Follow by Email

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

FALA UM SER EXTRATERRENO


(RACIONAL SUPERIOR)
A origem é RACIONAL.
O ser humano sempre viveu desregulado, por estar vivendo fora do seu verdadeiro mundo.
Vivendo aqui neste mundo que está habitando, no elétrico e magnético, sem ser daqui deste mundo de matéria.
E por não ser daqui deste mundo, sofre as conseqüências da brutalidade da natureza, que são os maus tratos que dificultam a possibilidade de viver bem, por não serem daqui.
Os maus tratos são as doenças curáveis e incuráveis, as moléstias duradouras, o calor, o frio, os tufões, os furacões, os maremotos, os ciclones, as tempestades, as enchentes, os venenos, as feras e uma infinidade de maus tratos incalculáveis.
Tudo isto por o ser humano não ser deste mundo que habita. E por não ser, é que vive com grande sacrifício, se sacrificando sempre para viver.
E de forma que tinha que viver neste desequilíbrio infernal.
Aonde existe o desequilíbrio tudo vai mal. E de mal a pior sempre.
Aonde existe o desequilíbrio não há entendimento. E por não haver entendimento, vivem uns contra os outros. Hoje está se entendendo muito bem, amanhã, não.
Hoje são amigos, amanhã são inimigos.
E daí, a causa das guerras, das desilusões, por o desequilíbrio imperar no mundo.
Por não serem daí, sempre lutando para viver, sempre preocupados, sempre desconfiados, sempre amedrontados, por sentir e ver que está, em qualquer momento, sendo vítima dos males que existem.
Então, se tornando a vida um pandemônio, pelo desgaste mental da desregulagem permanente, por estarem ligados a dois campos negativos, que é a energia elétrica e magnética (*).
E por esse motivo o relógio, que é a cabeça, sempre desregulado – e deste modo, o desequilíbrio de todos.
E por existir o desequilíbrio, é a causa de todos os crimes contra si mesmo e contra os demais.
Onde existe o desequilíbrio não existe o respeito, porque um desequilibrado não respeita ninguém.
Um viciado, um desequilibrado.
Um malfeitor, um desequilibrado.
Um aventureiro, um desequilibrado.
Um indisciplinado, um desequilibrado.
Um ganancioso, pretensioso, um vaidoso: um desequilibrado.
Um contra o outro: um desequilibrado.
Tudo isto por não serem habitantes aí da Terra.
Um perturbador, um desequilibrado.
E de forma que para por termo no desequilíbrio da humanidade, que a causa é estar ligada na energia do irracional, a energia elétrica e magnética, está aí o conhecimento para desligar a humanidade de um mundo que estão vivendo (e não pertencem a este mundo) e ligar no seu verdadeiro mundo de origem – o MUNDO RACIONAL, pela forma exuberante que aí está, do conhecimento de recuperação da humanidade.
E uma vez ligados à ENERGIA RACIONAL, estão ligados na SUPREMA FONTE RACIONAL e vindo o equilíbrio de toda a humanidade, cessando todos os males do corpo e todos os males da vida, por estarem ligados na sua forma certa, porque o certo é que são de origem RACIONAL.
E para que tudo dê certo na vida de todos, têm que se ligar à sua origem, porque somente a origem é que tem todos os recursos e estão todos os recursos para o equilíbrio perfeito e correto do animal RACIONAL (que era e que agora não é mais, devido à mudança de fase).
Estão na FASE RACIONAL e mudando, assim, da categoria de animal RACIONAL para aparelho RACIONAL.
E desta forma realizará a paz e harmonia entre todos, por todos serem equilibrados RACIONALMENTE.
A vida entrará nos moldes da verdadeira felicidade, que é a paz de todos, o bem-estar de todos, a confraternização de todos, por todos estarem ligados no seu verdadeiro mundo de origem e recebendo a orientação precisa para o bom, belo e feliz andamento da vida, aqui na vida da matéria (porque a energia elétrica e magnética foi uma energia usada para lapidação do animal RACIONAL. E a ENERGIA RACIONAL é a energia de recuperação do aparelho RACIONAL).
Então: a energia do mundo de origem dos que se perderam por aqui, sem saber o porquê vieram dar este passeio na vida da matéria e ficaram transformados, degenerados, deformados do que eram e do que foram.
E para conseguir o nível de equilíbrio RACIONAL é somente ter a persistência na leitura do conhecimento de Cultura Racional, para ir se desenvolvendo RACIONALMENTE. E uma vez desenvolvido, ficará ligado ao seu verdadeiro MUNDO DE ORIGEM (e seu campo de LUZ e FORÇA RACIONAL).
Está aí a forma simples e natural da recuperação da humanidade.
O saber o porquê assim são e saber como deixar de assim serem.
A energia elétrica e magnética (*) é do animal irracional. E os seres humanos – sendo de outra origem, que é RACIONAL – ligados na energia do ser irracional tinham mesmo que viverem às tontas, por estarem subjugados e servindo de joguete de duas energias, às quais não pertenciam nem pertencem.
E de forma que, em virtude disto, quanto mais procuravam acertar, mais se multiplicavam os desacertos, por estarem ligados num campo que não é o seu, o elétrico e magnético.
O campo do aparelho RACIONAL é RACIONAL, é o MUNDO RACIONAL e, não, o elétrico e magnético, que é o conjunto material, a formação do bicho irracional.
E por assim estarem, as confusões tinham que ser permanentes, uns contra os outros: desequilíbrio total.
E daí, as brigas, as confusões, por não serem deste campo de vida elétrico e magnético.
Agora sabendo a causa de tudo isto, sabendo os motivos que levaram todos a este campo elétrico e magnético (que não pertenciam) e sabendo como se livrar dele, por conhecer o seu campo de vida verdadeiro, que é o MUNDO RACIONAL.
O campo de vida do aparelho RACIONAL é o mundo de sua origem, o MUNDO RACIONAL.
Então, conhecendo a causa da dor, eliminou a causa: acabou a dor.
E para eliminar o desequilíbrio, o caos e a dor, somente se ligar à energia do VERDADEIRO DEUS, do VERDADEIRO SALVADOR – a ENERGIA RACIONAL, a qual são desta origem. E, assim, facílimo, facílimo eliminar as ruínas que abatem a humanidade, por meio da Cultura Racional.
A idéia do animal RACIONAL é uma idéia inferior, por ser animal. E, por ser animal, são cheios de defeitos.
Então, a idéia do animal é uma idéia sem recursos para eliminar o mal. E idéias se combatem com idéias.
Idéia. E das idéias surgiram os ideais, os idealistas, que, em forma geral, nunca o animal pôde com suas idéias eliminar o mal da humanidade, porque não estava na idéia do animal RACIONAL a solução, por estarem nesta categoria medíocre, inferiorizada, de animal RACIONAL.
Então, na vida do animal é que surge o ideal e os idealistas. Cada um com suas idéias, cada qual com suas idéias, cada um querendo que suas idéias prevaleçam, cada qual querendo prevalecer com suas idéias de qualquer maneira.
Na condição de bicho, na condição de animal, é que surgiu o ideal e os idealistas, que muitas vezes fanatizados não se demovem por nada de suas idéias.
Agora, na Imunização RACIONAL (no conhecimento RACIONAL) não existem ideais, não existem idealistas, porque obedecem à ORIGEM. A ORIGEM é uma só. A origem é RACIONAL.
Então, RACIONAL é UM SER só, não desvirtua do seu ser. É puro, limpo e perfeito. Não há idealismo. Idealismo é do mundo das imperfeições, da matéria, por serem imperfeitos é que têm a pretensão de quererem ser uns melhores do que outros.
E de forma que a Cultura Racional não é idealismo. É o conhecimento do seu verdadeiro natural, é o conhecimento da sua verdadeira origem de RACIONAL.
E o que todos estão necessitando é conhecer a sua origem, para a recuperação de si mesmo.
A RAZÃO SUPREMA A TUDO E A TODOS não é idealismo. É o SER REAL da natureza RACIONAL.
E, assim, veja a transição da humanidade como foi e como é tão penosamente: viver em um mundo que não pertencem e não saber o porquê que ficavam assim desta forma intragável, intranqüila e, por isso, a insatisfação é reinante.
Todos satisfeitos aparentemente. Verdadeiramente, insatisfeitos, porque ninguém se conforma de ser assim sofredores e mortais e sempre sofrendo, cada qual de sua forma, de seu jeito e de sua maneira.
Tudo isto por não serem habitantes aí do elétrico e magnético e, sim, do MUNDO RACIONAL.
Então, na ORIGEM está o PODER DOS PODERES para a recuperação da humanidade (e que estão nesta categoria, a de animal RACIONAL), por estar no mundo a FASE RACIONAL.

(*) Onde está a energia elétrica está a magnética. Portanto, constituindo essas duas energias uma energia só com duas faces, o bem e o mal, ou seja, o elétrico e o magnético, respectivamente. Por isso, o bem é aparente, por ser um bem transitório, o bem do campo material. O bem verdadeiro está fora do campo material, encontra-se no campo RACIONAL, do MUNDO RACIONAL, de onde viemos e para onde vamos.

www.culturaracional.com.br
www.programaavozracional.com.br
www.youtube.com/nalub7
www.youtube.com/porfiriojneves
www.encontroracional.com.br

Nenhum comentário: