Follow by Email

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

CONTEMPLANDO O BEM


(James de Lima, estudante de Cultura Racional, Feira de Santana, BA)

Amigos, SALVE!
Não é preciso hoje ler jornais ou assistir TV e vídeos para saber que alguma coisa ruim vai acontecer, algum acidente, algum homicídio, algum crime desvendado, algum ato corrupto descoberto.
É verdade, nos acostumamos com uma vida aonde o pior é sempre esperado, embora busquemos sempre o melhor.
Hoje, as coisas boas não são vistas, percebidas, sentidas pelo seu próprio grau de positividade, já que a maioria está imersa num mar de negatividade tal, que faz com que a pessoa sinta dificuldades de enxergar o bem verdadeiro.
E, assim, somente através da contemplação constante do mal, com sofrimentos cada vez maiores é que, aos poucos, vão percebendo quão diferentes e distantes das coisas ruins as coisas do bem são e estão. Ou seja, na atualidade, lamentavelmente, é pela contemplação do mal, com sofrimentos constantes até atingir níveis insuportáveis, que se chega, se houver tempo, à conclusão de que o bem é muito diferente de tudo que a pessoa vinha contemplando.
Mas, eu lhes pergunto:
“Nós nos acostumamos mesmo com essa realidade?”
 A agonia, o desespero, o sofrimento nos prova a todo momento que não. E agora o que fazer?
Tudo o que foi feito até hoje nos conduziu pra isso que vivemos hoje. Logo, se quisermos um resultado diferente vamos precisar fazer algo diferente.
Einstein nos diz que o cúmulo da insanidade é querer resultados diferentes fazendo as mesmas coisas.
Se queremos o bem, precisamos contemplar apenas o bem! Se queremos paz, precisamos sempre contempla-la.
E como contemplar o bem se já nos habituamos a sempre esperar que amanhã os jornais nos deem más notícias, se já se tornou um hábito desconfiar do outro, se já é tão normal esperar pelo pior?!…
É possível apenas revertendo o olhar.
Esse olhar pode ser revertido através de uma cultura aonde o silêncio é a voz de Deus, e não os trovões. Aonde Deus é o Senhor da Paz e não dos exércitos.
Uma Cultura que transforma o pensamento comum em raciocínio, que faz vibrar no ser humano a sua melhor parte, que leva a pessoa a encontrar o seu máximo potencial!
É por essa Cultura que seremos capazes de contemplar o que mais precisamos contemplar – a paz, o amor e a fraternidade!
Aprenda a contemplar somente o bem, estude a Cultura Racional dos livros UNIVERSO EM DESENCANTO.

Nenhum comentário: