Follow by Email

terça-feira, 7 de agosto de 2012

ACENDENDO A LUZ ETERNA

Uma vela é mantida acessa enquanto há parafina.
Assim, o animal Racional: com sua luz artificial mantida pela combustão das energias elétrica e magnética, enquanto houver reserva dessas energias na máquina do pensamento e da imaginação, respectivamente.
Antes de 1935 a Natureza alimentava essa carga elétrica e magnética nessas duas máquinas, sempre que essa carga baixava seu nível de equilíbrio. Nesse tempo, fase da civilização (2º milênio), quem governava a natureza era a energia elétrica e magnética.
E, assim, a Natureza mantinha nosso relativo equilíbrio. Mantendo acesa a luz artificial da vida artificial. Artificial, por não ser o estado verídico, natural, original.
A partir de 1935, a Natureza mudou de fase. Concluiu estar na hora de nos dar vida e luz verdadeiras, entrando em vigor sua parte essencial, RACIONAL. Entra em vigor, então, a ENERGIA RACIONAL, que passa a alimentar sua máquina correspondente: do raciocínio (glândula pineal), adormecido há milhões de milênios, sendo conduzido vida após vida, até que se alcançasse a fase do seu funcionamento.
E por ter terminado a fase do pensamento, a Natureza deixou de alimentar o nosso pensamento/imaginação.
Estamos vivendo com a carga eletromagnética remanescente que, dia a dia enfraquece, enfraquecendo nossa luz artificial , até que a carga termine, quando ficamos sem luz, nas trevas, completamente desequilibrados.
Aí, irão perguntar: “Mas, a Natureza não está alimentando o raciocínio?” Sim, está, mas, num processo muito lento, tão lento, que antes que se acenda nossa luz verdadeira, a artificial, da maioria, há de se apagar.
Por isso, precisamos colaborar com a Natureza e buscar, numa usina de Energia Verdadeira Original, o fornecimento mais rápido dessa Luz Eterna. Que depois de acesa, por ser dada pelo SUPREMO CRIADOR, o RACIONAL SUPERIOR, ela não se apaga, por pertencer à eternidade.
E que usina é essa?
São os Livros Universo em Desencanto, de Cultura Racional, a cultura natural da Natureza.
Acendamos todos a Luz Divina Racional, desenvolvendo o nosso raciocínio, com a leitura diária dos Livros Universo em Desencanto, antes que nossa luz artificial, eletromagnética se apague, secando nosso pensamento, o que torna também seco o sentimento.
O pavio de todos está se aproximando do seu fim.

Nenhum comentário: