Follow by Email

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

O QUE FOI FEITO PARA TIRAR OS CRIADORES DA LAMA QUE ELES CRIARAM PARA SI MESMOS?



(Porfirio J. Neves)

Estamos em plena Fase Racional, fase de Aparelho Racional em que todos estão ligados ao verdadeiro natural. Todos estão ligados ao verdadeiro natural, sim! A maioria não percebe, a maioria continua prevalecendo aparentemente com as manias do encanto, com as manias do eterno ser desconhecido de si mesmo.

Porém, por um fator natural, já foi feita a união dos dois mundos em um só e só está faltando a conscientização ou a Racionalização Universal, que é todos conhecerem o Mundo de sua Raça e sabendo como para lá voltar, o Mundo Racional.

É neste sentido que deve trabalhar um bom correligionário da Fase Racional. Um correligionário da Fase Racional é um grande amante da Cultura Natural, amante da paz, do amor e da fraternidade. Então, vamos juntos pela estrada do amor, porque quem ama o que sabe é sempre um vencedor.

(H-30 p-132) “E dessa forma, daqui para frente, todos felizes e contentes, racionalmente, por estarem a caminho, a passos largos de se ligar à eternidade em vida, aos Habitantes do Mundo Racional”.

Esta é a fórmula do desencanto, a ligação de toda a humanidade ao Mundo Eterno, Céu Divino Transcendental, o Mundo Racional. Fórmula que ninguém conhecia porque estávamos todos ligados ao conhecimento artificial criado pela mente humana. E por isso, havia uma infinidade de religiões, uma infinidade de ciências e uma infinidade de filosofias com suas correntes filosóficas e doutrinárias.

“Então, está aí o término de tudo que não servia e somente prevalecendo, racionalmente, o que serve para a vida eterna”.

Vejam o que está acontecendo no mundo! Tudo está em liquidação de si mesmo! Tudo que não presta para vivermos na Eternidade. Todas as velhas tradições estão se acabando.

Com a informação cultural que adquirimos através da Cultura Racional, passamos a perceber que toda a violência que se vai pelo mundo é um fator natural de ajuste de tudo e de todos para voltarmos à Eternidade. O que foi criado pela imaginação e pelo pensamento humano está sendo liquidado – tudo que não tem serventia para a vida eterna.

“Então agora, o plano e a feitura é Racional, porque todos têm convicção plena da verdadeira razão de seu ser de Origem Racional. É a convicção da JUSTA, FORÇA e RAZÃO, do mundo verdadeiro de todos, o Mundo Racional”.

“Todos ajustados pela força natural e pela razão de serem de origem Racional.” – A Justa, a Força e a Razão. “Os três seres plenipotenciários da origem verdadeira da maior potência universal, que é o mundo de origem de todos, o Mundo Racional”.

A força natural é a força criadora e transformadora do mundo, é a força do Criador que vai ajustando todos em seus lugares – esta é a JUSTA, a Justiça Divina do ajuste de tudo e de todos. Quem faz dívidas tem que pagar como quem nasce tem que morrer.

Mas a razão de todos é que ninguém conhecia, a razão de ser Racional – a verdadeira origem de tudo e de todos.

A Justa, Força e Razão são os três seres plenipotenciários da origem verdadeira. Isto é o mesmo que dizer que a Justa, Força e Razão são as três maneiras, modos ou mecanismos utilizados pelo Verdadeiro Deus!

Estas são as três mecânicas do verdadeiro Deus, o Redentor para retirar da Lama todos os criadores que se perderam pela transformação do mundo que criaram para si mesmos.

Nesta forma de ver as coisas cabe uma explicação: o mundo é conseqüência de seus próprios habitantes, portanto o Criador do mundo ou os criadores do mundo são uns tantos habitantes do Mundo Racional que progrediram por conta própria numa parte do Mundo Racional.

E como muitos já sabem, estes tantos habitantes, que eram puros limpos e perfeitos, constituem o que entendemos como um Raciocínio Supremo que se transformou pela transformação da Planície nesta infinidade de Raciocínios. Entretanto, o que é Racional não degenera de seu ser. Isto quer dizer que tudo tem uma origem Racional. Tudo é de origem Racional. Logo, para manter a vinculação de todas as transformações com a Fonte Eterna, houve a necessidade do Redentor.

A transformação de uns tantos Habitantes é o Criador e a individualidade verdadeira que vincula a transformação do mundo com a Origem é o Redentor. Assim entendemos a causa e a origem do Raciocínio na Cultura Racional. A causa é um Raciocínio Supremo Criador. A Origem é um Raciocínio Supremo Redentor. Logo, o Raciocínio criado com a Origem Racional é Salvador.

Mas, como nos esclarece o Racional Superior o mundo está cheio de “querubins”. (H-030 p-52), Querubins são terminologias criadas pela mente humana, pelo pensamento auditivo de cada qual criar a sua idéia a seu gosto e sua forma. Querubins também podem ser vistos como conceitos artificiais criados ao gosto de cada um.

E aí está o mundo cheio de idéias com essa infinidade de modos e maneiras para tentar chegar ao ponto máximo desejado pela humanidade que era todos se unirem a um Redentor e um Criador imaginários. Mas, tudo não passou de querubins.

Esta sempre foi a grande meta da imaginação e do pensamento humano: encontrar o Criador e o Redentor para poder se salvar. Naturalmente, tudo foi preciso e necessário para aperfeiçoar o entendimento de todos; essa foi a grande finalidade das transformações e renovações feitas pela Natureza. Hoje, os entendimentos são de uma forma; amanhã, pelas renovações, os entendimentos já mudam, ficam mais aperfeiçoados e começamos a enxergar a vida e o mundo de novas formas.

O grande atraso é que essas renovações dos entendimentos feitas pelo pensamento humano sempre foram incompletas, sempre foram incertas e, por isso, ninguém via os acertos e a maioria acabou ficando descrente desses querubins, dessas terminologias criadas pela mente humana.

A Cultura Racional não é querubim. A Justa, Força e Razão não é querubim. Deus existe! O Redentor, que é a verdadeira individualidade Racional, um Habitante do Mundo Racional que dá Origem Racional a todos os feitos. Por isso se diz que tudo é de origem Racional.

Deus Redentor dá origem ou mantém a vinculação da origem com o Deus Criador, que são uns tantos Habitantes que perderam a individualidade. E o Raciocínio é a Raiz Mestra da Fecundação Universal.

O Redentor, o Racional Superior é quem dá o Conhecimento, que é a Cultura Dele Racional e a Inteligência verdadeira, que é o Raciocínio, para que as criaturas encontrem sua Verdadeira Origem. Deus é a Verdadeira origem da Humanidade. As criaturas são os seres criados pelo Criador, o Raciocínio Supremo que se transformou. E o encontro com a verdadeira individualidade é o encontro com Deus, o Redentor, o Racional Superior.

Tudo isso é muito simples, porém, é de um sentimento muito elevado que se alcança apenas com o desenvolvimento do Raciocínio quando a pessoa se liga nesta Energia Racional.

O que não podíamos entender com os querubins da mente humana era a concepção da Trindade Racional e fazíamos muita confusão com isso. Hoje, no livro Universo em Desencanto, estamos encontrando todas estas revelações, todas estas justificativas com base e com lógica, que nos permitem assegurar com perfeita convicção que estamos em contato com a Justa, Força e Razão, os três seres plenipotenciários criados pelo Redentor para retirar da Lama a substância que nela se extinguiu e se transformou nessa infinidade de Raciocínios.

Então, a Justa, Força e Razão, os três seres que constituem a Mecânica do Verdadeiro Deus, o Racional Superior, para salvar todos da lama em que se extinguiram e retornarem para o seu verdadeiro estado natural.

Esta grandeza não pertence a nenhum de nós que aqui ficamos envaidecidos, às vezes, por acharmos que estamos conhecendo muito ou mais ou menos, esta grandeza pertence ao Mundo Racional, ao Racional Superior. Por isso é Justa, é Força, é Razão.

E somente Deus, para dar a cada ser o que cada um merece, ou melhor, como Ele se faz entender em seu Livro Universo em Desencanto, dar a cada um o que cada um faz por onde merecer, mantendo a verdadeira razão de que todos são diferentes e cada um escolhe para si o que achar mais razoável.

Quando uns tantos habitantes eram puros limpos e perfeitos, escolheram, por vontade própria progredir naquela parte do Mundo Racional, a conseqüência do que fizeram para si foi a extinção na Goma e na Resina, que deram conseqüência à Água e à Terra. Quando a Água se mistura com a Terra, eis que surge o “Barro”, a Lama.

E deste “Barro” criado por uns tantos Habitantes do Mundo Racional, Deus, o Redentor, “com as próprias mãos” fez a fôrma do Animal Racional no Chão, para que, com o tempo, todas estas criaturas multiplicadas pela Natureza seguindo esta fôrma Divina, encontrassem em si mesmas a verdadeira redenção, a Imunização Racional.

Que fôrma foi esta feita por Deus? Foi a máquina do Raciocínio onde ficou materializada a Energia daqueles tantos habitantes, para que com o tempo e a evolução esta máquina do Raciocínio entrasse em função e mostrasse ao ser animado por Deus que a nossa verdadeira origem é conseqüência de nós mesmos que viemos nos perder na Lama.

Então, como foi feito para tirar o Criador da Lama? Deus pegou do “Barro” e pelo “sopro divino” deu-lhe a forma da origem, o Raciocínio – Racional, e criou a Justa, a Força e a Razão, os três seres plenipotenciários para salvar o Animal da Lama. Todos ajustados no Mundo Racional, o mundo da Força e da Razão da verdadeira origem do porquê todos assim são.

É desta forma que, na qualidade de estudante da Cultura Racional, procuro me esclarecer e esclarecer os demais, sem nenhuma pretensão de ofender a quem quer que seja, mantendo firme a convicção de ter encontrado com quem me encontrei, com quem toda humanidade está se encontrando, lendo o livro Universo em Desencanto. E este assunto é um convite à sua reflexão sobre a “criação divina”.

Nenhum comentário: