Follow by Email

domingo, 16 de agosto de 2009

FANATISMO: MAL DA VIDA!

O mal da vida está na própria vida!
E por assim ser, todos precisam ser lapidados para acordar para a vida real, que não é a vida da matéria.
A vida da matéria é um mal!
Tanto é um mal, que não existe nada nem ninguém que seja igual.
Tudo e todos são diferentes, por se tratar de uma deformação do estado natural verdadeiro de ser.
Então, a lapidação é um mal que se torna um bem, para ir retirando a parte deformada de tudo e de todos e chegar à essência, onde tudo e todos são iguais: puros, limpos, perfeitos, sem defeitos, portanto, eternos – RACIONAIS!
Por tudo e todos serem diferentes, cada qual necessita e precisa de uma forma de lapidação diferente, para que seja reconduzido ao natural.
Essa a razão e o porquê de existirem tantos segmentos culturais, os quais deveriam ser encarados como são: meios transitórios para lapidar e diminuir a rudez, o atraso, a selvageria.
Mas, por a maioria esmagadora da humanidade não se conhecer (prova disso, o desequilíbrio geral) , não sabendo de onde veio, como veio, para onde vai e como vai, fica sem referência de sua base de origem, da verdade, e se apega aos meios transitórios de lapidação como se pontos de referência absoluta fossem.
Daí, nasce o fanatismo, porque a pessoa se fecha para outros meios transitórios de lapidação, interrompendo sua evolução, impossibilitando (e isso é o pior) sua chegada ao final da estrada da lapidação, que é o Conhecimento Racional da vida – a verdade sobre tudo e sobre todos.
Esse fanatismo pelos meios transitórios, que são meios criados pela própria natureza deformada, além de manter o atraso de tudo e de todos, promove o desentendimento, a desunião, os atritos, os conflitos, as guerras e a mortandade entre os povos.
E é tão monstruoso esse fanatismo, um câncer de elucidação desenfreada, que as pessoas estão se destruindo e destruindo seus semelhantes por causa de suas idéias, de seus sonhos, de suas fantasias e de suas convicções, vendo as conseqüências horrorosas e tenebrosas desses seus modos infantis de burros empacadores, mas, nem assim se demovem de suas idéias, de seus sonhos, de suas fantasias e de suas convicções.
O que é isso?
É o magnetismo em cena! O foco das obseções, mal puro e que está dominando todos que não se conhecem pelo desenvolvimento do raciocínio.
Mas, nem tudo está perdido!
Mais do que a natureza, ninguém! Porque a natureza é DEUS e DEUS é a natureza.
E assim é que em 1935, com a mudança de fase da natureza, da fase da civilização (animal Racional) para a fase da Racionalização dos povos (aparelho Racional), tudo vem se modificando, naturalmente, para o bem de todos, com a entrada em vigor da ENERGIA RACIONAL, a Energia do Verdadeiro DEUS.
Porque DEUS existe! É um RACIOCÍNIO SUPERIOR A TODOS OS RACIOCÍNIOS e uma ENERGIA SUPERIOR A TODAS AS ENERGIAS!
E sendo Ele SUPERIOR a tudo e a todos, está providenciando o conserto de tudo e de todos, muito naturalmente, sem que ninguém perceba!
Ele não tem pressa, pressa é de quem está atrasado! E o Verdadeiro DEUS, o RACIONAL SUPERIOR, é a VERDADE das verdades.
E por assim ser, já providenciou o fim do comando do magnetismo sobre os seres humanos.
Porém, desse benefício somente estão usufruindo aqueles que humildemente estão se abdicando de todas as suas idéias e convicções que dividem, porque um ser absolutamente perfeito, como o Verdadeiro DEUS, não faz coação à liberdade de ninguém.
Ele aguarda, pacientemente, o ACORDAR de cada um, mesmo sabendo que muitos acordarão tarde demais, tendo que ir correr toda a hierarquia das transformações de uma vida para outra em classes cada vez mais inferiores, como bichos irracionais de quatro pés e de dois pés, para resgatar o preço alto de suas idéias, sonhos, fantasias, ilusões e convicções que dividem e promovem a discórdia entre os povos.
E por que vão se transformar?
Porque nada se perde, nada se cria, tudo se transforma de uma vida para outra e de uma classe para outra. Promovendo a discórdia, se transforma para baixo em classes inferiores. Promovendo a concórdia, se transforma para cima, para a vida ETERNA.
Mas, a vontade é livre! E não há nada superior ao livre arbítrio, porque o livre arbítrio é uma razão superior!
E, assim, o preço do fanatismo é muito alto, porque o fanatismo é uma energia de liquidação, criada pelo pensamento.
Se o mundo está em liquidação moral, física e financeira é devido à energia do fanatismo imperar na maioria dos seus habitantes.
É preciso parar de pensar negativamente, para poder olhar o mundo como Um todo, todos dependendo de tudo e de todos, para desenvolvermos o sentimento da gratidão, da solidariedade e da compreensão. É preciso RACIOCINAR!
Somente assim nos libertamos do fanatismo da matéria (mal da vida), para nos unirmos como verdadeiros irmãos de tudo e de todos, pois, tudo e todos têm uma origem só: RACIONAL!
(Procure entender melhor a si mesmo, assim, entenderá tudo e todos, lendo Universo em Desencanto, que lhe será entregue em casa, basta ligar 0xx 31 2555-0054).

Nenhum comentário: