Follow by Email

domingo, 17 de novembro de 2013

A CAUSA, OS EFEITOS E A SOLUÇÃO PARA O VÍCIO DAS DROGAS - 2ª PARTE

(Severino Reis)
O vício das drogas é um mau, que destrói a vida dos adolescentes, dos jovens, dilacera os corações dos pais e mancha o brilho da sociedade.
Nesta matéria, vamos apontar a causa, os efeitos e apresentar a solução para o vício das drogas.
Primeiramente, queremos nos dirigir a vocês, crianças e adolescentes, que estão sob a espreita dos comerciantes de todos os tipos de drogas: nas ruas, nas portas das escolas e em qualquer lugar.
Você que:
querendo descobrir o mundo - que é o natural da sua idade;
querendo fazer tudo que os adultos fazem,
torna-se uma presa fácil do vício das drogas pela sua fragilidade.
Porque no começo, sedado pela ilusão das drogas, você se sente corajoso, perde a timidez, faz tudo que sem elas você se julgava incapaz de fazer.
E sob o efeito delas, prematuramente, você se sente um homem, ou uma mulher.
No começo, o amigo te oferece, os comerciantes te dão de graça: é muito fácil conseguir as drogas.
Depois, você vai gostando e o que era apenas curiosidade, passa a fazer parte da sua vida e você torna-se um viciado. Aí, os teus amigos desaparecem, os comerciantes que te davam de graça, agora te cobram muito caro: começa então o drama do seu sofrimento! Você precisa das drogas e não tem como consegui-las.
Então, você pega o dinheiro da sua mãe. Da próxima vez ela não tem - você compra fiado e depois rouba para pagar. Daí por diante, as portas estão abertas para um mergulho na marginalidade, porque você está nas mãos dos comerciantes.
E dos primeiros baseados quase inofensivos, logo você estará ingerindo, pela boca e pelas veias, os mais variados tipos de drogas.
Então minhas queridas crianças, meus queridos adolescentes, não entrem nessa; esse caminho não tem saída. Se você escapar da morte pelas overdoses ou pelos credores, ficará exposto ao vírus da AIDS pelas seringas, para o resto da sua vida!!!...
Por isso, agora, eu quero pedir a você que já é um viciado: que se lembre do desespero para conseguir a droga quando você está lúcido. Que memorize o sofrimento, as convulsões quando você está drogado e nunca ofereça a sua droga a uma criança e a ninguém, que ainda não seja viciado.
Quero te pedir também, que me tenha como o seu melhor amigo, pois, por pior que a sociedade te julgue, eu acredito em você e tenho certeza que não és um inútil, que não és um marginal; você não tem culpa de nada; você está apenas sendo vítima do enfraquecimento do pensamento e da falta do desenvolvimento do Raciocínio.
E, por último, eu quero pedir a você, que continue lendo atentamente a cada item desta matéria; que, no final, eu te darei motivos para acreditar que é capaz de deixar, sim, esse vício que te corrói a vida.
Pois, eu conheço milhares de jovens que ficaram livres do vício das drogas e suas conseqüências, sem nenhum esforço, sem remédios e sem internações; apenas lendo os livros, UNIVERSO EM DESENCANTO.
Quero estender as minhas palavras, também, a todas as autoridades: principalmente do ministério da educação; que tomem conhecimento, estudem a CULTURA RACIONAL, analisem bem para saber a sua importância, a sua eficácia no combate à violência, ao tráfico e ao vício das drogas, porque o Raciocínio equilibra as pessoas.
E, então, conscientes, possam adotá-la oficialmente nas escolas em todos os níveis: do primário até às graduações mais altas das universidades.
Porque o futuro brilhante da raça humana passa pelo crivo da mudança de fase da natureza: da cultura do pensamento, para a cultura do desenvolvimento do Raciocínio.
A CULTURA RACIONAL nas escolas também vai inibir o progresso da evolução da AIDS, do câncer e de outros desequilíbrios ocasionados pela paralisação ou enfraquecimento do pensamento.
Para se ter uma ideia em que se baseia esse novo espaço cultural, a CULTURA RACIONAL, de início, já começa explicando que a natureza, em 1935, fez um giro de 180 graus no seu percurso cultural.
A humanidade não percebeu e continuou caminhando num progresso contrário ao da natureza. Que, ao mudar de fase, desligou o seu comando das energias elétrica e magnética que controlava o pensamento, que vinha regendo a humanidade e ligou o seu comando numa nova energia, a Energia Racional, para comandar o retorno do homem à sua origem, através do raciocínio.
Isto é: a energia do Raciocínio, a energia Racional, vai substituir na humanidade as energias do pensamento.
Mas, para receber a energia Racional, é preciso tomar contato com a fonte dessa energia, que é a Cultura Racional. E tem urgência; porque a falta das energias do pensamento deixou um espaço vazio no cérebro de cada ser humano, que é a causa do desenvolvimento acelerado de tudo! Principalmente da ciência: criando monstros desnecessários e perigosos para a humanidade. Como a criação de drogas alucinadoras, a bomba atômica, o excesso de poluentes, ocasionando a destruição da camada de ozônio, entre muitos outros danos à vida em nosso planeta.
E a juventude, por ser mais frágil, passou a preencher esse vazio com drogas.
Mas com a leitura do livro UNIVERSO EM DESENCANTO, a energia Racional que emana da leitura, preenche o vazio deixado pelo pensamento de todos, com o raciocínio.
Logo, você que é viciado, que não quer mais ser escravo desse mal terrível, que não quer mais ser escravo do crack, que já se sente no fundo do poço e acha que não tem mais saída, você precisa apenas estudar a Cultura Racional. Porque ao ler os livros Universo em Desencanto, você preenche o vazio do seu cérebro com a energia Racional e, naturalmente, sem nenhum esforço, você deixa de usar as drogas, porque você não terá mais vontade.
Portanto, não despreze esta sugestão antes de analisá-la e experimentá-la. Pois, ela parte de alguém que comprovou em si mesmo, o poder de equilíbrio que traz a leitura do livro UNIVERSO EM DESENCANTO, através do desenvolvimento do Raciocínio.

Nenhum comentário: