Livros da fase em vigor, a Fase Racional, onde encontrará o Curso Primário (que não desenvolveu na fase espiritual), o Curso Secundário, que é a evolução da fase espiritual e o Curso Superior, que é o desenvolvimento dentro da Nova Fase, a Fase Racional.
O universo está em grandes movimentos nesta subida, movimentos muito maiores que os até hoje conhecidos pela humanidade, movimentos que já vem de milênios. É preciso estar em harmonia com ele (Natureza deformada), para que ele nos poupe de grandes sofrimentos. E para sermos poupados é preciso estarmos em dia com a nova fase da Natureza, a Fase Racional, desenvolvendo o nosso raciocínio, pelo estudo diário dos Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto.
Portanto, não fiquemos assombrados com as mudanças drásticas que estão ainda por vir na Natureza e, principalmente, em nosso Planeta. Preparemo-nos para recebê-las, com toda a proteção e orientação da Natureza e dos Habitantes do nosso Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL, estudando e divulgando o Conhecimento Racional, para o desenvolvimento do raciocínio.
E pelo acima exposto, está visto que Deus nada tem a ver com as tragédias naturais, porque o mundo não está por conta de DEUS, só vai ficar por conta de DEUS, quando todos estiverem com o raciocínio desenvolvido, evoluído e ligado ao VERDADEIRO DEUS, o RACIONAL SUPERIOR.
Telefone, dentre outros: 0xx 31 2555-0054.

sábado, 27 de fevereiro de 2010

OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SÃO O RETRATO DO MUNDO


Quem passou a SE CONHECER, sabe que tudo que existiu, e ainda existe, foi e ainda é preciso e necessário para lapidação da humanidade.
Daí, não discute, não guerreia e não é contra ninguém e nada que existe.
Os meios de comunicação, por exemplo, têm a sua função, de termômetro. Mostram o que a humanidade está valorizando, de acordo com o seu grau de evolução.
Essa evolução é a soma de todos os pensamentos desenvolvidos de acordo com os gostos e as vontades, admitidos, ou não, pelo uso do livre-arbítrio.
Somos, portanto, os únicos responsáveis por tudo que transita e é mostrado pelos meios de comunicação.
Se tivéssemos, ao longo dos tempos, cultivado o amor, a paz, a fraternidade e a concórdia universal, hoje teríamos tudo isso retratado nos meios de comunicação.
No entanto, por termos admitido a matéria com um alto valor, que ela não tem (a matéria nada é), hoje somos obrigados a colher o que plantamos: os meios de comunicação, em maioria, são, nos dias atuais, a apologia ao TER e, não, SER. Cultuam as aparências, a degradação moral, ética e o desrespeito a tudo que é de bem.
Agora, a população se investe contra os meios de comunicação, como se eles formassem uma sociedade à parte, independente do nosso gosto e de nossa vontade.
Crucifica os que neles militam, julga, apedreja, se esquecendo que todos nós somos os culpados, por termos admitido filosofias, ideologias e crenças sem proveito algum para a humanidade, tanto assim, que nos tornaram culturalmente primários.
Primários, sim, porque cultura verdadeira é para equilibrar, unir, pacificar e, não, para desequilibrar, desunir e guerrear.
E ao crucificar, julgar e apedrejar esses meios, e os que nele militam, continuamos com o comportamento rude e atrasado de desequilibrar, desunir e guerrear.
Já não chega o quanto erramos? Será que achamos pouco o tanto que já sofremos e temos sofrido?
Será que não deu pra perceber ainda que o erro está em cada um de nós, que continuamos a admitir filosofias, ideologias e crenças balofas, que nunca deram nada a ninguém, a não ser o sofrimento, a lapidação terrível?
Não deu ainda pra perceber que precisamos é de cultura? Sim, cultura verdadeira, que nos diga quem somos, de onde viemos, para onde vamos e como vamos. Um conhecimento verdadeiro que nos prove porque pensamos e imaginamos. Que nos diga de onde vem o pensamento e a imaginação, esses seres que têm jogado, há milênios, homens e mulheres à sua própria destruição.
A pessoa não sabe porque pensa e continua pensando. A pessoa não sabe porque imagina, e continua imaginando. A pessoa não sabe de onde veio, nem para onde vai, muito menos porque existe, e vai vivendo por viver, sem saber o que está fazendo. Olha aí o resultado, olha aí o retrato do mundo nos meios de comunicação: que balbúrdia, que confusão!
Viver sem saber porque vive dá é nisso: agonia, desespero, sofrimento, crimes.
Está passando da hora de nos retratarmos. Dar a mão à palmatória, parar de julgar os demais e passar a se corrigir, adotando novos procedimentos condizentes com uma vida de equilíbrio.
Mas, para isso, é preciso SE CONHECER, cada um SE CONHECER, tão somente isso cada um de nós tem a fazer, para que deixemos de lado esse comportamento primário, de criancinhas, de reclamar sem base e sem lógica. Já que quem não SE CONHECE, fala como papagaio, repete o que aprendeu, sem passar pelo crivo da base e da lógica, por ainda não conhecê-las.
Mas, aqui está ela, a BASE e a LÓGICA, no Conhecimento transcendental do nosso Verdadeiro Mundo de origem, trazido à Terra por um Habitante do Mundo Superior, o MUNDO RACIONAL, de onde saímos um dia, ocasionando toda esta trágica odisséia material, da qual somos os únicos responsáveis e causadores.
Aqui está a BASE e a LÓGICA da VIDA: Cultura Racional.
Se realmente estamos insatisfeitos com a situação vigente, aborrecidos com o que nos mostram os meios de comunicação, mudemos o quadro, começando de nós mesmos, passando a nos conhecer nos Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto.
Agora, a vontade é livre, passa a SE CONHECER quem quiser. Mas, por favor, se não quiserem SE CONHECER, parem de reclamar e de julgar nossos semelhantes, porque cada um que não se conhece, nesta nova fase da Natureza, a Fase Racional, que está em vigor na Terra desde 1935, PERDEU O DIREITO DE VIVER, por NÃO SE CONHECER.
E se perdeu o direito de viver, muito menos de julgar, criticar e/ou questionar qualquer coisa e qualquer outro vivente.
A fase é Racional, para o desenvolvimento do raciocínio, porque a fase do pensamento terminou estando em total liquidação.
Os meios de comunicação são, portanto, o retrato do mundo, do mundo que está em extinção: o mundo do pensamento.
Por quê? Porque o pensamento foi somente uma preparação do animal Racional, pela divisão e discórdia, para, através desse sofrimento, tirar a rudez, o atraso e a brutalidade do animal Racional.
E de discórdia e divisão, já estamos fartos! Ou não estamos? Queremos mais guerras, mais desequilíbrios, mais sofrimentos, mais crimes?
Reflitemos, enquanto há tempo.
Sem SE CONHECER, não há mais possibilidade alguma de sobrevivência nesta Fase do Terceiro Milênio, a Fase Racional.
SE CONHECENDO, passa a raciocinar. Sem SE CONHECER, continua a pensar e a imaginar.
Sendo que o RACIOCÍNIO UNE e o PENSAMENTO DIVIDE.
A escolha é de cada um de nós. Pesquisemos seriamente, para não termos que chorar tarde demais.
Salve, SAÚDE E PAZ para todos!

Telefone, dentre outros: 0xx 31 2555-0054.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

É PRECISO VOCÊ SE LEMBRAR DE VOCÊ!


A falta de auto-conhecimento está levando a humanidade à auto-destruição.
E, por não se conhecer, vivem todos engambelados pelos seres materiais, artificiais e naturais, visíveis e invisíveis.
Quem não sabe de onde veio e para onde vai, quem não sabe o porque é assim como é, cheio de defeitos e contradições, não tem condições de perceber que a vida do chão, a vida da matéria só tem fel. O mel é todo aparente.
Tanto assim é, que não existe um vivente no mundo que possa dizer: “Eu sou feliz!” Sim, porque na mesma hora em que está contente, logo depois está triste. Ora animado, ora desanimado. Ora alegre, ora deprimido, numa inconstância, numa variância sem fim, que se inicia na infância e o persegue até nos últimos momentos da vida.
Tudo isso, por não se conhecer. E por não se conhecer, se mantém ridiculamente como robô de forças da Natureza inferior, que irradia toda essa destemperança sobre o vivente, para fazê-lo sofrer até o ponto de decidir procurar se conhecer e, aí então, se libertar dessa opressão, desse domínio destruidor, que é o pensamento e a imaginação.
O vivente que tem tido provas incontáveis e insofismáveis de tudo isso aqui dito e que, apesar de tudo isso, insiste em não procurar a se conhecer, é um vivente muito rude, bruto e atrasado.
Engambela-se, ilude-se com o mundo em que vive (que não lhe pertence) e esquece de si mesmo.
Para um vivente assim, todo sofrimento é pouco. E aí está o sofrimento horroroso e tenebroso no mundo, por a maioria insistir em viver neste mundo como se a ele pertencesse ou, ainda muito pior, como se deste mundo fosse o dono.
Quanta infantilidade, quanto atraso! Se ninguém é dono nem da própria vida, não sabendo nem o dia e como cada qual vai terminar!...
A vida está passando. Cada segundo passado não volta mais! Cada segundo passado, sem se conhecer, é um tempo perdido que não se recupera nunca mais!
E o povo está distraído na sua auto-destruição, destruindo aos demais e à Natureza.
Já está passando da hora de acordar! Será que estão achando pouco o tanto que todos nós já sofremos nesses milhões de milênios que temos vivido morrendo e nascendo, morrendo e nascendo, morrendo e nascendo?
A Natureza mudou de fase, está em sua derradeira fase. A Fase é Racional, para o desenvolvimento do nosso SER VERDADEIRO, o raciocínio (Glândula Pineal), que é o que restou do nosso corpo original.
E o restante do nosso corpo? Não nos pertence. Como! Ah, tudo isso a pessoa vai saber, tim-tim por tim-tim, estudando a Cultura da Mãe Natureza, que é quem nos gerou, alimenta e governa e, por isso, somente ELA, Mãe Natureza, tem condições de nos responder tudo sobre nossa origem verdadeira.
E por que não o fez antes? Porque somente agora estamos preparados para saber a verdade. Pois, se agora que estamos preparados, ainda somos como somos, rebeldes, atrasados, apegados à matéria (visível e invisível)! Que dirá nas fases anteriores!
E como toda a VERDADE sobre nós e este Universo degenerado, deformado e poluído em que vivemos já está na Terra, Mãe Natureza não está perdoando: quem não quer saber de SE CONHECER, é liquidado!
Chega de histórias, ideologias, contos e filosofias sem proveito algum, que nada nos deram a não ser o sofrimento e embrutecimento. Chega de sofrer!
Procuremos todos estudar e nos aprofundar nas linhas e entrelinhas dos livros da Mãe Natureza, os Livros Universo em Desencanto.
A Mãe Natureza se lembrou de todos nós, permitindo a entrada da Fase Racional, com a CULTURA RACIONAL, para o desenvolvimento do nosso raciocínio. Mas, é preciso você se lembrar de você!
Tel., dentre outros: 0xx 31 2555-0054.

domingo, 14 de fevereiro de 2010

QUEM DISCUTE, NÃO SE CONHECE!


Não existe efeito sem causa.
Cultuar o efeito é prova de desconhecimento da causa.
A matéria é o efeito. A causa é o antes de ser matéria: energia.
Quem se conhece, desliga-se do efeito (matéria) e se liga à causa (energia) e à causa da causa (energia pura).
Ligando-se à energia, vai saber e conhecer a existência de campos de vibração diferentes: o positivo aparente e o negativo.
Positivo aparente porque pertence ainda à vibração material, pertence ao campo espiritual, das experiências. Umas dando certo, outras, não.
Mas, como não há efeito sem causa, vai procurar se ligar à causa deste campo espiritual, experimental, encontrando a causa da causa: a origem.
Aí, encontra a VERDADE.
Dimensão SUPREMA, RAZÃO de tudo e de todos: do sol, da lua, das estrelas, da água, da terra, dos animais e dos vegetais, visíveis (matéria bruta) e invisíveis (matéria fina). Sendo tudo isso uma degeneração, deformação e poluição de PARTE da ORIGEM.
E quem tudo isso passou a conhecer, com provas e comprovações em si mesmo, não discute mais com ninguém. Por saber e conhecer que as discussões são de quem ainda não conhece a VERDADE.
Somos aparelhos, tal qual um aparelho de rádio. Com parte elétrica e magnética e RACIONAL. Somos Habitantes de um Mundo Superior, muito acima do universo em que vivemos, o MUNDO RACIONAL, que, pelo uso do livre arbítrio, nos materializamos como máquina do raciocínio.
Então, ficamos divididos em duas classes: classe de cima, do MUNDO RACIONAL, que é o Habitante do MUNDO RACIONAL, materializado em forma de animal Racional e, daí, surgiram as duas classes: a de bicho Racional, que é o corpo de matéria, e o raciocínio, que é um Habitante do MUNDO RACIONAL, materializado em máquina do raciocínio.
Então, a parte de bicho Racional, comandada pelo pensamento e a imaginação, seres invisíveis elétricos e magnéticos (o bem aparente e o mal). E a parte do Habitante do MUNDO RACIONAL, materializado como máquina do raciocínio (Glândula Pineal), comandada pelos seres invisíveis Habitantes do MUNDO RACIONAL, neste Terceiro Milênio (fase DELES), através da nossa ligação à ENERGIA do MUNDO RACIONAL, a ENERGIA RACIONAL.
Assim sendo, todos são porta-vozes do mundo que é o elétrico e magnético, enquanto não passarem a se conhecer, pelo desenvolvimento do raciocínio.
A pessoa é comandada pela energia a que está ligada. E para se ligar ao MUNDO SUPERIOR, o MUNDO RACIONAL, e ser comandada por ELE, tem que conhecer a Cultura desse Mundo Superior, a Cultura Racional.
Enquanto não conhecer os procedimentos e comportamentos pertinentes ao MUNDO RACIONAL, continua ligada ao campo da deformação, elétrico e magnético, sendo, querendo ou não, comandada para sua auto-lapidação e destruição, que é o que acontece no mundo há milhões de milênios.
Todos que não se conhecem, pelo desenvolvimento do raciocínio, nada fazem e nada nunca fizeram. São simples ferramentas do pensamento e da imaginação, que são energias geradas no chão, quando nos extinguimos e nos deformamos no chão.
Razão porque o pensamento e a imaginação, não têm, como nunca tiveram condições de nos esclarecer quem somos, de onde viemos, como viemos, para onde vamos e como vamos, por terem sido formados de uma deformação e desconhecerem a origem de tudo e de todos.
E as discussões existem, por falta desse conhecimento, alimentadas pelo pensamento e a imaginação, para lapidação de todos que continuam ligados ao pensamento e à imaginação (duas energias do chão).
Quando passamos a nos conhecer pelo desenvolvimento do raciocínio, nos ligamos à ORIGEM VERDADEIRA, à VERDADE.
E quem está ligado à VERDADE, parou de discutir, por estar completamente satisfeito e realizado, por ter se encontrado com o seu verdadeiro SER, o SER RACIONAL.
E por se conhecer, sabe muito bem o que acontece com quem se transforma sem se conhecer nesta Fase Áurea do Terceiro Milênio, que é a sua transformação para a classe inferior de animal irracional, por ter se negado a desenvolver o seu raciocínio. Então, quem se conhece RACIONALMENTE, é um ser equilibrado e, portanto, quer o bem de seu próximo, cumprindo com o seu dever RACIONAL de divulgar o que todos estão precisando e necessitando, para a solução de todos os problemas de sua vida, que é o desenvolvimento do raciocínio, obtido no ler e reler, estudar e reestudar a CULTURA do nosso Verdadeiro Mundo de Origem, a CULTURA RACIONAL.
E, por isso, não discute com ninguém, apenas mostra o Caminho Verdadeiro da SALVAÇÃO de todos, respeitando o livre arbítrio de todos, pois, ninguém é obrigado a voltar pro MUNDO RACIONAL, para a nossa Morada Verdadeira, retorna quem quiser, porque a vontade é livre.
RACIONAL não discute com ninguém, porque se conhece e sabe reconhecer o seu lugar de RACIONAL e respeitar a vontade de quem quer continuar ligado ao chão, ao sabor das correntes fluídicas elétrica e magnética, pensamento e imaginação.
E quem não se conhece é um verdadeiro papagaio, que repete tudo que, há milhões de milênios, lhe vem sendo transmitido pelo pensamento e a imaginação, sem refletir sobre a base e a lógica de tudo que lhe fazem pensar e imaginar, por não se conhecer. Essa a causa de todo sofrimento no mundo, há milhões de milênios.
E papagaios não tem guarida no MUNDO RACIONAL, descem de classe, para continuar sendo comandados pelo pensamento e a imaginação, para fazer jus ao seu gosto e à sua vontade, porque a vontade é livre.
Eis o porquê quem discute, não se conhece!

Tel. 0xx 31 2555-0054, dentre outros.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

O QUE É A VINGANÇA


A vingança é o ápice da ambição.

Porque o ambicioso quer tudo e todos voltados para
si, para poder controlar tudo e todos, podendo
manipular tudo e todos, por se julgar melhor que
todos e no direito de dirigir, a seu bel prazer, a vida
de tudo e de todos.

Julga-se o dono do mundo e da Natureza.


Daí, procura destruir tudo e todos que se negam
submeter às suas vontades e gostos absurdos: aí
está a vingança.

Tudo isso por não se conhecer, crente que é superior
a tudo e a todos, quando acaba, é pior que tudo e
que todos.

Com essa inconsciência, se utiliza de todas as
torpezas para enganar, trair, iludir, engambelar,
distrair para submeter os demais: cultua as
aparências.

Parece ser um nobre cidadão, mas, não passa de um
ladrão, de um charlatão.

Parece um cidadão de bons princípios, mas, é a
própria porta dos precipícos: branco por fora, preto
por dentro.

Lindo por fora, monstruoso por dentro, por falar em
Deus e cultivar, com seu domínio, as forças das
trevas.

É o judas personificado.


Por tudo isso, é vingativo, não perdoa quem por si
não se deixa dominar, procurando destruir, de
forma material e espiritual, os viventes que já
reconheceram e abraçaram a FORÇA SUPREMA
UNIVERSAL, a FORÇA RACIONAL.

E, assim, vai agregando a si, como verdadeira bola
de neve, tudo quanto é de sujeira: a prosa, a inveja,
o ciúme, o egoísmo, a falsidade, o orgulho, a
soberbia, as fofocas etc., bola de neve essa que,
chega a um certo, esmaga o próprio que a
alimentou.

Portanto, chega-se à conclusão que o vingativo, à
Luz do Raciocínio, é, dentre todos, o pior dos piores,
o inferior dos inferiores, enfim, o tolo dos tolos, por
destruir a si mesmo.

É preciso se conhecer RACIONALMENTE, para não se
deixar enganar por esses e essas. E para se conhecer
RACIONALMENTE, tão somente pelo
Desenvolvimento do Raciocínio, na Cultura do
RACIOCÍNIO, a CULTURA RACIONAL, dos Livros
Universo em Desencanto.


Nesses grandiosos Livros todos passarão a conhecer
e saber o que é NATURAL: “Natural é tudo aquilo
que pode ser sem prejuízo de ninguém.”

Fora disso, tudo é artificial, mentira, mistificação,
levando o vivente para o caminho de sua perdição,
que é a ambição, que faz, de todos que a abraçam,
um ser vingativo de si mesmo, por não se conhecer
RACIONALMENTE.

Para ver o que é a vingança: o ápice da ambição!



(Maiores informações tel. 0xx 31 2555-0054, dentre
outros).

sábado, 6 de fevereiro de 2010

A INTERPRETAÇÃO DA VIDA


Há PESSOAS e pessoas.
Daí, INTERPRETAÇÕES e interpretações.
Por quê?
Porque há três energias regendo os seres materializados.
De baixo para cima: a magnética, a elétrica e a Racional.
E, assim, a interpretação da vida depende da energia em que a pessoa está ligada.
O mal é dos fracos interpretadores e o bem é dos bons interpretadores.
Os bons interpretam como Racional. Os maus interpretam como bicho Racional.
O magnético interpreta de uma forma, o elétrico de outra e o Racional de outra.
O Racional interpreta certo.
O elétrico mais ou menos e o magnético muito mal, porque são três energias.
Uns são ligados à energia magnética. Outros, ligados à energia elétrica e outros ligados à Energia Racional.
E cada qual é comandado pela energia que está ligado.
E, daí, a causa das interpretações diferentes.
Dos bons interpretadores, dos maus interpretadores e do positivo interpretador.
De acordo com a energia que está ligado, a interpretação.
E é por isso que todos são diferentes, todos são desiguais, devido essas três mecânicas diferentes, essas três máquinas diferentes.
A máquina da imaginação, a energia magnética.
A máquina do pensamento, a energia elétrica.
E a máquina do raciocínio, a Energia Racional.
E, por isso, tem os desequilibrados, os equilibrados e os certos, dentro deste conjunto elétrico e magnético.
A voz do coração é a voz do raciocínio. Os que não tem coração, ligados ao magnético, não podem ouvir a voz do raciocínio.
Mas, persistindo na ligação à Energia Racional, lendo os Livros da Energia Racional, Universo em Desencanto, deixarão de ser maus, passarão a ter coração, passarão a ouvir a voz do raciocínio, mudando a sua interpretação da vida, passando a interpretar a vida como Racional e, não, como bicho Racional.
E o sofrimento horroroso pelo qual passa o mundo, irá aumentar cada vez mais, até que, cansados de tanto sofrer, todos cheguem à mesma conclusão de se desligar destas energias do chão, elétrica e magnética, para se ligarem à Energia Racional, pelo desenvolvimento do raciocínio, lendo e relendo, estudando e reestudando os Livros Universo em Desencanto.
A hora é essa, de desenvolver o raciocínio, porque a fase do pensamento terminou desde 1935. Com o pensamento, ninguém resolve mais nada.
O Livro do momento: UNIVERSO EM DESENCANTO.
A interpretação da vida agora, é a interpretação da vida como ela é: RACIONAL!
E a Natureza tem um poder absoluto sobre tudo e sobre todos: ligado à energia eletromagnética, desce de classe e vai correr a longa hierarquia dos bichos irracionais, querendo ou não.
Ligado à Energia Racional, retorna ao seu verdadeiro estado natural de Racional puro, limpo e perfeito.
E, queiram ou não queiram, é essa a interpretação correta da vida. A VERDADE independe da aquiescência de ser algum.
Liguemo-nos à Energia Racional, enquanto há tempo!
(Maiores informações tel. 0xx 31 2555-0054)

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

PARA ASSISTIR E REFLETIR SOBRE ESTA REALIDADE POSITIVA!


AS FORÇAS DA NATUREZA – João Nogueira e Paulo César Pinheiro
Quando o sol se derramar em toda sua essência
Desafiando o poder da ciência
Pra combater o mal
E o mar
Com suas águas bravias
Levar consigo o pó dos nossos dias
Vai ser um bom sinal
Os palácios vão desabar
Sob a força de um temporal
E os ventos vão sufocar o barulho infernal
Os homens vão se rebelar
Desta farsa descomunal
Vai voltar tudo ao seu lugar
Afinal
Vai resplandescer
Uma chuva de prata do céu vai descer, LÁ, LÁ, LÁ
O esplendor da mata vai renascer
E o ar de novo vai ser natural
Vai florir,
cada grande cidade o mato vai cobrir, Ô, Ô
Das ruínas um novo povo vai surgir
e vai cantar afinal
As pragas e as ervas daninhas
As armas e os homens de mal
Vão desaparecer nas cinzas de um carnaval (2 X)
***
Aqui está a prova de que a Fase é Racional e está desenvolvendo o raciocínino de todos, independente de estudar a cultura da Fase, a Cultura Racional. O estudo simplesmente acelera o desenvolvimento da Glândula Pineal, o raciocínio. A Natureza coloca na cabeça das pessoas o que é preciso e necessário para preparação para a Fase Racional.
Esta música, por exemplo, foi composta após a edição do Jornal Racional, ditado pelo RACIONAL SUPERIOR (sem que o compositor conhecesse o RACIONAL SUPERIOR) onde ELE explica sobre todas as ocorrências do fim do mundo das aparências em que vivemos para um mundo real, ligado à Origem, onde, depois de todas as hecatombes, que já se iniciaram, renascerá um novo mundo, esplendoroso, com uma nova raça humana, toda ligada e regida diretamente por nossa origem. A chuva de prata, ENERGIA RACIONAL, se derramará sobre o Planeta, colocando fim em todo tipo de poluição, tornando água, vegetais, ar, terra e todos os seres em forma de equilíbrio, nascendo o verdadeiro entendimento, compreensão e entendimento entre todos os seres. Passaremos a nos comunicar e ouvir a voz de todos os elementos da Natureza: a APOTEOSE RACIONAL.
Uma maravilha, um VERDADEIRO PARAÍSO RACIONAL NA TERRA. Procuremos, todos, com muito carinho e respeito, dar atenção a esses chamados e nos preparar para esse acontecimento verdadeiramente DIVINO, estudando os Livros da Mãe Natureza, da sua cultura natural, a CULTURA RACIONAL. A quem interessar receber esta preciosidade ditada pelo RACIONAL SUPERIOR, o Jornal Racional Especial, basta solicitarem a edição pelo email:
raciocinar.sempre@gmail.com

ALEGRIA MINHA GENTE, O SOFRIMENTO NO MUNDO ESTÁ POR UM FIO PARA TER O SEU FIM, DEPENDENDO DE CADA UM DE NÓS FAZER POR ONDE, RECONHECENDO A FORÇA SUPREMA UNIVERSAL, A FORÇA RACIONAL!

SAÚDE E PAZ PARA TODOS!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

ADEUS, INCONSCIENTE COLETIVO!


Tudo na Natureza tem seu tempo certo. Por quê? Porque vivemos em um mundo deformado do seu verdadeiro estado natural. Se não fosse deformado, não se transformaria, seria eterno. A transformação é o recurso natural da Natureza para reconduzir este Universo em que vivemos ao seu verdadeiro estado natural de ser. Por isso, é fundamental o conhecimento da origem deste universo, para sabermos porque e como foi constituído o mundo em que vivemos, entendendo o que fizemos para chegarmos até à condição precária material para, então, sabermos e compreendermos como retornarmos ao nosso SER verdadeiro natural que é de energia.
A Natureza tem cumprido fielmente sua missão nessa gigantesca empreitada. Na área da Psicologia, como nas demais áreas, colocando, em cada tempo, de acordo com as transformações, os conhecimentos necessários, correspondentes à cada fase, para condições de sobrevivência mais ou menos equilibrada. Mais ou menos, porque não existe equilíbrio num mundo em transformações. Se ficarmos atentos, verificaremos que há, em cada fase da vida, uma analogia entre os diversos segmentos sociais. É o que chamam de inconsciente coletivo, que é a energia eletromagnética, dona do pensamento e da imaginação, e que determina, em cada fase, a linha geral de conduta para todos os segmentos. E ninguém se comanda, essa energia é quem comanda todos, enquanto a pessoa continuar ligada nessa energia eletromagnética.
Jung, um dos maiores nomes da Psicologia,em 1928, apesar de sua palavra final sobre a conceituação do inconsciente, afirmou que caberia ao futuro uma melhor avaliação da energética do inconsciente. Ele estava certíssimo, pois, não era pertinente à época esse esclarecimento completo e definitivo. O mundo teria que passar ainda por maiores transformações e consequentes mudanças, evoluindo, através do sofrimento, para, com menos vaidade e soberbia, todos nós pudéssemos compreender e aceitar a verdade sobre o assunto.
Por isso começamos falando que "Tudo na Natureza tem seu tempo certo." Jung esgotou e cumpriu sua missão de porta voz do conhecimento psicológico correspondente à evolução da época. Mas, tinha consciência que tudo aquilo era um degrau, não, o ápice. E o mal de nós seres humanos, é nos apegarmos aos degraus passados, fechando nossos corações e mentes para os movimentos da época presente. Quem faz Jardim da Infância na escola, não pode ficar empacado aí, senão, embrutece. A mesma coisa: os pais não podem dizer a verdade sobre a geração humana para uma criancinha, cujo cérebro ainda não está de todo formado, não tendo condições de absorver a realidade. Então, fala-se meia verdade. A verdade verdadeira será dita a essa criança na fase certa, quando ela deixar de ser criança, pronta para absorver naturalmente a verdade sobre a concepção.
E, assim, a Natureza, nossa Mãe verdadeira, que vem nos conduzindo, como suas ferramentas, colocando em nosso pensamento e imaginação tudo que é preciso e necessário para nossa lapidação, para nos preparar para a última fase da vida da matéria, onde todos passam a conhecer a Verdade das verdades, passando a se conhecer, a conhecer o seu SER natural, que não é espiritual, é infinitamente superior ao espiritual: é o SER RACIONAL.
Esta é a fase atual, a FASE RACIONAL, nascida na Tenda Espírita Francisco de Assis, a maior e última evolução do espiritismo, da ciência, da filosofia e de todos os segmentos culturais, onde aprendemos a nos desligar do inconsciente coletivo (energia eletromagnética) passando a nos ligar no consciente positivo (a ENERGIA RACIONAL, a energia do nosso Verdadeiro Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL, de onde saímos por livre e espontânea vontade, numa experiência malfadada, que ocasionou a formação deste monstruoso e gigantesco universo eletromagnético em que vivemos).
E com a entrada desta grandiosa Nova Fase da Natureza, a Fase Racional, o inconsciente coletivo (energia eletromagnética) entrou em liquidação, depois de 21 eternidades reinando sobre a humanidade. Razão porque entram em liquidação todos que continuam a ele ligados, sendo essa a causa do desequilíbrio moral, físico e financeiro que assola a humanidade, indiferente de raça, religião, partido político, corrente filosófica ou científica, condição social, sexo ou idade. Ninguém tem mais o direito de viver, se continuar ligado a esse inconsciente coletivo, que é a energia eletrica e magnética, do pensamento e da imaginação, respectivamente. Todos precisam e necessitam, com urgência, passarem a conhecer a ENERGIA RACIONAL, a energia que desenvolve o raciocínio (Glândula Pineal), ponto vital da vida eterna, para deixarem de pensar e imaginar, ou seja, deixarem de serem robôs das duas energias do chão, elétrica e magnética, do pensamento e da imaginação, porque essas energias estão incumbidas de liquidar tudo que criaram através do nosso pensamento e de nossa imaginação, deixando a casa limpa para a nova fase da Natureza, a Fase Racional, onde novos valores, procedimentos e entendimentos começam a tomar forma para, finalmente, concretizar a verdadeira paz, o verdadeiro amor, a verdadeira fraternidade e a concórdia universal de todos por UM e UM por todos. Portanto, a fase do pensamento terminou e com o pensamento ninguém resolve mais nada, como há muito não tem resolvido. E por ter terminado a fase do pensamento, o pensador perdeu o direito de viver, por estar vivendo contra a nova fase da Natureza. Cada fase com seus procedimentos e entendimentos. O que passou em outras fases foi muito bom para nos preparar. Agora é abraçar o raciocínio, porque a fase agora é para o seu desenvolvimento. Convidamos todos a conhecer a Nova Fase, isentos de qualquer indumentária antecedente, para que usufruam, plena e rapidamente, deste conhecimento inédito, transcendental e definitivo da vida, que nos legou o Verdadeiro Deus, o RACIONAL SUPERIOR. Pois, se somos Racionais, Deus é um ser da nossa origem, Racional como nós, porém, SUPERIOR, por isso se trata o RACIONAL SUPERIOR, que não é o nome dEle, pois lá em CIMA não tem cartório para registrar nomes, RACIONAL SUPERIOR é a condição de DEUS VERDADEIRO.
E assim, todos imbuídos do Conhecimento Racional, sairemos jubilosos e engrandecidos do comando do inconsciente coletivo, que tem colocado irmãos contra irmãos, por viverem sem se conhecer Racionalmente.
Está passando da hora de todos abraçarem o RACIOCÍNIO, para que possam bem viver, com consciência positiva Racional, amando uns aos outros e fazendo o bem sem olhar a quem.
A Fase em vigor é Racional. E o procedimento da Nova Fase é: RACIOCINAR SEMPRE! PENSAR, NUNCA! E quem proceder diferente, continuando a adotar os entendimentos e procedimentos impostos pelo inconsciente coletivo da fase em liquidação (a fase do pensamento), liquidado também será, porque a Mãe Natureza não admite mais pensadores dentro da Nova Fase, a Fase Racional, porque todo pensador é um destruidor de tudo, de todos e de si mesmo, não cabe num Novo Mundo de PAZ, AMOR e FRATERNIDADE.
Salve-se quem quiser e se puder!
Adeus, INCONSCIENTE COLETIVO!

(Infs.: tel. 0xx 31 2555-0054, dentre outros)
http://nalubnalub7.spaces.live.com
http://u-01.spaces.live.com