Follow by Email

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

O PREÇO DA VIDA!

Olha! O desconhecimento da vida, do modo de viver de cada vivente, o envolvimento, de quando se é jovem, com todos estes artifícios, com todos estes engambelos que o pensamento fez e arquitetou para o envolvimento de todos, é a causa de todo o sofrimento existente!
E esse envolvimento envolve tanto, que todos viviam engambelados pelos engambelos naturais e pelos engambelos artificiais da matéria.
Os engambelos são tantos, que ninguém tem tempo para coisa alguma, para coisa nenhuma!
Envolvidos pela matéria, com este perfume de vida passageira. E o perfume passa e a vida termina!
Todos vivendo atarefados, cheios de engambelos naturais e artificiais.
Engambelos passageiros, de vidas passageiras, quando vem a velhice e caem na realidade, que tudo passou, tão depressa, que quando acordam dizem:
“Ontem eu era novo, tudo fazia! Pulava, saltava e corria. Hoje, estou velho, inutilizado pela velhice, ontem eu era tudo, hoje não sou nada, por a velhice ser o término da vida.”
Uns tantos chegando até aí e outros tantos, não, ficando no meio da viagem. Uns chegando a velhos e outros, não.
E a velhice, como estão cansados de ver, é triste demais, porque pena até morrer! E por todos, na juventude, estarem magnetizados pelos engambelos naturais e artificiais, fazendo e acontecendo sem limites, vivendo uma vida eufórica, sem atinar com o que vem pela frente, não olham lá na frente como vai terminar, quando chega a velho ficar, quando não ficar no meio do caminho.
E é por isso que todos os que conhecem todos esses movimentos energéticos, é que procuram, de todas as maneiras, de todas as formas alertar todos para que passem a se conhecer para serem AMPARADOS e passarem a ter na velhice um final de vida decente, um final de vida dentro de uma harmonia de paz, de sossego e tranqüilidade.
Sabendo que sempre encontrará pessoas caridosas que lhe darão essa vida decente, de um viver de harmonia com os seres visíveis e os invisíveis.
Isso tudo de bom, dentro dessa harmonia de paz, se na juventude o vivente viveu uma vida digna, sem que a natureza tenha nada a lhe cobrar.
Todos os males feitos na juventude e na vida adulta serão medidos e pesados na verdadeira BALANÇA DO GRANDE TRIBUNAL DA NATUREZA!
Porque a natureza está aí, para cobrar com juros os que vivem matando uns aos outros, roubando, assaltando, atocaiando para seqüestrar, matar e roubar.
Onde existe dinheiro, existe a ganância.
Todos que vivem para roubar, querer mais do que merecem, não importando que com isso venha a prejudicar seu semelhante, serão cobrados!
Querem mais e mais, e quanto mais tem, mais querem, não importa que passem por cima dos fracos e dos humildes.
Muitos roubam sem limites e não são COBRADOS, devido seus ALTOS POSTOS, as leis da Terra podem não cobrar, podem escapar das cobranças da Terra, mas não escapam da cobrança da natureza.
Por isso, está aí o Livro Universo em Desencanto para que todos ACORDEM para o bom viver, para alcançarem uma evolução para a razão do BOM VIVER, para saber que dentro da cabeça de todos existe uma Energia tão poderosa, que, quando todos passarem a se conhecer, sentirão que a verdadeira vida chama-se RACIOCÍNIO.
Aí, sim, saberão viver raciocinando, porque quem raciocina não rouba, não mata, não passa por cima dos seus irmãos.
Aí farão o bem e não olharão a quem. Este é o verdadeiro viver! A verdadeira CONSCIÊNCIA POSITIVA.
Então, não perca mais tempo, de tempo perdido, olha aí o sofrimento que você tem passado, ligue 0xx 31 2555-0054 e peça o seu Livro Universo em Desencanto.
(Colaboração de Nely, 80 anos de idade, estudante de Cultura Racional há 35 anos)

Nenhum comentário: