Follow by Email

sábado, 25 de julho de 2015

APARÊNCIAS NÃO SÃO VERDADES


Amigos, SALVE!
Sabemos que no mundo de matéria, quem comanda o universo é a Natureza.
Na Cultura Racional aprendemos que essa Natureza compunha uma pequena parte de um mundo superior. Um universo de ENERGIA PURA, LIMPA E PERFEITA, RACIONAL, em evolução de pureza, onde havia uma pequena parte ainda em formação, não estando ainda em progresso.
E esse comando da Natureza que hoje conhecemos, começou a ser formado desde que uns tantos Habitantes da parte em progresso, fazendo mal uso da vontade e do livre arbítrio, entraram na pequena parte em formação.
Essa pequena parte não aguentando o progresso dos Racionais, desligou-se da Planície Racional em progresso e começou a descer.
Os Racionais, acompanhando a descida daquela parte, começaram a perder suas virtudes.
Virtudes são vidas, são forças vitais. Essas virtudes reunidas no espaço que foi se formando com a descida, deram origem a um foco de luz (hoje sol), que causou a formação de toda essa Natureza que hoje conhecemos.
Foi essa Natureza quem gerou tudo e todos, criou tudo e todos, nos alimentou, sempre nos curou quando possível, e como na matéria tudo que tem princípio, tem fim, foi também sempre a Natureza a responsável pela morte de todos os seres.
A Natureza nos tira a vida, para nos dar uma outra oportunidade de vida. Assim, a morte não existe, o que existe é uma transformação de uma vida para outra e de uma forma para outra.
Há, portanto, apenas o término, a extinção de uma vida que se transforma de um aparelho velho em um aparelho novo. Ou de um aparelho doente, em outro aparelho sadio.
E esse processo vem se repetindo neste fantástico ciclo de giros da roda da vida, há 21 eternidades, para nos preparar para uma fase de evolução completa do SER: a Fase Racional.
A Fase Racional, como nos esclarecem os livros Universo em Desencanto, é a fase derradeira, quando, através da recuperação do Raciocínio que estava paralisado, serão coroados com a IMUNIZAÇÃO RACIONAL todos aqueles que fizerem por onde merecê-la.
Esses passarão de animal Racional para a classe de Aparelho Racional, ficando culturalmente em condições de retorno ao nosso Verdadeiro Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL.
Já aqueles que apesar de toda a monstruosa lapidação sofrida, continuarem como instrumentos da rudez, da inconsciência e do comando magnético da matéria, serão degradados e degredados para as classes inferiores dos irracionais, porque na Fase Racional, que é a Fase natural da Natureza desde 1935, quem se rege pela matéria e não pelas leis da natureza, fica por conta do magnetismo, que é mal puro e o puro mal.
Desde 1935 o nosso Pai eterno, o Raciocínio Superior a todos os Raciocínios, doou DELE próprio a cada um de nós, parte de sua sabedoria plena, a Cultura Racional, que recupera a consciência e as virtudes perdidas, ensinando nos seus magnânimos livros Universo em Desencanto, como fabricar o precioso líquido que se chama a felicidade eterna.
Mas, antes mesmo de 1935 sempre nos assistiu e acompanhou, através da Mãe Natureza, que nos preparou através de várias civilizações, até que pudéssemos merecer novamente o convívio com a Energia Racional.
Mas afinal, o que foi que realmente causou a nossa saída da Planície Racional?
O uso da vontade.
Afinal o que realmente se passou?
Éramos cada um (junto a outros Habitantes puros, limpos, perfeitos e sem defeitos) seres Racionais autossuficientes, Habitantes eternos em progresso de pureza em cima da grande planície, muito maior do que este mundo em que hoje habitamos. E nesta planície tinha uma parte que não estava pronta para entrar em progresso.
Então, uns tantos Racionais, que são nós mesmos que hoje vivemos neste mundo de matéria, entramos pela pequena parte, que estava em formação, várias vezes, onde fomos chamados à atenção. E numa das vezes, não quisemos atender o chamado de atenção e começamos a progredir por conta própria.
A pequena parte não estava pronta para entrar em progresso, resultou daí a deformar-se, como também todos que nela adentraram.  E os demais Habitantes da planície que não adentraram na parte em formação, continuam até hoje na Grande Planície, o MUNDO RACIONAL, com seu progresso de pureza.
Começando a progredir por conta própria na parte que ainda não estava pronta, em vez de se ir para frente, houve um progresso ao contrário, para trás, indo todos a regresso e a pior, ao invés de se ir para melhor.
Os que saíram do MUNDO RACIONAL e permaneceram na parte do MUNDO RACIONAL em formação, foram vítimas da primeira manifestação da desobediência, ocorrida ainda na PLANÍCIE RACIONAL, um prenúncio do que estaria por vir; a aparência, sutilíssima em sua apresentação, e que ocorreria muito mais tarde, consequência de sucessivas desobediências.
Começamos a nos deformar e tudo se deformando, mas, por ser uma deformação Racional, não percebíamos e continuávamos, sem ouvir as advertências do nosso Pai, o RACIONAL SUPERIOR, até chegar onde chegamos, dando consequência a este mundo de matéria (visível e invisível) em que habitamos, com essa forma deformada e sofrida de um Racional desvirtuado: animal Racional.
No MUNDO RACIONAL, todos tinham total conhecimento de si próprios, de todos os demais e da grandeza da vida que levavam. Sabiam quem os havia gerado, como foram gerados, tendo consciência RACIONAL de sua evolução e progresso de pureza.
Ao sermos gerados e criados por nosso Pai e sob sua égide, fomos feitos à sua semelhança, corpos de massa cósmica de ENERGIA RACIONAL pura, limpa e perfeita.
ENERGIA RACIONAL raciocina, desde que se mantenha na linha da pureza, limpeza e perfeição.
Mas, ao desobedecer ao SER SUPREMO, saímos da linha da pureza, vindo a constituir, ao longo das continuadas desobediências, uma linha inversa, a linha irracional, a linha do pensamento artificial.
Mas qual a finalidade do pensamento?
A Natureza, então no comando do pensamento, utilizava de todos os meios naturaispara lapidar e recuperar o ser humano por todas as formas, modos e maneiras, utilizando-o como sua ferramenta para essa tarefa.
Mas, da forma como a Natureza agia, colocando tão naturalmente as ideias, as imaginações, as intuições, as visões, os sonhos, no pensamento do vivente, fazia com que o vivente pensasse ser ele o dono de todas aquelas ideias, imaginações, intuições, visões, sonhos e de tudo mais que percebesse e sentisse. Pensava que tudo aquilo partisse de seu próprio ser e, portanto, lhe pertencesse.
E, na verdade, o ser humano era guiado pelos astros, pelas forças das águas, pelas forças das matas, enfim, por todas as forças da Natureza.
Foi quando vigorou o alfabeto astrológico, um precursor da Cultura Racional.
Nesse alfabeto, o vivente nascia com dons determinados pela Natureza, de acordo com as orientações astrais e seguiam à risca.
Casavam com as pessoas indicadas pelo alfabeto na palma das mãos, seguiam também as profissões indicadas, enfim, toda a vida da pessoa vinha traçada na palma das mãos e obedeciam.
Até que uns tantos, começaram a se revoltar, por o alfabeto astrológico ter limites, não dando vazão aos seus gostos e vontades.
Resolveram criar um novo alfabeto, fora das leis naturais e baseado na matéria.
A Natureza, revoltada, deixou, então vir à Terra os marginais do espaço, que até então eram impedidos de trabalhar junto à humanidade com suas influências materialistas.
E foi assim, pela desobediência mais uma vez, que então se deu início a um alfabeto materialista, causa desta cultura artificial que até hoje impera entre a humanidade, cultura essa baseada nas aparências, onde se forja uma coisa ou situação impedida pelas leis naturais.
Mas, tudo aparênciailusões materiais, que tornam o animal Racional cada vez mais materialista e desligado da Natureza.
Assim como os insistentes chamados do RACIONAL SUPERIOR não puderam impedir adesobediência de uns tantos que saíram do Mundo Superior, a Voz de Deus através da Natureza não pode evitar a desobediência ao alfabeto astrológico, que foi o que gerou asaparências. Os que obedeceram o alfabeto astrológico, retornaram ao MUNDO RACIONAL.
Lembrando sempre que Deus não interfere nas nossas decisões, nem aqui e nem no MUNDO RACIONAL, apenas orienta aqueles que lhes dão ouvidos.
Com o fim da Fase de animal Racional e a chegada da Fase Racional, a Natureza cessou de alimentar o pensamento dos pensadores, que não sobreviveu, perdendo suas funções que ainda proporcionavam um relativo equilíbrio à vida da sociedade humana.
Em seu lugar, ficou a energia magnética, a energia do mal, que veio para desequilibrar de uma vez por todas as mentes daqueles que não acompanharam a mudança de fase. Porque quem se conhece pelas leis naturais da Natureza tem todo o apoio DELA.
E quem não se conhece entra em regime de liquidação, por não saber o que faz e o que diz; sabe que tem uma vida para viver, mas não sabe o porquê dela.
Então, Deus nos criou com o Raciocínio e nós nos privamos do Raciocínio em virtude de nossas desobediências.
Trocamos o pensamento natural, que nos reconduzia ao Raciocínio, pelo pensamento magnético, o pensamento materialista, que nos lapida e nos ilude com as aparências, mantendo-nos na desobediência.
A IMUNIZAÇÃO RACIONAL somente será alcançada quando pararmos de desobedecer, encerrando a vida de aparências, que só nos lapida, lapida, lapida, até parar dedesobedecer. E não parando de desobedecer, as aparências nos liquidam.
Mas em sua Divina e Magnânima Bondade, o RACIONAL SUPERIOR mais uma vez nos adverte, presenteando-nos com a Cultura Racional, dos livros Universo em Desencanto, ditada por Ele para Ele próprio aqui na Terra, na pessoa do Senhor Manoel Jacintho Coelho, onde descreve detalhadamente nossa descida, relatando de onde viemos, porquê viemos para onde vamos, como vamos e quando vamos,  bem como todas as iniciativas e ações que devemos tomar para nosso retorno ao Mundo de Origem.
Eis o que o magnetismo das aparências pode causar. Eis o que estudo de Cultura Racional pode recuperar. Eis a Salvação!
O que é uma Verdade Absoluta?
O RACIONAL SUPERIOR É A VERDADE ABSOLUTA.
Tudo que emana de DELE é uma VERDADE ABSOLUTA.
O MUNDO RACIONAL é uma VERDADE ABSOLUTA.
Os Habitantes do MUNDO RACIONAL são uma VERDADE ABSOLUTA.
As Virtudes Racionais são uma VERDADE ABSOLUTA.
O LIVRO UNIVERSO EM DESENCANTO é uma VERDADE ABSOLUTA.
A PLANÍCIE RACIONAL é uma VERDADE ABSOLUTA.
A parte da PLANÍCIE RACIONAL que adentramos e que não estava pronta para progredir, era uma Verdade Absoluta em processo de formação.
Nós, leitores e estudantes de Cultura Racional, temos o dever Racional, como enfatiza o nosso Pai, de repassar esses conhecimentos aos nossos irmãos que ainda não tiveram a oportunidade de ter em mãos o Livro UNIVERSO EM DESENCANTO.
A divulgação de todas as formas e maneiras é imprescindível, tanto para aqueles que ainda não sabem de onde vieram, nem para onde irão e muito menos o que estão fazendo aqui neste segundo mundo, como também para os que já dominam o Conhecimento, pois, somente estudando e divulgando ascenderão para o PARAÍSO DA VERDADE ABSOLUTA.
Por oportuno temos o prazer de informar que a 1ª WEB CONFERÊNCIA DE CULTURA RACIONAL DOS LIVROS UNIVERSO EM DESENCANTO estará se realizando a partir do dia 1º de agosto de 2015, sábado às 14 horas.
Será transmitida ao vivo pelo Facebook, Google+, Youtube e celulares, visto que o acesso à sala virtual de conferências é limitado.
Contamos com a sua importante participação neste primeiro movimento de conferências de Cultura Racional  ao vivo pela Internet.
SAUDAÇÕES RACIONAIS a todos!

Nenhum comentário: