Follow by Email

sábado, 1 de fevereiro de 2014

POLUIÇÃO X DOENÇAS

(Angela Maria da Silva, Recife,PE)
Em outras épocas o ser humano era mais forte e raramente padecia por doenças. “O Ser Humano é o Causador da Sua Própria Destruição...” (17º da Réplica, pág. 5, Livro Universo em Desencanto).
Se compararmos, a saúde de nossos avós, bisavós com a saúde de nossos filhos e netos, fica no ar uma pergunta: “O que aconteceu para que a humanidade ficasse tão fragilizada?” Por que tanta doença que a ciência não tem conhecimento e a medicina não sabe curar?
Outrora o corpo humano era mais forte e robusto, em cada nova geração minguamos, degeneramos naturalmente, assim costumamos ouvir: “Você é mais novo que seu pai e no entanto mais fraco.”
A Natureza nos provê de tudo para nosso sustento desde que nos entendemos como seres humanos, tudo Ela nos dá em fartura, ofertando alimento, abrigo, proteção, entendimento do que é bom ou mal.
Mas, na evolução da espécie humana, saímos do nosso natural e passamos a viver artificialmente; fomos adaptando tudo para nosso conforto, para a amenização da vida material e aí quebramos o vínculo natural com a natureza.
Passamos a poluir tudo: poluímos o ar, o mar, as águas, os vegetais, os animais, fomos poluindo tudo ao nosso redor e multiplicando dessa maneira a nossa degeneração.
Criamos um alfabeto artificial que nos fez e faz progredir a regresso: “O progresso do artifício só multiplica os malefícios, e multiplicando os malefícios, somos atingidos, e o culpado das ruínas de nós mesmos, somos nós.” (17º da Réplica, pág. 15, Livro Universo em Desencanto).
A poluição que geramos em busca de conforto, as tecnologias utilizadas são a causa dos efeitos no corpo humano do que demos o nome de doenças. Essa poluição deu causa a uma infinidade de doenças que avançam sobre a humanidade, câncer, lepra, moléstias de todos os tipos e formas desconhecidas da própria ciência.
Os causadores de tudo isso somos nós mesmos, jogando na atmosfera uma incontável carga de veneno que desce e se acumula sobre a humanidade gerando vírus, bactérias, germes que as lentes nem alcançam para o conhecimento científico.
“O envenenamento da atmosfera pela poluição causada pelos artifícios, pelas experiências e, com o tempo, só podia surgir más conseqüências, porque quem vive de experiência não conhece o certo.” (17º da Réplica, pág. 17, Livro Universo em Desencanto). Dessa maneira a atmosfera joga para baixo toda a sujeira que produzimos diariamente, e cai sobre nossas cabeças a nossa infeliz produção de gases venenosos que, acumulados sobre nós, descem sutilmente e são absorvidos em nossa respiração, em nossa pele, causando doenças das mais diversas formas sobre todos.
A evolução da humanidade caminha a passos largos para o contínuo crescimento de poluição, gerando assim doenças de todas as espécies. A matéria já fragilizada pela multiplicação das gerações, enfrenta o acúmulo da poluição atmosférica, culminando em doenças, sobre todos, desde o nascer ao crescer e morrer, sofremos as investidas dos vírus, germes e bactérias visíveis e invisíveis. “E a poluição, poluindo, envenenando, envenenando, mais poluídos, mais envenenados, até que já nascem todos diferentes do que deviam ser.” (17º da Réplica, pág. 22, Livro Universo em Desencanto).
A formação do ser humano já é comprometida antes mesmo da sua geração, pois, tudo que respiramos e comemos está poluído, assim a causa de tantas doenças sobre a humanidade é a poluição gerada pela própria humanidade, que acumulada na atmosfera, desce em gases venenosos sobre tudo e todos. Os efeitos são animais, vegetais, águas, e ar acumulados de vírus, bactérias e germes, que causam as mais diversas doenças. “Doenças essas, incuráveis. De forma que não há efeito sem causa, e a causa de estarem assim, de serem assim, uma das causas, é a degeneração e a poluição”. (17º da Réplica, pág. 23, Livro Universo em Desencanto).
Todo o esclarecimento das doenças e o porquê delas, está contido na Obra Universo em Desencanto, com provas e comprovações para os mais exigentes.
Tudo tim tim por tim tim, explicado numa linguagem de fácil entendimento, a Cura para esses males e outros mais, como é formada essa degeneração sobre o ser humano, que doente sofre muito mais.
UNIVERSO EM DESENCANTO, o conteúdo para todos que compreendem que a Natureza dá a todos o necessário, sem o artifício criado pela mente humana.

Nenhum comentário: