Follow by Email

sábado, 19 de junho de 2010

A RACIONALIZAÇÃO


A FASE DA RACIONALIZAÇÃO
QUE FASE É ESSA?

I PARTE
Salve pessoal!
Ultimamente, as pessoas que lêem postagens de divulgação Racional, têm perguntado,
insistentemente, sobre este assunto: “A Fase da Racionalização”. Diversas questões têm sido formuladas querendo saber mais sobre quando será isso e de que forma poderá se viabilizar neste Mundo, tal Fase. Querem saber quando vai começar e de que forma isto se concretizará entre os Povos.

Buscando repassar um pouco mais dessas noções sobre os andamentos do novo conceito evolutivo natural da Natureza, tendo sempre por referência as interpretações até aqui feitas dos estudos do conteúdo dos livros de Cultura Racional; então vejamos o que segue.

Observamos pela narrativa da Cultura Racional que, desde o princípio da existência humana numa Natureza de transformações, já estava montado todo um Plano Estratégico visando o nosso retorno ao nosso estado de ser natural verdadeiro.

Então, uma pergunta comumente feita tem sido esta: “Ué! A gente sendo ‘Ser Humano’, cada qual que assim é, já não está em nosso verdadeiro estado natural de ser?”.

A Cultura Racional a respeito desta questão, ela nos diz que devemos nos reportar ao antes da existência de tudo que existe. A classe de animal Racional ela existe. Mas, é preciso considerar o antes de ser animal Racional, o que era. E era corpo Racional em extinção. Era a classe de Racional que vinha perdendo virtudes de sua formação corpórea e degenerando.

Então, ao final daquela degeneração, deu-se a extinção. E dali foi que veio a transformação da classe extinta de Racional para a classe de animal Racional. A extinção do corpo Racional em cima de quando era o início da formação da primitiva matéria, fez com que uns tantos Seres que saíram do Mundo Racional progredindo por conta própria, perdessem a vida de Racional. Ou seja: não houve o extermínio da vida e sim, a extinção forma de ser de Racional, que é a forma corpórea do verdadeiro natural de ser. Foi, portanto, uma extinção que se deu fluidicamente.

Dali foi que surgiu o Projeto Ser Humano. O princípio da formação do Ser Humano que, tinha forçosamente que passar pela origem verdadeira, ou seja: o principiar da existência dessa formação de um corpo humano. Mas, o propósito era o seguinte: “dar prosseguimento à vida Racional, devido à extinção de todos aqueles corpos; uns tantos deles, em cima da massa da Planície Racional e outros tantos, em cima da Resina expelida pela Planície”.

Nada, daquelas Eras, era como é agora, nesta Natureza hoje deformada de todo. Ali era o principiar de toda esta deformação em transformações. E esta é uma informação que interessa indistintamente a todo e qualquer Ser Humano, a cada um de nós; pois a narrativa dessas passagens, diz respeito diretamente à origem do seu Ser, de nosso Ser. Por isso, vamos nos debruçar um pouquinho mais sobre este esclarecimento do que somos. O que somos? Um Racional, cada qual o é; mas, com forma de animal.

Olhe que estamos falando aqui de dois aspectos da maior importância. Um deles é a razão de o porquê desta vida; e, o outro é: o porquê esta vida, a vida da matéria, termina num abrir e fechar de olhos, numa breve duração. A resposta é que “esta não é a verdadeira vida; e sim, a vida Racional o é.”. E vamos prosseguir na 2ª Parte.


A FASE DA RACIONALIZAÇÃO
QUE FASE É ESSA?

II PARTE

Voltemos ao princípio da forma humana; de quando tudo era ainda, Energia Racional; mas, já degenerada e em deformação. Massas corpóreas de Energia Racional, a carcaça dos extintos em cima do primitivo chão, servindo de fôrma para urdir, por meio de microrganismos em estado de Energia, a formação de uma massa humana incubada no próprio chão. E a máquina humana foi fecundada pela razão de terem uma origem eterna, que é a origem de Racional. Foram feitos organismos microviventes até hoje invisíveis para qualquer lente de enorme alcance micrométrico, cada um na sua categoria, todos eles incumbidos de seu setor orgânico, mediante uma arte natural, de sua própria natureza.

Devido à extinção dos corpos anteriores, tinha que vir outra forma de vida, porque a forma de vida anterior deixou de existir, os corpos Racionais. A solução encontrada, para projetar a máquina humana, foi a de descrever o Mapa da Formação do Corpo Humano através de um senso geográfico Racional; já que todos os arquitetos, Donos desta formação, até hoje estão aqui presentes, para que cada qual dê as suas explicações.
Portanto, não se trata de alguma balela; posto que, os comprovantes Racionais estão aqui mesmo, presentes em você, mas em estado latente, precisando ser desenvolvidos a fim de lhe dar o testemunho, pessoal e universal, de que se trata de uma verdade maior. Ou ainda, a maior das verdades dando-lhe a conhecer: a causa de toda a realidade e não apenas, de sua realidade pessoal.

E caso você pergunte: “Comprovantes Racionais, presentes em mim mesmo? Como assim?” Cabe responder que: trata-se da base (o raciocínio desenvolvido ligando o Ser Humano ao Mundo Racional) e da lógica (a vidência Racional desenvolvida para que o Ser Humano possa ver os Habitantes do Mundo Racional, no Mundo Racional). E uma vez sendo assim conhecido o Mundo de nossa Raça, então a pessoa sabe como voltar para ele. E isso passa pela Imunização Racional, a ligação do Ser Humano ao Mundo Racional, feita essa ligação pela Energia Racional que está governando a Natureza nesta Fase Racional.

Desde quando foi fecundada a máquina Humana; mas projetando-a, para que compusesse uma máquina Racional, com todos os microviventes seminais, feitos em estado de Energia pela Razão Racional e, em obediência a uma Planta Racional do corpo. Uma vida material com todos os órgãos necessários; porque, já foi formada com o objetivo de que viesse a nascer e se tornasse, com o tempo, uma vida entendida das coisas e entendida do seu Ser. Era para que pudesse nascer e compreender o seu Ser, a fim de que possa voltar ao seu verdadeiro Mundo de Origem, o Mundo Racional.

Mas, essa vida transformada de seu verdadeiro Ser, tendo sido feita de matéria (o seu acidente) ia fatalmente, demorar muitos períodos em estado de coma consciencial, envolvida na matéria, desconhecendo a sua origem de Racional e julgando e pensando que a matéria tivesse sido a sua verdadeira origem. Então, ia ficar uma vida Encantada. Aprisionada ao magnetismo da mecânica da geração e formação da matéria. E a matéria ia acabar se constituindo numa ilusão que provém do nada para revir ao nada.

De um ínfimo líquido seminal – um nada – ia ter constituição uma vida degenerada para dar o simbolismo de um tudo aparente, que é mero efeito simbólico da deformação; já que a matéria, ela por si mesma, não podia fazer o corpo sem que existisse uma causa. O papel exercido pela matéria, foi de coadjuvante do Q.I. da vida. Foi a Energia do Habitante do Mundo Racional, materializado em forma de máquina do raciocínio, foi o que deu constituição a esta vida de Animal, a vida de matéria: do Racional da Terra. Precisou que houvesse a extinção dos Seres de cima, em cima de quando era o início da formação deste chão; então, ali foi que ficou determinada a biodualidade: dois em um só: o Animal Racional.

Todos, dessa espécie humana, sendo de uma mesma classe de Racional que tomou forma de animal; e da mesma categoria de princípio seminal, esse óvulo líquido no formato de um ínfimo pingo d´água – o sêmen – já contendo ali, a massa, para a formação da massa de matéria do corpo. E os Racionais que ficaram envolvidos nesse processo de degradação progressiva, foram aqueles que se deliberaram a progredir por conta própria numa Planície que era uma Massa Cósmica de vida própria, pura, limpa e perfeita. E referida Planície teve por nascente e sua Fonte Primordial, a outra parte que é uma imensa Planície existente lá no Mundo dos eternos, o Mundo Racional, onde vivem os Racionais com o seu progresso de pureza.

Referida nascente, foi a Fonte dessa Parte que no vir descendo, e a sua massa veio se degenerando. E depois veio se deformando e a sua massa originando massas d´água. E a água por ter incubado na cinza de uma Resina extraída da Planície ficou degenerada. E essa Energia degenerada, se tornou a causa da massa dos corpos de matéria, uma infinidade de corpos de vida diferentes, da mecânica material, existentes neste Mundo deformado. Aí está por conta, num mínimo óvulo no formato de um pingo d´água, está contida essa massa, para a formação da massa de matéria do corpo de massa humana. Não só dessa máquina de matéria humana; mas também de outro animal qualquer; já que a categoria de princípio seminal é uma só para as duas classes: Racional e irracional.

Toda essa longa exposição é para que a gente possa ver que o corpo do animal Racional é da Planície Racional que se transformou e deu causa à Energia magnética e elétrica, terra e água, e essas duas Energias foi que fabricaram a máquina de matéria do animal Racional, no começo nascida do chão. E só muito tempo depois foi que se tornaram máquinas de reprodução de filhos-irmãos; assim como qualquer outro vegetal que produz a semente como máquina de reprodução dos de sua mesma espécie.

E aí residindo o grande fator de risco dessa classe em que nos encontramos, nós da espécie humana. O fato de termos nos tornado máquinas de reprodução, fatores de multiplicação da espécie; fez então, que adentrássemos por um progresso de degeneração. A degeneração são virtudes perdidas, e que, multiplicadas, vão subtraindo a capacidade de sustentação da Força Cósmica pelos microrganismos de sua composição corpórea; daí advindo o enfraquecimento e a poluição, até a extinção desta classe de corpos. E assim como se deu a extinção dos corpos dos Racionais, fluidicamente; assim também, vinha agora, a extinção da classe corpórea do Animal Racional, pela sua multiplicação.

Mas, para que assim se desse com o Racional que tomou forma de Animal de origem Racional, precisou que, fluidicamente, o corpo do Habitante do Mundo Racional tivesse se extinguido em cima da formação inicial que tiveram: a terra e a água. Então, ante aquela extinção fluídica de sua última virtude perdida, foi que aconteceu a materialização desse corpo de Energia Racional. E, foi na água (massa derretida da Planície) e na terra (cinza ou pó derivado da resina extraída da Planície). Então, ficou o Habitante do Mundo Racional materializado em forma de máquina do raciocínio.

E agora, nesta Fase natural da Natureza, a Fase Racional; estamos na Fase de sua volta para o Mundo Racional. Que a sua desmaterialização é feita pela Energia Racional, desenvolvendo a sua desmaterialização, mediante um processo psicossociocultural deste 3º Milênio, depois de todos alfabetizados pelo seu peculiar alfabeto – a Cultura Racional. E só depois de desmaterializado é que toma a forma do seu verdadeiro corpo. E depois do seu corpo feito, volta para o Mundo de sua origem, o Mundo Racional, e terminando assim, a classe do animal Racional neste segundo Mundo.

Então, para que toda a trajetória que resta ser cumprida ainda em nossa evolução antropológica, fique bem esclarecida, Racionalmente, é preciso que se diga, ao menos numa síntese, de como vão ser cobertas todas as etapas, doravante e pelos dias vindouros até que se consolide a Racionalização dos Povos. E que será o que vai levar, a bom termo, o desenvolvimento ainda pendente de acontecer, dessas três potencialidades humanas; hoje, ainda latentes:
◦ o desenvolvimento do raciocínio; ◦ o desenvolvimento da vidência Racional; e ◦ o desenvolvimento do Aparelho de matéria; até se tornar Aparelho porta voz do Mundo Racional.

Para ver que hoje, estamos tratando da parte provisória do Conhecimento. A Primeira Parte. Para depois entrar na parte consciente do Conhecimento. A Segunda Parte. E para depois entrar na Parte Fundamental, Racional, desse Conhecimento de alfabetização Psicossociocultural. São essas as passagens do desenvolvimento da Fase Racional. A primária: a classe de Aparelho Racional. A secundária: a classe de Racional. E a Superior: a de Racional puro, limpo e perfeito. As três partes fundamentais do desenvolvimento do raciocínio.

É por esse conjunto de razões maiores que, os estudantes de Cultura Racional pelo Brasil e pelo Mundo, divulgam persistentemente, recomendando a todos a leitura e o estudo constante do Conhecimento da cultura do desenvolvimento do raciocínio, para que você obtenha em si mesmo, você e assim também toda a humanidade, os comprovantes Racionais, a base e a lógica; porque a solução da vida está na própria vida e não fora dela. A solução da vida está no desenvolvimento do Ser vital da vida, o Ser Racional, representante Racional de sua pessoa, aí materializado dentro de sua cabeça, no istmo do mesencéfalo, em forma de máquina do raciocínio.


Esta é uma chance singular que toda a humanidade tem de passar a se conhecer, para deixar de assim ser: livre pensadora, sofredora e mortal. Fazemos votos de que você busque por essa solução da vida, definida e definitivamente esclarecida nos Livros: Universo em Desencanto, de Cultura Racional. Tenhamos todos: saúde, paz e completa união.

Nenhum comentário: