Follow by Email

quinta-feira, 25 de junho de 2009

2012, o FIM DO MUNDO? NÃO E, SIM, UMA GRANDE TRANSFORMAÇÃO!


Tanta apreensão quando se trata de 2012! O que, na verdade, está acontecendo no mundo?
Bem, para explicar isso, é preciso lembrar que o Universo em que vivemos é um mundo em transformações e tudo que nele existe, são vidas em transformações, sendo tudo energia transformada em seres, de diversas e diferentes formas.
Cada vida existente é um protótipo deste mundo ao qual pertence, é como se fosse um mini Universo: gera, nasce, floresce, alcança sua vida adulta, envelhece e se transforma em nova vida e, assim, sucessivamente, por serem energias que se transformam em forma de seres de várias espécies, componentes desta grande máquina que é o universo.
E por que se transformam? Porque estão fora do seu estado natural, original, estão deformadas, degeneradas, poluídas e enfraquecidas e, através das transformações, estão caminhando para retornarem ao seu verdadeiro estado natural de energia pura, que foi e que deixou de ser, por terem adotado procedimentos não correspondentes às leis naturais do Universo original de onde vieram, do Universo RACIONAL, que é a mesma coisa que NATURAL.
A deformação, degeneração e o conseqüente enfraquecimento é, em si, uma prova evidente de que o NATURAL, o RACIONAL, é o PODER DOS PODERES, uma lei universal que faz com que tudo que desvirtue do seu ser, retorne a ele, através das transformações.
Então, RACIONAL NUNCA DESVIRTUA DO SEU SER!
Nas transformações tudo que diverge do natural vai se deformando, degenerando, enfraquecendo e se transformando de formas sucessivas, até diminuir e desaparecer o que diverge desse natural, ficando apenas a essência natural, retornando, assim, ao estado ORIGINAL.
É o que vem acontecendo com o Universo deformado em que vivemos, com todos os seres nele existentes.
Por a humanidade não conhecer isso e não conhecer o que é natural, mantém-se apegada a tudo que é de material, como se a matéria fosse o estado natural. E, assim, sofre as conseqüências de viver apegada às aparências, tendo criado uma cultura artificial, que alimenta as aparências, enfraquecendo, cada vez mais o entendimento da vida como ela é, ficando contra a sua própria natureza. E ficando contra a sua própria natureza, tem que sofrer sempre, transformando-se sempre para pior em tudo, cada um de um jeito e de uma forma, onde todos pensam diferente, vivendo uns contra os outros e ninguém tendo RAZÃO (porque já perderam todos, há muito, a visão correta da vida, a visão NATURAL, RACIONAL).
A natureza, como um todo, já adquiriu uma consciência RACIONAL, já amadureceu, porque fez por onde ter esse amadurecimento. Como fez por onde? Gerando, criando, mantendo e sustentando tudo e todos, indiferente à ingratidão de todos, que não a conhecem, nem se interessam em conhecê-la, não a respeitam, sugando-a como parasitas monstruosos e impiedosos. A natureza provou e comprovou seu comportamento RACIONAL de fazer o bem sem olhar a quem. Sustenta ricos e pobres, maus e bons, analfabetos e acadêmicos, humildes e orgulhosos etc.
Reconhecido o seu comportamento, pelo Universo Original, o Mundo de Origem de tudo e de todos, dado lhe foi o amadurecimento.
Então, o Universo, o Mundo em que vivemos, este ser, entra agora (e isso desde 1935) numa fase áurea de consciência plena, positiva, a Fase Racional, onde tudo e todos que divergem das leis naturais que regem o universo, entram em liquidação e destruição, porque a Natureza, agora amadurecida RACIONALMENTE, não admite mais ser algum vivendo artificialmente, ou seja, fora das leis naturais que regem o Universo para manutenção do equilíbrio de tudo e de todos.
Por outro lado, todos que provam, com seu comportamento, que estão amadurecidos paralelamente à Natureza, são protegidos por ela, guardados por ela e premiados por ela com a consciência positiva sobre a vida e todos os seus pertences, visíveis e invisíveis, alcançando o tirocínio da RAZÃO de tudo e de todos, desenvolvendo o seu raciocínio (Terceiro Olho, Glândula Pineal ou Epífise), que estava embrionado, embargado o seu desenvolvimento, com tudo de artificial que a humanidade criou, por não se conhecer, por não conhecer as leis naturais que regem o Universo, ficando o raciocínio paralizado.
Em 2012, a Natureza providenciará, como já vem providenciando, uma limpeza maior em todo o Universo. A maioria de tudo que nos é prejudicial, prejudicial ao raciocínio, será destruído. Por outro lado, tudo que condiz com o raciocínio será preservado, alimentado e fortalecido. Então, é uma mudança para melhor e, não, para pior.
E aqui no mundo já se encontram meios de se engrandecer RACIONALMENTE, para se caminhar paralelamente à nova e brilhante fase da Natureza, a Fase Racional, que põe fim na classe de animal Racional, para a entrada da fase de Aparelho Racional, ou seja, o ser humano ligado à Natureza, comunicando-se com ela, por caminhar paralelamente à ela.
Que meios são esses? Sim, porque ainda há tempo de se engrandecer, apesar de que o tempo é pouco. Esses meios todos encontrarão na cultura natural da Natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto, ditados pelo UNIVERSO SUPREMO, o MUNDO RACIONAL, aos habitantes aqui da Terra.
Portanto, a hora não é de apreensão e, sim, de muito estudo e satisfação, por ter entrado na Natureza a fase Racional, a fase mais linda da Terra, onde todos terão uma só compreensão, onde todos se entenderão, pelo desenvolvimento do raciocínio. E a Terra será um VERDADEIRO PARAÍSO RACIONAL!

Nenhum comentário: