Follow by Email

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

RACIOCINAR PARA SE ENGRANDECER



Tudo que está ocorrendo no mundo está certo, por mais estranho que possa a qualquer que seja parecer.
A vida, minha gente, tem suas organizações e hierarquias no invisível. Mas, os viventes da Terra sempre levaram a vida desconhecidos delas. Estão cansados de ter provas e comprovações da impotência dos seres humanos ante uma Natureza de absoluto poder sobre tudo e sobre todos.
Mas, apesar dessas incontáveis provas e comprovações, insistem em viver com base na matéria, nas aparências, sem fazer caso de um poder invisível que tudo fornece para que a vida dos viventes seja possível. E, aí, vem os corretivos da Natureza, para diminuir a rudez humana. Por isso, o que parece estar errado está tão certo quanto aquilo que está mesmo certo.
Como é triste a pessoa não SE CONHECER e não conhecer a Natureza! Como é triste o vivente viver como cego de olhos abertos, usufruindo de tudo que encontra, sem a menor gratidão, completamente desinteressado de saber a causa do tudo existente, a origem da causa do tudo existente e a base da origem da causa do tudo existente!
E ainda falam em DEUS, como se seres desinteressados desses pontos fundamentais da vida, entendessem o que significa o SER DIVINO. Se não se interessam pela origem, está provado que não se interessam por DEUS VERDADEIRO.
DEUS está em todo lugar. Mas, não é de matéria, não é algo aparente. É a vibração sutil puríssima, invisível a quem não quer enxergar.
Como falar em DEUS quem não respeita a Natureza soberana, poderosa e nobre que tudo nos dá?
Pessoas assim estão completamente desligadas e à margem de tudo que se diz respeito à consistência DIVINA.
São viventes que querem que DEUS seja o que eles pensam que seja e, não o que ELE é. Querem um DEUS de carne e osso, como se DEUS, essa força incomensuravelmente grande e poderosa, pudesse se confinar na matéria.
Assim pensam, porque não querem admitir a sua insignificância de ser um bicho de matéria diante da energia poderosa que é DEUS.
Querem admitir um DEUS carnal para se iludir de sua semelhança com DEUS na matéria.
A semelhança com DEUS existe, mas, não se encontra na matéria. A matéria é um ser imundo, deformado, degenerado e poluído que por si mesmo se destrói de tantas ruínas que a matéria em si reúne. Nossa semelhança com Deus está no raciocínio, nossa parte eterna, sutil.
Mas, os viventes da Terra endeusaram a matéria e se esqueceram de DEUS. Tanto endeusaram a matéria que não aceitam o estado provisório e passageiro dela. Estão sempre buscando na ciência, através de experiências científicas infantis e infrutíferas, uma forma de fazer com que a vida da matéria seja eterna.
Não precisamos da ciência para fazer da vida uma vida eterna, pois, a vida É E SEMPRE FOI ETERNA. A matéria é que é provisória. Mas, confundiram matéria com vida.
Quanta inconsciência! Quanta brutalidade! Quanto atraso! Quanta selvageria! Que vergonha!
Dão à matéria um valor que a matéria nunca teve, não tem e jamais terá.
Ao invés de se preocuparem tanto com a matéria, de se preocuparem com o seu tempo de vida na matéria, deveria o povo da Terra investir na paz, no amor, na fraternidade e na concórdia, se conscientes fossem da existência de DEUS.
E, assim, se conscientes fossem da existência de DEUS, certos estariam de que na Terra estão de passagem e não se importariam que essa passagem fosse curta ou longa, mas, que fosse plena de amor ao próximo como a si mesmo.
De que vale ter uma vida longa maltratando os semelhantes e desrespeitando a Natureza? É uma vida sem valor nenhum.
A existência se torna realidade e válida, por mais breve que seja, desde que seja intensamente voltada para o bem de tudo e de todos. Aí ela se eterniza. Foi breve, mas foi eterna. O que é eterno é devido estar em sintonia com a VERDADE, onde não existe tempo nem distância.
Portanto, não são os anos vividos na matéria que conferem ao vivente a glória da existência e, sim, as ações vividas que corresponderam às leis naturais da vida. E que a principal é o amor ao próximo como a si mesmo e o fazer o bem sem olhar a quem.
Quem se preocupa com os anos de vida, está pensando.
Quem se preocupa com as ações corretas da vida, está raciocinando.
E as ações da vida para que sejam corretas, é preciso que estejam em harmonia com o poder da vida.
Mas, para conhecer o poder da vida é preciso se desprender da matéria e voltar toda atenção para as fontes mantenedoras da vida. E essas fontes se encontram na Natureza, na dimensão invisível da vida.
Chega, minha gente, chega de viver sonhando com a matéria. Tantos anos perdidos com a ilusão da matéria o que trouxeram esses anos para o povo da Terra?
Olhem ao redor. Leiam os jornais. Assistam os noticiários nas redes de televisão. Acompanhem as notícias em emissoras de rádio. Pesquisem na internet. É só sofrimento e dor. Nada de substancial para a vida. É só matéria, matéria, matéria.
Muita ambição, muita ganância, vaidade, ciúme, inveja, falsidade, traição, luxúria, promiscuidade, crimes de toda ordem, alto grau de marginalidade, drogas, prostituição. Tudo isso como resultado de uma vida de aparências, por os viventes da Terra terem admitido a mentira como verdade.
Acham pouco o que todos nós temos sofrido? Será que não dá para perceber que todos nós estamos errados, caminhando numa marcha à ré de proporções gigantescas, que está levando os viventes da Terra à autodestruição?
Ora, minha gente, a Natureza é viva, um ser poderosíssimo e soberano, dona de tudo isso que os viventes pensam ser de sua propriedade e não está nada satisfeita com esses viventes.
Ela constrói e também destrói. Basta que a ela a gente dê motivos para tal.
Não há efeito sem causa. Tudo que acontece no mundo visível é acionado pelo mundo invisível, de acordo com o merecimento dos que vivem no mundo visível.
As placas tectônicas que sustentam tudo que está em cima da Terra, tem quem as movimente. Tudo é movido à energia.
Assim como um sêmen que se transforma em gente, uma semente que se transforma em planta e um pingo d’água que se transforma nessas sementes.
Tudo tem vida. Animais, vegetais e minerais.
Sabem por que tem vida? Porque é acionado pela força da energia que tem o poder de gerar, fazer nascer, criar, fazer crescer, reflorescer e morrer. A vida é dessa energia, não é da matéria.
E essa energia, tão poderosa, ainda é uma vida deformada, degenerada, poluída e, por isso, não tem estabilidade para manter eterna a matéria.
E quando refletimos sobre esse poder grandioso dessa energia deformada, polarizada em elétrica e magnética, chegamos à conclusão de que além dela tem que existir uma força ainda maior, que lhe deu origem. E tem. Essa força é outra energia superior, é a ENERGIA RACIONAL, a energia de DEUS.
DEUS existe, é um RACIOCÍNIO SUPERIOR A TODOS OS RACIOCÍNIOS e uma ENERGIA SUPERIOR A TODAS AS ENERGIAS.
Para ver como a matéria nada é. Para ver em que abismo nós nos encontramos e nos iludindo de que somos alguma coisa.
É minha gente, não é mais admissível continuar vivendo sem se conhecer. Não mais é admissível viver nessa cegueira de vida, sem consideração com o mundo energético que nos mantém, mas, muito mais grave é não ter o mínimo interesse em conhecer quem é DEUS, querendo admitir um deus criado pela nossa imaginação, um deus criador dessa imundície que é a matéria, fomentador do sofrimento de toda sorte e mantenedor da inconsciência.
É, antes de tudo, um grande desrespeito com o SER DIVINO, conferir a ELE tanta desordem, tanta maldade. Sim, porque a matéria é uma verdadeira desordem e um verdadeiro inferno.
Vamos rever nossos conceitos. Vamos refletir seriamente sobre a vida, antes que sejamos exterminados da face da Terra pelo campo invisível eletromagnético, em virtude de nossa absoluta falta de capacidade para raciocinar.
E para raciocinar, é preciso aprender, porque ninguém jamais soube essa função desenvolver.
Mas, vejam como a Natureza é boa e nobre.
Vendo nosso sofrimento, causado pelo pensamento, que sempre nos conduziu para a própria destruição, trouxe de presente para todos a libertação, a libertação da matéria.
E, assim, em 1935, a Natureza mudou de fase. Colocou fim na fase do pensamento que só nos fez sofrer e trouxe a fase do raciocínio, a Fase Racional, para o seu desenvolvimento.
Abriu a porta de conexão com nosso mundo de origem, onde habita a ENERGIA SUPREMA A TUDO E A TODOS, a ENERGIA RACIONAL, a energia de DEUS Verdadeiro, para que todos tenhamos condições de sair da matéria, em vida, e nos ligarmos energeticamente em DEUS. Pois, a ligação em DEUS Verdadeiro somente pode ser feita energeticamente, porque DEUS é ENERGIA. Mas, uma ENERGIA PURA, LIMPA E PERFEITA e, por isso, uma energia eterna.
Para que todos pudéssemos tomar conhecimento de tudo isso, nossa Mãe Natureza providenciou os Livros com todas as explicações cristalinas e minuciosas sobre QUEM SOMOS, DE ONDE VIEMOS, PARA ONDE VAMOS E COMO VAMOS.
Esses Livros DIVINOS estão à disposição da humanidade já faz é tempo. Foram ditados pelo Verdadeiro DEUS, o RACIONAL SUPERIOR, o RACIOCÍNIO SUPERIOR A TODOS OS RACIOCÍNIOS e a ENERGIA SUPERIOR A TODAS AS ENERGIAS da década de 35 à década de 80.
Universo em Desencanto, este é o nome desses magnânimos Livros, que contêm o curso superior da vida, para quem optar em fazer de sua existência uma vida eterna ao invés de um amontoado de anos de matéria.
Procurem conhecer, o quanto antes, porque a fase do pensamento terminou e com o pensamento ninguém resolve mais nada, é só sofrimento e padecimento, porque o pensador perdeu o direito de viver.
E como na Natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma, se continuar pensando, a pessoa se transforma em classes inferiores de bicho irracional, porque a Natureza é de transformações.
Raciocinar para se engrandecer e se elevar, porque pensando é só mesmo para se liquidar.
E aí está a prova no mundo inteiro: SALVE-SE QUEM PUDER E SE PUDER.
Por isso, insistimos, adquira, o quanto antes, o seu Livro Universo em Desencanto de Cultura Racional, a cultura natural da Natureza, para o desenvolvimento do seu raciocínio.

Nenhum comentário: