Follow by Email

sábado, 19 de dezembro de 2015

SÓ SE CONHECE O EFEITO PELA CAUSA


(James de Lima, estudante de Cultura Racional, Feira de Santana – BA)

A ciência diz que a sombra não pode ser estudada, já que a sombra não tem peso e muito menos massa. Mas, podemos aprender muito com ela.
Podemos aprender, por exemplo, que o efeito só existe porque existe a causa. A sombra é efeito do objeto obstando a luz. Sendo assim, precisamos ver apenas a sombra pra que saibamos que há algum objeto sob alguma luz.  
Veremos a sombra em forma de chapéu. Embora não estejamos vendo um chapéu, podemos dizer que há um chapéu sob uma luz. E aí, poderemos ter uma grande surpresa ao saber que, na verdade, não é um chapéu, e aprendemos que as aparências enganam.
Sem dúvidas, o aprendizado mais importante e fundamental para atingirmos o objetivo da existência é que os efeitos não se conhecem senão pela causa.
E, isso, aprendemos com a sombra. Aprendemos que é pela causa que conhecemos o efeito, e não o contrário.
Pelos efeitos temos uma vaga noção da causa, e não podemos nos firmar naquilo que é vago. E é aí que o pensador costuma errar, ao se concentrar de mais nos efeitos, nos fenômenos. É como quem quer conhecer o objeto pela sombra.
A sombra tem uma causa, mas essa causa não é o objeto, o objeto ainda é um efeito, logo, existe uma causa para o objeto. A luz também não é a causa, ainda é um efeito, existe algo que causa a luz.
Seguindo esse caminho vamo-nos aprofundando até encontrar a causa, e, ao encontra-la, veremos que a causa tem uma origem, e que a origem tem uma fonte, e que a fonte está num Mundo, numa Dimensão.
E, apenas conhecendo essa dimensão, esse mundo onde está a fonte, que deu origem à causa que deu o efeito, pode-se conhecer totalmente o efeito, e, então, ter domínio sobre ele, e é desse domínio que vem o equilíbrio.
Nesta Obra intitulada “UNIVERSO EM DESENCANTO”, está o conhecimento integral da origem da causa de todos os efeitos. Leia, e tenha suas próprias provas e comprovações.  
Salve!



Nenhum comentário: