Follow by Email

terça-feira, 13 de novembro de 2012

UMA DAS CONTRADIÇÕES DAS HISTÓRIAS DA EVOLUÇÃO DO HOMEM

(Severino dos Reis)
A vida no Planeta Terra, não existe por acaso; e não é vontade e nem criação de Deus, como aprendemos nas histórias que nos contaram; que bem analisadas, bem interpretadas, são uma acusação a Deus: de ser bom e eterno e nos fazer ruins e mortais.
Nesta matéria, nós pretendemos fazer objeções e explicar, dentre muitas, uma das contradições das histórias da Criação, a qual, diz que Deus fez o homem à sua imagem e semelhança. Presumimos que faltou querência e bom senso de observação, para os criadores dessas histórias. Pois, onde está a semelhança, se Deus é eterno e de Luz Divina! E nós somos mortais e de matéria?
Diz que o homem foi feito para amar e servir a Deus! Se Deus é eterno, onipotente, onisciente, criador de todas as coisas e nós, somos frágeis e mortais e em tudo dependemos dele e da natureza para sobreviver, em que poderíamos servi-lo?
Mesmo porque, se Deus criasse um universo e o povoasse com vidas, não faria vidas de matéria, para sofrer morrer e nem faria um universo de fogo, para queimar os seus habitantes. Pois está provado, que em todo universo tem fogo.
E não seria justo, que ele fizesse o universo de pureza? E nos fizesse de Luz Divina como ELE é?
Se nós, que somos imperfeitos e cheios de defeitos, fazemos filhos iguais a nós e, se pudéssemos, faríamos melhor do que nós e não os deixaríamos morrer!
Onde está a onipotência de Deus, para impedir que seus filhos sofram e morram?
Dirão os que ainda acreditam nessas histórias: sofremos e morremos, porque pecamos e desobedecemos. Mas ele não nos fez à sua imagem e semelhança? Se ele não pecou, nós também não deveríamos pecar!
Se ele é onisciente, sabia que iríamos pecar; então deveria ter nos feito de uma outra forma, que não nos deixasse margem a erros!
Isto prova, que o que nos contaram, era história de crianças, para entreter crianças.
De fato, quando essas histórias foram inventadas, a humanidade era tão inconsciente como criança. E antes disso, andavam com as mãos no chão, de gatinhas como crianças, porque não sabiam andar de pé. Mas, seguindo o curso normal da evolução da Natureza, começaram a andar curvados e com muitos esforços, depois de muito tempo, conseguiram a andar de pé. E com o trabalho incessante de evolução da Natureza, ao sair das cavernas eles começaram a soltar a voz e a desenvolver as palavras na pré-história. E no decurso da pré-história, até o início da civilização, eram mesmo como crianças ainda na infância, quando a Natureza, sendo mãe, passou a nos contar essas histórias, para nos guiar pelo temor, porque éramos muito rudes, muito brotos.
Então foram inventando: o Céu, o inferno, purgatório, os Anjos, o demônio, o pecado, a alma e diziam: “Não façam isso que é pecado, a sua alma vai para o inferno!” E obedeciam pelo temor, pelo atraso daqueles trogloditas. E assim viemos nos lapidando, amansando e nos tornamos feras domésticas; mas: feras! Porque, basta pisar em nossos calos, para voltarmos a ser feras.
Mas, o tempo não pára! A humanidade cresceu e atingiu a maior idade e as histórias ficaram superadas, com o fim da Cultura da Civilização e o início da CULTURA RACIONAL. Agora, não é mais história, nem um personagem; a CULTURA RACIONAL é escrita aqui na Terra, proveniente de mensagens, que foram ditadas pelo RACIONAL SUPERIOR para o seu representante: MANOEL JACINTHO COELHO. O qual nasceu em nosso planeta, para essa única e exclusiva finalidade.
O RACIONAL SUPERIOR viu e nos advertiu: que estávamos em perigo, quando entramos na planície Racional e provocamos o início de sua degeneração, que redundou na origem deste universo de matéria e da vida.
E ELE conta, sem contradições, porque os humanos já estão maduros, preparados para entender. Contudo, ainda existe uma grande parcela da humanidade na adolescência, acreditando nessas histórias, mas, em breve, todos chegarão à maior idade. E, Deus e o Céu, também fazem parte das histórias, porque o seu nome verdadeiro não é Deus, é RACIONAL SUPERIOR: Racional criador dos Racionais, que se transformaram para animais Racionais, que são os seres humanos.
E ELE não criou o Céu e nem este nosso mundo! Mas, criou o MUNDO RACIONAL, um mundo eterno, puro, limpo, perfeito e seus habitantes de corpos de Luz Divina Racional como ELE. Lá não tem ontem e nem amanhã, não tem calor e nem frio, reina a pureza e a felicidade eterna. Assim, o descreve ELE mesmo, na CULTURA RACIONAL e diz que só agora nós ficamos preparados para contatarmos com a personalidade verdadeira, a Energia Racional e entender o que realmente aconteceu. Portanto, o Universo das luzes de fogo que nós conhecemos, povoado de vidas de matéria, é oriundo da transformação de uma pequena Planície, parte do MUNDO RACIONAL, que não estava pronta, para o progresso dos Racionais. E uns tantos Racionais, por serem eternos livres e por não conhecerem a maldade, entraram a progredir naquela Planície; e ela por não estar pronta, ao em vez de progredir, regrediu: se transformando neste Universo de fogo e matéria. E só terminarão as transformações, quando chegar ao seu estado natural, no MUNDO RACIONAL, outra vez. E os Racionais que provocaram essas transformações, perderam a Luz Racional de seus corpos e se materializaram como máquinas do Raciocínio, no cérebro dos animais Racionais.
E nessas condições, já se passaram 21 eternidades, aguardando a parte da Planície, que pertence ao animal, que é o pensamento e a imaginação, se desenvolver com as suas energias: elétrica e magnética, para então, o Raciocínio, que é o Racional, que fez este Universo, essa deformação Racional, se desenvolver também, com a sua energia, a Energia Racional.
É por isso que está aí a CULTURA RACIONAL, que traz em seu bojo a Energia Racional, dando a chance da volta a esses Racionais, que saíram do seu mundo eterno e se perderam, não souberam voltar, porque perderam também a consciência.
Por isso inventaram tantas histórias, parecidas com o real, que serviram, até chegar o tempo da CULTURA RACIONAL, que ensina a história verdadeira e ativa o Raciocínio, ele refaz a memória e lembra-se do seu mundo; recompõe a sua energia e volta para a eternidade, o seu verdadeiro habitat, o MUNDO RACIONAL.
Portanto, a criação do Universo e da vida não é obra do acaso e nem a criação de Deus! Mas, criado por nós mesmos, que aqui estamos materializados, como máquina do Raciocínio; porque esse mundo de sofrimento e morte é conseqüência de seus próprios habitantes.
E Deus é o RACIONAL SUPERIOR! Que nos acompanhou todo esse tempo, toda a nossa trajetória, nos ensinando o caminho de volta à nossa casa. Mas não existe outra forma de voltar, senão pelo desenvolvimento do Raciocínio! O resto são histórias criadas no tempo dos trogloditas.
E se você quer realmente voltar à eternidade, procure se informar: lendo os livros de UNIVERSO EM DESENCANTO, para atualizar-se com a evolução da Natureza, que já mudou, da Cultura da Civilização, para a CULTURA RACIONAL.
Pois, é um dever das pessoas inteligentes, de fé e amor a Deus, EXAMINAR tudo que se diz que vem de Deus, para ter a chance de realmente escolher o melhor para si mesmo e, não, ficar no campo retrógrado, como ficaram aqueles que não quiseram acompanhar a evolução da Cultura: da Pré-história, para a Cultura da Civilização. É um conselho, do maior amigo da humanidade! O que aprendemos a chamar de Deus: O “RACIONAL SUPERIOR”.

Um comentário:

Anônimo disse...

Li alguns volumes dos livros da cultura racional a pedido de uma amiga, esperava encontrar nos livros alguma novidade, infelizmente encontrei um amontoado de erros, repetecos e mais repetecos, erros grosseiros e mais, cada trecho lido fiz questão de aprofundar em pesquisas para tentar certificar da veracidades das coisas ali escritas e não encontrei nenhuma prova científica. Além dos livros procurei artigos e blogs que tratam dessa seita. Foi ai que fiquei ainda mais decepcionado, os integrantes dessa seita tentam de todas as formas provar o inexplicável, juntam fatos corriqueiros do dia a dia e tentam ligar com os escritos do livro de forma gritante.
Alguns exemplos gritantes.

Minha amiga disse pra mim que certa vez numa viagem o motorista muito cansado disse o seguinte: "Não sei com desci a serra, pois estava muito cansado e quase que cochilando" e segundo ela um dos passageiros que estava numa das poltronas da frente viu o falecido MJC dirigindo o onibus enquanto descia a serra. TENHA DÓ NÉ.

Outra: Segundo ela o criador dessa seita anda distribuindo e autografando livros em vários pontos do Brasil. Isso é FANTÁSTICO Né.

Mais Uma: Uma colega dela andou tirando fotos numa praia e quem apareceu na foto. Não precisa nem falar... rsss

Num outro blog um determinado camarada encontra 11 trechos na bíblia que mostram previsões que MJC viria a terra. Não preciso nem dizer que estudei detalhadamente cada trecho e mais uma vez minha decepção foi muito grande.

Sobre os 11 trechos não vou nem perder tempo de comentar aqui. Mas vou fazer um comentário a parte. A Bíblia é colocada de lado por essa seita e essa mesma bíblia tem 11 trechos que anunciam o MJC. Brincadeira.

Comentando com minha amiga sobre minhas pesquisas e leitura, ela sempre diz frases assim:
- A cultura racional não é pra todo mundo.
* Eu não entendo, veio pra salvar e não é pra todo mundo....
- Tem que repetir pra pessoas compreenderem
* Isso é considerar os leitores idiotas, uma coisa é usar a simplicidade outra coisa é errar porque é burro mesmo.

E um punhado de erros, contradições, idiotices etc

Respeito qualquer ideia, todo mundo é livre pra seguir quiser, escolher qualquer religião ou seita.

Mas não posso deixar de dar minha opinião. Afinal vivemos num país democrático e tenho o direito de expressão. Me perdoe se alguém sentir ofendido pois não é essa minha intenção.