Follow by Email

sexta-feira, 29 de maio de 2015

HORA DE VOLTAR PRA CASA


Amigos, SALVE!
“O homem é um vago bicho sem destino, que nasceu em cima desta terra, sem saber por que e para quê.” (RACIONAL SUPERIOR)
Essa é a causa de tanta vaidade: vaga pra aqui e pra ali, porque NÃO SE CONHECE. Pensa que sabe e não sabe, porque o que sabe, ainda não é a verdade, a realidade de sua base de origem – e por não ser é que todos sofrem, fracassam e morrem.
E tem conserto a vaidade? Tem. Só diz que não tem, quem não tem conhecimento da ORIGEM, a primeira, já que a segunda, oriunda do chão, já foi fruto da  degeneração e deformação, onde a CONSCIÊNCIA verdadeira, da primeira origem, já havia sido completamente deletada dos seres.
Assim, oriundos do chão, com uma “nova consciência”, a degenerada, deformada, poluída e enfraquecida (pensamento), o homem foi desenvolvido dentro dela, evoluindo-se com base nessa segunda consciência, que é a negação, o inverso da consciência verdadeira (por isso: in- consciência). Razão de todos serem inconscientes.
A inconsciência, sendo a inversão da consciência, é o tudo invertido em nada. Portanto, nossa civilização foi feita com base no nada e, por isso, sempre deu em nada, como assim continua dando em nada, até que todos acordem e passem a SE CONHECER, que significa, tomar conhecimento da consciência verdadeira, a consciência positiva RACIONAL, que deixamos pra trás, por abuso do livre arbítrio, há 21 eternidades perdidas.
Quando passam a “se conhecer” é que acordam, e comprovam, em si mesmos, como sempre estivemos DORMINDO e NADA fazendo.
Aí, acaba, definitivamente, toda e qualquer vaidade.
Para ver, que para a consciência verdadeira, DEUS, não há nada impossível, por ser ELE o DONO ABSOLUTO de tudo, e que faz o que tem que fazer na hora precisa e necessária. E somente ELE sabe fazer.
E por já estar na hora, assim por ELE determinado, é que muitos já passaram a SE CONHECER, na última obra feita por ELE e ditada aqui no Brasil, Universo em Desencanto, como derradeira advertência à humanidade, para colocar fim na desobediência e tratar de VOLTAR PRA CASA, o mundo transcendental, o MUNDO RACIONAL.
E só VOLTA PRA CASA quem desenvolve o raciocínio, através da leitura dos Livros Universo em Desencanto, porque o pensamento é a consciência negativa e cuja fase já terminou desde 1935.
A consciência positiva, que tudo é, é o LIVRO UNIVERSO EM DESENCANTO, de CULTURA RACIONAL, que guia e esclarece a consciência negativa, que nada é.

“DECIFRA-ME OU TE DEVORO”


(Gilberto Carnasciali, Miguel Pereira, RJ)

I

Segundo a lenda do enigma da Esfinge, “Decifra-me ou te devoro” era a frase que ela proferia quando um viajante se aproximava. Estaria, portanto, dizendo ao transeunte: “Eu sou teu verdadeiro ”eu”, teu subconsciente e inconsciente; teus pensamentos, sonhos e ilusões; tuas crenças, amores e paixões; teus ódios e aversões; tuas certezas e incertezas. Mas, sou também teu ‘EU’ verdadeiro, que você ainda desconhece.
Se não me decifrares, teu ‘EU’ verdadeiro não despertará para o autoconhecimento, que é o primeiro passo para tua ascensão. E sem ele eu te devorarei e te transformarei em mero joguete de Parcas, mera folha ao sabor do destino”.
Esclarecendo: Parcas foram três deusas da mitologia grega, filhas de Júpiter e Justiça, capazes de determinar o curso da vida humana, decidindo questões como vida e morte. Eram também designadas como fates, daí o termo fatalidade.
Não é agradável saber que somos meros joguetes do destino por não nos conhecermos, bem como ignorarmos a nossa história, que é afinal a história da humanidade.

II

Qual é a tradição do ser humano?
Nenhuma, por não conhecer sua própria história, o passado, o presente e o futuro de sua raça e de sua espécie. Como diz a Esfinge: o autoconhecimento é tudo e tu não conhecesteu próprio “eu”.
Mas a Esfinge surgiu há mais de 2500 anos, ainda nos primórdios do pensamento, um pouco mais desenvolvido, mas ainda muito limitado para definir as coisas.
Naquela época a cultura greco-romana dominava os assuntos com seus notáveis filósofos, mas tudo muito aquém da real realidade, que é a Verdade Racional, que passamos a conhecer na Cultura do Terceiro Milênio, a CULTURA RACIONAL.
Enquanto a Esfinge devorava os viajantes por não conseguirem decifra-la, por não conseguirem definir seu próprio “eu”, O LIVRO, ao contrário: descreve minuciosamente toda a saga da humanidade – desde a origem, que é a Base onde habitávamos, até os dias atuais e futuros.
Portanto, NÃO DEVORA e, sim, ALIMENTA e NUTRE com o desencanto de todos os mistérios, enigmas, fenômenos, finitos e transfinitos.
O LIVRO nos revela, então, desde a nossa origem como seres puros, limpos e perfeitos no MUNDO RACIONAL, até o nosso trajeto descendente (descrito em textos anteriores), que resultou na formação do mundo material em que habitamos.

III

Sim, foi o mau passo dado ao entrar por livre e espontânea vontade naquela parte da PLANÍCIE RACIONAL, que ainda não estava pronta para entrar em progresso, que ocasionou a perda de nossas virtudes.
Essas virtudes se reuniram em um foco de luz, dando origem, posteriormente, ao que hoje chamamos de sol.
O foco de luz, hoje sol, esquentou a planície, que com o calor virou goma, depois líquido grosso, que virou água.
Da goma, com o calor do foco de luz, saía uma resina, que o calor foi empolando, torrando, virando cinza, origem da terra.
E os nossos corpos originais extintos na goma e na resina, deram origem a novos corpos, que nasceram do chão.
Os extintos na goma formaram o sexo masculino e os extintos na resina, deram origem ao sexo feminino, surgindo assim o homem e a mulher, na forma material mais-que-primitiva, contudo uma matéria ainda pura, completamente diferente da poluída dos dias atuais.
Pois bem, assim como existem monumentos (tal qual a Esfinge), que definiram eras na história da humanidade, surgiu na história atual o Monumento Racional Supremo.

IV

Esse é definitivo, por que está libertando a humanidade da ignorância milenar animalesca, que manteve-a algemada pelo desconhecimento do Verdadeiro SER, que é o SER RACIONAL.
E devido a esse desconhecimento, é que a humanidade precisou ser conduzida e animada pelas energias irracionais, elétrica e magnética, pensamento e imaginação, as duas energias do chão.
De que monumento estamos tratando?
Da transcendental Obra Cultural Racional, Universo em Desencanto.
E quem foi seu criador, escultor e editor?
DEUS, o RACIOCÍNIO SUPERIOR A TODOS OS RACIOCÍNIOS, e a ENERGIASUPERIOR A TODAS AS ENERGIAS, Habitante do Primeiro Mundo, o MUNDO RACIONAL, de onde tudo e todos nós saímos um dia.
Obra ditada ao Aparelho especial engendrado pelo próprio RACIONAL SUPERIOR, para receber e transmitir as mensagens do MUNDO RACIONAL ao povo da Terra.
E quem foi esse Aparelho tão especial?
Senhor Manoel Jacintho Coelho (1903-1991), carioca nascido no Rio de Janeiro, antigo Distrito Federal que, de ordem do RACIONAL SUPERIOR, compôs a Escrituração supletiva e completiva do saber transcendental, composta de 1009 livros descritivos da Verdadeira História da Humanidade, desde a origem até o presente e o retorno de tudo e de todos à ORIGEM, o MUNDO RACIONAL.
Na Fase de animal Racional, éramos comandados e orientados pela Natureza, através das energias elétrica e magnética, responsáveis pela lapidação do vivente, utilizando o próprio vivente como ferramenta para executar essa lapidação consistindo tudo em um progresso ilusório, já que o mundo de matéria é o mundo das aparências e do artifício, que nos leva sempre ao regresso; um processo involutivo, onde o vivente não conseguia enxergar perspectiva de vida melhor.
Todos se tornando verdadeiros joguetes das duas energias do chão, tal como um barco a deriva em mar revolto, navegando sem rumo sem bússola, mapa ou carta de orientação do trajeto a ser seguido.
Por que isso ocorria?
Porque a missão da Natureza era a de nos gerar, criar, cuidar, nutrir e nos tornar seus instrumentos de lapidação, suas ferramentas, para que pudéssemos trabalhar nosso próprio “eu”, nosso “id”, para nos libertar dessa escravidão de matéria, e um dia, viajores do deserto, passar diante da esfinge e responder-lhe: “Decifro-te agora, tu és meu próprio “eu”, que hoje sei definir, porque sei quem sou, de onde vim, como vim, para onde vou e como vou para de onde sou. Conheço meu passado, meu presente e meu futuro e sei que este mundo onde estamos é o segundo mundo, o reinado do mau, o mundo do encantamento, consequência do Primeiro Mundo, e que o primeiro é o MUNDO RACIONAL, meu verdadeiro Mundo de Origem, para onde voltarei.”
Esse é o amor e a dedicação que a Entidade Racional Máxima nos devota para a salvação de todos.
Com a chegada da Fase Racional em 1935, iniciou-se também a contagem regressiva do final dos tempos, ou seja, do momento decisório da escolha. Aqueles que já sabem de onde vieram e para onde irão, através da leitura da Obra, são os que já fizeram sua escolha de retorno à ORIGEM, porque a vontade e o arbítrio são livres.
Aqueles que continuam na ignorância da VERDADE das VERDADES, seres dormentes, sonhadores, obnubilados, livres-pensadores, caso não leiam o Livro e se conscientizem do que ali está escrito, estarão se condenando ao descenso, ao mundo dos irracionais, onde permanecerão por longas eras de sofrimento contínuo, sob o jugo das cruéis energias lapidadoras, até um dia se reintegrarem ao MUNDO RACIONAL.

V

Um país também deve se autoconhecer.
Nenhum país se torna uma Nação se não conhecer a sua história e honrá-la. Há vários exemplos de países que não se tornaram Nações em diversos continentes, sendo o africano um deles. Muitas civilizações existiram e se extinguiram ao longo do tempo, sem que possamos dizer, por falta de conhecimento, se foram nações ou não.
Por outro lado, tomando como exemplo a Grã-Bretanha, sua população originou-se em uma ilha, um pequeno acidente geográfico no Mar do Norte, onde habitavam outrora selvagens que mal articulavam sons para se comunicarem entre si.
Com o decorrer das eternidades, sempre defendendo com sucesso seu território das inúmeras investidas de invasores bárbaros, transformaram-se, à custa de intensas lapidações, em animais Racionais civilizados, tornando-se um povo aguerrido, superiormente educado, progressista, intelectualizado e industrializado, com um sistema de governo moderno, democrático e eficaz, que sabe conviver com suas tradições reais, sem que uma interfira na outra.
Pelo contrário, uma interage com a outra nas missões diplomáticas, para a manutenção da unidade política e geográfica do seu território, bem como da política de relações exteriores com o resto do mundo.
Essa verdadeira Nação teve momentos épicos em sua história, sendo o mais recente deles um exemplo de bravura para o resto do mundo livre quando, durante a II Grande Guerra, seu povo suportou, com coragem e denodo, durante muitos meses, os bombardeios aéreos nazistas sempre rechaçados pelos pilotos da RAF – Royal Air Force, numa proporção de uma perda para três do inimigo, sem o que a ilha teria sido invadida e dominada pelos exércitos do Führer.
O primeiro-ministro Sir Winston Churchill reconheceu esse fato meritório com a seguinte frase pronunciada no Parlamento Britânico: “NUNCA TANTOS DEVERAM TANTO A TÃO POUCOS”.
Essa é uma das Nações conhecida e reconhecida pela sua história e tradição.

VI

Traçando um paralelo, o mesmo se dá, em circunstâncias diversas, com o ser humano civilizado adiantado, como ocorreu com os cidadãos habitantes daquela ilha: pelo enfoque da Cultura Racional, os seres humanos civilizados adiantados, habitantes da ilha, são apenas animais Racionais e nessa condição permanecerão, se não conhecerem sua própria história, nem a de seus irmãos que como eles foram puros, limpos e perfeitos, há 21 eternidades.
Ao tomar conhecimento, através da leitura Racional, de todo seu trajeto de descida e subsequente vida na matéria, sua consciência estará sendo iluminada pela Luz Racional, e o Habitante do Mundo Racional que permanece materializado como máquina do RACIOCÍNIO na glândula pineal de cada um, será finalmente libertado do encapsulamento naquela glândula, tornando-se a pessoa, um Aparelho Racional consciente, desperto e com um só objetivo na vida: retornar ao seu Mundo de Origem.
Sim, retornar ao seu Mundo de Origem, pois, caso contrário, seu fim representará a pior e mais contundente derrota de sua existência neste mundo, devido à degradação e extinção de sua espécie, que ressurgirá em classes inferiores, desprovida do RACIOCÍNIO, o que de mais precioso a VIDA lhe deu, por ser seu único vínculo, até então, com o MUNDO RACIONAL.
Falando sem rodeios, é a terceira e última Guerra Mundial, a Mãe de todas as Guerras, por ser não declarada e sem fronteiras, comandada pela Natureza Racional, com a missão de exterminar a matéria e o magnetismo universalmente.

VII

É por essa razão que nosso Pai, o RACIONAL SUPERIOR, recomenda que todos aqueles que já atingiram a compreensão Racional, que já dominam o conhecimento e que se sentem aptos a transmiti-lo verbalizado ou por escrito, que o façam em todas as oportunidades para a salvação dos irmãos, pois, somos todos, sem exceção irmãos e irmãs.  E que se não o fizerem, não serão meritórios de sua própria salvação.
Relembrando o que Churchill disse no Parlamento Britânico: “Nunca tantos deveramtanto tão poucos”.
Sejamos esses tão poucos a diminuir a dívida de tantos dos nossos irmãos, repassando-lhes o conhecimento Racional e, dessa forma, confirmando se tratar o Brasil do EMBRIÃO da Cultura Racional para o mundo.
SALVE!

quinta-feira, 28 de maio de 2015

A VOZ DO ALTO ADVERTE!


(Gilberto Carnasciali, estudante de Cultura Racional, Miguel Pereira, RJ)

Como é difícil viver!
Não se vive impunemente. Sofrem todos; os saudáveis, os enfermos, os abastados, os miseráveis, os arranjados, os honestos, os mentirosos, os assassinos, os iludidos e os desiludidos e, daí em diante, numa fileira infindável.
Se este mundo tem 7 bilhões de indivíduos, pode ter certeza: os 7 bilhões padecem de alguma forma.
Os desiludidos também?
Sim, porque se desiludiram da vida depois de tê-la vivido quase toda e, no final, se deram conta de que tudo não passou de uma ilusão, de uma visão e compreensão ilusória de sua existência neste mundo.
Tarde demais! A sentença de morte decretada no primeiro dia que viu a luz, está para ser executada!
Pergunta, então, o ser vivente, acompanhante do agonizante: “E agora, o que fazer?”
Lá de cima, do MUNDO RACIONAL, diz o RACIONAL SUPERIOR:
“Através de minha emissária - a Natureza- a quem vocês nunca deram o menor valor, criei-os, alimentei-os, cuidei de tudo e de todos; e só na hora da morte as pessoas realizam isso.
E de que adianta se dar conta nos últimos momentos de vida, se na próxima (haverá ainda uma próxima?) não se lembrará de nada e repetirá todo o processo novamente imbuído, embebido, embutido na matéria, de tal forma, que não consegue ver nada, se conscientizar de nada.
Animais, feras, bichos bravios de comportamento irracional!
Já lhes dei oportunidades incontáveis para perceberem a terrível situação em que se encontram, mas, nada parece acordá-los desse sono profundo!
Avisei-os várias vezes para retornarem, quando, por livre e espontânea vontade, adentraram uma pequena parte da PLANÍCIE que não estava pronta para entrar em progresso.
De nada adiantou!
E passaram a regredir, pensando que estivessem a progredir. Outros avisos ocorreram durante a descida que durou 21 eternidades, até perderem seus corpos originais, e passarem a brotar da terra.
Qual! Nada feito.
Depois, quando começaram a nascer do pingo d´água, criei um Alfabeto Racional (o alfabeto Astrológico), que permitiria o seu retorno para a PLANÍCIE RACIONAL, mas, uma grande parte de vocês “esnobou”, porque um não queria ser o que a palma da mão dizia que fosse, o outro não aceitava ser algo inferior materialmente àquilo que era, e assim por diante. Alguns subiram, e subiram muito mais rápido do que vocês possam imaginar! Sim, porque vocês ainda “imaginam e pensam”, quando essas “coisas” já se extinguiram, secaram - e o que existe agora é energia magnética lapidando sem parar.
Estamos em pleno final dos tempos e vocês ainda aí dormitando em pé, verdadeiros zumbis, magnetizados, prontos para se desligarem do contato Racional que ainda, por minha extrema bondade se mantém, guardado a sete chaves dentro de suas próprias glândulas pineais. IGNORANTES!
Vocês estão mal e porcamente flutuando nesse mar revolto, por especial concessão que lhes faço, mas é a última! E nesse mar revolto que vejo aqui de cima, lanço livros e mais livros de Cultura Racional, que são tábuas de salvação para vocês se inteirarem do que é a VIDA e suas 7 partes.
Vocês conhecem uma partícula ínfima do que é viver e justamente a pior parte delas, que é a matéria, e nunca poderão conhecer a origem e a causa de sua permanência nesse segundo mundo, porque esqueceram tudo o que já passaram e esquecerão tudo o que irão passar. Sem Raciocinar não haverá solução nem salvação.
O que Eu estou dizendo e fazendo por vocês e para vocês daqui de cima, seus irmãos estão fazendo o mesmo aí no seu mundo. Fazem a divulgação, doam livros, entregam folhetos em praça pública, fazem conferências, falam nas rádios, escrevem textos, desfilam com a Banda Racional, e vocês o que fazem? Nada!
O que é o nada? É coisa nenhuma, é o vazio sem o contentor, porque é tudo aparência só, ilusionismo puro, sem qualquer valor.
Mais uma vez, e pela última: o Livro se chama UNIVERSO EM DESENCANTO e conta toda a história da humanidade, inclusive a sua, no transcorrer de 21 eternidades da descida para o mundo da matéria.
Agora a escolha é sua. Se ler, entender, se conscientizar, sobe para seu Mundo de Origem para minha companhia e a de seus irmãos puros, limpos e perfeitos. Se não se interessar, continuar adorando a matéria ilusória e valorizando o sono profundo dos mortos-vivos, o Raciocínio, ainda latente em seus cérebros, se desligará e partirá, deixando no comando a energia magnética, a energia dos IRRACIONAIS, o seu verdugo dia e noite, noite e dia, durante as eternidades de descidas por todas as classes irracionais.
Não digam que EU não avisei; EU e meus emissários visíveis e invisíveis.”
Saudações Racionais!

terça-feira, 26 de maio de 2015

TODOS SE REINTEGRANDO À ETERNIDADE!


Amigos, SALVE!
Amigo, não fuja do VERDADEIRO SABER! Ele está nos Livros Universo em Desencanto.
Saber esse que não é contra nada nem contra ninguém – é em favor de tudo e de todos, visíveis e invisíveis, porque tudo segue uma ordem natural da Natureza.
Não fiquem, Amigos, procurando chifre em cabeça de cavalo: ACORDEM!
Não estão vendo, pelos desacertos flagrantes no mundo, que nada está certo, que tudo e todos continuam há muito do mesmo jeito e piorando?
Para tudo que existe, existe o dono, pelo fato de não haver efeito sem causa.
Nos livros Universo em Desencanto a pessoa passa a conhecer a causa de tudo e de todos. E ao conhecer a causa, o efeito acaba, pelo fato do vivente ficar a par do verdadeiro SABER RACIONAL, através do conhecimento RACIONAL.
Conheça, Amigo, o bem, o bom e o progresso de seus negócios, dentro do certo e do correto.
Saia dessa decadência de vida, de um viver de lutas, de medo, onde tudo que sua pessoa planeja, mais cedo ou mais tarde, cai por terra.
Todos os desacertos da vida têm a sua origem: são as lições dadas pela Natureza!
E nessas lições, acordar os viventes para o fato de que é preciso conhecer o porquê desses desajustes na vida de toda a humanidade.
Sim, porque todos estão vivendo em constantes desacertos, desequilíbrios financeiros, achando que fazendo o errado é que está fazendo o certo, e que o certo é que é o errado.
E sabe onde está o certo?
No passar a se conhecer, conhecendo o verdadeiro saber que está nos livros Universo em Desencanto, de Cultura Racional.
Se todos tiverem em mãos o LIVRO RACIONAL, todos os problemas da vida vão se solucionando.
Mas, para isso, é preciso se armarem de uma força de vontade muito grande, para conseguirem se harmonizar com quem pode lhe favorecer, que é a Natureza.
Sim, muita força de vontade, pois, as trevas há milênios se alimentam desses hábitos, costumes e procedimentos materialistas que a humanidade tem como “cultura”, apesar das provas visíveis de se tratar de uma cultura contra tudo e contra todos, colocando uns contra os outros e destruindo uns aos outros. Não une nada nem ninguém, divide tudo e todos! É contra a concórdia universal!
E que todo esse modo errado de vida ficou enraizado na humanidade.
Por outro lado, as trevas sabem muito bem que quando a pessoa ficar de posse do conhecimento RACIONAL, o vivente se libertará das trevas, deixando de ser escravizado por elas, como toda a humanidade sempre foi, até que chegasse ao mundo a Fase Racional.
E as trevas, por não quererem perder seus escravos, fazem de tudo para impedir que a pessoa leia o livro Universo em Desencanto, que é onde a pessoa vai encontrar os esclarecimentos de sua libertação definitiva.
Mas, como recomendado acima, a pessoa se armando de muita força de vontade, ela consegue chegar até ao livro RACIONAL e ser mais forte que as trevas que a dominam.
E há alguma razão especial para isso, além da já exposta acima, para nossa persistente insistência em recomendar que todos leiam Universo em Desencanto?
Sim!
É que nós, animais Racionais, somos os portadores da chave que destranca o destino do mundo, para que ele retorne ao mundo eterno de onde o mundo em que habitamos e todos nós somos originários, voltando, assim, tudo e todos, visíveis e invisíveis ao nosso verdadeiro estado natural de energia pura, limpa e perfeita – RACIONAL, com nosso progresso de pureza.
E assim, terminando o mundo deformado, por ter retornado ao seu estado de pureza, limpeza e perfeição original, deixando de ser um mundo provisório e de transformações, para passar a ser eterno como sempre foi, antes de ser o que é.
Aí está a reintegração de tudo e de todos à eternidade.
E tudo isso, minha gente, os invisíveis das trevas, por estarem num estado de inconsciência absoluta, não conseguem entender e compreender.
E assim, lutando contra eles mesmos, ao fazerem de tudo para que os animais Racionais não leiam os livros Universo em Desencanto, pois, eles nada da realidade positiva conseguem enxergar, cegos que ficaram pela inconsciência, decorrente de sua deformação, superior à nossa e, aí, sempre considerando as trevas o estado natural, não sabendo que estão deformados, fora do seu verdadeiro estado natural.
Vejam a nossa responsabilidade para com a salvação do mundo, inclusive a salvação dos invisíveis das trevas, que dependem da nossa IMUNIZAÇÃO RACIONAL, para que passem a enxergar a positividade verdadeira.
Avante, Irmãos e Irmãs do mundo inteiro, força de vontade, pois é uma caminhada trabalhosa, mas, é de absoluta e definitiva paz e de nossa total e única responsabilidade perante o DONO do mundo, que é DEUS – o RACIOCÍNIO SUPERIOR A TODOS OS RACIOCÍNIOS e a ENERGIA SUPERIOR A TODAS AS ENERGIAS, Habitante do Primeiro Mundo, de onde somos originários, o MUNDO RACIONAL.
E o tempo já chegou e é agora: todos e tudo se reintegrando à ETERNIDADE, através do desenvolvimento do nosso RACIOCÍNIO, que é a energia do MUNDO RACIONAL, a ENERGIA RACIONAL, materializada na glândula pineal, no centro de nossas cabeças, no istmo do mesencéfalo.

segunda-feira, 25 de maio de 2015

MENSAGEM DO RACIONAL SUPERIOR AO POVO DA TERRA: “ACORDEM QUEM ESTÁ DORMINDO!”


Quem se conhece não pode deixar que a humanidade seja destruída pelo sofrimento.
Tem que acordar quem está dormindo, para passar a se conhecer e saber quem pode lhe valer, quem pode lhe salvar.
É um dever humano acordar quem está dormindo.
Para quem está dormindo, não se conhece, a vida não tem solução, mas para os que já acordaram e passaram a se conhecer, a vida tem solução.
E ainda está em tempo de acordar quem está dormindo.
Está dependendo de você e de todos que passaram a se conhecer.
O mundo tem seu DONO e todos precisam conhecê-lo.
Para que todos conheçam a paz, o amor e a fraternidade.
É o que todos procuram no mundo.
E os que já se conhecem, sabem onde ela está.
Acordar quem está dormindo é um dever de solidariedade humana.
Que a vida e o mundo caminham para horas difíceis de sobrevivência, como todos estão vendo: o flagelo nuclear.
Que esperam todos aí?
A destruição da humanidade pelo sofrimento horroroso e pavoroso, da era do fogo.
E é seu dever e de todos acordar quem está dormindo por não se conhecer.
A Energia Racional está aí e todos precisam conhecê-la.
A energia do desenvolvimento do raciocínio, do ponto vital consciente da vida eterna.
Conhecer o que é ser Racional.
Que a fase do animal Racional terminou e os seus feitos começaram a se destruir.
É o que todos estão vendo: o grande tumulto do mundo.
E o mundo tem DONO e todos precisam conhecê-lo, para que saibam como se valer e se salvar.
E como o equilíbrio de tudo e de todos chegar.
Para a restauração da paz, do amor e da fraternidade Racional.
Para ver que para quem se conhece, a vida tem solução.
E para quem vive sem se conhecer, a vida não tem solução.
E é preciso que todos se conheçam, para encontrar a solução da vida.
Porque a vida tem solução – e na cultura do desenvolvimento do raciocínio está solução.
Por a fase natural da natureza ser Racional.
Que o macabro período que passa o mundo, é estarrecedor.
E só mesmo conhecendo quem é o RACIONAL SUPERIOR, para encontrar a solução positiva Racional de quem vivia sem se conhecer e, por não se conhecer, a vida e o mundo não tinham solução.
E para quem conhece quem é o RACIONAL SUPERIOR, a vida e o mundo têm solução.

SEUS SONHOS E SEUS IDEAIS PODEM NÃO SER SEUS: CUIDADO!


Amigos, SALVE!
As pessoas vivem em um mundo de sonhos, de ilusões, achando que aquilo que idealizaram vai se concretizar.
E quando conseguem o ideal de sua vida, vão vendo que tudo é tão diferente! Que tudo saiu diferente daquilo que idealizaram e que sonharam.
A vida tem seus altos e baixos. É preciso estar preparado para saber se aquilo que idealizaram é o certo.
Mas, como todos vivem em um mundo de mentiras, de falsidades, de ilusões, não estão a par de quem arquitetou todos esses desajustes de sonhos negativos (que pareciam ser positivos), na doce ilusão de acharem que aquilo que idealizaram, veio para sua paz e para uma vida harmonizada com tudo e com todos.
E nada disso saiu como foi planejado!
Aí, começam os sofrimentos, as brigas, as separações, porque a energia negativa que proporcionou tudo aquilo, está vibrando em cima de quem sonhou e idealizou uma vida a dois, que foram “unidos” para a lapidação dos mesmos.
Na vida de quem NÃO SE CONHECE, nada acontece que não seja arquitetado pela energia magnética, a energia negativa – e a maioria esmagadora desconhece isso! Por isso o mundo sempre foi de muito sofrimento!
E aí está o porquê da nossa insistência para que conheçam o livro Universo em Desencanto, de Cultura Racional, para que se envolvam, finalmente, na verdadeira energia, que é a ENERGIA RACIONAL, a energia da RAZÃO de sua vida, a qual, através de sua leitura, lhe orientará para o certo, para o companheiro ou companheira certa.
E assim, afastando sua pessoa das jogadas negativas da energia magnética, a energia do mal puro.
Amigo, após sua pessoa tomar conhecimento da ENERGIA RACIONAL, há o afastamento da energia negativa.
Daí, passa a receber da ENERGIA RACIONAL o bem, o bom e a prosperidade, que vai chegando naturalmente em sua vida; e sua pessoa passa a ser um grande divulgador do Conhecimento Racional, para que todos sejam felizes como sua pessoa, que passou a ter a paz, a alegria e  a felicidade em seu viver.
E tudo de bom e de progresso positivo envolverá sua vida!
Portanto, não atrase o seu progresso RACIONAL, Amigo, vivendo iludido com os sonhos, ideais que lhe são irradiados, sem que você SE CONHEÇA verdadeiramente, pois, somente conhecendo “QUEM SOU”, “DE ONDE VIM” e “PARA ONDE VOU” sua pessoa tem condições de identificar a fonte irradiadora desses sonhos e ideais, deletando os que são de origem negativa, exterior.
O raciocínio não sonha, nem idealiza, pois, ele já tem gravado em si tudo de bom e de melhor para lhe repassar assim que sua pessoa acessá-lo através do desenvolvimento dele.
O raciocínio, que é o seu ser interior SUPERIOR e transcendental, tem já pronta a solução de sua vida, de seus problemas e de seus negócios, guardada há eternidades para lhe repassar agora na Fase Racional.
E o que está faltando para sua pessoa receber tudo isso a que tem direito pela Natureza?
Ler os livros Universo em Desencanto.
A vida é curta e tudo passa! Aceite, Amigo, essa orientação, para um caminhar tranquilo e em segurança.
E quando aceitar, aí comprovará que os sonhos e ideais que mantinha, antes de SE CONHECER RACIONALMENTE, eram, na verdade, um verdadeiro calvário de amarguras preparado para sua própria lapidação.
Então, o livro é UNIVERSO EM DESENCANTO, de CULTURA RACIONAL, para que tome posse finalmente da felicidade que nunca teve.