Follow by Email

sábado, 17 de março de 2012

SEM AMOR NÃO HÁ VIDA



O amor não está nas formas. O amor não tem formas.
O amor não está na cor. O amor não tem cor.
O amor não depende do tempo. O amor é acima do tempo.
O amor não está na distância. O amor ignora distâncias.
O amor não tem esperança. O amor nada espera, traz tudo consigo.
O amor não tem sonhos. O amor é realidade.
O amor não tem ilusões. O amor tem a visão verdadeira.
O amor não tem fantasias. O amor por si se basta.
O amor não tem vontades. Ele é a vontade abnegada consigo mesmo.
O amor não tem pressa. O amor já chegou: é calmo.
O amor não discute. O amor sabe compreender.
O amor não questiona. O amor está acima de todas as questões.
O amor não se sente superior, por ser superior.
O amor não divide. O amor é um só, por isso, une.
O amor não guerreia, porque o amor advém da paz.
“O amor só se adquire com a paz.” (*Tr – 12ºvol. pg.25)
E a paz advém com o discernimento superior: o raciocínio.
Sem o raciocínio não há paz.
Sem paz não há amor.
Sem amor não há VIDA!

(*) Tr = Tréplica dos Livros Universo em Desencanto

Nenhum comentário: