Follow by Email

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

RECONECTANDO-SE COM A VERDADEIRA VIDA


(James de Lima, estudante de Cultura Racional, Feira de Santana – BA)

O que você sente quando olha para o seu passado? O que sente quando olha para o futuro? Já percebeu que tudo isso você sente no presente? Já percebeu também que é o presente que se transforma em passado, e é no presente que começa o futuro?
Se você percebeu isso, eu já posso lhe dizer que tanto o passado como o futuro são ilusões criadas por sua mente como um artifício para fugir do presente.
Mas, por que você fugiria do presente?
Não se preocupe. Não é porque você queira fugir. É porque você é humano. E, como todo humano, é efeito de uma natureza que está o tempo todo se modificando, se transformando, se reinventando.
Esse movimento todo é um grande caos.
É mesmo dolorosa essa sensação de que seu mundo está se destruindo. E a ilusão é o artifício que a sua mente, em vão, utiliza pra que você não sinta esse caos.
A imaginação te leva para coisas que você já viveu: um lugar bonito aonde você já foi; aquele romance bonito que você viveu…
Quando não, o pensamento te leva para o futuro. Para um lugar melhor no futuro, um relacionamento melhor no futuro, um conforto melhor no futuro…
Tudo isso são recursos que a natureza desenvolveu durante milênios pra que você não sinta as tristezas do presente, o ambiente terrível do presente, a desilusão amargurada do presente.
Toda essa ilusão é pra que seu presente seja menos doloroso.
Seria ótimo se funcionasse. Mas, o retorno ao sofrimento do presente (que é a realidade) prova que esses artifícios não funcionam. Prova que esses artifícios nada mais são que anestesias.
Só que depois que passa seu efeito, a ferida não cicatrizou, e por isso a dor continua, e muitas vezes aumenta, aumenta a ponto de se tornar insuportável, e quando se tornar insuportável ou você se tornará uma pessoa horrível, intolerante, ranzinza, ou irá arranjar algum jeito de ir tirar a própria vida, porque nesse ponto a vida se tornou a própria dor.
A dor amalgamou-se com a vida e o único jeito de aliviar é eliminando-a.
Porém, sabemos que tirar a própria vida não irá ajudar, pois o corpo é como uma árvore que se seca com o tempo, mas que se transforma em outras formas de vida, e que por isso, continua existindo de alguma forma, em algum lugar, com uma deformação ainda maior, devido o sofrimento ter se redobrado.
Quando abrimos os nossos olhos para perceber positivamente a vida do momento presente, sentimos um imenso prazer. É o prazer de sentir-se identificado com a totalidade da vida.
O maior prazer que existe é quando a dor acaba.
Logo, o maior prazer que existe é sentir-se reconectado com a Vida que gerou todas as vidas. A Verdadeira Vida.
Quando estamos conectados com a Verdadeira Vida, a dor de viver dentro de um caos cessa, não porque fugimos deste caos, mas porque percebemos que, na verdade, o caos era causado por nós mesmos, por nossa própria inconsciência. Por nossa incapacidade de raciocinar.
E, se nos conectamos com a Vida, a Verdadeira Vida, ela nos ensina a raciocinar. Ela nos ensina que a vida que ela gerou tem suas organizações bem claras para quem sabe viver. E que o caos só existe pra quem não sabe. E por não saber, os seres orgânicos imperam na destruição da vida.
Quando começamos a aprender assim, vamos perdendo aquele medo que nos fazia fugir para o passado, ou para o futuro, porque os pensamentos passam a fluir naturalmente, Racionalmente para um objetivo claro que é o retorno ao seu estado natural de ser, que é no seu Mundo puro, limpo e a perfeito.
Encontramos a imensa felicidade que é viver no momento presente, tornando cada segundo desse momento especial, porque estamos finalmente agindo com a consciência, isto é, temos total consciência do que é a Verdadeira Vida, do que é a vida gerada pela Verdadeira Vida, do que são os seres orgânicos vivendo nessa vida, de onde eles vieram, para onde eles vão; de onde nós viemos, para onde nós vamos…
A ferida que é o vazio existencial de não ter o EU definido vai se fechando, se curando à medida que vamos nos reconectando à Verdadeira Vida. Quanto mais nos conectamos, mais curados vamos ficando, mais felizes em tudo a cada segundo.
Você irá sentir isso profundamente quando passar a ler o Livro UNIVERSO EM DESENCANTO. Essa leitura te reconecta com a Vida, te ensina a raciocinar, a ser uma pessoa consciente, uma pessoa que sabe viver.
Essa leitura irá completar todas as lacunas que te causa o medo de viver no momento presente aqui e agora. Porque esta leitura te abre o Olho interior, o Terceiro Olho. Desenvolve a parte dentro de você que organizará todo o teu universo. Desenvolve o teu raciocínio.
Portanto, leia o Livro UNIVERSO EM DESENCANTO, reconecte-se com a Verdadeira Vida, tenha uma vida Racional e seja feliz!
Salve!

Nenhum comentário: