Follow by Email

segunda-feira, 20 de julho de 2009

É HORA DE SABER O QUE A GENTE JULGAVA QUE SABIA

Você sabia que:
“Para saber tudo, o jeito que tem é ficar a par de todas as coisas, por mais insignificantes que possam parecer?”
Pois, saiba que essa é a solução para que a gente não viva mais: indecisos, nem infelizes e nem desconfiados com tudo.
*****
Até parecia que o Ser Humano (enquanto animal Racional) já soubesse de tudo sobre si mesmo e sobre as demais coisas e Seres.
Assim parecia, haja vista o alto grau de desenvolvimento de que se reveste o pensamento elétrico e magnético.

Contudo, aí está (público e notório)
o sofrimento, dando-nos provas cabais de se tratar, o sofrimento, de um produto da infinidade de desacertos praticados no cotidiano desta nossa vida de:
livres pensadores, vagos sofredores e mortais.

Como que a dizer-nos:
“É meus caros: quem sabe não sofre; quem parece que sabe, não sabe; então, sofre.”

Sim, o sofrimento aí está dando-nos provas cabais de que:
“Para quem pensa”, a vida não tem solução definida e definitiva.
Posto que:
“Para quem pensa, a vida é tida como sendo mesmo esta.”.

Muitos até devem imaginar que:
“Por o pensamento datar de milhões de milênios; então, estejamos condenados a pensar para sempre.”
E daí, concluíam:
“se o pensar é eterno; então, pensemos.”


Ainda bem que assim não é.
Mas, assim foi e por um lapso de tempo a que o Conhecimento de Cultura Racional cognomina de: “A Fase do Pensamento.”

Foi um período com características bem definidas; contudo, desconhecidas dos pensadores, independentemente
do grau de intelectualidade e capacidade.

De forma que, “Ser pensador” já preenchia e
suficientemente, a condição de, necessariamente,
“ser sofredor.”

A causa básica de assim ter sido?
“O viver sem se conhecer.”
A fase do Pensamento, portanto, foi caracterizada como:
“A Fase da Artificialização dos Povos”.

Que assim se traduzia: “Todos vivendo desconhecidos do Mundo de sua Raça; e, até como uma inevitável conseqüência, ninguém sabendo como voltar para ele.”

Em resumo:
“Todos encantados; por todo este Universo. Melhor dizendo: por todo este Conjunto elétrico e magnético do Universo.”

Encantado?!
Sim, no Conhecimento da base da origem da causa de todos os feitos, que é a Cultura Racional, está dito que:
o “Encantado” é todo Ser que, para si mesmo, é um Ser misterioso.

Sabe que existe; mas, não sabe por que.
Não sabe quem é, não sabe de onde veio nem como veio.
E não sabe para onde vai nem como vai.

Então, nessas condições, como podes saber
o que é o “Universo em Desencanto”?.

E para saber, só mesmo tomando conhecimento de todo o seu conteúdo. Adotando assim, a postura indefectível de sujeito de um conhecimento do qual o seu “eu” é um objeto fundamental; o seu ponto vital.

Vá até esse Livro, veja em sua Capa: um Portal.
Adentre pelo seu Universo de discurso, atente para o Conhecimento nele contido.

Descortine-o. Você encontrará nessa Literatura, inúmeras referências à sua pessoa.
Não delegue a outrem, esta missão que, é só tua.


Não incorra na tolice de se sentir insultado(a)
por julgar que estão sendo feridas as suas suscetibilidades e convicções.
O Livro não nos insulta e sim, nos define com base e com lógica e com uma infinidade de provas e comprovações.

Não se exacerbe em sua idiossincrasia. Sabe? Essa sua maneira peculiar de ver, sentir, reagir, como é próprio de cada pessoa.


Prossiga persistindo, página por página,
volume a volume, de fio a pavio; vá retirando um a um, os véus desse magnetismo
que obscurece a mente humana.

Esse é um importante processo, que desenvolve na gente o raciocínio, sem produzir abalos em nossa pessoa.

Note bem: o raciocínio de que aqui falamos,
não se trata de ente lógico, abstrato, conceitual.
Não, não se trata de operação mental inferindo a verdade ou a falsidade de alguma proposição.
Trata-se isto sim, de uma Energia de nosso verdadeiro Mundo de origem, o Mundo Racional. Essa Energia sempre esteve latente, inerte, dentro da cabeça humana, desde o princípio de nossa existência neste Mundo de matéria.

E agora foi que chegou a época, o tempo, o dia, e a hora certa, Racional, dela (essa Energia que é o raciocínio) ser retirada de seu crônico estado de coma consciencial e então, ser Racionalizada. E é aí que ficamos a par de tudo e em minúcia de detalhes.

Para isso, veio de fora, transcendentalmente,
o único Conhecimento que desenvolve o raciocínio, que muitos chamam de a 3ª Galáxia,
e outros chamam de o 3º Milênio. Com ele desenvolvido, ficamos conhecendo o Mundo de nossa Raça e sabendo como voltar para ele.

Esta é a hora precisa de todos nós despertarmos para uma nova Era. Estamos na Fase Racional,
a Fase do desenvolvimento do raciocínio, da vidência Racional do Aparelho físico de matéria para que a solução da vida seja encontrada na própria vida. A vida é Racional.
Para ver que a razão da vida está no que a vida é.

Atente para esta nossa recomendação de ler os Livros: “Universo em Desencanto” de Cultura Racional.

Nenhum comentário: