Follow by Email

sábado, 2 de fevereiro de 2013

ESTÁ NA HORA DE VOLTAR PRA CASA!

Tudo que é certo, correto, tudo que é bom, divino (QUE NÃO PREJUDIQUE A NADA NEM NINGUÉM), é pertence de todos.
A consciência disso é que nos dá a LIBERDADE: o ANONIMATO!
E essa consciência é a consciência DIVINA, é o RACIOCÍNIO, que não aprisiona como MEU ou SEU, pois é de TUDO e de TODOS!
RACIOCÍNIO vem de RAZÃO, RAIZ, base da VIDA!
Sendo a BASE da VIDA, é de TUDO e de TODOS, porque TUDO e TODOS têm VIDA, por tudo ser ENERGIA:
ou transformada em várias formas de vida no mundo deformado em que vivemos,
ou sendo energia PURA, LIMPA e PERFEITA, no Mundo SUPREMO, de onde tudo e todos vieram e para onde todos estamos trabalhando para retornar, por o mundo em que vivemos estar fora do seu estado natural.
Quando nos conscientizamos disso na Escrituração Racional, Universo em Desencanto, é que enxergamos a necessidade URGENTE de nos desprendermos dessa deformação de encararmos o outro inferior ou superior a nós.
A inferioridade é um estado passageiro, irreal, UMA DEFORMAÇÃO – portanto, não deva ser valorizada, cultuada e admitida, por estar em franca liquidação para soerguimento e consolidação da superioridade.
Essa superioridade é a valorização de tudo que é natural. E natural é tudo aquilo que pode ser sem prejuízo de ninguém.
Quem domina como senhor, como dono, qualquer ser além de si mesmo, não está sendo superior e, sim, inferior. Esta a causa do mundo em que vivemos viver em sofrimentos constantes, por viver admitindo um sistema de subordinados e subordinadores.
Onde existe o domínio de um sobre o outro, não existe UNIDADE e, sim, dualidade. Não existindo UNIDADE, não existe ETERNIDADE, porque o dominado se revolta e se volta contra o dominador, dando início às lutas de um contra o outro, até um destruir o outro.
Na ETERNIDADE não existem lutas, nem destruição, por a vida ser a razão, a base de todos - a morte não existe.
Na Cultura Racional, cultura dos eternos, é onde aprendemos essa máxima tão simples, jamais adotada pelos animais Racionais, por ainda estarem embriagados com a parte animal, a parte destorcida da ETERNIDADE.
Nessa elevadíssima Cultura é que vamos, pouco a pouco, aprendendo como nos desvestir da parte animal, que não nos pertence (a parte destorcida da realidade eterna), para que nossa parte divina, eterna se desenvolva, ligando-se, por se desenvolver e evoluir, à ETERNIDADE em vida.
É preciso que todos se convençam disso, de que todos somos iguais RACIONALMENTE, porque todos temos RACIOCÍNIO, faltando apenas que esse RACIOCÍNIO seja desenvolvido, evoluído e ligado à ETERNIDADE.
Portanto, todos são RACIONAIS, mas, devido às infinidades de transformações pelas quais passamos (por nos desligarmos da ETERNIDADE), ficamos focados nos resíduos das transformações, que é a parte animal, do pensamento e imaginação, esquecendo-nos do nosso ser verdadeiro, o SER RACIONAL, que agora precisa ser despertado e entrar em função em cada pessoa, para constituirmos a UNIDADE, por o SER RACIONAL ser UM só, por ser o SER DIVINO.
E, por isso, NO RACIOCÍNIO: A CONCÓRDIA. E no pensamento e na imaginação: A DISCÓRDIA.
Caminhemos em paz, DESENVOLVENDO O RACIOCÍNIO, através da cultura dele, a CULTURA RACIONAL, na certeza absoluta de que nossa origem verdadeira é divina e de que não podemos viver fora dela, porque é dela que fazemos parte e, por isso, todos somos eternos.
E ninguém vive feliz fora de seu verdadeiro habitat.
Portanto, chega de experiências, está na hora de VOLTAR PRA CASA!

Nenhum comentário: