Follow by Email

sábado, 16 de março de 2013

COMO SURGIRAM AS CORES E SUAS INFLUÊNCIAS, NOS SERES HUMANOS E EM TUDO.

(Severino dos Reis)
Caríssimos Amigos de nosso blog: se vocês estão cansados de fazer perguntas cruciantes como: quem nós somos? De onde viemos? E para onde vamos? Como surgiu essa imensidão de universo e por que surgiu; e tantas outras perguntas sem obter resposta? Não se desespere. Essas perguntas, não têm mesmo quem as responda!
Você não sabe, mas os cientistas também não sabem; ninguém sabe. Ou, não sabia! Porque agora, todas as perguntas, até as mais pertinentes, como a origem da vida, a origem do universo e tudo que nele existe, está respondida e muito bem explicada, com minúcia de detalhes na CULTURA RACIONAL.
Portanto nessa matéria, vamos saber tudo sob as cores e porque elas apareceram no universo. Elas estão presentes em tudo que existe no universo: no Sol, na Lua e nas Estrelas, na Água, na Terra, nos animais, nos vegetais e de certa forma, elas são a nossa própria visão; por que em tudo que vemos lá estão elas; por isso, em nosso comentário de hoje, vamos saber como surgiram as cores e as suas influências.
Do ponto de vista da ciência, Isaac Newton foi o primeiro a estudar as cores presentes na luz solar, decompondo um feixe de luz em seus componentes coloridos; mas não explicou nada, de como surgiram as cores no universo.
Em seus estudos, observou-se que a luz branca do Sol, ao refratar-se nas gotas da água da chuva suspensas na atmosfera, se dispersam, formando no Céu o conhecido arco-íris.
Descobriu-se também, que a luz do Sol é composta de muitas cores; e que cada cor, tem comprimento de onda de radiação diferente. Assim, pela análise espectroscópica, podemos observar que o vermelho, absorve as radiações do amarelo, do verde, do azul e do violeta; e o preto, absorve as radiações de todas as cores. Por isso, o vermelho e o preto são insuportáveis no verão, por serem muito quentes. E o branco, que não absorve nenhuma cor, mas difunde todas elas, ficou sendo a cor mais fresca porque é neutra. Assim, a luz como fenômeno que transporta energia, qualquer corpo que absorve radiação de uma cor, retém energia em forma de calor. Essa postura da Ciência nos deixa muito à vontade para falar das cores; e provar, que a CULTURA RACIONAL por ser natural, explica tudo que existe no mundo numa linguagem simples, visando o povo em geral, para que os mais humildes, sem nenhum abalizamento em Ciência, possam tomar conhecimento de tudo que aconteceu na formação do universo e da vida e de tudo que existe. Pois cientificamente, ficaria restrito apenas aos grupos de formação acadêmica, porque a cultura do pensamento é muito complicada por ser artificial!
Além do mais, os pensadores trabalham com as hipóteses, pode dar certo ou não, porque não viram fazer; mas o RACIONAL SUPERIOR, o autor da CULTURA RACIONAL, narra a verdade como tudo foi feito, porque tudo que existe em nosso mundo, saiu do mundo dele, o MUNDO RACIONAL.
Então, como surgiram as cores? No MUNDO RACIONAL, que é a causa desse nosso mundo, não há desequilíbrio, por ser puro limpo e perfeito, de uma só energia, a energia Racional; não tem frio nem calor é a pureza, não tem cor.
Mas, quando os Racionais começaram progredir na planície Racional, ela se separou do MUNDO RACIONAL e começou a descer; e os Racionais que estavam progredindo em cima dela, começaram todos a perder a luz de seus corpos e as mesmas foram se reunindo, formando um novo corpo, composto pela luz dos corpos de todos eles.
Esse novo corpo de luz, por receber energia de todos os Racionais, foi crescendo e sem o equilíbrio Racional, começou então, a haver pressão e calor, passando assim, a esquentar a planície; e ela começou amolecer, virando uma espécie de goma. E essa goma com o calor, começou a amorenar; era então, o início da formação das cores.
Quanto mais o tempo passava, mais o novo corpo de luz recebia energia de todos os Racionais, mais o calor aumentava e mais a goma amolecia e fervia, criando uma espuma e a espuma com o calor, foi secando virando uma resina.
Com o tempo e o aumento do calor, esse corpo de luz virou fogo, o que deu origem ao Sol. E a goma amoleceu e derreteu, dando origem à água; e a resina com o calor, queimou virou cinza, o que deu origem à terra. Daí o porquê das cores estarem relacionadas com a radiação e as energias da luz solar, porque as cores é o resultado da formação do Sol. Por isso, na luz do Sol contém todas as cores em forma de radiação energética. E em tudo de matéria também tem cores: desde o incolor que é a água e do branco ao preto, porque tudo se queimou; por isso as cores se formaram com aumento gradativo do calor.
Assim, no início do calor, a pureza foi se esmaecendo e surgiu a primeira cor que é o branco; conforme foi aumentando o calor, foram criando gradativamente as demais cores.
O branco foi-se amorenando, criou o amarelo; o amarelo foi-se avermelhando, surgiu o vermelho; e com o aumento de mais calor, foi surgindo o verde, o azul, o violeta, até que queimou toda resina e surgiu o preto que é o carvão.
Por isso, quem conhece a real formação das cores, sabe com consciência, a verdadeira influência delas. Jesus e todos os grandes missionários que apareceram na Terra, vestiram-se de branco e o branco tornou-se para a humanidade, o símbolo da pureza. Mas não é por isso não! O branco representa a paz, porque harmoniza com todas as demais cores; é bom e é o símbolo da pureza, porque foi a primeira cor a ser criada, a energia era ainda Racional com muita pureza; por isso atrai tranqüilidade e tudo de bom para quem a usa.
O vermelho não é bom: representa o sangue, a guerra, porque foi criado, quando a energia Racional daquele corpo de luz recém formado, se transformou em energia elétrica, incendiou e virou fogo; por isso atrai perigo, desarmonia e a infelicidade. E o preto, é a pior de todas as cores, porque foi criado quando o fogo já tinha queimado tudo! A resina já era cinza e carvão; a pureza já tinha se transformado em matéria, já estava criada a energia magnética, o mau.
É por isso que o preto representa o luto, a tristeza, atrai doenças, acidentes e tudo de ruim, por influência da energia magnética. E as outras cores são intermediárias, sofrem as influências dessas três: o amarelo é do Reinado do ouro, atrai a riqueza; o verde a alegria, o violeta é a cor do cemitério, traz a tristeza. Superstição? Não! O RACIONAL SUPERIOR ensina na CULTURA RACIONAL, que cada cor tem o efeito da energia, no grau de deformação, em que ela estava no instante de sua formação. E tudo é assim mesmo: uma gravidez conturbada, a criança pode nascer com problema e assim por diante. É por isso que os estudantes da CULTURA RACIONAL, adotaram como uniforme, o branco; por ser símbolo da paz, do amor e da concórdia universal. O branco harmoniza com todas as demais cores.
E, todas as cores têm a sua razão de ser! Elas não têm culpa de suas influências; apenas reproduzem os efeitos do instante da sua criação. E assim, está aí como surgiram as cores e as suas influências.
Portanto, se quisermos saber como foi criado tudo que existe no universo, temos que desenvolver o Raciocínio, para sairmos do campo das hipóteses, das teorias, do pode ser ou não, que é próprio do pensamento. Por isso, eu convido a todos os seres humanos, a dar uma pesquisada na Obra UNIVERSO EM DESENCANTO, para comprovar por si mesmo, a real verdade de todos os seus ensinamentos; e depois de estudar mesmo, ver se é possível contestá-los.

Nenhum comentário: