Follow by Email

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

O CARNAVAL É PASSAGEIRO! A VIDA É ETERNA!



(Dênison da Silva Netto)

Carnaval, festa passageira de ilusão, mas, não esqueçamos da Universal Situação.
Estamos no Carnaval! Ah que legal! É tempo de brincar, descontrair, esquecermos da rotina, dos problemas cotidianos e cair na farra, na folia, não mesmo? Quem dera, já se foi o Tempo!...
Eu gosto sim de Carnaval, mas, não querendo, magoar nem tirar o prazer das pessoas, dos foliões de ter animação pra brincar, se a gente analisar os fatos decorrentes no mundo todo, dá vontade de brincar Carnaval?
Será que pulando, distraindo conseguimos esquecer do que se passa no mundo todo?
Será possível a gente ficar brincando, sorrindo, pulando e nossos irmãos passando fome, necessidade, sede?
Estão morrendo de frio lá na Europa, na África, em algumas localidades sofrem o ano todo com: terremotos, furacões, tufões, tornados, ciclones, maremotos, vulcões em erupção.
O Etna na Itália que há poucos dias entrou em erupção e soltou nuvens de lavas, fumaças.
Muitos, enquanto o povão samba por aí, estão “sambando” com a liquidação física, moral, e financeira, vítimas das violências, dos terrorismos, das guerras, das mortandades, vítimas dos castigos naturais da Natureza, que são na verdade corretivos: enchentes, calor de matar, frio irresistível de matar, seca de matar, doenças incuráveis como o câncer, o AIDS, a leucemia, que não escolhem raça, posse, status social, crença; não escolhem idade, nacionalidade.
Epidemias de toda ordem, doenças curáveis, enfim, a gente fica numa situação delicada, pois até apreciamos a animação dos foliões, os desfiles das escolas de samba, os trios elétricos, mas, quem tem coração, não se sente bem de verdade, não consegue sentir alegria verdadeira e, sim, aparente.
Não estou dizendo que os foliões não tenham coração, mas, só acho que nos dias de folia a realidade do mundo não pode simplesmente ser colocada para escanteio e se viver só o carnaval.
Liga o noticiário é 80% só folia e muitos acontecimentos não sendo registrados, omitidos, para não alarmarem, para não “estragarem” a “Grande Festa” que há muito tempo deixou de ser popular, pois, a ambição, o marketing, a ganância tomou conta de tudo, a desenfreada procura por turistas.
Enfim, acho que as pessoas deveriam refletir um pouco e não ficarem por total “à parte” dos problemas do mundo, porque já de muito vimos que os problemas crescem no Carnaval.
Muitas pessoas estão com o pensamento seco e, por isso, perderam o sentimento de humanidade.
E, assim sendo, o Carnaval passou a ser um risco muito grande de vida para todos, pois a garantia de vida das pessoas está diminuta.
Nestas últimas semanas mesmo, as greves dos policiais na Bahia e no Rio de Janeiro: quantas vidas preciosas se findaram na Bahia! Mais de 160 pessoas, pois, não foram medidas as conseqüências.
E como sofre o povo! Coitado!
Então meus amigos e minhas amigas, curtamos o Carnaval, sim, com prudência, responsabilidade, com obediência às Leis tanto nas estradas quanto nas cidades e também compreensão nos atos sexuais, com o uso do preservativo.
E não nos esqueçamos de que é tempo de folia, anestésico, sim, de vidas.
Mas, a realidade, os problemas, os transtornos que ocorrem no mundo não podem ficar esquecidos, porque lidamos com vidas, tanto animais Racionais, quanto os animais irracionais.
Não viaje deixando o animal sozinho, ele vai sofrer, e mais uma: brinquemos o carnaval, mas, enxerguemos, preocupemo-nos, sim, nos dias de folia com a realidade universal, pois, quem raciocina vive em harmonia com tudo e com todos porque tem verdadeiro sentimento de humanidade.
Por isso, raciocinar é preciso, para que todos se harmonizem com todos, e a paz se estabeleça no mundo, já que a fase em vigor na Natureza, a Fase Racional, é exatamente para isso.
Por quê?
Porque todos já estão cansados de sofrer e de penar com as guerras da vida para sobreviver.
Portanto, raciocinar é que é o Atual Brilhante Natural, porque o raciocínio une tudo e todos, pelo elevado sentimento de humanidade que desenvolve nas pessoas.
Natural é não sofrer. Então, raciocinemos neste carnaval e em todos os dias de nossa vida.
O carnaval é passageiro. A vida é eterna!

Nenhum comentário: