Follow by Email

segunda-feira, 25 de junho de 2012

SEM O SUPORTE DO ENCANTO O HOMEM TERIA VERGONHA DE SI MESMO!

(Severino dos Reis)
Os leitores que acompanham as postagens do nosso site, certamente já perceberam o nosso empenho, em mostrar a importância da CULTURA RACIONAL para todos, independente de classe ou posição social; do mais humilde cidadão aos intelectuais, até os mais notáveis Cientistas: para os seguidores e para os mestres de todas as Religiões, seitas e doutrinas; para as autoridades civis, Militares e governamentais.
Porque a CULTURA RACIONAL é para todos os seres humanos; é o último passo na escalada da evolução cultural da humanidade, para completar o saber do homem, que redunda em desvendar os mistérios da origem do universo e da vida.
Para o homem alcançar a evolução atual, foi uma longa caminhada; o primeiro passo foi dado no final da fase de monstros, que seguindo a constante evolução, eles estavam em transmutação: de monstros para primitivos selvagens, homens das cavernas, o início da pré-história.
O segundo passo, foi no final da cultura da pré-história e o início da Cultura da Civilização.
E agora, o terceiro passo, com o fim da cultura da Civilização e o início da CULTURA RACIONAL, na fase Racional.
A Cultura da pré-história tinha como objetivo, desenvolver a matéria, o lado esquerdo do cérebro, a imaginação do homem com a energia magnética; a Cultura da Civilização tinha como objetivo, desenvolver o lado direito do cérebro, com a energia elétrica, o intelecto do homem, o pensamento.
E agora, chegou a CULTURA RACIONAL com um objetivo maior: desenvolver a parte central do cérebro, o Raciocínio, a parte Divina do Homem, com a energia Racional.
Porque o habitante do mundo Racional estava fora do seu estado natural, há vinte e uma eternidades, por fazer mal o uso do livre arbítrio que lhe era peculiar.
Perceberam que a CULTURA RACIONAL vai acender e ativar a centelha Divina, a parte mais importante que estava inativa no cérebro de todos os seres humanos?
É por isso que o homem é filho de Deus que é eterno, onipotente, e o homem na deformação, restringiu-se a uma centelha, como embrião na matéria, sem nenhuma potência.
Nessas condições humilhantes, ridículas!
Que se não fosse o encanto, a ilusão, o homem teria vergonha de si mesmo. Imaginem um artista famoso, um Presidente e tantos homens importantes, orgulhosos de sua posição social!
Mulheres lindas, perfumadas, damas da sociedade, verdadeiras Deusas como costumam dizer! Ter que ingerir alimentos todos os dias, para não morrer de inanição; e depois ter que expelir os resíduos, para não morrer de intoxicação ou outro tipo de complicação qualquer.
Porque, somos animais Racionais, mas até hoje, só está em funcionamento o nosso lado animal.
Agora, a Natureza alcançou o tempo, trouxe a CULTURA RACIONAL para desenvolver o Raciocínio, que coloca o Racional em funcionamento e completa esta obra Divina, que são os seres humanos.
Raciocinando, liga-se ao MUNDO RACIONAL, pondo fim a esse ridículo e a todas as humilhações, porque deixa de ser animal e passa a ser só Racional: puro, limpo e perfeito, não necessitando mais de alimentação.
Essa é a razão do nosso empenho. Porque, nós já estudamos a CULTURA RACIONAL, conhecemos o teor da sua importância! Embora saibamos que sempre criamos raízes, na energia de cada Cultura. Ficamos enraizados no poder da energia magnética que era o DEUS da época e foi muito difícil desvencilhar da pré-história.
Mas com muito jeito e um pouco de lapidação, a Natureza foi nos arrancando da primeira Cultura e nos plantando na Civilização. E agora, estamos enraizados na Cultura da Civilização, iludidos, entusiasmados com tantas Ciências, com tantas crenças, deslumbrados com a Informática, também está muito difícil, nos arrancar da Civilização, para plantar-nos, na fase Racional. Porque, algumas experiências parece confirmarem as expectativas da Ciência, fazendo crescer a confiança no progresso da Cultura da Civilização, que na realidade, acabou em 1935, com a chegada da fase Racional.
Comprove tudo isso que estou dizendo, estudando mesmo! Os livros da obra, UNIVERSO EM DESENCANTO, que é a didática da CULTURA RACIONAL, que é impossível contestar. Mas é estudar mesmo! Não fazer uma leitura dinâmica e dizer que conhece.

Nenhum comentário: