Follow by Email

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

A GRANDE COMUNIDADE DE CONFÚNCIO (E OUTRAS PROFECIAS), CONCLUI-SE COM A CULTURA RACIONAL.

(Severino dos Reis)
Amigos leitores do nosso blog, mais uma vez, queremos reafirmar a importância, a necessidade de todos os seres humanos conhecerem, certificarem- se e, depois, ler os livros UNIVERSO EM DESENCANTO: estudar mesmo, a CULTURA RACIONAL.
Pois, na contagem regressiva das eras, já presenciamos o século vinte desaparecer no horizonte; já ouvimos os últimos sussurros do segundo milênio, na voz desesperada da humanidade, através do aquecimento global, da escassez de água no planeta, da insuficiência de alimentos para a população mundial, da crise econômica mundial quebrando todos os países do mundo, do degelo das calotas polares, dos incêndios no mundo inteiro no verão e nas enchentes, raios e tempestades no inverno.
Através da poluição, que já é quase insuportável em todo planeta, através das drogas, cujo tráfico cada dia mais ousado, que saiu dos recantos sombrios das favelas, das esquinas no silêncio das madrugadas e foi para dentro das salas de aulas, para dentro dos lares, em plena luz do dia e a qualquer hora: espalhando o vício, a morte, terror e o desespero das famílias.
Através da AIDS que avança sem nenhum obstáculo, rumo à contaminação da humanidade; através das invasões, dos protestos, rebeliões, arrastões, seqüestros, explosão de caixas eletrônicos e a matança de todas as formas.
Mata-se nas guerras, nos atentados de grupos extremistas, no trânsito, nos lares, nas baladas e nas ruas, o sangue dos nossos jovens corre a jorro.
A pedofilia virou moda: nos lares, nas Escolas, nas Igrejas e espalhou pela Internet! E tantos outros milhões de acontecimentos gigantescos que assolam a raça humana.
Mas felizmente também, já pudemos ver o cintilar da aurora do terceiro milênio, numa luminosidade jamais vista em nosso baixo mundo de matéria. Já podemos ver o clarão da luz RACIONAL; já é possível sentir as vibrações do nosso mundo de origem, o MUNDO RACIONAL.
Portanto, agora, se estudarmos a CULTURA RACIONAL, já pode se concretizar, o que Confúcio chamou de a grande comunidade. Onde a terra será propriedade de todos; onde as crianças e adultos serão bem alimentados, onde todos os velhos terão os seus últimos dias tranqüilos e os fortes terão o seu trabalho útil.
Onde as viúvas e os órfãos, os fracos e os enfermos encontrarão amparo; e todos os homens terão os seus empregos e as mulheres os seus lares; onde todos trabalharão em prol de toda comunidade. Por isso não farão falta as fechaduras, poderão deixar as portas abertas, porque não haverá bandidos e nem ladrões.
Também já e possível concretizar o que foi escrito por IZAIAS: onde as nações não mais levantarão contra nações; onde as lanças serão transformadas em arados e as armas de guerra em instrumentos de agricultura. Onde o lobo habitará com o cordeiro e o leopardo com o cabrito se deitará; o bezerro e o filho do leão dormirão juntos e um menino pequeno os conduzirá; a vaca e a ursa pastarão juntas, o leão comerá palha com o boi e uma criança de peito brincará sobre a toca da serpente e uma outra já desmamada, meterá a sua mão na cova do basilisco; e nenhum mal se fará em meu santo monte, porque a terra se encherá de conhecimento do senhor, como as águas cobrem mar.
Que coisa linda! Mas porque nenhuma dessas maravilhas e tantas outras, ainda não aconteceram?
E, ao contrário, estamos cada dia mais distantes de tais afirmações, se atualmente se roubam de todos os jeitos: roubam cargas de caminhões, carros, saqueiam bancos supermercados, Escolas; e a humanidade está ficando cada dia mais enclausurada nas suas residências, ao em vez de deixar as portas abertas.
E olha que Confúcio idealizou a grande comunidade, 600 anos antes de CRISTO; a mensagem de IZAIAS remonta aos tempos Bíblicos e outras predições que remontam à pré-história. E por que ainda nada disso aconteceu?
É exatamente porque é impossível fazer a grandeza de tais modificações, sem mudar a mentalidade humana; sem romper com as tradições, sem remover os resíduos de energias antigas e conectar-se a uma energia nova. Pois, não é o que descreve as escrituras também? Eis que tudo se fez novo!
Mas, não poderia desligar as energias antigas que alimentavam o pensamento, antes de chegar à energia nova, a energia Racional, para iniciar o desenvolvimento do Raciocínio, que vai substituir o pensamento e renovar a mentalidade do homem.
Para isso, Deus, o RACIONAL SUPERIOR, que é um Raciocínio Superior a todos os Raciocínios, em 1.935 mudou a fase da Natureza: de animal Racional para a fase Racional. Para abrir a vertente e liberar a nascente da energia Racional, que desenvolve o Raciocínio, que cancela e substitui o pensamento, porque já chegou o tempo.
Agora está aí a CULTURA RACIONAL, para cumprir todas as predições, daqueles grandes visionários do passado; para mudar a personalidade sórdida do homem, causada pela imperfeição da matéria, que torna-se o ser humano antagônico e cada dia mais longe do amor recíproco, mais distante da solidariedade coletiva, porque o pensamento sempre dividiu as opiniões. Pois, ele foi feito para isso, para dividir a humanidade: em grupos religiosos, em classes sociais, para lapidar; preparar os seres humanos, para um dia voltar à eternidade.
Portanto, não é salvação! É o retorno à sua origem, ao seu estado natural que é o MUNDO RACIONAL de onde nós saímos.
Mas quem quiser voltar, tem que desenvolver o Raciocínio; e só desenvolve o Raciocínio, com a energia Racional; e a única fonte da energia Racional é a CULTURA RACIONAL. Por isso, que é importantíssimo e extremamente necessário, todos os seres humanos indistintamente, ler os livro UNIVERSO EM DESENCANTO; estudar mesmo a CULTURA RACIONAL, cuja didática é oriunda de mensagens ditadas por Deus, para encher a terra de energia Racional, o verdadeiro conhecimento do Senhor, que é o RACIONAL SUPERIOR.
Agora fica uma pergunta: por que ficamos enclausurados só aos métodos, as formas de interpretar a salvação como outros homens nos ensinam? E muitos até cobram para ensinar, se é tão fácil. É só obedecer a Jesus: examinai todas as Escrituras, que nelas encontrarás a verdade; e a verdade os libertará.
Ele já disse isso, porque sabia que no tempo certo, viria uma outra escrituração, também com todo cunho de verdade. Por isso, não podemos ficar presos às interpretações ou conveniências de outros.
Então, vamos examinar a CULTURA RACIONAL, que é uma escrituração e tirar as nossas próprias conclusões, se é verdade ou não. E, é o que, os homens que até agora nos ensinaram, também devem fazer, para não incorrer no erro de falar sem examinar, e depois ser medido com a mesma medida, porque mediu, sem ter conhecimento.

Nenhum comentário: