Follow by Email

sábado, 19 de maio de 2012

REAPRENDENDO A RELACIONAR-SE

(Idinéia Romitti - http://idineia.blogspot.com) Quem já não observou um casal de namorados? Sentados na praça num envolvente abraço; hoje já tão jovens amam com tanta intensidade, aos 14 anos já namoram, fazendo juras de amor eterno. O que entendem de amor e amar? Manipulam um ao outro, com proibições de não pode ver os amigos, não pode falar com alguém do sexo oposto.Vigiam-se de todas as maneiras e dizem ser tudo por amor. Que amor é esse? É lindo amar e ser amado! Os jovens de mais idade, namoram, divertem-se muito nas baladas em turmas de amigos, no cinema a dois e os momentos íntimos de muito amor. Projetam-se um no outro, exigindo e vigiando. São mil cobranças e muitas obrigações. Isso é amor? Tudo parece fascinante, uma mistura de amor, ódio, posse e paixão. Paixão não é amor; é sim uma doença psicológica. Em todas as idades se ama, se relaciona! Os casais mais maduros e experientes, amam sabendo o que querem, com cautela, bom gosto, e até arriscando aventuras É maravilhoso amar! Nos relacionamentos há uma troca, existe por vezes os ciúmes, a posse do ser amado e ainda se diz: isso é amor. E a pergunta que não quer calar: o que é amor? O que é relacionar-se? Como ousamos chamar de amor tomar posse do ser amado? E o vigiar sem cessar? A falta de confiança e o medo de amar? Somos pequenos aprendizes na matéria de amor! Amamos o outro, porque dentro dele está uma parte nossa, o nosso Eu! Amo o Eu que está em Você! O amor é lindo! O amor nos relacionamentos nos ensina a sermos melhores, mais puros. É através dos relacionamentos que temos a oportunidade de desenvolver e formar de forma inteligente o nosso caráter humano bem sucedido. O que cada um de nós quer é o amor e aprovação do outro! Quem ama não prende o ser amado...Liberta! Confia em si próprio, respeita a si mesmo e ao ser amado! Sabe que o outro, assim como Você, é livre para ir e vir e isso faz com que o amor aconteça de forma pura e verdadeira. O ser amado vai, mas, volta porque é livre e Você o respeitou. E, assim, o amor cresce e se torna ainda maior um pelo outro. Os relacionamentos (o relacionar-se) fazem desabrochar, sair para fora nossos sentimentos do mais lindo e puro, ao mais inescrupuloso sentimento, mostra realmente quem somos. É no relacionamento que nos damos conta do porque sentimos assim. É a oportunidade de nos auto analisarmos, corrigir nossas imperfeições, saber suas origens e a causa, que muitas vezes são traumas de experiências vividas, crenças enraizadas em nós, ou a maneira de como fomos educados. Seja qual for, reaprenderemos a confiar em nós e no outro, a nos sentir seguros, confiantes e a nos respeitarmos mutuamente. Acredito que não exista uma metade que se junta à outra metade, mas, sim, um ser inteiro que se junta a outro Ser inteiro. Os relacionamentos nos ensinam a olhar para nós, nos amarmos a nós mesmos primeiro! Tenhamos um relacionamento íntimo de amor com nós mesmos, nos aceitando, nos perdoando, nos melhorando, nos auto-curando. Eu me amo e me aceito exatamente como sou! O amor e amar vale a pena! Relacionem-se, sejam felizes e vivam em paz! Mas, primeiro, fundamental , é SE CONHECER. E como SE CONHECER se a pessoa não sabe as coisas mais simples da vida e que são: QUEM SOMOS, DE ONDE VIEMOS E PARA ONDE VAMOS? Então, vamos NOS CONHECER primeiro, para que possamos ser INTEIROS e, assim, todos SE CONHECENDO por inteiro, identificar-se-ão uns com os outros, por sermos todos idênticos na essência, UM só ser, o SER RACIONAL. Todos se amando, todos se respeitando, todos satisfeitos e todos equilibrados RACIONALMENTE. E para SE CONHECER estudem, o quanto antes, os Livros do SE CONHECER, Universo em Desencanto, de Cultura Racional, a cultura natural do SER RACIONAL. É quando, então, todos encontraremos a VERDADEIRA FELICIDADE, pelo desenvolvimento do raciocínio.

Nenhum comentário: