Follow by Email

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

PARA ACORDAR QUEM ESTÁ DORMINDO


Minha gente muito querida, que nos dá a honra de sua visita:
estamos aqui no “A VERDADEIRA ORIGEM DA HUMANIDADE” desde dezembro de 2007, trazendo para todos conhecimentos culturais RACIONAIS, com o objetivo único de esclarecer e alertar a todos sobre os perigos a que todos nós estamos expostos devido a uma mudança de fase da natureza.
Sabemos que todas as mudanças geram transtornos. E estamos certos de que todos que estão lendo esta matéria já tiveram, ao longo de suas vidas, muitas provas e comprovações dessa nossa afirmação.
Uma simples mudança de residência, quanto trabalho, quanto cansaço, quantas despesas!
Uma mudança de uma fase na vida, como por exemplo, da infância para a adolescência, nossa..., essa então, é uma mudança que traz transtornos emocionais muito desconfortáveis!
Uma mudança em uma empresa, requer muita prudência e conhecimento do mercado, para que essa empresa não venha a sofrer prejuízos, os quais podem, por vezes, levá-la à falência.
Tudo isso que acabamos de exemplificar, traz sempre muita luta, trabalho, sacrifícios, carecendo de muita calma e paciência para que esses transtornos sejam vencidos.
Pois é, e tudo isso é infinitamente pequeno quando comparado à mudança maior que aconteceu no mundo, a mudança da natureza, que saiu de uma fase de inconsciência para adentrar numa fase consciente.
Saiu da fase da civilização, a fase do pensamento, para a fase do desenvolvimento do raciocínio, a Fase Racional.
Da fase do animal Racional, para a fase do Aparelho Racional.
Isso se deu em 1935, há 75 anos passados.
E essa mudança é a causadora de transtornos no mundo inteiro, por se tratar de uma mudança de fase da natureza.
E o porquê dos transtornos?
Os transtornos são causados pela falta do conhecimento dessa mudança, onde a humanidade, acostumada com os padrões de comportamento desenvolvidos e adquiridos na fase que terminou, continuou a mantê-los indiferente à necessidade de acompanhar as mudanças de fase da natureza, ficando contra a nossa Mãe Natureza.
Tudo que a humanidade desenvolveu, foi irradiado pelo pensamento e a imaginação, julgando ser dos seres humanos o mérito de tudo que foi criado e desenvolvido na ciência filosófica e científica e demais segmentos. Total engano!
A falta de humildade é que nos levou a nos creditar um mérito que nunca foi nosso e, sim, da natureza, que nos utilizou como suas ferramentas, como seus instrumentos, para criar e desenvolver toda essa cultura artificial que aí está, cultura essa que nos tem trazido de canto chorado, porque foi feita pela natureza para nos lapidar, tirar nosso atraso, rudez e brutalidade, de achar que a matéria tudo é, quando a matéria nada é.
Uma cultura artificial, por ter sido um artifício criado pela natureza, para nos fazer acordar para a nulidade da matéria e valorização da vida, que não é material, é de energia.
Mas, apesar desse trabalho árduo de nossa mãe natureza, a humanidade, em sua maioria esmagadora, não aprendeu a lição.
De tão atrasados, brutos e rudes que somos, ao invés de nos desprendermos da matéria com as lições amargas que essa cultura artificial nos deu, não, fizemos o inverso, passamos a valorizar a matéria, que nada é, como se tudo fosse, colocando a vida, que tudo é, em último plano.
E em assim fazendo, colocamos em risco nossa própria vida e a vida de todos os seres da natureza.
O apego à matéria aumentou nossa inconsciência.
A natureza, então, vendo que de nada adiantou a civilização, a fase do pensamento, houve por bem mudar de fase, ou seja, procurar outra forma de nos fazer entender a nulidade da matéria.
Providenciou, então, numa última tentativa para nos ACORDAR, uma fase superior, com esclarecimentos minuciosos sobre a vida de todos os seres (desde sua origem verdadeira até os dias de hoje) e que essa fase foi encomendada ao MUNDO SUPREMO, de onde tudo e nós viemos – a FASE RACIONAL.
A palavra RACIONAL em si já explica a grandeza dos conhecimentos que essa fase encerra, pois RACIONAL é pureza, limpeza e perfeição. E assim são os conhecimentos dessa nova fase em vigor na natureza: conhecimentos de pureza cristalina, ou seja, onde a verdade impera. De limpeza impecável, ou seja, sem mistificações. E de perfeição absoluta, ou seja, divinos.
Estes conhecimentos, para que chegassem até às mãos da humanidade, foram lapidados com o maior primor e cuidado pelos três poderes da natureza, e que de cima para baixo são: MUNDO RACIONAL, ASTRAL SUPERIOR e ASTRAL INFERIOR.
E antes de serem transformados em livros, foi preciso vir do MUNDO RACIONAL um Habitante desse Mundo Supremo, para que fosse preparado pela natureza aqui na Terra, com sensibilidade ímpar, ligada e harmonizada com os três poderes da natureza e todos os seus viventes, para que assim, com tal suprema sensibilidade, pudesse receber, com fidelidade, as mensagens ditadas pela SUPREMACIA RACIONAL.
E para que essas mensagens ditadas fossem transformadas em livros e distribuídas ao mundo, outras tantas milhares de providências foram tomadas, todas orientadas pelo MUNDO SUPERIOR, o MUNDO RACIONAL.
Bem, amigos, se formos detalhar aqui todo o trabalho que foi feito pela natureza junto aos TRÊS PODERES para que esse conhecimento chegasse às mãos de seus filhos, iríamos necessitar de uma fabulosa enciclopédia.
Estes livros, que englobam a cultura da nova fase, a Fase Racional, são os Livros Universo em Desencanto.
Trazem eles o conhecimento de retorno da humanidade ao seu verdadeiro mundo de origem, o MUNDO RACIONAL, por meio da ENERGIA RACIONAL, que é o que faz a ligação do ser humano ao MUNDO RACIONAL.
A ENERGIA RACIONAL são habitantes do MUNDO RACIONAL, que estão na Terra com essa missão de nos ligar ao MUNDO RACIONAL, através do desenvolvimento do raciocínio.
Com a entrada da ENERGIA RACIONAL na Terra, encerrou-se a fase do pensamento, encerrou-se a fase espiritual.
Os bons (habitantes invisíveis) dessa fase espiritual passaram para a Fase Racional, trabalhando junto ao ASTRAL SUPERIOR.
E os que não quiseram aderir à Fase Racional, aí estão na Terra para liquidação do animal Racional.
E, assim, ficaram reunidos os TRÊS PODERES para trabalhar pela recuperação do equilíbrio da humanidade. De cima para baixo: MUNDO RACIONAL, ASTRAL SUPERIOR e ASTRAL INFERIOR.
Vejam bem, amigos, que se trata de um momento muito sério da vida da humanidade.
Nossa imaginação não tem capacidade para aquilatar a grandeza do trabalho da Mãe Natureza e suas providências, para que o Livro Universo em Desencanto chegasse até nossas mãos para desenvolver o nosso raciocínio, como último recurso dela para nos fazer entender da urgência do nosso desprendimento da matéria.
Ora, são passados 75 anos. Quantas propagandas da CULTURA RACIONAL têm sido feitas ao longo desse tempo, que nem temos conta.
E com tudo isso, com toda essa imensa prova de amor da Natureza a seus filhos, apenas a minoria tem dado atenção às divulgações dos estudantes de CULTURA RACIONAL.
A Natureza não está nada satisfeita!
É preciso que todos nos dêem atenção e atendam às nossas recomendações, porque o que vem por aí não é nada agradável!
Nós não estamos aqui neste site e nos outros meios de comunicação por diletantismo e muito menos por brincadeira.
Cumprimos uma missão RACIONAL e dever humano de fraternidade de avisar a nossos irmãos semelhantes da URGÊNCIA do estudo destes Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto, para que as pessoas, de posse deste conhecimento cultural Racional, possam contar com a proteção dos TRÊS PODERES nas hecatombes que, inevitavelmente irão acontecer, para liquidar todos aqueles e aquelas que, por já estarem irremediavelmente comprometidos com a matéria e a ela TOTALMENTE ligados, não terão mais o privilégio de continuar na Terra como seres humanos, porque terão que resgatar essa dívida de opção pela matéria nas classes inferiores de animais irracionais.
Então, amigos, recapitulando tudo o que temos tratado nestes já mais de 3 anos no “A VERDAEIRA ORIGEM DA HUMANIDADE” e, em resumo do que seja raciocinar e pensar, esclarecemos:
Nesta fase primária da FASE RACIONAL, fase inicial, onde ainda estamos em desenvolvimento, RACIOCINAR é estar sendo orientado pelos TRÊS PODERES da natureza, por estar estudando e obedecendo todas as instruções dos Livros de Cultura Racional Universo em Desencanto, passando a se conhecer, pelo desenvolvimento do raciocínio, feito pelos Habitantes do MUNDO RACIONAL, a ENERGIA RACIONAL.
E pensar é estar vivendo sem essa orientação ou qualquer outra (por a fase do pensamento ter terminado), ficando com o pensamento cada vez mais enfraquecido, até secar, por não se conhecer, ficando por conta da energia magnética, que é mal puro, para sua liquidação.
Para ver que pensar é renegar o direito que DEUS deu a todos de raciocinar.
Raciocinar é o encontro com DEUS. E pensar é renegar DEUS.
E, por isso, o raciocínio une, porque o raciocínio é de DEUS. E o pensamento divide.
No raciocínio, a concórdia. No pensamento, a discórdia.
Concórdia, com coração.
Discórdia, sem coração.
Raciocinando está subindo para a vida eterna.
Pensando está descendo para as classes inferiores.
E o slogan certo de todos, deva de ser:
RACIOCINAR SEMPRE E PENSAR NUNCA!
ACORDA, MINHA GENTE, QUE O TEMPO É POUCO PARA O DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO!

www.universoemdesencanto.com.br
www.encontroracional.com.br

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

CHORA A MÃE NATUREZA!


Estamos mergulhados num mar de lama, que é a matéria.
O atraso, a falta de conhecimento da vida, fazendo com que valorizemos esse mar de lama como um mar de flores.
E é tão grande essa cegueira (porque todo atrasado, cego é), que invertemos o valor real da vida, tornando-o nossa própria morte.
Numa reflexão sobre os últimos acontecimentos dramáticos na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, chega-se à conclusão da iniqüidade da nossa civilização.
Uma civilização que se perdeu pelas aparências, civilização essa que foi criada arduamente pela Natureza Mãe, não para exaltação da matéria, mas, sim, para o desprendimento dela.
O ser humano perde sempre, devido à vaidade de se sentir dono de sua vida e do mundo, ao invés de reconhecer sua impotência e nulidade ante a Força Maior, que é a Natureza Mãe!
As águas caíram, como uma avalanche de lágrimas da Força Maior, que é a Natureza Mãe, por se ver obrigada a liquidar seus próprios filhos, que resistem aos seus chamados de atenção para enxergarem além do transitório e passageiro, que é a vida material.
E no mar de lama e de dor em que se transformaram as cidades serranas, lá ficou patenteado o desgosto de uma mãe zelosa, mal entendida, mal compreendida e muito mal amada.
Quantos choros mais serão necessários dessa Mãe Querida, responsável e benfeitora, que é a Natureza, para acordar esses infantes filhos que, incontinentes na idolatria material, ainda se acham no direito de questionar esse desabafo sofredor de uma Mãe que só faz amar, a troco da ingratidão?
Não é hora de pedir socorro!
Não é hora de reclamar, de chorar e muito menos de implorar!
É hora, sim, de pedir perdão à nossa Mãe Querida, que é a Natureza!
Hora mesmo de se envergonhar de tudo de inconseqüente que essa humanidade tem insistido em perseguir, ao invés de investir no amor ao próximo como a si mesmo e fazer o bem sem olhar a quem!
É exatamente aí que se encontra o nosso erro, onde o pensamento e a imaginação, ludibriando-nos através dos sonhos, das fantasias e das ilusões, vão conduzindo, sorrateiramente a humanidade ao culto do artifício e ao desprezo do natural.
A vida é boa, a vida é bela, quando voltada para o engrandecimento do ser e a desvalorização do ter.
Mas, a humanidade, julgando-se merecedora daquilo que não deva ter, cultua a prosa, a aparência, o egoísmo, a ambição e a ganância, passando por cima da VERDADE e alimentando a mentira para regalo de suas conveniências.
E o que é isso?
Atraso.
E o que é o atraso?
Falta de conhecimento verdadeiro da vida, falta de harmonia com a Natureza Mãe.
E quem são os culpados de tanta ignorância e falta de saber?
Os que não fazem caso do conhecimento que já na Terra está, onde, à disposição de todos indistintamente, há 75 anos, a Mãe Natureza vem transmitindo quem somos, de onde viemos e para onde vamos.
Chega desse atraso!
Chega dessa ilusão com tudo que parece ser e não é!
Chega desse encanto!
Acorda, minha gente!
Procurem estudar Universo em Desencanto!


www.universoemdesencanto.com.br
www.encontroracional.com.br
www.nalub7.wordpress.com.br

domingo, 16 de janeiro de 2011

NÃO ESTAMOS SOZINHOS NO UNIVERSO


AMIGOS QUERIDOS, ASSISTAM, POR FAVOR, ESTE VÍDEO QUE FALA DOS EXTRATERRENOS. SÃO ESSES HABITANTES OS DONOS DOS LIVROS UNIVERSO EM DESENCANTO.
E NÓS, ESTUDANTES DE CULTURA RACIONAL, TEMOS TIDO MUITOS CONTATOS COM ELES.
E POR ISSO RECOMENDAMOS, INSISTENTEMENTE, PARA QUE LEIAM ESTES SUBLIMES LIVROS, PARA QUE POSSAM TAMBÉM ENTRAR EM CONTATO COM ELES E SE BENEFICIAREM DA PROTEÇÃO E ORIENTAÇÃO DELES NAS PRÓXIMAS HECATOMBES QUE ESTÃO POR ACONTECER, DEVIDO A MUDANÇA DE FASE DA NATUREZA, PARA EVOLUÇÃO DA HUMANIDADE, A FIM DE QUE PASSEMOS DE ANIMAL RACIONAL PARA VERDADEIRAMENTE RACIONAIS, PARA QUE SEJA IMPLANTADA NA TERRA A CIVILIZAÇÃO MAIS LINDA, JAMAIS EXISTENTE ANTERIORMENTE, A CIVILIZAÇÃO DO 3º MILÊNIO, ONDE A CULTURA SERÁ A CULTURA RACIONAL, DE PAZ, AMOR, FRATERNIDADE E CONCÓRDIA UNIVERSAL, COM OUTROS PROCEDIMENTOS E ENTENDIMENTOS, PELO RACIOCÍNIO DESENVOLVIDO, QUE É A GLÂNDULA PINEAL.
PASSAREMOS A TRANSITAR NO ESPAÇO MELHOR QUE AS NAVES ESPACIAIS, NÃO VAMOS MAIS PRECISAR FALAR, POIS TODO CONTATO NOSSO SERÁ FEITO ATRAVÉS DO RACIOCÍNIO.
E POSSUÍDOS DA VIDÊNCIA RACIONAL, VENDO TODO O MUNDO REAL (QUE HOJE, PARA OS QUE NÃO DESENVOLVEM O RACIOCÍNIO, É O MUNDO INVISÍVEL) E, COM A VIDÊNCIA RACIONAL, VENDO NOSSOS IRMÃOS HABITANTES DO MUNDO RACIONAL QUE AQUI NA TERRA JÁ ESTÃO EM TODOS OS LUGARES, COMO TAMBÉM VENDO O MUNDO RACIONAL E NOS COMUNICANDO COM ELE E SEUS HABITANTES E O RACIONAL SUPERIOR, QUE É O VERDADEIRO DEUS, UM RACIOCÍNIO SUPERIOR A TODOS OS RACIOCÍNIOS E UMA ENERGIA SUPERIOR A TODAS AS ENERGIAS, HABITANTE DO MUNDO RACIONAL QUE DEU ORIGEM A ESTE SEGUNDO MUNDO DEFORMADO EM QUE VIVEMOS.
O MUNDO RACIONAL É O MUNDO DOS PUROS, LIMPOS E PERFEITOS, DE MASSA CÓSMICA PURA, LIMPA E PERFEITA, COM SEU PROGRESSO DE PUREZA E, POR ISSO, SÃO ETERNOS.
POR FAVOR, LEVEM A SÉRIO O QUE É DE SÉRIO. TUDO QUE APRENDEMOS ANTERIORMENTE EM TERMOS FILOSÓFICOS, CIENTÍFICOS E RELIGIOSOS FOI APENAS UMA PREPARAÇÃO, UM CURSO PRIMÁRIO, PARA QUE TIVÉSSEMOS UM MÍNIMO DE AMPLIAÇÃO DE CONSCIÊNCIA, AMPLIAÇÃO ESSA NECESSÁRIA PARA ACEITARMOS, ENTENDERMOS E COMPREENDERMOS UMA CULTURA SUPERIOR, QUE É A NOSSA CULTURA VERDADEIRA, QUE JÁ TIVEMOS UM DIA, ANTES DE SAIRMOS DO NOSSO MUNDO DE ORIGEM PARA DAR CAUSA A ESTE MUNDO ELÉTRICO E MAGNÉTICO, DO QUAL SOMOS OS CAUSADORES, POR MAL USO DO LIVRE ARBÍTRIO E DA EXPANSÃO DA VONTADE.
OS HABITANTES DO MUNDO RACIONAL ESTÃO NA TERRA PARA PROMOVER A EXPANSÃO TOTAL DA NOSSA CONSCIÊNCIA, A CONSCIÊNCIA POSITIVA RACIONAL, PARA QUE POSSAMOS RETORNAR AO NOSSO VERDADEIRO MUNDO DE ORIGEM, O MUNDO RACIONAL.
E POR ISSO, A FASE DO PENSAMENTO TERMINOU, PORQUE O PENSAMENTO É UMA FUNÇÃO DA MENTE INFERIOR, O PENSAMENTO É DA MATÉRIA, DO CHÃO, RAZÃO PORQUE NUNCA PODE NOS DIZER A VERDADE SOBRE QUEM SOMOS, DE ONDE VIEMOS E PARA ONDE VAMOS. E POR A FASE DO PENSAMENTO TER TERMINADO COM A ENTRADA DA FASE RACIONAL, A FASE DA ENERGIA RACIONAL (QUE SÃO OS HABITANTES DO MUNDO RACIONAL), ENTÃO, POR A FASE DO PENSAMENTO TER TERMINADO, O PENSADOR PERDEU O DIREITO DE VIVER, ENTRANDO EM DESEQUILÍBRIO MORAL, FÍSICO E FINANCEIRO, ESTE DESEQUILÍBRIO SENDO A CAUSA DA FALÊNCIA MORAL, FÍSICA E FINANCEIRA E ESSA FALÊNCIA CAUSANDO A LIQUIDAÇÃO MORAL, FÍSICA E FINANCEIRA.
COM O FIM DA FASE DO PENSAMENTO EM 1935, A NATUREZA DEIXOU DE ALIMENTAR O PENSAMENTO DOS PENSADORES. E POR FALTA DO ALIMENTO DA NATUREZA, O PENSAMENTO DE TODOS COMEÇOU A ENFRAQUECER. E DE TÃO FRACO, DE MUITOS O PENSAMENTO ESTÁ SECANDO. ESTES QUE ESTÃO COM O PENSAMENTO SECO, NÃO SENTEM MAIS O QUE FAZEM, PASSANDO A COMETER TODO TIPO DE MONSTRUOSIDADES, POR O SEU PENSAMENTO E SENTIMENTO ESTAREM SECOS.
E NINGUÉM SENTIU ESSA MUDANÇA DE FASE DA NATUREZA, DA FASE DO PENSAMENTO PARA A FASE RACIONAL, POR VIVEREM ARTIFICIALMENTE, OU SEJA, LIGADOS NA MATÉRIA, COMO SE A MATÉRIA FOSSE O SER REAL. E AÍ, NÃO SENTIRAM A ENTRADA DA ENERGIA RACIONAL NA NATUREZA, QUE SÃO OS HABITANTES DO MUNDO RACIONAL E, POR ISSO, PARA QUE TODOS TENHAM CONHECIMENTO DE QUE ELES JÁ ESTÃO NA TERRA TRAZENDO A CULTURA DELES (QUE É A NOSSA VERDADEIRA), A CULTURA RACIONAL, ENTÃO, ELES SE MATERIALIZAM DE DIVERSAS FORMAS E MANEIRAS, COMO PESSOAS ENTRE NÓS, COMO LUZES DE DIVERSAS CORES E MATIZES E COMO DISCOS VOADORES, MAS, NÃO QUE SEJAM OBJETOS METÁLICOS. SÃO CORPOS DE ENERGIA DE MASSA CÓSMICA PURA, LIMPA E PERFEITA E, POR ISSO, ETERNOS. TUDO ISSO, ESSAS MATERIALIZAÇÕES, PARA CHAMAR NOSSA ATENÇÃO PARA A NOVA FASE DA NATUREZA, A FASE RACIONAL, DO DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO QUE É A GLÂNDULA PINEAL.
ESSA CULTURA FILOSÓFICA, CIENTÍFICA E RELIGIOSA, AINDA ADOTADA AQUI NA TERRA, É PARA ELES DE UM ATRASO QUE NÃO TEM CONTA, MAS QUE ELES RESPEITAM E NOS ENSINAM A RESPEITAR, PORQUE ESSA CULTURA ARTIFICIAL PRIMÁRIA, FEITA PELO PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO FOI PRECISA E NECESSÁRIA PARA TIRAR NOSSA RUDEZ, BRUTALIDADE E UM ATRASO AINDA MAIOR QUE O ATRASO ATUAL, O QUAL JÁ TIVEMOS QUANDO ÉRAMOS SELVAGENS, TÃO SELVAGENS QUE CRIAMOS O DINHEIRO E A CRENÇA EM MILHARES DE DEUSES FRUTO DE NOSSAS IMAGINAÇÕES, QUANDO DEUS É UM SÓ. MAS, TUDO ISSO QUE O PENSAMENTO CRIOU FOI PARA NOS DIVIDIR, CONFUNDIR E LAPIDAR, ASSIM COMO TODOS NO MUNDO ESTÃO DIVIDIDOS, CONFUNDIDOS E, POR ISSO, VIVENDO UNS CONTRA OS OUTROS E DESTRUINDO UNS AOS OUTROS, POR CADA UM PENSAR DIFERENTE, QUERENDO IMPOR SUA IDEOLOGIA, E ONDE TODOS PENSAM DIFERENTE, NÃO PODE HAVER UNIÃO.
SÓ MESMO COM O DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO, FEITO PELOS HABITANTES DO MUNDO RACIONAL DURANTE NOSSA LEITURA DOS LIVROS DELES, UNIVERSO EM DESENCANTO, CONSEGUIREMOS NOS LIBERTAR DESSA ENERGIA NEGATIVA QUE É O PENSAMENTO, QUE NOS ACOMPANHA HÁ MILHÕES DE MILÊNIOS, COLOCANDO EM NOSSAS CABEÇAS TUDO QUE QUER QUE CRIEMOS E FAÇAMOS PARA NOSSA LAPIDAÇÃO (SOFRIMENTO) E DESTRUIÇÃO. E É POR ISSO QUE SEMPRE VIVEMOS UNS CONTRA OS OUTROS E DESTRUINDO UNS AOS OUTROS, PORQUE O PENSAMENTO DIVIDE, SENDO ESSA A SUA MISSÃO. O PENSAMENTO SÃO HABITANTES INVISÍVEIS DESTE CAMPO MATERIAL EM QUE NOS ENCONTRAMOS, DANDO UMA SURRA DE PAU NO PENSADOR, PARA QUE O PENSADOR SE DESPRENDA DA MATÉRIA, QUE É MAL PURO, É O PURO MAL.
E DE FORMA QUE SE A PESSOA CONTINUAR PENSANDO, CONTINUA LIGADA A ESSES HABITANTES INVISÍVEIS DO MAL (ONDE O BEM É APARENTE - AÍ ESTÁ O PERIGO).
E POR A FASE AGORA SER RACIONAL, O PENSAMENTO DEIXOU DE GOVERNAR O ANIMAL RACIONAL, PASSANDO SEU GOVERNO PARA A CLASSE DOS IRRACIONAIS. PORTANTO, SE A PESSOA CONTINUAR A PENSAR, CONTINUA LIGADA NESSAS DUAS ENERGIAS (HABITANTES) DO CHÃO, O PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO E, AO MORRER, QUE A MORTE É UMA TRANSFORMAÇÃO DE UMA VIDA PARA OUTRA E DE UMA FORMA PARA OUTRA, ENTÃO, CONTINUANDO LIGADA AO PENSAMENTO E À IMAGINAÇÃO, A PESSOA SE TRANSFORMA PARA A CLASSE DOS ANIMAIS IRRACIONAIS, PORQUE NÃO QUIS DESENVOLVER O SEU RACIOCÍNIO, QUE É UM HABITANTE DO MUNDO RACIONAL, QUE ESTÁ MATERIALIZADO EM NOSSAS CABEÇAS EM FORMA DE MÁQUINA DO RACIOCÍNIO.
E PARA A DESMATERIALIZAÇÃO DESSE HABITANTE DO MUNDO RACIONAL QUE ESTÁ MATERIALIZADO DENTRO DE NOSSAS CABEÇAS, SÓ COM A LIGAÇÃO À ENERGIA RACIONAL E QUE ISSO É CONSEGUIDO ATRAVÉS DO ESTUDO DIÁRIO, PERSISTENTE DOS LIVROS DE CULTURA RACIONAL UNIVERSO EM DESENCANTO, QUE SÃO ENERGIA RACIONAL MATERIALIZADA EM LETRAS.
FAÇA A PROVA DE SÃO TOMÉ, VER PARA CRER, MAS, NÃO SE DESCUIDE, PORQUE AGORA NESTA NOVA FASE DA NATUREZA, A FASE RACIONAL, A SUA SALVAÇÃO (QUE A PALAVRA CERTA É RETORNO À ORIGEM E, NÃO SALVAÇÃO) DEPENDE SÓ MESMO DE VOCÊ MESMO, DE QUE VOCÊ NÃO SE NEGUE O DIREITO DE SE CONHECER E CONHECER A VIDA VERDADEIRA, PELO DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO, FEITO PELOS HABITANTES DO MUNDO RACIONAL, NO ESTUDAR E REESTUDAR OS LIVROS DO PRIMEIRO MUNDO, O MUNDO RACIONAL, O MUNDO DOS ETERNOS.
UMA EXCELENTE SEMANA PARA TODOS! E AGRADECIDA PELA ATENÇÃO!
(Maiores informações sobre o assunto nos sites:
www.universoemdesencanto.com.br
www.encontroracional.com.br, com gravações de programas de rádio)
Tels. 0xx 21 3759-9000 e 0xx 31 2555-0054

sábado, 15 de janeiro de 2011

SEM PRECISAR PEDIR


SEM PRECISAR PEDIR


Minha gente, a natureza é de mudanças sucessivas. A própria mudança das estações, o nosso nascimento, crescimento e envelhecimento provam isso.
Assim como nascemos e crescemos e evoluímos, assim é a natureza: um ser vivo, do qual dependemos, pois fazemos parte dela.
Pois, então, procurem observar a natureza.
Ela, essa natureza diversificada, deformada, degenerada e poluída, teve também sua geração, seu nascimento, crescimento e evolução.
O que acontece agora, é que ela alcançou sua fase maior, sua maioridade.
Ela alcançou a fase em que sai da adolescência para sua fase adulta, a fase RACIONAL.
O que isso significa?
Significa que este ser, que é a natureza, está se despindo dos seus procedimentos inconscientes de adolescente, voltados para a matéria, voltando-se para o alto, para o seu lugar de onde saiu: o MUNDO SUPERIOR, a sua origem, o MUNDO RACIONAL.
Desprendeu-se da função unicamente material, visível e invisível, voltada para baixo, função transitória e passageira, onde governava através das irradiações elétricas e magnéticas do pensamento e da imaginação, para se ligar em sua função adulta, de reconhecer e se voltar à sua gênese verdadeira, onde começa sua jubilosa trajetória para retorno à sua origem.
E, assim, passou a ter ação através de sua função, não transitória, função essa de sua própria reconstrução para alcançar a eternidade.
Passou, portanto, a natureza, a raciocinar, ou seja, a saber como voltar à vida eterna.
Ora, sendo nós, gerados, criados, mantidos e governados por ela, somos obrigados por ela, por bem ou por mal, a adotar o mesmo comportamento.
Por bem, procurando compreender e colaborar com ela nessa nova função, aceitando essa nova função com alegria e gratidão.
Por mal, sendo lapidados por ela, levando surras e mais surras até aceitar a nova realidade e, se não aceitarmos, sendo destruídos por ela, para que não sejamos um obstáculo à sua ascensão e retorno à vida verdadeira, a vida eterna.
E assim é que a natureza mudou de fase, da fase do pensamento para a fase do desenvolvimento do raciocínio, a Fase Racional. E nós somos obrigados também a realizar a mesma mudança, cada um em si mesmo.
Mas, como a vontade é livre, os que não aceitarem essa mudança, serão conduzidos às classes inferiores de animais irracionais, classes essas onde esses renitentes pensadores passarão sete eternidades de sofrimentos horríveis, para resgatar a hedionda dívida de não querer aceitar nossa origem verdadeira, seu habitat natural, o MUNDO SUPREMO, Dono ABSOLUTO de tudo e de todos.
Portanto, minha gente, saímos da fase do pensamento e passamos para a fase em que vamos aprender a raciocinar, saindo da fase inconsciente para a fase consciente, a fase onde vamos aprender a resolver, nós mesmos, todos os nossos problemas, através do desenvolvimento do raciocínio.
Mas, para isso, para aprender tudo isso, nossa bondosa Mãe Natureza nos está transmitindo todo esse saber, de verdade das verdades, através dos Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto.
E então, como vamos dar solução a todos os nossos problemas?
Seguindo as orientações que nos são dadas do MUNDO SUPREMO, o MUNDO RACIONAL, nos Livros Universo em Desencanto.
E em seguindo à risca essas magnânimas orientações, nossa função Racional, que está adormecida no centro de nossa cabeça, na mente superior, na glândula pineal, começa, muito naturalmente, sem que percebamos, começa a entrar em ação, ajustando nosso ser às leis naturais da natureza e nos reconduzindo à nossa origem verdadeira, a vida eterna, dos puros, limpos e perfeitos, com seu progresso de pureza.
Mas, antes da entrada da Fase Racional, quando ainda vigorava a fase do pensamento, vivíamos como cegos de olhos abertos, olhando para o mundo e sem conhecer sua causa, sua origem e sua base, olhando para nós próprios e pensando que éramos mesmo animais Racionais, desconhecidos de nós mesmos, sem saber de onde viemos, como viemos, para onde vamos e como vamos. E tudo isso, por desconhecer que tínhamos ainda a desenvolver a parte mais sublime da vida, o ponto fundamental da vida eterna: o raciocínio, onde está toda a solução da nossa vida e da vida eterna.
E por causa desse desconhecimento do nosso verdadeiro ser, o raciocínio, não tínhamos poder algum de solução dos nossos problemas.
Daí, termos vivido, por 21 longas eternidades, a fase de pedintes.
A impossibilidade de resolver nossos próprios problemas nos levava a pedir, a implorar, devido o grande sofrimento que essa falta de sabedoria nos causava e ainda causa a todos que ainda estão pensando.
E, assim, pedíamos, rezávamos, implorando aos santos, a forças do campo espiritual para nos valer ou nos dar um paliativo para tantos sofrimentos. Até promessas fazíamos, cujos cumprimentos muitas das vezes nos traziam grandes sacrifícios morais, físicos e até financeiros.
E as milhares de novenas pedindo socorro! Quanta lapidação, para hoje resultar nesse mundo completamente desequilibrado, onde a violência, o desrespeito, o terror, as guerras e as doenças fizeram morada, sem contar as tragédias naturais, que ceifam vidas preciosas.
Mas, como éramos cegos de olhos abertos, não sabíamos resolver nós próprios os problemas por nós mesmos criados, pois éramos guiados pelo pensamento inconsciente. Portanto, tudo isso foi muito válido para amenizar nossa dor temporariamente e nos acalmar na esperança de dias melhores.
E, assim, só sabíamos pedir, implorar, porque ainda não havia chegado a Fase Racional, vigorava a fase do pensamento, e o pensamento nos fazia de ferramentas para criar o nosso próprio sofrimento.
Mas, felizmente, chegou a Fase Racional e, com ela, terminou a fase espiritual. Na fase espiritual, as forças a ela pertinentes contemporizavam e amenizavam nossas aflições, já que soluções definitivas também não tinham, porque essas forças espirituais também não se conheciam, tal como nós, e não conheciam a origem do tudo existente, atribuindo tudo a mistérios de DEUS.
Quando sabemos que DEUS VERDADEIRO é VERDADE e onde existem mistérios, não existe a verdade e não existe DEUS, porque DEUS é a SABEDORIA ABSOLUTA, não tem mistérios.
Portanto, com a entrada da Fase Racional, a fase consciente e positiva, a fase de retorno à eternidade, precisamos e necessitamos sair da condição de pedintes, porque já está na Terra a solução de todos os nossos problemas, dos nossos negócios e de nossas vidas, pelo desenvolvimento do nosso raciocínio, nos Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto.
Somente o que falta agora é todos nós nos conscientizarmos disso e de que já estamos em plena fase de aparelhos Racionais, bastando apenas que providenciemos a ligação dos nossos aparelhos à energia da Nova Fase, a ENERGIA RACIONAL, para começarmos a aprender a resolver, nós mesmos, todos os problemas de nossas vidas, criados por nós mesmos, como robôs do pensamento e da imaginação, essas duas energias de função única de lapidação e destruição e, não, de salvação.
Essa condição superior de consciência positiva Racional, que torna possível nossa libertação definitiva de escravos do pensamento e da imaginação, será muito naturalmente adquirida, apenas no estudar e reestudar os Livros de CULTURA RACIONAL, Universo em Desencanto, tornando-nos poderosos para conosco mesmos, por nos tornar aptos a resolver todos os problemas de nossas vidas. Aí passamos de viventes pedintes a viventes eternamente gratos.
Na medida em que nosso raciocínio vai se desenvolvendo, todas as orientações precisas e necessárias para o nosso equilíbrio moral, físico e financeiro, serão transmitidas pelos Habitantes do MUNDO RACIONAL e pelo RACIONAL SUPERIOR, por estarmos ligados à ENERGIA RACIONAL, que é a energia do VERDADEIRO DEUS.
Quanto mais horas a pessoa estuda a CULTURA RACIONAL, mais ligada se torna à ENERGIA RACIONAL, e mais orientações certas e definitivas dos seus problemas essa pessoa passa a receber. Até que, depois do raciocínio completamente desenvolvido, a pessoa se desliga completamente dos grilhões da matéria, em vida, deixando de ser robô do pensamento e da imaginação e passando a ouvir a voz do raciocínio, dentro de sua cabeça, dia e noite e noite e dia.
E essa voz do raciocínio é completamente diferente da voz do pensamento. A voz do pensamento é pesada feito um bate estaca, chega e fica batendo forte no cérebro.
Muitas das vezes queremos nos livrar do pensamento e não conseguimos, por ser uma atuação muito pesada, tão pesada e maléfica e tão perturbante, que faz com que muitas pessoas não consigam dormir.
Agora, a voz do raciocínio é leve, suave, nos acalma, nos equilibra e nos dá paz!
E para ouvirmos a voz do raciocínio, é preciso que estejamos em dia com a leitura dos Livros Universo em Desencanto.
E assim, Amigos, pelo exposto, fica esclarecido o porquê que nesta fase em que vivemos, a FASE RACIONAL, não adianta pedir e, muito menos, implorar. Pois, tudo que precisamos e necessitamos nos é dado pela Natureza, muito naturalmente, desde que façamos por onde. E o fazer por onde se resume no estudo diário da solução que já nos foi transmitida por nossa Mãe Natureza, e que essa solução se encontra nos Livros de CULTURA RACIONAL, Universo em Desencanto.
Estando em dia com o estudo de CULTURA RACIONAL, estaremos aptos a captar com fidelidade, todas as orientações que a Natureza está transmitindo em todas as cabeças para a paz, a saúde e o equilíbrio geral de todos.
Mas, como muitos se renegam a se conhecer pela CULTURA RACIONAL, não tem acesso a essas orientações. E, por isso, continuam a pedir e a implorar em vão, porque essa fase de pedintes encerrou com o término da fase do pensamento, ficando o pensador sem ter com quem contar nem onde se agarrar, num “salve-se quem puder e se puder”, razão de uns contra os outros e destruindo uns aos outros, que é o que mais se observa nos dias de hoje, porque querem continuar pensando, na fase do desenvolvimento do raciocínio. E, aí, ficam contra a fase em vigor na natureza, a Fase Racional, entrando em liquidação e perdendo o direito de viver.
É, pois, necessário e urgente assumirmos, com firmeza, a nossa condição de Racional e sairmos da condição de pedintes.
Racional é consciente, sabe que não adianta pedir, porque tudo vem no seu tempo certo.
E o tempo certo é aquele em que a pessoa já se encontra devidamente amadurecida RACIONALMENTE para receber isso ou aquilo sem se desequilibrar moral, física ou financeiramente.
Mas, se pelo costume de pedir, não conseguimos ficar sem pedir, então peçamos:
sabedoria para sabermos viver bem com nossos irmãos;
sabedoria para promover a união, o amor, a paz, a fraternidade e a concórdia universal;
sabedoria para que a gente consiga ver, ouvir e calar;
finalmente, sabedoria para entender as orientações que nossa Mãe Natureza nos transmite, através de nós mesmos ou de terceiros, mas que, na maioria das vezes, deixamos passar sem perceber, por não termos sabedoria suficiente para ouvir a voz do nosso raciocínio.
Enfim, vamos pedir sabedoria para que saibamos viver racionalmente, na certeza de que alcançaremos tudo que precisamos no devido tempo, sem precisar pedir.

Colaboração de Wilma Fernandes, Rio – RJ

www.universoemdesencanto.com.br
www.encontroracional.com.br
http://origemverdadeira.blogspot.com
http://nalub7.wordpress.com

domingo, 9 de janeiro de 2011

ACORDA, MINHA GENTE!

Minha gente!
Quanto temos falado sobre o desenvolvimento do raciocínio!
Quanto temos recomendado a todos o desenvolvimento do raciocínio!
E somos muitos, não poucos, pelo mundo inteiro, alertando à humanidade para esta nova fase da Natureza, em que todos que se ligam a ela encontram a tranqüilidade de um viver sem barreiras. Um caminhar dentro de uma consciência positiva e, por assim ser, um caminhar natural, calmo, benfazejo e libertador dos grilhões da matéria.
A matéria é um mal. Mas, um mal necessário até que se complete nossa verdadeira compreensão RACIONAL da vida.
Mas, apesar de nossos persistentes e pacientes esforços para dar a todos o entendimento da grandiosidade dessa gloriosa Fase Racional (do desenvolvimento do raciocínio), olhem bem para o mundo como está: a humanidade ainda desunida e caminhando como cabras cegas, sem saber o que está fazendo, sem saber como pisa, por teimar em NÃO SE CONHECER.
Chegamos, assim, à conclusão, que não temos sabido esclarecer a contento, apesar dos nossos desprendidos esforços nesse sentido, divulgando dia e noite e noite e dia os Livros da Mãe Natureza para o SE CONHECER pelo desenvolvimento do raciocínio.
Divulgação que não tem dia nem hora, nem sol, nem chuva, nem tempo, nem distância e, muito menos, sem nos importar com as despesas para essa divulgação.
Como sensibilizar nossos irmãos semelhantes para a seriedade e urgência do SE CONHECER?
Vamos procurar aqui e agora mostrar-lhes como é imprescindível passar a SE CONHECER, para que a própria Natureza se equilibre e não tenha mais necessidade de nos lapidar.
Lapidar é fazer sofrer, até reconhecer que não podemos remar contra as correntezas, ou seja, não podemos caminhar em desarmonia com as leis naturais que regem todo o universo em que vivemos.
Olha, minha gente, pode uma pessoa passar temporada, longa ou não, na casa de alguém sem respeitar a casa desse alguém?
Para responder a essa pergunta, coloque-se no papel de anfitrião que está hospedando um semelhante seu.
Bem, naturalmente sua casa tem as normas e os costumes que você determinou para o bom andamento de sua família e a conseqüente harmonia do seu lar.
Pois é, agora calcule como você se sentirá se esse hóspede, que você recebeu com todo respeito e carinho, começar a mudar tudo em sua casa, sem lhe consultar e, mais, começar a dirigir e comandar a sua casa e sua família como se fosse o dono delas.
Você vai gostar?
Claro que não, porque tudo vai se desandar!
Desandar, sim, pois esse hóspede não sabe o porquê das normas e costumes de sua casa que, com muita luta, esforço e paciência, você conseguiu implantar junto aos seus para harmonia da família e bom andamento da organização da sua casa.
Portanto, ante o desrespeito do hóspede, que desconhece as leis que implantou em sua casa, num esforço em prol da sua família, então, ante esse desrespeito, sua pessoa não vai ficar nada satisfeito ou satisfeita e vai começar a desejar que aquele hóspede retorne para de onde veio.
E se esse hóspede é muito abusado, sem desconfiômetro, com certeza você começará a fazer de tudo para que a estadia do hóspede deixe de ser uma estadia agradável, até que esse hóspede se conscientize de seus abusos, respeite as normas familiares que você determinou para sua casa e conclua que o melhor é ele retornar para de onde ele veio.
Bem, minha gente, assim somos nós neste mundo em que vivemos: somos hóspedes.
Mas, uns hóspedes muito inconscientes, abusados, por nos acharmos donos deste mundo onde estamos há muitos milhões de milênios, sem conhecimento algum das leis naturais deste mundo, que já encontramos pronto! Achando sempre que tudo é nosso, até as pessoas, por vivermos completamente desconhecidos de nós mesmos e da Natureza que nos gera, cria, mantém e governa.
Vivemos, assim, uma vida de bichos, ambicionando tudo de material, por grande obscuridade do espírito.
A matéria é um ser e um estado provisório, sendo que o nosso ser verdadeiro não é material, nem provisório: é eterno!
Portanto, não somos daqui deste mundo material. Estamos aqui de passagem, razão porque daqui nada, nem ninguém levaremos conosco.
Enquanto não nos conscientizarmos disso, essa grandiosa anfitriã, a Mãe Natureza, dona de tudo e de todos, vai tornar nossa vida cada dia mais difícil, cheia de sofrimentos, lágrimas e dores, até que acordemos deste sono de pedra, deste sono material.
A Natureza, essa bondosa anfitriã, que vem nos aturando há milhões de milênios, está muito cansada de nos dar sempre tudo de graça e somente receber a grosseria e a ingratidão de nós, seus hóspedes, bem como o hediondo e milenar desrespeito às suas leis naturais, vivendo nós como verdadeiros parasitas dela.
E, por isso, cansada de assistir tanta inconsciência, a Natureza trouxe para nós o conhecimento dessas leis, que congregam a cultura natural dela, a Cultura Racional, que é completamente diferente dessa cultura artificial que criamos pela nossa vontade de querer fazer melhor e mais do que a Dona de todas as vidas, a Natureza.
Essa magnânima anfitriã, de tão bondosa que é, fez todas as nossas vontades, respeitando nosso livre arbítrio, a ponto de atender nossos desejos absurdos de criar coisas contra ela própria, assim como os instrumentos bélicos e a bomba atômica.
E, assim, é que foi criada a cultura artificial, filosófica e científica, irradiada pelo pensamento e a imaginação, cujas conseqüências têm degenerado, têm deformado e têm poluído toda a Natureza, inclusive nós.
Cansada, sim, muito cansada a Natureza está. E a prova desse cansaço é ela ter mudado de fase, da fase do pensamento, onde alimentava nossos desejos, ambições, sonhos, ilusões e fantasias, mudando para a Fase Racional, onde ela, através do desenvolvimento do raciocínio, nos ensina, pela derradeira vez, suas leis naturais, desvendando todos os mistérios, fenômenos, finitos e transfinitos e ainda nos revelando nossa e sua verdadeira origem.
E o que isso significa para a humanidade?
Significa o fim da classe do animal Racional e o início da evolução humana para a classe de Racional, deletando essa parte animal embrutecida, grosseira, atrasada, que, por viver desconhecida de si mesma, nunca respeitou as leis naturais da casa em que está de passagem, que é este mundo material.
Então, minha gente, essa mudança de fase da Natureza é o BASTA dela aos abusos do animal Racional, dando uma decisão em todos nós: “RACIOCINE! PARE DE PENSAR, SENÃO LIQUIDO VOCÊ!”
E nesse cansaço milenar a Natureza já não suporta mais os abusos; ainda mais quando já nos deu a solução do nosso desequilíbrio pelo desenvolvimento do raciocínio na CULTURA RACIONAL – e vê a grande maioria sem interesse algum pelo presente que nos deu e sem ao menos curiosidade de averiguar de que se trata.
Essa a razão dessa situação tenebrosa no mundo inteiro, de tantas hecatombes, monstruosidades e destruições pavorosas: a Natureza cansada, está liquidando todos aqueles que não querem SE CONHECER, nem conhecer as leis naturais da Natureza.
Situação essa que vai crescer assustadoramente, enquanto todos não passarem a SE CONHECER pelo desenvolvimento do raciocínio.
Livre dela, dessa situação horrorosa, apenas estarão os corações humildes que acataram e estão acatando as recomendações e advertências dessa paciente e bondosa anfitriã, que é a Natureza, que desde 1935 está a nos dizer:
“Quem és tu, que a ilusão é tanta, incapaz de definir o teu eu?!”
“Raciocine, porque a fase do pensamento terminou e o pensador perdeu o direito de viver.”
“Leia e releia os Livros de Cultura Racional Universo em Desencanto, a cultura natural da Natureza, para não descer para as classes inferiores do animal irracional, porque a Natureza é de transformações.
Raciocinando se transforma para cima e retorna à sua verdadeira origem, no seu verdadeiro estado natural de energia pura, limpa e perfeita.
Pensando se transforma para baixo, continua na matéria como bicho irracional, porque na Natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma de uma vida para outra e de uma forma para outra, porque a Natureza é de transformações!”
Acorda, minha gente, que ainda há tempo de SE CONHECER!

www.universoemdesencanto.com.br
www.webradio.universoemdesencanto.com.br
www.programaavozracional.com.br
www.boanoitebrasilracional.blogspot.com
www.encontroracional.com.br

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

SALVE O DIA DE REIS


O dia de hoje, 06 de janeiro, é de uma sublime importância para a vida humana; lamentável que a humanidade, em sua maioria, desconheça isso.
Muito, muito além deste universo eletromagnético em que vivemos, nas esferas invisíveis quase perfeitas, encontra-se a dimensão alcandorada do ASTRAL SUPERIOR, onde a energia é superior à energia elétrica e magnética: a ENERGIA MEDIADORA CONSCIENTE.
Lá se encontra um outro mundo, intermediário entre o mundo em que vivemos e o MUNDO SUPREMO. E é lá que habitam os reis do universo, desconhecidos da maioria da humanidade, mas que são os responsáveis pela evolução já alcançada por muitos viventes aqui na Terra, principalmente por alguns monges do Tibet.
São esses reis, os verdadeiros reis da bondade, simplicidade, amor e fraternidade, que há milhões de milênios trabalham para a recuperação do equilíbrio da humanidade, tendo sido, através deles que foi possível a chegada na Terra da cultura do MUNDO SUPREMO, o MUNDO RACIONAL, ao qual já estão ligados.
E não fossem eles, intermediários do MUNDO RACIONAL, jamais teria sido possível se iniciar na Terra a FASE RACIONAL, a fase do desenvolvimento do raciocínio, que é a glândula pineal.
A humanidade perde por demais em não conhecê-los, pois a eles tudo devemos de bom e de melhor em termos de espiritualidade superior.
Quem não os conhece, não tem como homenageá-los neste dia, a eles reservado, com justa razão.
Qualquer homenagem que a eles façamos, por mais grandiosa que nos pareça ser, não passará de uma pálida homenagem aqueles que trabalham silenciosamente dia e noite, noite e dia, para restabelecimento da paz na Terra.
Mas, o que eles querem e que a eles satisfaz plenamente, é tão somente que cada ser humano não se negue o direito de se conhecer pelo desenvolvimento do raciocínio, estudando e divulgando a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto, a cultura natural da verdadeira natureza, o MUNDO RACIONAL, cultura essa que nasceu na Terra das mãos desses magnânimos Reis do UNIVERSO, a quem, com todo nosso carinho e respeito, humildemente externamos nossa eterna gratidão!
Salve o DIA DE REIS!


www.universoemdesencanto.com.br