Follow by Email

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

O TUDO DA VIDA: CONHECER A SI MESMO!


PAZ, AMOR, FRATERNIDADE E CONCÓRDIA: SALVE!
Observem a foto acima, Amigos, com atenção. Há milhares de anos que a humanidade assim explicava o enigma “DECIFRA-ME OU TE DEVORO” da esfinge (que deriva do grego sphingo, querendo dizer estrangular):
A CRIATURA QUE PELA MANHÃ TEM QUATRO PÉS, AO MEIO-DIA TEM DOIS E À NOITE TEM TRÊS, É O SER HUMANO, É O HOMEM, que  engatinha como bebê, anda sobre dois pés na idade adulta, e usa um arrimo (bengala) quando é ancião – (decifrado por Édipo).
O ser humano considerou (e muitos ainda continuam considerando), que assim ficou decifrado o enigma da esfinge.
Grande engano. Em parte até que acertaram, a esfinge representa o homem. Mas, o fato do corpo de animal e cabeça de gente, requer uma explicação muito além da que foi dada por Édipo.
Essa explicação jamais poderia ser encontrada pelos viventes, visíveis e invisíveis do mundo em que vivemos. Teria que vir da origem verdadeira dele, que assistiu a formação deste segundo mundo, podendo esclarecer de forma definida e definitivamente o grande enigma.
E finalmente veio o esclarecimento definido e definitivo do PRIMEIRO MUNDO, o MUNDO SUPERIOR, o MUNDO DOS ETERNOS, o MUNDO RACIONAL, esclarecimento esse encontrado nos livros ditados pelo SUPREMO DO MUNDO RACIONAL, o RACIONAL SUPERIOR, e que, com base nesses fantásticos livros, passamos a explicar.
O enigma a decifrar é o porquê da condição em que se encontra a humanidade, como animal Racional.
E os livros do RACIONAL SUPERIOR, Universo em Desencanto, decifram: somos animais Racionais, porque temos duas origens.
A eterna, pura, limpa e perfeita, que pertence ao PRIMEIRO MUNDO, que é um mundo de energia ÚNICA, energia pura, limpa e perfeita (RACIONAL). A esfinge é um animal, mas, com cabeça de gente.
Cabeça de gente, por na cabeça do animal Racional se encontrar a representação do PRIMEIRO MUNDO, que é a glândula pineal, RACIOCÍNIO, ponto vital para ligação com o MUNDO ETERNO e retorno a ele: a PRIMEIRA ORIGEM.
E uma segunda origem, degenerada, deformada, poluída e enfraquecida, que pertence ao segundo mundo, o mundo da matéria, o mundo das trevas, o reinado do mal, por ser um mundo constituído de duas energias degeneradas, deformadas, poluídas e enfraquecidas, as energias elétrica e magnética.
E, assim, o corpo de irracional da esfinge, representa nossa parte ANIMAL, a parte que pertence ao SEGUNDO MUNDO, o mundo das trevas, o mundo de matéria, o reinado do mal.
Resumindo, estamos na categoria de bicho Racional, dividido em duas classes: RACIONAL e irracional.
O animal Racional, portanto, já traz consigo as duas classes, podendo, pelo livre arbítrio, optar pelo RACIONAL ou pelo animal.
Optando pelo RACIONAL, com o desencanto da parte animal (a parte que nos liga a tudo quanto é de material, visível e invisível), o animal Racional passa a dominar a parte animal e se desliga dela em vida, passando a ser verdadeiramente RACIONAL, assumindo sua classe superior, deixando de ser bicho, e se ligando em vida à PRIMEIRA ORIGEM, o MUNDO RACIONAL.
É quando o ser humano ressuscita dessa vida de bicho, que representa a morte da consciência absoluta, a consciência RACIONAL, a consciência do PRIMEIRO MUNDO, que perdemos há longos tempos perdidos, por desobediência às leis naturais universais do PRIMEIRO MUNDO.
Optando pelo animal, mantendo o encanto com tudo que é de material, visível e invisível, o animal Racional perde sua parte RACIONAL, é devorado pela parte animal, a matéria, assumindo sua classe inferior de bicho.
Aí, ao se transformar, porque a morte é apenas uma transformação de uma vida para outra e de uma forma para outra, transforma-se de animal Racional para animal irracional, porque não quis assumir sua classe superior, pertencente ao MUNDO DOS ETERNOS, o MUNDO RACIONAL.
Para verem, como é seriíssima a Cultura Racional, a cultura que desenvolve a parte RACIONAL, o raciocínio (glândula pineal), contida nos livros Universo em Desencanto.
Vejam bem, ninguém, ser algum, visível ou invisível deste segundo mundo em que vivemos, soube decifrar o enigma da esfinge, pois, ambos, visíveis e invisíveis, foram frutos de várias transformações de uma forma para outra e de uma vida para outra, perdendo sempre a consciência da vida anterior, desde que houve a saída de uns tantos Habitantes do MUNDO RACIONAL, por livre e espontânea vontade, em desobediência ao SUPREMO DO MUNDO RACIONAL, até o ponto onde hoje nos encontramos.
E ninguém mesmo poderia ter decifrado esse enigma da esfinge, por ninguém, visíveis e invisíveis, SE CONHECER RACIONALMENTE, por desconhecerem QUEM SÃO, POR QUE ASSIM SÃO, DE ONDE VIERAM, COMO VIERAM, PARA ONDE VÃO E COMO VÃO.
E para onde e como vão?
Para o MUNDO RACIONAL, passando a SE CONHECER, pelo desenvolvimento do raciocínio, desencantando-se da matéria (visível e invisível), da sua parte animal e assumindo sua classe de RACIONAL, colocando fim na longa desobediência, que teve início com a saída do MUNDO RACIONAL.
Para as classes inferiores de animal irracional, de quatro pés e de dois pés, continuando encantado com a matéria (visível e invisível), mantendo a desobediência de eternidades às advertências do RACIONAL SUPERIOR, e que hoje, através da Mãe Natureza, há muito vem advertindo para que todos leiam os livros Universo em Desencanto, para o desenvolvimento do seu raciocínio, porque a fase do pensamento (que pertence à parte animal, da matéria) já terminou desde 1935.
Aí está o porquê o TUDO DA VIDA É O SE CONHECER PELO DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO, para não ser devorado pela energia que é o mal puro, o puro mal, a energia magnética, que comanda o pensamento magnético, o pensamento mau e a imaginação.
Passando a SE CONHECER RACIONALMENTE, o seu pensamento e a sua imaginação se desligam do comando magnético e passam a ser comandados pela ENERGIA RACIONAL, passando a ser um pensamento e uma imaginação RACIONAL, até se transformarem em RACIOCÍNIO. É quando, então, nosso pensamento e imaginação se identificam com o Habitante do MUNDO RACIONAL, que saiu do MUNDO RACIONAL e está materializado em forma de máquina do raciocínio, na glândula pineal.
É quando, então, a pessoa fica IMUNIZADA RACIONALMENTE de todo o mal, porque encontrou a sua verdadeira identidade, a sua verdadeira individualidade que estava perdida, deixando o nosso pensamento e a nossa imaginação de nos lapidar, por termos encontrado o nosso verdadeiro EU, que passa, assim, a comandar o nosso corpo e a nossa vida, de forma a acertarmos sempre e errarmos nunca.
Nessa condição superior, nunca antes alcançada por ser algum neste segundo mundo em que vivemos, a pessoa fica dia e noite, noite e dia, ligada ao PRIMEIRO MUNDO, vencendo a morte, porque não nasce mais aqui na morte, que é este segundo mundo, o mundo de matéria, por já estar ligada ao PRIMEIRO MUNDO, a PRIMEIRA ORIGEM, o MUNDO RACIONAL.
É, portanto, o SE CONHECER, a IMUNIZAÇÃO RACIONAL, a ressurreição dos mortos. Que mortos todos estão para a vida eterna, enquanto não passarem a SE CONHECER pelo desenvolvimento do raciocínio.
Isso posto, não percam mais tempo, Amigos, com essa vida de condenados a sofrer e morrer. Busquem seu 1º volume de Universo em Desencanto, o mais breve possível, porque, indubitavelmente, o TUDO DA VIDA É O CONHECER A SI MESMO, RACIONALMENTE, para não ser devorado e estrangulado pela matéria, nossa parte animal, nossa parte irracional, dona do pensamento e da imaginação!
Chega dessa vida de bichos, devorando e estrangulando uns aos outros, como aí está provado e comprovado pelas notícias dos quatro cantos do mundo.
E quem não quiser acordar para a VERDADE das verdades, que é RACIONAL, terá mesmo que se transformar em bicho irracional, de quatro pés e de dois pés, por perder a parte RACIONAL.

Nenhum comentário: