Follow by Email

quinta-feira, 31 de março de 2011

FIM DO ENIGMA DO MEDO


Minha Gente muito Querida, que visita este espaço!
Hoje vamos comentar sobre o medo.
Sim, sobre o medo. Chamando à atenção sobre os grandes prejuízos que o medo tem causado à humanidade.
Que o medo, minha gente, é, em súmula, um pensamento negativo que toma conta de nossos seres pela falta de conhecimento verdadeiro DA VIDA.
Já repararam como as pessoas andam por aí desconfiadas uns dos outros, como se o seu semelhante tivesse o poder de lhe prejudicar a qualquer momento, como se cada irmão tivesse superioridade, um em relação aos outros?
Ora, minha gente, ninguém é melhor do que ninguém! Os prejuízos que sofremos são causados, na verdade, não pelos nossos semelhantes, porém, pela nossa falta de conhecimento verdadeiro da vida, que nos deixam sem defesa em relação à ação externa: o não saber lidar com tudo e com todos, por falta de conhecimento verdadeiro de tudo, de todos e de si mesmo.
Todos estamos no mesmo barco, sendo todos nós impotentes e sem qualquer ação perante à Natureza, enquanto não tivermos profundo conhecimento dela e de nós mesmos.
A mesma Natureza que tem o poder incrível de fazer um vulcão entrar em erupção, de fazer do nada um tornado nascer e destruir toda uma cidade construída por longos anos, de espalhar em segundos pelo mundo inteiro uma epidemia, é a mesma Natureza que nos gerou, criou, mantém e governa 6,6 bilhões de pessoas no mundo ao mesmo tempo e, não só as pessoas, mas, os animais, os vegetais, os minerais, enfim, governa o tudo existente.
Ela é quem tem o poder de construir e de destruir, por ter o poder de ver tudo e todos por dentro e por fora.
E, por assim ser, é quem tem o juízo correto sobre cada ser, dando a cada um aquilo que fez por onde merecer.
E porque tem todo esse poder?
É porque a natureza é de DEUS.
E, me perguntam vocês: o que isso tem a ver com o medo?
Muito simples. O medo é um sentimento que corresponde à lacuna da falta de saber verdadeiro dentro de nós. O desconhecimento da vida, traz insegurança para viver. A insegurança para viver, gera o medo.
E este saber verdadeiro, minha gente, é o saber natural, o saber completo sobre a vida que nos harmoniza com a vida, que está na Natureza, por ela ser a VIDA, dona de todas as vidas.
A pessoa nasce, vive, locomove-se, trabalha, diverte, procria, desconhecendo que tudo isso é feito pela Natureza, à custa de muito trabalho, comandando vários reinados invisíveis poderosos, com sua grande hierarquia, e este comando é feito pela Natureza, respeitando todos esses reinados e toda essa hierarquia. E não erra. A Natureza não erra. Incrível mesmo o seu poder!
Pela falta de conhecimento da vida, a pessoa ignora a infinidade de providências que a Mãe Natureza, através desses reinados, tem que tomar para tornar possível uma geração, um nascimento, um crescimento, um desenvolvimento, uma evolução e uma transformação, que é a morte.
E tudo isso no campo invisível, para depois de providenciado no mundo invisível, fazer o efeito correspondente no mundo visível.
A Natureza não pára, todos os reinados que dela fazem parte, da mesma forma. Não há descanso, não há lazer; somente trabalho e mais trabalho.
Até para que possamos dormir, descansar e divertir, lá estão todos os reinados em ação, trabalhando e garantindo todas as ações dos seres humanos.
Gente querida, quando todos tomarem conhecimento de tudo isso, chegarão à conclusão da nossa inutilidade aqui na vida da matéria, terão vergonha de nossa posição de verdadeiros parasitas que somente sugam a Natureza e dela tudo recebem, sem terem nada a dar. Nenhum de nós faz nada, ela é quem tudo faz.
E ao tomar consciência verdadeira positiva de tudo isso, sentirão uma vergonha muito grande, pelo descaso nosso para com nossa Mãe Natureza, ao longo desses milhões de milênios que aqui na Terra estamos, vivendo sem nos conhecer e sem conhecer nossa Mãe Querida.
E ao nos tornarmos conscientes de tudo isso, muito naturalmente, reconheceremos nossa irmandade sagrada, consagrada pelo raciocínio. E o pensamento, esse vivente invisível lapidador, cansado de tanto trabalhar para nos lapidar, para enxergarmos a verdade e nos desprendermos da matéria, finalmente poderá ter sua merecida aposentadoria.
Aí, enxergaremos cada qual como um igual nosso, não haverá mais medos, do visível nem do invisível, que esses medos serão substituídos por um amor divino, incondicional, que unirá todos independe de raça, sexo, idade, classe social e instituição a que pertença.
Aliás, as instituições se transformação da diversidade para a unidade, porque a função de todas será uma só, a de manter e evoluir a união da nação única que será o mundo, porque a esta altura, todos farão parte de uma só raça, a raça de onde somos originários, a raça Racional.
E por isso não haverá mais medos, porque estaremos todos equilibrados, conscientes Racionalmente, nos beneficiando desse poder incomensurável da nossa Mãe Natureza, que estará voltado todo para a felicidade de todos, por não haver mais necessidade das lapidações.
Calculem uma força poderosa como a de um furacão, utilizada não mais para a destruição, mas, somente para a paz, o amor, a fraternidade e a concórdia!
Tudo de ruim não terá mais necessidade de existir.
Nossos irmãos invisíveis responsáveis pela missão do mal, ficarão muito felizes de ficarem livres dessa missão árdua que terrivelmente os lapida; e os lapida muito mais do que a nós. Eles sofrem muito! Eles sofrem demais!
Portanto, não haverá mais medos, porque a sabedoria tomará lugar do medo, e essa sabedoria será uma só, será a sabedoria da Natureza. E, assim, o que um saberá, todos saberão. O que um concluirá, todos concluirão.
A tudo isso se dá um só nome: RACIOCÍNIO.
Essa vida DIVINA RACIONAL está próxima, meus amados, mas, está dependendo de que todos tomem conhecimento dessa sabedoria, que está condensada nos Livros da Cultura da Natureza, Universo em Desencanto.
Olha, minha gente, acreditem, por favor! Se todos começarem a estudar estes Livros, com seriedade, persistência e paciência, lendo todos os dias, acalmaremos nossa Mãe Natureza que está muito cansada e revoltada de ser ignorada, humilhada e desprezada por seus filhos que somos nós.
Espalhem esta recomendação para toda sua família, para seus amigos, colegas e até para desconhecidos.
Vamos, unidos no raciocínio, fazer com que as hecatombes que estão por vir, poupem o maior número de cidades possível.
Esse é um pedido de todos aqueles que já tiveram provas e infinidades de comprovações da força da ENERGIA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto. É um pedido dos estudantes de CULTURA RACIONAL.
Procuremos viver. E para viver, somente unidos à VIDA DONA DE TODAS AS VIDAS: a NATUREZA, através do desenvolvimento do raciocínio.
Unidos à Mãe Natureza ela proverá tudo de bom e de melhor para todos, por ter sido desvendado o enigma do medo, pela união de todos pelo desenvolvimento do raciocínio.

www.culturaracional.com.br
www.encontroracional.com.br

Nenhum comentário: